Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUE DELICIA DE SOGRA

Click to this video!

QUE DELICIA DE SOGRA



Depois de muito tempo casado com minha esposa comecei a ficar de olho na minha sogra que por sinal não me despertava nenhum interesse ate o dia que a vi de roupa de ginastica. Deixa eu me descrever : Sou negro 1,84 cabelos encaracolados pele jambo escuro, pois sou neto de índio.

Sou casado com uma ex-modelo fotográfico no Rio de Janeiro e sou musico toco na noite e coisas assim. Meu relato começa quando minha sogra veio morar conosco. Ela tem o custume de andar na praia pois moramos na zona sul do Rio, e põe uns conjuntos de malhar para andar e eu não maldava nada mais teve um dia que eu notei que algo estava diferente na minha sogra ela havia engordado um pouco (diga-se de passagem adoro mulher no ponto, e ela estava mais do que no ponto). Minha esposa é uma branca linda + ou – 1,64, cabelos negros, olhos verdes água . sua mãe e loira com a mesma altura e olhos azuis . diga-se de passagem com corpos maravilhosos . Voltando a minha sogra engordou um pouco e ficou com uma bunda maravilhosíssima coisa de enlouquecer o que me deixou cheio de tesão . mais o problema era como encostar o meu pau naquela bunda maravilhosa . Nos temos um excelente relacionamento mais não a ponto de eu poder dar uma sarada nela (confesso que a principio sá pensava em conseguir dar uma sarrada gostosa naquela bunda, comer minha sogra estava fora De questão, porque minha sogra foi criada no interior com rígidos costumes e ela e assim fiel ao seu marido padrasto da minha esposa. Vamos ao que intereça fiquei engendrando mum jeito de sarrar minha sogra pensei em varios formatos e nada ; mais derrepente me veio a lembrança que minha sogra não leva desaforo pra casa que todas as vezes que eu brincava com ela tentava revidar de qualquer jeito . nos temos uma brincadeia que e molhar um ao outro mais dessa vez eu iria provocar . fui la no tanque que havia colocado algumas coisas que a maquina de lavar havia acabado de bater e joguei um pouco de agua nela ela veio correndo atras de mim pra me jogar agua tambem foi ai que eu dei a volta nela aguarrei com força por tras e apertei ela de encontro ao meu corpo e dei uma sarrada bem gostosa e não ficou so nisso não passei a mao no seu peito durinho e mantive a mao la enquanto fingia estar tentando não tomar banho e meu pau que estava pra la de duro deu se encachou entre as ancas da minha sogra ela tentou de todas as formas se soltar quando notou que estava praticamente enrrabando ela e ficou louca e parou de tentar me molhar despois dessse dia ela se esquivava todas as vezes que passava por ela . A porta do banheiro da minha casa e antiga e tem aquelas frestas de ar e eu passei a olhar a minha sogra pela fresta e não soseguei enquanto não vi sua xoxota e seus peitos .Depois disso iniciei a perceguisao, eu ia comer aquela mulher nem que isso me deixasse em maus lençois . me organizei e num belo dia esquematizei tudo peguei a chave estra do barreiro e guardei comigo quando ela entrou no barreiro e começou a tomar banho entrei de mansinho e tirei minha roupa bem devagar e entrei na banheira e ela tomou um susto e queria sair mais ai eu a segurei com força e disse que se ela gritasse a sua filha nos pegaria juntos e como ela iria explicar a minha entrada no banheiro e ela fez menção de gritar mais se silenciou e eu já estava com as mãos nos seus peitos e fui acariciando bem devagar e ela disse que era o máximo que eu consegueria dela mais eu comecei a fazer carinho entre suas pernas e ela que não via pau a muito tempo porque eu sabia que meu sogro já estava broxa havia muito tempo por causa do cigarro (o cara fuma 3 maços por dia ) e o carinho foi dando a ela mais tranquilidade e eu fui me aproveitando do momento e comecei a falar palavras carinhosas ao seu ouvido e ela foi se abrindo como um botão de flor e devagar sem demora eu fui conquistando o meu objeto de desejo sexual e ela sem falar nada virou de costas para mim e eu comecei a fazer carinho em sua xota com mais vontade e ela começou a se contorcer e eu pude ver ela gozar e ficar totalmente mole nos meus braços peguei ela no colo e coloquei ela em cima do tapete do banheiro e comecei a chupar sua xota e seu rego gostoso e cheiroso como ela cheirava gostoso eu fui a loucura quando derrepente eu senti um calor intenso no meu pau era ela chupando meio sem jeito e devagar depois com o aumento da minha velocidade na sua xota ela aumentou a velocidade no meu pau e eu senti que ia gozar segurei bem forte sua cabeça e gozei muito dentro da sua boca no principio ela tentou empurrar a cabeça para traz mais quando sentiu que eu não permitiria ela desistiu ela engasgou um pouco e eu permiti que ela tirasse o meu pau da boca ela cospiu um pouco da minha porra mais não disse nada e eu ainda não estava satisfeito ai aproveitando que ela ainda estava meio zonza com a porra e com a gozada que ela tinha dado me deitei em cima dela e comecei a enfiar a pica com muita vontade que ela começou a tremer novamente e a gozar muito, virei ela de bruço e disse pra ela que tinha que ser completo já que eu tinha começado tinha que terminar ela me perguntou o que eu ia fazer sem falar nada peguei creme de cabelo passei no meu pau todinho e enfiei sem do nem piedade e ela gritou abafado e disse que nunca mais eu iria tocar nela porque ela nunca tinha dado o rabo e eu disse no seu ouvido, vou repetir todas as vezes que a gente transar e você vai acabar se acustumando esperei um bom tempo dentro daquela bunda maravilhosa e virgem e comecei o vai e vem apesar dos protestos, comi sem parar durante uns vinte minutos ou mais e comecei a massagear seu clitoris ela não disse nada mais ai eu senti que estava no caminho certo porque ela parou de falar e gozamos juntinhos no mesmo intante sai de cima dela e levei ela pra debaixo do chuveiro e comecei a chupa-la de novo e ela foi ao delirio outar vez e assim realizei meu sonho não so de sarrar a minha sogra como de come-la

Se voce precisa de alguem bem carinhoso pra te fazer feliz no Rio de Janeiro pode me escrever estou esperando de braços abertos memanda e-mails : [email protected] ou [email protected]

Espero verdadeiramente que tenha gostado um abraço.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


aec porno videos bhcu peidão conto gayContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorEdna A tia da minha esposa contos eroticoscontos eroticos exitantes minha sogra safada gostosa conto minha tia pelada no quintalcontos eroticos com meninas deficientescontos eróticos no cu com cachorrosneguei e os garotos me comeram conto gayContos eróticos teens boys jogando video game com o amiguinhocontos gay luta livrehomem casado,sendo penetrado gostoso no frango assado.jogadora de pau pau de borracha na bucetinha da noracontos eróticos chupa querido aiiiiDeu o cu sem querer querendo contocontos meu cu tesudoesposafoi.encoxadacontos com fotos de zóofilia de casadas que curte sexo com animaisContos eroticos novinha desmaia de tanto gosavirei putinhaCONTO O SEQUESTRADOR SEGUNDA PARTEseduzindo o colega hétero parte 2Porno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contosnegoes picudos/contossexo contos eu e meu filho adotivo fizemos sexoconto erotico paraliticocontos eroticos de oncesto de sogra com derroa tão sonhada dupla penetração contovídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandoria gosa pra mincache:sU9kWxVzUNAJ:idlestates.ru/conto-categoria-mais-lidos_8_26_teens.html fui fudida ainda de calcinhaxvidio.esfregando o pau so no short vermelinhomeu subrinho enfiou o dedo no meu cu contovideo porno chegou no quarto e comeu a teia com os olhos vendadavídeo porno de menina goza no pau enomevi minha namoradinha perder a virgindade contos eroticoscontos esposa rebolou para,amigocontos meu tio dedava minha xaninhaenrabado dormindo acordei gosteiconto erotico comi a cunhadinha nos fundos e na frente da namoradacontos sado marido violentoscontos manacontos eróticos eu dormindo senti uma coisa lisa entrando nu meu cuconto damdo p o comedorcontos zoo meu marido sem eu saber viciou o cao passando minhas calcinhas para ele cheirarcontos erotico dei o meu cu a forca pro caminhoneirotransei com minha tia nas dunas da praiabotando caralho no cu do bebadoconto erotico neide safadinhacontoscomsograscontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi eláamigo emrabando o outro contocontos eroticos barney comendo bethyconto erótico a manicure lesbica"anelzinho aberto" gay contocontos eróticos de bebados e drogados gaysSe masturbando conto com fotoo negão comeu o meu marido contos eróticosAguentei a rola enorme do papai contos eróticosconto gay carona rebolei calcinhaboquete no filho contosvisão dos sonhos dos cornoscontos eroticos q bocA e essa desse baianocontos aprendendo o que e uma buçeta com a mamaedoce nanda trepando e dando gostosinho contos eroticoscontos eroticos colega da faculdadeconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contocontos eroticos cornoscontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdoContos negro fode maridonetinha alizada pornodoido