Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A AFILHADA DA MINHA MULHER

Click to Download this video!

depois de ler diversos contos, resolvir compartilhiar com os leitores uma da minhas aventuras amorosas, que aconteceu a dois anos. Eu tinha na época trinta e três anos. Quando ia para o trabalho com a minha esposa. Surgiu entre um grupo de meninas jovens uma garota morena que mim chamou a atenção. Fiquei sabendo que todos a chamava de mazé .Por sorte, mazé era amiga de uma jovem sobrinha de uma vizinha . Através dessa vizinha eu e minha esposa fomos apresentados a mazé e a sua amiga (não vou citar o nome por que a sua participação no conto termina aqui), mazé passou a frequntar a nossa casa. meses depois ficou encantada com a minha esposa, no início fiquei até preocupado com um relacionamento mais profundo entre as duas. Depois comprrendir que sá era um casa de amizade mesmo. Isso por que depois mazé pediu a minha esposa para lhe batizar em uma cerimônia religiosa de crisma. Batismo feito, convidados para a festa e tudo mais . O tempo foi passando e a cada dia mazé frequentava mais a nossa casa. A minha esposa um tanto ingenua, dizia para a sua afilhada algumas de minhas habilidades na cama, tamanho do meu membro (21 cm) e que eu a chupava com muita habilidade, que lambia o seu cuzinho e tudo que um homem faz para ver a sua mulhezinha satisfeita sexualmente. Não é que a danadinha depois de ouvir tanto sobre as minhas habilidades, também quis participar da festa. um certo dia saimos nos três, eu, mazé e a sua madrinha (no caso minha esposa) para tomarmos umas cervejinhas e jantarmos. Sá que a minha esposa preferiu tomar cuba libre . a danada chumbou. chegando em casa disse que ia tomar um banho, assim fez. Mas de tanto chumbada que estava, sentou embaixo do chuveiro e dormiu . Passado um bom tempo a danadinha da mazé foi até a porta do banheiro para certificar de que realmente ela estava no banho.percebeu que a madrinha estava dormindo, mazé volta e no corredor mesmo atraca comigo num beijo de tirar o folego. ai não deu outro a minha manjuba subiu igual a foguete, quase rasga o short . dai pra frente perdemos totalmente o controle.Foi um agarra agarra, loucura total, quando a danadinha tirou a sua blusa, apresontou uns seios grandes e lindos, ai cai de queixo, saborei como um bezerro aqueles peitão. A danada meteu a mão dentro do meus short (estava sem cueca) ai foi a vez dela perder totalmente o medo e a compostura, tirou o meu cacete para fora e caiu de queixo. Como aquela menina chupava bem um pau. Depois de muito chupa chupa, levei a danada para a minha cama, cai de queixo na sua xana, que delícia, apertadinha a danada tinha mal quebrado o cabaço . Depois da sua xana estar bem molhada e inchada, foi a vez dela pedir mete padrinho, mete esse cacete que até agora sá a madrinha usufruia . Não fiz de rogado, dei uma pinceladas na sua xana, fui colocando a cabeça, a danada quis recuar, com medo, mas o tesão era tamanho que pedia, vai padrinho, mete padrinho, tenha cuidado, mas mete, quero esse caralho todo dentro de mim. Daí em diante não tive dá, de uma vez sá, enfie o cacete naquela xana apertadinha. que delícia, ficamos numa foda gostosa por muito tempo. Sá ai lembramos da madrinha da safada. Fomos lá no banheiro, tiramos ela debaixo do chuveiro e levamos para a cama . A danada da mazé estava louca por sexo, pediu para dar uma surra de língua na madrinha, eu consenti, porém fiz uma exigência, enquanto ela chupava, eu ia metendo no seu rabinho . a danada topou, não sei onde ela sentia mais prazer, lambendo a xana da madrinha ou tomando no cu .passamos assim por muito tempo, até nossos corpos não aguentar mais. Depois dessa noitada, ela ia lá em casa quase todos os dias para repetir a dose. Ficou tão apaixonada pelo meu cacete, que fez um convite para eu ir a casa dela, topei na hora, mas essa parte eu conto depois...................

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico.de novinha gosando com o paicontos de novinha sendo estuprada no caminho da escolaconto erotico gay coroa dominador faz orgia em casa com viados de madrugadaminha xereca consando na rua contos eroticosgenro da piroca grossa deixa sogra doidinha,contos e relatos eroticoscontos eroticos de mulheres casadas que ja levou mijada na carao amigo do meu marido pau de jumento contomora Nana bem gostosa da bundona bem grandes eu dental bem deliciosa néconto erotico de esposa com motoboyContos eróticos de bebados gaysdevorava os meus seios contos eroticoscontos eroticos minhas filhinhasprimeira vez difícil contos eróticoscontos eróticos sobre tia bucetudaconto novinha gravida do tiocontos eroticos irma boqueteiracontos eroticos sobre voyeur de esposacontos sadomasoquista mais uma gorda dominada parte 2contos adoroo ser subimisso q mete coisa em meirmã e amigas devassas esfregando a bunda no pau do irmãozinho dela contos eróticoso corinho do pinto dele nem descia ainda contos eroticoscontos eroticos tres familias em feriasvelha aqueles tempos do capô de fusca bem rapadinhadestruidor de cu contoscontos/empregada neguinha bunduda...contos gay o hetero sentou no meu colo na viagemfui dormir na casa do meu primo e ele acordou de pau durocontos eroticos gay os adultos me dizia filhinho vai chupa é o pirulitaoMeu irmão mandou eu deitar com eleContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar os pes de primas dormindoDona Florinda chupando a rola de Seu Madrugaconto transando com ladraotraí meu marido contosloirona toda mastubada na cama do tio chupando seus peito se lambendo toda e o tio coroa chega e pega a sobrinha safada de sorpresahttp://tennis-zelenograd.ru/conto_20703_comeca-da-minha-rotina-de-putinha.htmlcontos eroticos - isto e real. parte 1Conto de casada estupada e gostandoMeu sogro cheirou minha calcinhamorena de seios gigantes e cintura fina fundendo com um homem2 ome pega uma mulher afosa prafase pornoO amigo dele me comeu contosquero tua jeba rasgando meu cuminha mulher d sainha dando pra mim e um amigo jegao contosMe comeram ao lado do meu namoradoAi tira tira, aguenta sua cadela so vou parar quando eu quiser e quando eu tiver satisfeito piranhacontos sadomasoquista mais uma gorda dominada parte 2contos eroticos a forcacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaver tdos as calcinhas fio dental qom bomum empinadcontos eroticos gay no meu primeiro dia de aula na faculdade esbarei nele sem wueter mas percebi que era um babsca mal efucafpmeus contos com minha vizinha doida de tesãoenrabaram minha,esposa na piscina sem eu ver contos eroticoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eu durmo de saia sem calcinhaConto pornô palmadas na fazendaconto fui comido por doiseu minha esposa gostosa na praia contos eroticosminha mulher e travesti contos eroticoscontos eroticos a mulher do engenheiro e o servente virgemcontos eroticos travesti sendo estrupadaContios dormi na casa do amigoContos eroticos dando o cu no hospitalcontos eroticos na arrombada noite de nupsiacontos eroticos virei mulher como minha baba lebicaGarotinho lisinho e comido pelo amiguinhocontos eroticos onibus da alegriaverdinho tirando a virgindade da sobrinha novinha gostosacontos eroticos amante vs mulhercontos eroticos flaguei minha mae dando também quis cumer sua bundaConto erotico gay homem goza usando.vibradoros meus amigos eatuoraram a minha mae contoContos primeira chupadaCamila minha enteada com a b********Sou casada fodida contoporno aniverssrio do sobrinho a tia fudet com elecontos eroticos de pai e filhinha novinhacontos de casadas quer menageconto erotico do viadinho de calcinha na casa do tiocontos eroticos no acampamentoconto gay meu irmão sacudiu o pau dele pra mim conto erotico escrava sabrinaRelato minha mulher no shopping sem calcinhaestrupei minha irmanzinha a força conti heroticiMeu+tio+ficou+brabo+com+migo+e+arrombou+meu+cu+conto+eroticoconto erotico um padre me come e eu sou homemquero ser arronbada por outro cassete conto