Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TORTUREI UMA BUNDINHA

Click to this video!

Eu nunca tinha escrito um conto, embora seja um leitor assíduo.... bem, sou claro, tenho 26 anos, 1,76m, 70 kilos, corpo sarado e um pau com uns 19 cm, nada perto dos cavalos que de vez em quando aparecem por aqui, mas vamos para a histária que é mais interessante. Sou noivo e embora algumas pesoas não vão acreditar amo a minha noiva de paixão, mas sexo é sexo e nunca vou dispensar uma boa trepada. Tudo aconteceu em Janeiro de 2002, tinha combinado de sair com a minha noiva e cheguei no horário, mas ela ainda não tinha se arrumado. Já estava na casa dela a vizinha, que vou chamar de Paty, embora sempre achei ela deliciosa nunca cogitei a possibilidade de nem ao menos flertar, pois poderia cabar com um relacionamento de alguns anos. Minha noiva disse que iria tomar banho e que eu ficasse conversando com a Paty. Achei tudo normal, a Paty é um loirinha de 22 aninhos, com uns peitinhos tipo pêra, e uma bunda deliciosa, daquelas que ficam horas sendo endurecidas em academias. Conversa vai e conversa vem começamos a ficar sacaneando um ao outro, falando bobeiras até que entramos no campo do SEXO, ela falava que minha noiva devia ter muita sorte e eu perguntei porquê? Ela disse que em um dia de madrugada, quando estava deixando a minha noiva em casa viu eu comendo ela dentro do carro, que estava na janela e viu quando agente olhava para ver se não tinha movimento na rua.... disse que tinha visto ela abaixar e chupar o meu pau e depois quando passamos para o banco de trás e me viu comendo ela de quatro.... disse que não conseguia ouvir os gritos, pelas janelas do carro estarem fechadas, mas dava para ver que ela gritava. Nessa hora meu pau já tava latejando dentro da minha bermuda. A Paty tava com um vestidinho azul e não sei se intencionalmente, ou sem querer, enquanto falava a mão passeava de levinho sobre os seios, enquanto que ela abria e fechava as pernas bem discretamente, quase como se estivesse se masturbando. Nessa hora chutei o pau da barraca e avancei.... disse que ela realmente tava gritando, porque eu tava comendo o cuzinho dela.... disse nessas palavras, nisso a Paty até arrepiou e disse que nunca tinha dado a bundinha com medo de doer... aquela histária de cerca lorenço já tava me cansando e decidi avançar mais e disse .... SE TE COMEREM A BUNDINHA COM JEITO VOCÊ VAI GOSTAR.... aí foi a vez dela chutar o pau da barraca.... ISSO É UM CONVITE? eu respondi.... SÓ SE VOCÊ FOR LOUCA SUFICIENTE PARA QUERER ME DAR AGORA.... ela levantou veio até mim e sentou de frente em cima do meu colo, já enfiando a lingua na minha boca. Eu a beijava e passava a mão naquela bunda deliciosa, eu sentia meu pau querendo explodir.... puxei a minha bermuda e deixei meu caralho a mostra, ela sorriu abaixou e começou a me chupar gostoso, enquanto eu levantava o vestido e via uma calcinha preta, meio fio dental, enterrada no rabo. Enquanto ela chupava afastei a calcinha e molhei meu dedo na xoxota que tava pingando e comecei a brincar no cuzinho dela.... ela ficou me punhetando e me perguntou... TÁ QUERENDO COMER O MEU CUZINHO, SEU SACANA? e eu disse.... CLARO SAFADA, VAI ME DAR ESSE RABINHO GOSTOSO? Nisso ela levantou, puxou a calcinha para o lado e começou a rebolar no meu pau, na minha cabeça eu já tava ficando preoucupado porque o banho não ia demorar muito.... tentei encaixar meu pau naquele rabinho, mas não entrava de jeito nenhum, desisti e aproveitei uma rebolada dela e enterrei o meu pau naquela bucetinha gostosa, ela gemeu e colocou o corpo para frente.... comecei a fuder com força e enfiar o dedão naquele cuzinho gostoso.... Nessa hora escutei o barulho do chuveiro sendo desligado, a Paty assutou e tentou tirar o meu pau de dentro dela, no que eu segurei e falei.... SUA PUTINHA ORDINÁRIA, NÃO VOU COMER O SEU CU AGORA, MAS VOU GOZAR NESSA BUCETINHA GOSTOSA.... ela virou e disse .... ENTÃO GOZA FILHO DA PUTA SENÃO SUA NOIVINHA PEGA AGENTE.... fodi com força e na hora que tava gozando tirei meu pau da xoxota e mandei ela chupar, ela mamou igual uma vadia profissional, no que eu gozei naquela boquinha deliciosa. Nos recompomos rapidinho e ela saiu, me dizendo que depois que eu largasse a noivinha em casa, parasse na casa dela para terminar o serviço. Sai com a minha noivinha, ficamos nos beijinhos, tomamos vinho, mas eu não parava de pensar na Paty. Por volta das 02:00 horas larguei ela em casa, desci o carro como se tivesse ido embora e parei na porta da casa da vizinha safada, antes de eu pensar em como eu ia fazer para chamá-la, já vi um sorriso da putinha na janela, ela saiu de camisa... SÓ CAMISA, a puta já tava me esperando. Ela virou e me disse que agente não podia demorar senão os pais dela podiam acordar e pegar agente.... me levou para a sala e caiu de quatro no sofá e disse.... VEM PUTO, VEM FUDER O CUZINHO IGUAL VOCÊ PROMETEU... abaixei e cai de boca naquele anelzinho rosa e cheiroso, ela dava gemidinhos deliciosos, comecei a alisar a xoxotinha, peguei meu caralho e esfreguei na buceta para deixar ele molhado e comecei a forçar a entrada, ela gemia e dizia que tava doendo, mas eu tava tarado naquela bunda, não tinha nem entrado a cabeça.... dei aquela famosa cuspidinha e forcei... entrou a cabeça e ela tentou escapulir dizendo que tava doendo, aí eu disse.... SUA PUTA, AGORA EU VOU FUDER O SEU CU.... travei o corpo dela e comecei a meter devagarzinho e ela começou a gemer, enquanto eu batia uma siririca para ela, não tinha entrado nem a metade e ela já dava sinais de que ia gozar e começou a pdeir baixinho.... FODE O CU.... FODE O CU DA PUTINHA, DODE MEU CU IGUAL VOCÊ FODEU O DA NOIVINHA... e começou a gozar enterrando a cara numa almofada, nessa hora o rabinho dela abriu igual a uma flor e eu enterrei tudo e perdi o respeito, fodi igual a um cavalo, enterrava o meu pau com força e ela gemia e não parava de gozar.... levantei ela e coloquei ela sentada no meu pau de costas para mim.... e ela falava.... TÁ FUDENDO MEU CU, VAI ENCHER O MEU CU DE PORRA? GOZA FILHO DA PUTA.... GOZA NO CUZINHO DA SUA VADIA.... nisso ela deu uma rebolada e foram jatos de porra naquele rabo gostoso. Ela levantou saiu meio bamba ajoelhou nos meus pés, limpou o meu pau com aquela boquinha gostosa e me levou até a porta. Fui embora realizado e de vez enquando faço algumas visitas noturnas na casa da vizinha. Os acontecimentos são reais, sá mudei o nome da Paty....nunca achei que fosse possível.... MAS ADOREI!!!! Quem tiver gostado, basta me escrever.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de bebados e drogados gaysvideos porno sobrinha branquinha fugindo dos tios negoesContos Eróticos vi minha amiga sendo emrabada pelo maridão bem dotado fiquei com muito tesãoChaves com tesão de Chiquinhafilho dotado fudendi o pai desejosecretos.comencostou a bunda e pediu picamulher do gelou grande fudedobucetinhas perusinhoeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestofilho delicia contocontos eróticos esfregaçãocontos eroticos eu e meu padrastoDanadinha sapeca contoshomem interra tudo na buceta inxada da sua cadelacontos eroticos morena na garupa da motoconto afoguei com galaursao tio roludo contohttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contosmarido libera esposa para pagar o aluguel contoContos eroticos de de lindos travestis tarado por cuconto primeira peitinhoContos de novinho chupando kct de caminhoneirowww.conto eu vi o pedreiro mijandoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos de menina nova perdendo o cabacoContos tarados por cu de bundudairmã irmão estudando lá no exterior não tinha feito ela com tesão ele com tesão meteu a rola nela bem gostosovídeo pornô pica da cabeça enrolada redondadaesposa do amigo minha cadela contocontos eroticos com lesbicas bofinhosMeu meio irmão do pau de chocolate contosa minha mulher Ela foi arrombada pelo negão como chega eu sentir coisa diferente dentro delavídeos porno metendo na minha tia depois do carnavalconto de rasguei o cu da minha avówww.cunhadaraspadinha.com.brtitiocolocadevagarconto mamae fode com filho aniversariantecontos eroticos cornos que nao desconfiaconto eurotico namorada chupeteiracontos de incestos e orgias com minha mulher minha irma emcass nudistasconto incesto minhas irmãs gritaram no meu pauminha cunhada mim chamo pra trnzarcontos eróticos dopei namorado eu e amigacasei a força contosrelatos eroticos de traicao consentidacontos eroticos gays bem recentes ocorridos no rio de janeiroestuprocontocontos eróticos infânciawww contos eroticos de incestos como minha mae e minha irmaContos historias xxx sexo história verdadeira que comeu a sobrinha virgem que não queria darcontos eroticos incestos primeiro foi o meu irmão agora e meu paiconto erotico;eu e a professora de artesconto erótico eu tentei resistirxvidei a novissa possuidafotonega pornocpntos eróticos percebi que me olhavam e batiam punhetasó não doidão priminha gostosaContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteiContos eroticos-lesbica plugcontos de coroa com novinhoComendo cu de mulher dormindo conto eroticoconto porno so danda molequeporno zoo insesto e dominacao en contos eroticosconto eróticos a cumhada q eu tinha raivaela sentiu meu pau crescendo contos eroticosquero ver buceta do pigele gradebucetad em transecontos calcinhas de mamaelena beijando sua amga gostosocache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html conto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorFui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contoscontos eroticos com enteadaIncesto com meu irmao casado eu confessoeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incesto