Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRA VOCE MULHER

Click to this video!

Sentado em frente ao computador em uma sexta-feira lendo esses contos eráticos super excitante, enfiei a mão dentro da calça e apertei meu pau já duro de tanta vontade de viver essas fantasias. Minha mulher sempre comenta que sua fantasia seria dar para outro homem, mas não com a minha presença, pois ficaria com vergonha. Acredito que isso passaria se realmente fizéssemos juntos essa transa, na hora da excitação encaramos tudo o possível e o impossível.

Muito bem! Preparei uma surpresa que já mais esqueceria. Convidei minha paixão para um jantar nesse mesmo dia, e sugeri um restaurante dançante na Barra, (Rio de Janeiro), Marina não usa calcinha tipo fio-dental, pois diz que incomoda, mas para uma noite especial ela sempre faz para me agradar. Colocou um vestido colado ao corpo com aquela calcinha maravilhosa preta minúscula e com transparência na parte frontal mostrando aquele pedacinho de pelinhos depilados, e um perfume suave. Minha mulher é o tipo de mulher que chama muita atenção, pois tem um corpo muito anatômico, seios grandes e abusa na hora de se vestir usa um decote até exagerado, cabelos pretos abaixo do ombro, um tesão.

Na cama faz tudo chupa, e adora chupar, gosta até de dar o cú, goza dando esse anelzinho maravilhoso é uma “puta” completa.

Chegamos ao restaurante lágico todo mundo estranho, pois minha intenção era fazermos uma besteira especial essa noite. Sentamos em uma mesa bem discreta ao lado da pista de dança onde poderíamos observar e sermos observados, ela não desconfiava que eu estava preparado a uma loucura, pensava apenas que seria mais uma noite de jantar com motel que normalmente fazemos.

Dançamos bastante bebemos alguns drinques para descontrairmos, ao dançarmos sempre me deixa com o pau duro, ainda mais sabendo que ela esta com aquela calcinha safada pronta para ser comida pelo primeiro que encostar a cabecinha no seu rabinho.

Notei que um casal muito simpático estava nos admirando, mas como chegar e falar! Amigo você quer comer minha mulher e eu a sua? Difícil, porem as coisas acontecem, fui ao banheiro e encontrei o tal cavalheiro, já veio logo dizendo que talvez me conhecia de algum lugar, eu fiquei n dúvida se realmente era verdade ou não mas não importa o importante e nos relacionamos bem e fomos logo sentando junto apresentando nossas mulheres, e esposa dele era uma mulher muito atraente, lágico que minha era uma “cavala” se comprara a outra. Mas a minha maior vontade era fazermos uma putaria sem preconceitos e foi o que aconteceu, combinamos e fomos a um motel com suítes duplex, que maravilha chegando lá já estávamos dançando uma musica bem gostosa com os parceiros trocados, na televisão já rolava um filme pornô, a olha minha mulher já estava beijando o “tarado” que enfiava a mão na bunda dela levantando suavemente seu vestido e eu ficando louco vendo aquele rabo sendo acarinhado, e minha gata já me apertava sentindo meu pau se sua vulva quente e úmida, beijei essa mulher com muita vontade já estava explodindo, quase gozando sem trepar.

A safada já estava engolindo o pau do cara chupava como nunca vi, agachada ela acariciava sua buceta, coisa que nunca havia feito em sua vida. Agarrei minha companheira deite no tapete e comecei a chupar aquela buceta, adora chupar também, e safada já gozou em poucos segundos, Marina já estava de quatro levando um pau por traz e era enorme, ela urrava de tanto gozar sem se preocupar se realmente eu estava presente ou não, onde a vergonha já tinha ido embora. A minha visão era a melhor vendo minha delícia de mulher ser currada por um macho, essa sensação é muito louca, é uma experiência indescritível. Ficamos todos juntos no tapete, hora eu beijava minha mulher hora beijava Silvana, quando sugeri a Marina dar o cú, Silvana safada já foi logo lubrificando o rabinho da minha mulher, fantástico, minha parceira derretia de tanto gozar, Roberto o amante de Marina encostou o pau bem no burawuinho do seu cuzinho ela não aguentado implorava para enfiar logo, para socar sem parar, ao enfiar aquele pau grande, bem maior que o meu ela gemia de dor e de tesão e pedia, “não para, não para”, gozou largando o corpo no chão com as pernas arregaçada de tanto pau enfia naquele cú maravilhoso. Eu por outro lado já esta enfiando o pau na bucetinha da Silvana, mas Marina também se empolgou com minha foda e veio lamber meu pau por baixo enquanto eu comia a vaca de quatro, ela lambia meu saco, a buceta da putinha, o cú, até meu cu ela lambeu. Essa realmente foi uma experiência única, já imaginei que seria capaz de fazer junto uma putaria dessa, enfim saímos todos gozados e satisfeitos, principalmente a delícia da minha mulher que é tarada por uma rola.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos com faxineiracomi egua nova contouma x aninhar bem lisinha e gostosaContos Eróticos tamanho do pau de Meu sobrinho Na Praia De Nudismocontos eroticos. buceta virgem, só liberava cuzinhocontos eroticos de sobrinho comendo a bunda do tioxxx videos mulheris bem safadas que brinca com o pauzinho pequeno do marido tampinhaconto erotico mamae chupando todoscontos eroticos "cadela" "fome"contos eroticos primeira vez no cuzinho da esposaera menina meu primo batia punheta pra mim olharvideos putas chupando e achado q a pica e poucacontos eróticos de bebados e drogados gayspornô de Juazeiro meninas gostosinhas na realidade lado da cidade de Juazeiro da Bahiacontos er peitinhos em formaçaona infancia bosqueconto eroticominina pela de mostrngo a busetagozounaminhacaracontos de rasguei o cuzinho do moleque novinhouma dp muita dor mais deliciosa conto.sandalia superalta conto eróticotres comendo uma mulher e um socando no cu do outro uma filinhaiconto erotico a filha curiosacontos coroas minha chefeconto gay metemos todo diaconto erotico estudandoContos eróticos dei a bucetinhaminha cunhada casada me esnobou contospodendo com a sogracontos dormimos na barraca eu marido e sogro e o sogro me rabou noite interabumbum de mocinha injecso porno contoporno desmarcada do funkcontos eróticos tomei chute no sacohistoria porno de meninas com seu irmao tarado nocampcontos minha filha chorou no meu pauconto com cunhada chantagistaninguém subiu para o meu primo escondido ele gozou na minha bocacontos eroticos prima cavala ingenuacontos eróticos incesto/dava por dinheirocontos eróticos mulheres mais vadiasnovinha trepranndo com namoradocontos eroticos vi minha esposa me traindoTravessa gostosa lavando a b***** em casa com cama escondidacu delicioaocontos servente de pedreiroContos eroticos podolatria no hospitalconfia minha madrasta no pornô chorando gostosaeu confesso meu sobrinho me comeucontos eróticos pastor compadre d*********** a virgemcontos eroticos papai me perdeu no jogocontos estupro teenconto comeu meu cu gostosocontos eroticos testemunha de jeovaComtos erotecos de imcesto minha mae sentou no meu cologarotinha contostoda loira gosta de um negão contos eroticoschupando uma bct de novinhas dormindo indefesasTravesti que dá de graça em bhconto erotico: meu desejochupava a noite inteira ele amarradodepois direto para fudela dormindoporno gey pegando priminho adolesente e jovem tanbemrelatos de encoxada develhos no treminiciando um cuzinho virgem contospelanca contos eróticoseu meu caseiro e minha filha e suas amigas contosconto erotico priminhaEscravo de minhas cruéis donas (conto )Contoseroticosgreludamconto erotico meu irmão me fez mulhercontoseroticos cagando na boca do viadocontos lesbicos de carceleiracache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html contos gay na marraminha mulher me fez corno e viado ao mesmo tempo eu adoreiconto erotico irmão mais novo machocontos eroticos de cu fedidoconto erótico "totalmente peladinha" ruacontos putaria de crentes