Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A SECRETÁRIA DO LABORATÓRIO

Click to Download this video!

A SECRETÁRIA DO LABORATÓRIO II

Descansamos, abraçadinhos e conversamos sobre vários assuntos e trocamos idéias, confidências enquanto saboreávamos nosso vinho. Beijinhos declarações, toques, caricias e fomos nos excitando. Ela adorando ficar passando as mãos em meu corpo e também punhetando meu pau enquanto eu também retribuía todas as caricias, lambendo, beijando todo seu corpo e chupando e enfiando a língua naquela xaninha cheirosa e apetitosa de grandes lábios.

Abraçados fiz ela vir por cima, deitada ela mexendo “Huuum com é gostoso sentir o roçar do teu pau nas minhas coxas, na entradinha na minha bucetinha. Isto que não tenho com o corno, é o que gosto também. Entendeu agora quando falei que sentia falta de namorar. É assim, gostoso, ser livre, solta e gostar de sentir mãos, boca e pau apalpar meu corpo.”

“Tesuda que você é. Gostosa, vem cavalgar no meu pau, sua safada deliciosa. Bota meu pau dentro da tua xaninha apetitosa, gulosa.” Ela mexendo com os quadris, pegou meu pau com a mão esquerda e foi colocando na raxinha. “Quero sentir ele entrando devagar, eu controlando a penetração do teu pau, me fudendo, me comendo gostoso.” Levantei-a pelos ombros, para que ela ficasse sentada com todo meu pau cravado dentro daquela buceta, enquanto ela, ora mexia pra frente e prá, ora rebolava com as mãos entre seus cabelos, deixando saltado seus belos seios de pontinhas durinhas, os quais alisaava, apertava e dava beijos, chupava e mordia e voltava a ficar totalmente estirado na cama com a égua rebolando. “Huum que pau gostoso dentro, no fundo na minha bucetinha, como é delicioso sentir este pauzão envolvido pela minha xaninha, adoro fuder, adora ser bem comida e amada.”

“Marina, mexe e rebola, mas também pressiona os músculos da tua buceta, apertando e soltando meu pau.”. Como era novidade este tipo de exercício para ela, o chamado pompoar. Ela não tinha noção, mas aos poucos foi fazendo e quando apertava meu pau, ainda com os músculos pressionados, levantava devagar e depois soltava os músculos e também como os músculos pressionados, fazia meu pau penetrar lentamente na sua bucetinha que mais apertava ficava. Minhas mãos percorria todo aquele belo e maravilhoso corpo moreno com marquinhas de biquíni nos seios e na cintura. “Deliciosa, você Marina, tesuda, quente molhadinha. Vira de costas e deixa te comer.”

Ela virando de costas,ainda com a mão esquerda no meu pau. “Você tem um espelho?”.”Tenho um grande na porta do meu guarda roupa, por que?”

Levantando abriu um porta central do guarda roupa e surgiu um espelho grande. Sentado na borda da cama, chamei-a para ficar em pé e de costas para mim. “Vem sentando devagar, sinta e veja meu pau fudendo tua bucetinha.” Ela roçava meu pau na entradinha daquela xaninha. “Tarado, safado delicioso” Enquanto ia descendo devagar envolvendo meu pau com sua bucetinha. “Ai que maravilha sentir e ver este pau me comer, seu puto, seu safado, me come, me fode, aperta meus seios, sou toda sua, quero que me fode mais gostoso, mete este pau na minha gulosa e quente buceta.” Meu pau todo dentro da xaninha, enquanto eu mordia, lambia, beijava todas as partes do corpo que aparecia na minha frente e minhas mãos apertava, acariciava o corpo daquela vadia, da mulher puta livre, solta e super tarada. “Quero gozar meu gostoso, meu macho, quero homenagear com todo meu gozo esta pau que me come, que me fode perfeitamente. Este pau que liberou,q eu soltou toda a puta que sentia dentro do mim, me fode, safado.Me come toda meu macho gostoso.”. E gozando ela deixou o peso do corpo contra meu peito. Deitei com ela ainda por cima e como meu pau ainda dentro na buceta. Dava estocada, tirava, passava meu pau nos lábios da buceta daquela fogosa mulher. Quando senti que gozaria novamente, sai debaixo dela, deixando deitada com as pernas dobradas fora na cama e ficando ajoelhado sobre ela, punheteando meu pau e pegando sua cabeça, pedi “Vem cá minha deliciosa puta, abre a boquinha, vou te dar leitinho quente na sua boca, bebe toda a minha porra, vadia, puta, cadela.” “Me dá leitinho, gostoso, quero beber tua porra, sentir ela descer minha garganta, sua puta vadia está sedenta de porra, não bebi, mas quero fazer tudo que meu amante delicioso pedir e quer que eu faça.” Aumentando o ritmo, gozei na boca da vadia, da puta com feição de inocência bebia minha porra sem deixar uma gota cair. Lambendo os cantinhos da boca, engoliu toda a porra e depois ainda lambeu limpando todo meu pau. “Delicioso, gostoso como é bom tomar tua porra quente, vou querer sempre agora.” Deitei sobre sua cabeça enquanto ela continuava a mamar meu pau que amolecia preguiçosamente.

Lasca

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de quando chantagiei o velho pauzudo pra ele trasar comigoContos eroticos de homem que estava batendo punheta no trem na frente de todo mundo semvergonhacontos eróticos de professoras gostosas transando gostosotica dani buceta gistosacarla dando a buceta ora o seu filho de 18cunhado crente casado,contos eróticoMenina curiosa indo no circo pela primeira vez contos eroticoscontos levei uma rolada do meu filhoMeu pai me fez gozar contosfui consolar a cunhada carente comi ela contosMinha esposa me fez uma surpresa contoChiquinho chupando pintocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico madrinha pediuesfregando na mãe de shortinhotransando na infancia conto eroticocontos abusadocontos porno esposas estuprados submissoscontos de esposa quer outra pica contos pornos irmas cadelasconto porno teen gay free mulato favelaO amigo dele me comeu contosconto erotico confessei para o meu maridocontos com sogras acima de 50anos pornôcontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontoseroticoscdzinhasconto esposa com negãoTennis zelenograd contocontos eróticos de bebados e drogados gaysconto erotico dando desde novatirei o cabacinho do viadinhoMEU ENTEADO ME FEZ CHORAR NA ROLA DELE CONTOminha mae bebendo porra contocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html ContoseroticosnoivasContos eroticos amiga da sograconto..virei viadinho do meu sogroSou gay e tranzei com um travest contos eroticocasada que engravidou do sogro conto eróticoconto erotico na frentevideo porno dano o cu ea buceta toda babentaConto gay sendo a femea do titioconto anal evangelica cavalonaconto erotico viadinho de calcinha dormindo no sitioconto de sodomia de mulher castaras de ficar olhando outroa fuderconto lebisco minha amiga pagou uma postituta par comer a buveta delamamae gostosa engatada com o dog alemao feito uma cadela conto erotico zoofiliaconto.erotico.tia.sogra.cunhadacache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php Meu namorado virou corno contos teenConto erotico tarado roludo adora chupar bucetinha de ninfetinha com cheiro de xixiEle gozou em mim e no meu marido bebado contoscontos eroticos pagando divida do filhoconto erotico mae na escolacontos dormiu e tomou no cu fodidaconto:trepei com o cavalocontos eroticos de esposas com short de lycra partindo a bucetaminha namorada me trai contos eróticosconto com teens fudrndo as duas sobrinhas de dez e doze anosa garotinha no meu colo contocontos eroticos com velhoscontos eróticos fiz meu irmão me enrabarfilmou o semen saindo da xoxotaconto erotico gay meu amigo rasgou meu cuhistroria dar tia quer transa com seu sobrimchupando minha prima lebosco conto erotico pornodoido provando da minha melhor amiga continuaçãocomendo cuzinho de elanychupando ate ela gozar na boleiaContos rebolo na cacetecontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoIniciando uma virgem contos eroticosesposinha chorosa: contoscontos gays de camisolinhacontos sexo minhas duas tias me espiando meu pausaoconto erotico foda com a viuvinhaConto hot lesbica kiaraminhas duas primas me chupando o palgozei no copo e dei pra minha tia bebeu contosContos eroticos emprrsarios dupla rpauzudogosacontos eroticos de tia masturbacaoconto tirei a virgindade da crente no matoschupando o pau e.lambendo o cinema caracontos meu marido comeu minha maeamava bater punheta no pique escondeMeninas virgem estuprads pela zeladorCOnto a vizinha amamentandocontos eróticos com fotos de menininhas sentadas no coloRelato de zoofilia dando o cabaço pro burrocontos gays virando travestifazendo gozar mulher casada darlene contosconto esposa caralhudoconto erotico imcesto gay sexo familia bipessoas fazendo sexo gostossooooeu adorei gozar no rabo da minha sogra e ela esta visiada em dar o cu