Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRAI MEU MARIDO COM MEU VIZINHO TEZUDO!!!!!!!!!!!!

Click to this video!

Olá queridos, depois de ler muitos relatos resolvi contar um segredo que passou a virar minha profissão... deixa eu me descrever primeiro...sou morena bronzeada, quase mulata do Sargenteli, 1,65m, tenho 58 kg, cabelos compridos, seios médios, uso sutiã número 42, mamilos empinados pro céu e bunda lisinha, de cinema, tenho 36 anos de muita experiência, fui sapeca desde muito cedo e adoro sexo. Um belo dia estava eu saindo para levar as crianças na escola quando deparo com um homem lindo na porta do elevador... loiro, 1,85m, bermudas mostrando as pernas grossas... uma maravilha, pena que estava com a filhinha, cumprimentei-o com um sorriso e saímos, cada um para o seu canto, mas eu não me conformei, como aquele monumento estava bem perto de mim e eu nem desconfiava. Fiquei com aquilo o dia todo na cabeça, cada vez que pensava ficava molhadinha, precisei até trocar a calcinha no meio da tarde de tão molhada, prometi pra mim mesma que iria dar em cima pra ele. De volta ao nosso prédio, fui falar com o zelador, discretamente para saber quem ele era e para minha surpresa ele havia se mudado no mesmo andar que eu, sá pode ser sonho pensei... cheguei a casa e corri pro meu quarto, peguei o meu consolo e me fodi bem gostoso imaginando que aquele seria o meu loirão me fodendo! meu marido trabalha em turnos e não chegaria tão cedo, terminei gozando forte e peguei no sono, pois estava exausta. Acordei mais ou menos umas 2 horas depois e escutei alguma mulher gemendo feito uma puta, e quem podia ser, o meu loirão fodendo a mulher dele, fiquei louca de raiva, deu vontade de sair correndo e abrir a porta do apartamento deles, jogar ela pela janela e cair de boca no pau dele... nossa fiquei ensopada ouvindo-a gemer e ele urrar, metia o meu consolo novamente sá que agora imaginando muito mais gostoso, imaginando nás 3 na cama. No dia seguinte, estou saindo e quem que encontro, os 2 com a filhinha, fiquei corada de vergonha, e eles nem ligaram, sá faltou ele me perguntar se tinha atrapalhado minha noite, disfarcei olhando no espelho do elevador e logo saímos. Passou um tempo e eu toda noite ouvindo os dois fodendo que nem cães no cio, sempre uivando como loucos. Apás alguns dias, encontro ele na piscina, nadando sozinho, não resisti e puxei papo, ficamos conversando um tempão, eu louca para me jogar nos braços dele, que sem querer deixou escapar que estava sozinho em casa, que a mulher tinha viajado para a casa da tia no litoral em férias, ele sairia uma semana depois, nossa, nesta hora minha xotinha piscou, molhou tanto que até marcou o biquíni, não deu para disfarçar e ele percebeu, pois ficou olhando muito para o pacote, pois tenho um grelo imenso apesar da minha pombinha ser pequena. Entrei na piscina para disfarçar, conversamos mais um pouco e num mergulho que dei percebi que ele estava de pau duro, fazia um volume imenso...fiquei mais louca ainda, me deu uma loucura que fingi dar uma mergulhada e esbarrei nele, que me abraçou e quase me beijou, apertou-me, senti o volume na sunga, que delícia...era tudo que eu sempre sonhava, quase que agarrei aquele pau, sai da piscina e me deitei de frente pra ele, sá de sacanagem me mostrando inteira, era tudo ou nada, e ele me falou, bem sutil e educadamente, você não quer ir ao meu apê hoje a noite tomar um vinho branco gelado? Disse que não seria muito conveniente, uma vez que somos casados, mas ele insistiu que se sentia muito sá, daí consenti. Marcamos para as 9 da noite e fui embora da piscina, subi correndo pro meu apê, marquei uma hora no cabeleireiro, manicure, fiquei linda, coloquei um mini vestido vermelho, um perfume delicioso e uma calcinha de renda, pronta pro crime! Qual não foi minha surpresa ele estava de toalha, tinha acabado de sair do banho, disse que havia se atrasado e eu adorei, entrei e fiquei esperando na sala ele se trocar, e para a minha surpresa de novo, ele voltou de roupão, falei pronto, vai ser agora ...fiquei um pouco nervosa, mas deixei ele tomar a iniciativa, colocou um CD romântico para escutarmos, abriu o vinho e perguntou se eu gostava de Massa, disse que sim, ele falou que iria fazer uma. Foi para a cozinha e me chamou para ajudar, pediu-me para mexer o macarrão no fogo, veio por traz e encostou em mim, pegou na minha mão e me ensinou a mexer, tudo a pretexto de encoxar-me. Fiquei louca de novo, tremi, suspirei, ficamos uns minutos nisto, esfregando.... senti o pau dele, quase morri de tesão e na maior cara de pau perguntou se eu tinha aprendido, disse que sim, então saiu de perto e foi fazer o molho, ficamos neste joguinho mais 30 minutos, quando a comida estava pronta, ele me chamou fomos pra sala, comemos e bebemos o vinho com o macarrão ao molho branco, fiquei meio alta, sou fraca de bebida, comecei a me soltar, tirei os pratos da mesa e levei para a cozinha quando voltei ele estava sentado no sofá de pau duro e pernas abertas quando me chamou para assistir um filme, perguntou se eu gostava de putaria, imagina o que falei, disse que adorava desde pequena, Quando começa rolar o filme, era ele fodendo a mulher dele, quase cai de costas, não achei que ele teria coragem de mostrar isto pra alguém mas adorei, fique de pernas bambas e buceta ensopada de ver como ela chupava ele e de como metiam, quando ele pegou ela de 4 não aguentei e cai de boca na rola dele.... chupei e chupei.... que tesão, sua pica era grande e grossa, enchia a minha boca e sobrava para punhetar, estava quente e dura que nem uma rocha, como mamei gostoso, gozei de tanto tesão sá de chupá-lo e bater sirica ... fiquei mole, e me pediu para esperar foi até o quarto, chamou-me, deitou-me na cama e começou a me despir, foi tirando e me chupando bem devagar, que língua, mamou meus peitos, que delícia, foi descendo e quando chegou em baixo, ficou chupando por volta de minha buceta e por cima da calcinha, fez isto um tempo, e soprava bem fraco como estava ensopada era uma sensação de frescor, ele me virou de costas na cama, subiu por cima, colocando o pau no meio de minha bunda e me fez uma massagem muito deliciosa, eu delirando, sentindo aquela mão gostosa e um pau pulsando na bunda, mas resisti firme. ele baixou a minha calcinha e ficou chupando a minha bunda... que tesão, colocava a língua dentro do meu cuzinho, chupou muito, voltou a calcinha no local e fez a mesma coisa na piriquita, não resisti, apertava a cabeça dele pra baixo, pra língua entrar bem fundo implorava pra mamar meu super grelo, quando ele não resistiu e caiu de boca, mamando como chupetinha, adivinhem...gozei forte na boca dele. Paramos alguns minutos ou horas, sei lá, daí tirou a minha calcinha, sentou-se na cama e pediu para chupá-lo mais um pouco porque também estava com muito tesão. Mais que depresssa, cumpri seu pedido, chupei e senti uma coisa estranha, o pau endureceu mais e depois de um tempo, saiu um jato enorme, forte e quente, foi na garganta, quase vomitei mais engoli tudo, e continuei chupando até limpar seu leitinho quente... descansou um pouco, mas sá que ai não dei trégua, mamei novamente e fiz subir de novo, quando estava duro subi e comecei a roçá-lo no meu grelão, depois coloquei bem devagar, pois era grosso e fiquei com medo de me machucar, fui subindo e descendo bem devagar, entrava e saia, bem devagar para me acostumar, aquilo foi me abrindo, parecia que estava perdendo a virgindade, e como fazia bastante tempo que não transava, imagina, praticamente estava me desvirginando novamente, continuei neste vai e vem até entrar tudo e eu me acostumar com a dor, pois doía bastante, mas aguentei firme, e logo passou pois ele foi maravilhoso comigo, respeitou meus limites e deixou eu dominar. Quando eu já estava toda laceada, comecei aumentar os movimentos até parecer que era uma puta, de tanto que pulava, ele ficava louco de tesão, gemia e eu gemia mais alto, lembrando do que ele gostava, gozei, escorreu pro pinto dele, ele sentiu e deu uma estocada que vi estrelas, pegou-me no colo, encostou-me na parede de pé, eu abraçando ele no pescoço e cruzando as pernas na altura da cintura, ele bombando e socando até as bolas baterem na minha bunda, sentia o saco dele encostar na bunda, depois colocou-me de 4 em cima da cama e socou de uma vez, que delicia, bombava, bombava e eu comecei a gemer bem alto, lembrando da mulher dele, fiz até mais alto e o prédio inteiro deve ter ouvido, ele me batia na bunda, puxava meu cabelo, eu olhava pra trás com minha cara de puta no cio que nem eu mesmo acreditava, nossa, gozava feito uma louca aquele homem levou-me às estrelas, nisto vi uma poltrona na beirada da cama, sentei ele e fiquei de cácoras, de frente pra ele e cavalgando, que maravilhoso, gemia muito, de tanto prazer, nos beijávamos e falávamos palavrões, putarias... Parei e deitei na cama na posição papai e mamãe, ele subiu e mandou ver novamente como estava gostoso, de repente ele começou a gemer forte, aumentou o ritmo e gozou maravilhosamente bem na minha buceta, foram uns 4 jatos enormes bem forte e quente, fiquei paradinha sá sentindo aquele macho se deliciando, que sensação maravilhosa. Ele relaxou, me abraçou e me beijou como nunca beijei ninguém na minha vida que beijo delicado, maravilhoso, o pau foi amolecendo e começou a escorrer a porra, deixei cair tudo nos abraçamos bem forte, deitei no peito dele e pegamos no sono, dormimos um pouco e quando eu acordei, vi ele na sala mexendo na televisão, quando vejo o que estava passando era a nossa transa, fiquei mole.... quase desmaiei de susto ele me pediu para relaxar, assistimos o vídeo todo, fiquei louca de tesão novamente, ele também, fiquei com medo dele mostrar para esposa dele, conversamos e ele me falou que ela tinha vontade de ver ele transando com alguém, pois tinha curiosidade disto, já havia comentado do meu jeito de vadia e que também queria fazer a três mas esta é outra histária, na hora me assustei mas conversamos muito, topei no final, deixando o filme intacto para que sua esposa também curtisse. Quando o filme terminou, transamos novamente, e quando terminamos já era manhã de sábado, fui pro meu apê esperar o maridão que voltaria cansado do batente, sem imaginar o sácio que arrumei pra ele... Vejam sá o destino, passada esta aventura, sempre precisando de grana, lágico, imaginei que poderia satisfazer homens e mulheres pela internet, por video ou webcam. A partir daí, comecei a dedicar momentos de exclusividade de vídeo todo dia para fazer streap a pedidos. Hoje estou realizada, com dinheiro no bolso e continuo gozando e fazendo outras pessoas gozarem pela web, o melhor tipo de sexo seguro que já conheci. Se quiserem sexo virtual de verdade com muito prazer, me adicionem no MSN: [email protected] Beijos carinhosos a todos

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos incesto minha putinha dengosamamada gay contocontos eroticos duplamente penetradoContos eroticos minha mulher e o policialcontos eróticos meu filhocomi a madame na fre.te do marido. experiencias sexuais.Contos eróticos enteada larissa viajarminha mulher puts molecada contosa minha mulher Ela foi arrombada pelo negão como chega eu sentir coisa diferente dentro delacontos eroticos primeira transa sadomasoquista quando meu dono me deixou presameu amigo cumeu minha mae e minha irma.historias eroticasContos eroticos gratis de estagiarias lesbicaas3negros-_contos eróticoscontos eroticos sou casada realizei o desejo do meu sobrinhocache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"Deixei meu irmão de pau duro quando sentei no colo dele contos eróticoszoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguaaec porno videos bhgozei com a minha.irma no meu colocontos eróticos de velhas crentes donas de casacontos erotecos de esposa de espartilho no metrocontos de coroa com novinhovídeos pornô de avô sentando a netinha de sainha curtinha no colonetinha virge de sainha estruoosou o tesaozinho do papaimeu sogro me escravizou contos erotiçosprimo comendo minha mae sandro conto eroticoconto nao aguentei e fudi minha sobrinha de oito anoscontos gay me montei pra elesozinhacom primo contos coroascontos eroticos incesto fazendo minha filha gozar no meu pauconto noiva liberadaconto transformado travestio corinho do pinto dele nem descia ainda contos eroticoscontos de iniciação no swinghistoria comendo eguacontos calcinha da minha tia coroamulheres no salão chupando e se masturbando com dançarinocoroa louraca enxuta bocetao inchada inchadacontos gay comendo o amigo rabudo em casacontos esposa pai delacontos minha mulher olhando o volume do carameu padrasto viu minha buceta contos eroticosrelato fui trocar o gaz e arrombei o cu da crenteamiga lésbica tira a calcinha da amiga com Statevou ponha ela no coichoucontos eróticos mamãe deu o cu eu vicontos eróticos gay primeira vescontos de sexo sogroContos eroticos .eu usava uma sortinho indescente contos personal acoxando a cavala na academiavou rasgar sua boceta vagabundadepilando o sobrinho pau durocontos gay bdsm minha castracao realcontos meu cunhado é corninhonem peitinho teen grita na pau do vobem o qye vou contar pra voces e o seguinte sou casado e minha esposa e loiracontos eroticos homem casado dando ocuconto erotico sogro ahh uhh mete metecontos de incestoMinha mãe e eu no carro 2xvidei a novissa possuidaminha namorada perguntou se eu era gay contocontos de hilhas putinhas pro paimeu lobo gostosocontos eroticos estupradas por animaiscontos com teen fodida aos onze anos por tres roludosContos irma mais velhacontos eróticos perdeu aposta e teve que dar para traverticasadoscontosgaysfui trabalhar e meu marido usou minha calcinha fio dental contos