Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODIDA PELO INIMIGO

Click to this video!

QUANDO EU E A LAURA AINDA ÉRAMOS NOIVOS ELA FOI TRABALHAR DE SECRETÁRIA EM UM ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA. DIAS APÓS NO FIM DO SEU EXPEDIENTE FUI BUSACÁ-LA PARA LEVÁ-LA PARA CASA. QUANDO ELA VEIO AO MEU ENCONTRO ESTAVA ACOMPANHADA DE UM RAPAZ BOA PINTA QUE NO MOMENTO NÃO RECONHECI. QUANDO ME APRESENTOU LEMBREI QUE ELE FORA UM COLEGA DE FACULDADE. EU TINHA A MAIOR BRONCA DAQUELE RAPAZ, ERA UM CHATO, METIDO A BESTA, CONQUISTADOR, BRIGUENTO E MUITO DEBOCHADO. APESAR DE TODOS ESTES DEFEITOS AS MENINAS DA FACULDADE ERAM LOUCAS POR ELE. DIZIAM QUE ERA UM VERDADEIRO GARANHÃO NA CAMA. ELE REALMENTE ERA UM BELO ESPÉCIME DE HOMEM, MORENO, ALTO, CABELOS PRETOS, OLHOS AZUIS, BARBA CERRADA E UM CORPO SARADO COM HORAS DE ACADEMIA. CHAMAVA-SE RENATO. IMEDIATAMENTE ELE ME RECONHECEU E PERGUNTOU A LAURA O QUE ELA TINHA VISTO EM MIM, QUE EU ERA MUITO DEVAGAR, RUIM DE PAPO E QUE NÃO PEGAVA NENHUMA GAROTA. LAURA FICOU DESCONCERTADA, MAS DISSE QUE ELE ESTAVA MUITO ENGANADO E QUE NÃO CHEGAVA AOS MEUS PÉS. LAURA PEGOU NO MEU BRAÇO E ME ARRASTOU DALI. ELE NÃO ERA PARÉO PARA MIM, MAS ACHEI MELHOR DEIXAR PRA LÁ. FIQUEI SABENDO DO QUE ACONTECEU DEPOIS QUANDO JÁ ESTÁVAMOS CASADOS. MUITO SEM JEITO ELA ME CONTOU QUE NO SABADO DE MANHA DAQUELA MESMA SEMANA TOCARAM A CAMPAINHA DO SEU APARTAMENTO E ELA VIU PELO OLHO MÁGICO QUE ERA O RENATO. PERGUNTOU O QUE ELE QUERIA SEM ABRIR A PORTA. COMO ESTAVA TOMANDO BANHO COLOCARA SOMENTE UM ROUPÃO POR CIMA DO CORPO PARA ATENDER ELE DISSE QUE TINHA UM RECADO DO CHEFE PARA ELA. QUANDO ELA ABRIU A PORTA RENATO A EMPURROU PARA DENTRO DO APARTAMENTO E AGARROU ELA PELOS OMBROS E A BEIJOU. ELA FICOU POSSESSA, MAS PARA NÃO FAZER UM ESCÃNDALO PEDIU COM FIRMEZA PARA QUE ELE SAÍSSE. ELE CONTINUOU SEGURANDO ELA FIRME EM SEUS BRAÇOS. ELA DEBATIA-SE E ELE SIMPLESMENTE PERGUNTOU COMO ESTAVA O NOIVINHO. SE EU CONTINUAVA SENDO UM FROUXO. COMO ELA CONSEGUIA TRANSAR COM UM BABACA COMO EU. ELA RETRUCOU DIZENDO QUE ELE NÃO FAZIA IDÉIA DE COMO EU ERA GOSTOSO. ENTÃO NUM MOVIMENTO BRUSCO ELE ABRIU SEU ROUPÃO E COMEÇOU A ALISAR E BEIJAR SEUS SEIOS. ELA TENTOU EMPURRÁ-LO, MAS ELE ERA MUITO FORTE. VIROU-A DE COSTAS PARA ELE E A FOI EMPURRANDO ATÉ O SOFÁ. ELA PEDIA PARA QUE ELE A SOLTASSE, MAS ELE RINDO PUXOU VIOLENTAMENTE O ROUPÃO DEIXANDO LAURA COMPLETAMENTE NUA. COM UMA DAS MÃOS SEGUROU FORTEMENTE SEU CORPO JUNTO AO SEU E COM A OUTRA ABRIU SUA BRAGUILHA E TIROU SEU CACETE PRA FORA. ELA ESTREMECEU QUANDO SENTIU SEU MEMBRO COMPLETAMENTE DURO ENTRE SUAS PERNAS. CHORANDO PEDIU PARA QUE ELE A SOLTASSE. ELE DISSE QUE A SOLTARIA QUANDO ELA PARASSE DE SE DEBATER. APESAR DE APAVORADA FICOU CHOCADA QUANDO PERCEBEU QUE ESTAVA FICANDO EXCITADA. FEZ UMA ÚLTIMATENTATIVA DE SE SOLTAR, MAS ELE RUDEMENTE DISSE QUE PARASSE DE LUTAR PORUQE ELE IA FODÊ-LA E MUITO . ELA IRIA CONHECER UM MACHO DE VERDADE. COMEÇOU A BEIJAR SUAS ORELHAS, SEU PESCOÇO E COM UMA DAS MÃOS ALISAVA SUA XOXOTA. AOS POUCOS FOI FICANDO MAIS E MAIS EXCITADA SENTINDO AQUELA FERRAMENTA NA PORTA DA SUA XANA. ELE A FEZ APOIAR-SE NO ASSENTO DO SOFA COM AS MÃOS DEIXANDO ELA DE QUATRO E NUMA SÓ ESTOCADA ENTERROU SEU CARALHO EM SUA XOXOTA, FAZENDO LAURA GEMER DE DOR. ELA FICOU COMPLETAMENTE SEM DEFESA ELE ENTÃO DESPIU-SE E VOLTOU A ATACAR.ELE REALMENTE ERA UM MONUMENTO DE HOMEM. ELA GRITANDO DISSE QUE IRIA ME CONTAR O QUE ELE ESTAVA FAZENDO, ELE RESPONDEU QUE IRIA SE DIVERTIR MUITO COM ISSO. COM O CACETE ATOLADO NA SUA XANA COMEÇOU UM DELICIOSO VAI E VEM. ELA PAROU DE LUTAR E SE ENTREGOU COMPLETAMENTE E LOGO EM SEGUIDA TEVE SEU PRIMEIRO ORGASMO. ELE RINDO A FEZ DEITAR-SE DE COSTAS NO TAPETE E AJOELHOU-SE PERTO DO SEU ROSTO E MANDOU QUE ELA O CHUPASSE. ELA NÃO RESISTIU ÁQUELA TORA TÃO PERTO DELA, AGARROU E ANSIOSA COMEÇOU A PUNHETAR. fURIOSAMENTE, A LAMBER A CABEÇA E O SACO COMPLETAMENTE TRANSTORANDA DE TESÃO. ELE DISSE QUE FOSSE COM CALMA PORQUE O MELHOR AINDA IRIA VIR. COLOCOU ELA NOVAMENTE DE QUATRO E QUE SE PREPARASSE QUE ELE IRIA FODER SEU CU. ELA ASSUSTADA ATENDEU E TREMENDO FICOU ESPERANDO SER POSSUIDA. PEDIU QUE FOSSE DEVAGAR. ELE CUSPIU NO SEU ANELZINHO, LAMBUZOU COM A SALIVA SEU CACETE E ENTERROU A CABEÇA COM UM MOVIMENTO BRUSCO. EM SEGUIDA ENTERROU O RESTO ATÉ O TALO. ELA FICOU ZONZA DE DOR, MAS AOS POUCOS FOI RELAXANDO E COMEÇOU A REBOLAR MUITO DEVAGAR ATÉ QUE SE ACOSTUMOU COM O CACETE DENTRO DO SEU REGO. GEMENDO ELA PEDIA PARA QUE ELE A FODESSE COM FORÇA. ELE FODIA COM VIOLÊNCIA E A CHAMAVA DE VAGABUNDA, PUTA E QUE IRIA ARREBENTAR TODAS AS SUAS PREGAS. MEMSO ENVERGONHADA COM SUA REAÇÃO PEDIA PARA QUE ELE LHE DESSE PALMADAS NA BUNDA. QUANDO ELE DISSE QUE IRIA GOZAR ELA LEVANTOU-SE E ABOCANHOU SEU CACETE E DEIXOU QUE ELE ESPORRASSE DENTRO DA SUA BOCA. GEMENDO DE PRAZER ELA ENGOLIU TODA A PORRA. PERMANCERAM ALGUM TEMPO DEITADOS NO TAPETE. ELE LEVANTOU-SE, VESTIU A ROUPA E ANTES DE SAIR DISSE QUE NO DIA SEGUINTE VOLTARIA PARA FODER ELA NOVAMENTE. SE ELA QUISESSE PODIA CONVIDAR O NOIVO PARA ASSISTIR. ESTAVA SORRINDO QUANDO SAIU PELA PORTA. ELA FICOU ALI SACIADA E CONSTATANDO QUE JÁ ANSIAVA PELO DIA SEGUINTE. COM A CONSCIÊNCIA PESADA FICOU EM DUVIDA SE DEVIA OU NÃO CONTAR PARA MIM O QUE HAVIA ACONTECIDO. ACHOU MELHOR NADA DIZER COM MEDO DAS CONSEQUÊNCIAS. ELE VOLTOU NO DIA SEGUINTE E DEPOIS MUITAS E MUITAS VEZES. SÓ DEPOIS QUE CASAMOS QUE ELA TEVE CORAGEM DE CONTAR O QUE HAVIA ACONTECIDO DIZENDO QUE FORAM FODAS ESPETACULARES E QUE ELE MERECIA A FAMA DE GARANHÃO. ELE REALMENTE ERA UM EXPERT EM FODER. EU NADA PUDE FAZER POIS JA HAVIA PASSADO MUITO TEMPO, MAS O MAIS BIZARRO É QUE TEMPOS DEPOIS ACABAMOS OS TRÊS TREPANDO JUNTOS NUMA SURUBADA. E VEJAM SÓ ATÉ HOJE SOMOS AMIGOS.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de como eu gritei quando me foram ao cucontos eróticos casada não resistiu e traiucontos eróticos de mulher casada f****** com outro homem na frente da filhabelas picas brancas rosinha gozando gaysmulher dando pra piazada contos erpticodcontos papai passando bronzeador em mimcontos porno traca troca amiguinholer conto erotico estrupando velhaa velha e o pedreiro contos eroticoscontos eróticos de amigos com mts mamadasConto erotico meu pai me cobiçandomeu bundao ta seduzindo meu filho contosConto de muitos machos para uma puta depravadaso conto erotico de mendigoscontos eroticos fiquei com um pouco de nojo mas chupei aquela buceta peludacu cheio de muita manteigaesposa rapaziada contosbobadinho condo o priminho gaycontos eroticps violada pelo papaicomendo cunhada asm que minha mulher saiconto erotico madrinha pediuXvidio irmã sozinha paiputinhas inocente contoscasa do conto formos a praia de nuz e meu filho mi chantagiou pra tranzacontos passei a mao nela dormindocomentário de. mulher que ja deu a buceta pro entregador de bebidaContos implando porra na bocaconto esposa na orgia do carnavalIniciada desde pequena conto eroticoArrombaram minha mulherContos Eroticos Pirralhostransando com a motogirlsconto erotico mihna mulher disse que o meu negocio exupa piçanunca tinha visto um pau tão grandetia bate no casa sobrinho contoConto porno descobri q minha mulher tinha um caso com o chefeContos com espermaestuprada e gostou contoscontos gays com gémeoscontos eróticos comendo vizinha sueli coroajapinha.de.baixo da mesacontos de crosdresseresContos de ninfetas que levantam com vontade de da o rabocontoseroticos cavermacontos eroticos sobre voyeur de esposacu fudidos aregalados fotossogra loira novinha chupa maridos Eugêniocontos de cú de madrinhacontos eroticos de casais realizando fantasia com comedorconto eróticos do sobrinho do meu maridoconto erotico namorada perdendo virgindade com meu amigo cinemacontos eróticos estuprei a menininha q saia da escolacontos primeira vwr duplapenetraçãoCantos eroticos de mulheres casadas que traiu aprimeira vezmeu pai deu calcinha minúscula para minha esposa de presente contos eróticosvidio porno enchada qualculadaContos eroticos gays sendo arrobados virgens cache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html conto eu minha irmã e minha mãemeu irmao tirou minha virgindadecontos gay chorei no pau do coroacontos erotico encesto femino eu cgupo minha filha desde os 2 aninhisconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuHistórias eróticas sobre estuprosminha sobrinha eu vou sempre fuder ela no motel conto eroticocontos eroticos trair meu marido no puteirocontos eróticos primos amantescontos eroticos no carrocontos comedo gay e heterocontoesposanuacontos de sexo com gordasou travesti tirei virgidade minha amiga chorou