Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
J est liberada a rea de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PRIMO FODEU MINHS ESPOSA

Click to this video!

MEU PRIMO FUDEU MINHA ESPOSA NA MINHA CASA







SOMOS UM CASAL CASADOS A VINTE E CINCO ANOS, MEU NOME ‰ PAULO E MINHA ESPOSA SE CHAMA ALESSANDRA, (NOMES FICTCIOS) TEMOS 43 ANOS, ELA ‰ UMA MULHER BONITA, ESTILO MAGRA, PERNAS LONGAS, SEIOS PEQUENOS, CABELOS COMPRIDOS E UMA BUNDINHA LIINDA, QUE ADORO APRECIAR PRINCIPALMENTE NA PRAIA, POIS COMPREI UM BIQUINI ASA DELTA PRA ELA, QUE FICA MUITO LINDO, NOTO QUANDO OS HOMENS OLHAM PRA ELA NA PRAIA SE BRONZEANDO E FICO MUITO CONTENTE POR TER UMA MULHER ADMIRADA POR OUTROS HOMENS.

DE UM TEMPO PRA C NOSSO VIDA SEXUAL ESFRIOU UM POUCO, APESAR DE TRANSARMOS SEMPRE E PARA APIMENTAR NOSSO RALACIONAMENTO COMECEI A IMAGINA-LA TRANSANDO COM OUTRO HOMEM NA MINHA FRENTE, NA NOSSA CAMA OU NA PRAIA OU OUTRO LUGAR, POIS QUERIA FAZER ALGO DIFERENTE PRA MELHORAR NOSSO RELACIONAMENTO SEXUAL, POIS ELA MESMA ESTAVA ME COBRANDO ALGO DIFERENTE E QUANDO BEBIAMOS ALGUMAS CERVEJAS(COISA QUE ADORAMOS) FICAMOS COM MUITO TESƒO, PRINCIPALMENTE MINHA ESPOSA ALESSADRA, QUE PARECE SE TRANSFORMAR EM OUTRA MULHER, OUTRO DIA ESTAVAMOS NA PRAIA E COMPREI CAMARƒO COM UM AMBULANTE, QUE ESTAVA NA MESA VIZINHA VENDENDO PRA DOIS CARAS, UM ERA PINTOSO, MINHA MULHER FALOU QUE ELE NƒO TIRAVA OS OLHOS DELA, QUANDO CHEGUEI NA NOSSA MESA ELA ME CONFESSOU QUE NOTOU QUE O HOMEM REALMENTE NƒO TIRAVA OS OLHOS DELA, E ME FALOU QUE ELE ERA MUITO BONITO, AQUILO NƒO SEI PORQUE ME DEU UM TESƒO ENORME E FIQUEI NA HORA DE PAU DURO, E ELA NOTOU, ME DEU VONTADE DE PERGUNTAR SE ELA QUERIA SAIR COM ELE NAQUELA HORA, MAS NƒO TIVE CORAGEM E PERDI UMA OPORTUNIDADE DE REALIZAR MINHA FANTASIA, QUE ‰ VŠ-LA SENDO FODIDA POR OUTRO HOMEM NA MINHA FRENTE.

QUANDO TRANSAMOS SEMPRE FALO COISAS NO SEU OUVIDO, TIPO IMAGINA OUTRO CARA AQUI METENDO EM VOCŠ NA MINHA FRENTE, SEI QUE ISSO MEXE COM ELA, E PERGUNTO SE ELA QUER, VARIAS VEZES ELA DIZ QUE QUER, E ISSO ME DA UM GRANDE TESƒO. AS VEZES CONVERSANDO COM ELA COM UMAS CERVEJINHAS NA ID‰IA ELA DIZ QUE QUER, MAS TEM QUE SER DE UMA FORMA NATURAL, SEM FOR‡AR A BARRA, TIPO DEIXAR ROLAR.

BEM MAS VAMOS AO QUE REALMENTE INTERESSA, MORO EM RECIFE E PROXIMO DA CASA DO MEU PRIMO CARLOS (NOME FICTCIO), HA MUITO TEMPO MEU PRIMO NƒO VINHA NA MINHA CASA, ACHO QUE QUASE DOIS MESES, E NUM BELO SBADO ELE CHEGOU, BATEMOS UM PAPO E ELE ME CONVIDOU PRA TOMARMOS UMAS CERVEJAS, ERA TIPO 11:00 DA MANHƒ E RESOLVI ACEITAR O CONVITE, S“ QUE RESOLVEMOS BEBER EM CASA MESMO, SAIMOS COM UMA CAIXA DE CERVEJA E FOMOS AO DEP“SITO ENCHER AS GARRAFAS, NO CAMINHO BEBEMOS 2 E VIEMOS PRA CASA, MINHA ESPOSA ESTAVA PREPARANDO ALGO DE TIRA GOSTO E COME‡AMOS A BEBER O DIA TODO, SENTADOS  MESA, POR VOLTA DE 19:00 J ESTAVAMOS UM POUCO ANIMADINHOS, PRINCIPAMMENTE MINHA ESPOSA, QUE ESTAVA COM UMA LINDA BRUSA, QUE SEMPRE MARCA OS SEUS BICOS, QUE DIGA-SE DE PASSAGENS SƒO LINDOS, SEM QUE ELA NOTASSE EU PERCEBIA MEU PRIMO DANDO UMAS OLHADAS NAQUELES BICOS QUASE FURANDO A BRUSA, ELA ESTAVA DE BERNUUDA JEANS COLADA NO CORPO O QUE DAVA PRA VER SUAS FORMAS GENEROSAS, ESTAVAMOS CONVERSANDO NORMALMENTE, QUANDO AT‰ PRA MINHA SURPRESA ELA FALOU: MARIDO VAMOS LEVAR O CARLOS PRO NOSSO QUARTO PRA GENTE BRINCAR UM POUCO?

FIQUEI SEM GRA‡A E FALEI PRA ELA PARAR DE PALHA‡ADA E MEU PRIMO FICOU OLHANDO PRA MIM SEM ENTENDER NADA, FALEI QUE ELA ESTAVA BRINCANDO, E CONSEGUI MUDAR O RUMO DO ASSUNTO, S“ QUE AQUILO FICOU NA MINHA CABE‡A O TEMPO TODO, POIS APESAR DE SER MINHA FANTASIA VER MINHA LINDA ESPOSA SER FODIDA, NUNCA IMAGINEI COM MEU PR“PRIO PRIMO, O TEMPO VAI PASANDO E FOMOS BEBER NO QUINTAL DE CASA, SENTIA QUE MINHA ESPOSA ESTAVA NAQUELES DIAS DE TESƒO, FIQUEI COM MEDO DELA FAZER ALGO ERRADO, E FIQUEI O TEMPO TODO AO SEU LADO, MAS NUM DESCUIDO MEU VEIO O PIOR(OU MELHOR), ALESSADRA ME PEDIU PRA EU IR COMPRA UM CIGARRO PRA ELA NO BAR QUE FICA NA MINHA RUA, ELA MESMA PEGOU O DINHEIRO ME DEU E ME LEVOU AT‰ O PORTƒO DE CASA, SA E FUI COMPRA O BENDITO CIGARRO, COMO DE CUSTUME TOMEI UMA CERVEJINHA RAPIDINHO NO BAR, NA• DEMOREI MAIS DE 20 MINUTOS, QUANDO CHEGUEI VI OS DOIS VINDO PELO CORREDOR LATERAL DA CASA, MEU PRIMO MEIO SEM JEITO, NOTEI QUE ALGO ACONTECEU, DEI O CIGARRO PRA ELA, QUE ME AGRADECEU E ME DEU UM BEIJO, CONTINUEI A BEBER COM OS DOIS, MAS DEPOIS DE UMA CERVEJA MEU PRIMO RESOLVEU IR EMBORA, LEVEI ELE NO PORTƒO, ACABEI DE TOMAR A ULTIMA CERVEJA COM MINHA ESPOSA, FOMOS NOS PREPARAR PRA DURMIMOS, FUI FAZER ALGO E ALESSANDRA FOI PRO QUARTO, QUANDO CHEGUEI, ELA J ESTAVA DURMINDO, ENCONTREI ELA NA CAMA DURMINDO, TIREI SUA ROUPA (QUANDO ELA EST CHEIA DE CERVEJA, NƒO ACORDA DE JEITO NENHUM). COMO SEMPRE FA‡O A NOITE OLHO PRA SUA BUCETINHA E NOTEI QUE ELA ESTAVA MUITO VERMELHA, OS PEQUENOS E GRANDES LBIOS REALMENTE ESTAVAM MUITO AVERMELHADOS, E MUITO MELADA COM CERTEZA ELA HVIA GOZADO, J FAZIAM TRŠS DIAS QUE NƒO TRANSAVAMOS LOGO CONCLUI QUE TINHA ACABADO DE LEVAR UM CHIFRE DO MEU PROPRIO PRIMO. NO DIA SEGUINTE FOI A PRAIA COM ELA E ENTRE UMAS CERVEJAS E OUTRA, TIVE CORAGEM DE PERGUNTAR A ELA O QUE ACONTECEU ENTRE ELA E O CARLOS ENQUANTO EU ESTAVA NO BAR, ELA FALOU QUE NA• ROLOU NADA, OU QUE NƒO SE LEMBRAVA DE NADA, ENTƒO FALEI PRA ELA QUE A SUA BUCETA ESTAVA MUITO VERMELHA ONTEM A NOITE, DEPOIS QUE ELA DURMIU EU VI COM MEUS PROPRIOS OLHOS, ELA MANTEVE A PALAVRA QUE NƒO SE LEMBRAVA DE NADA, EU FIQUEI NA DšVIDA SE ERA VERDADE OU SE ELA ESTAVA COM VERGONHA DE ME FALAR A VERDADE. S“ SEI QUE ISSO MEXEU COM N“S DOIS E QUANDO TRANSAMOS AS VEZES IMAGINVAMOS O QUE HVIA ACONTECIDO NAQUELE DIA, UMA VEZ ELA ME FALOU QUE O PAU DELE ERA MUITO GROSSO E QUE ELE FODEU ELA GOSTOSO, E QUE EU NƒO SABIA MAIS FUDER ELA DIREITO, E QUE POR ISSO EU IRIA SER CORNO, MAS PENSSEI QUE ERA S“ FANTASIA DELA, ISSO NOS DAVA UM TESƒO MUITO GRANDE E FUDIA ELA GOSTOSO.

DOIS MESES DEPOIS ELA VIAJOU PRO O PARANA E MEU PRIMO APARECEU DE NOVO NA MINHA CASA SEM A PRESEN‡A DE ALESANDRA, DIZENDO QUE HVIA SUMIDO POIS ESTAVA TRABALHANDO EM JOƒO PESSOA, E QUE QUERIA MUITO CONVERSAR COMIGO, EU LHE DISSE PODE FALAR. ELE ME PERGUNTOU SE ALESSADRA HAVIA FALADO ALGO COMIGO E RESPONDI QUE NƒO E PERGUNTEI, TIPO O QUE? MAS J SABIA QUE ELE IRIA ME CONTAR A VERDADE POIS ‰ UM HOMEM MUITO INTEGRO, ELE FALOU QUE NƒO IRIA CONSEGUIR MAIS OLHAR PRA MINHA CARA E DA ALESSADRA SE NƒO SE ABRISSE COMIGO, PEDIU PRA NƒO CONTAR NADA PRA MINHA ESPOSA E QUE ERA PRA EU PERDOA-LO POIS S“ ASSIM ELE MESMO SE PERDOARIA, FALEI PRA ELE ME CONTAR TODA A VERDADE COM DETALHES, PARA EU PODER COMPARAR O QUE A ALESSADRA IRIA FALAR COMIGO. ELE ME EXPLICOU QUE ESTAVA A MAIS DE SETE MESES SEM TRANSAR COM A ESPOSA DELE, POIS SEU CASAMENTO IA DE MAL A PIOR, QUE ESTAVA CHEIO DE CERVEJA, E COM MUITO TESƒO, DEPOIS QUE HOUVIU MINHA ESPOSA ME PEDINDO PRA LEVA-LO PRA NOSSA CAMA, DISSE QUE QUANDO EU SAI PRO BAR, ALESSADRA O LEVOU PRA TRS DA CASA E LHE FALOU QUE ESTAVA PRECISANDO DE ALGO DIFERENTE, DE SER BEM FODIDA POR OUTRO HOMEM, E FOI LHE BEIJANDO E TIRANDO A BERMUDA E A CALCINHA, ELE FALOU QUE FICOU MUITO NERVOSSO COM A SITUA‡ƒO, MAS AO HOUVI-LA FALAR COISAS DO TIPO: O PAULO VAI DEMORAR UM POUCO EU MANDEI ELE COMPRA O CIGARRO S“ PRA TE TRAZER PRA CA´, E NESSE MOMENTO MINHA ESPOSA SE VIROU DE COSTAS, COLOCOU AS MƒOS PRA CIMA NA PAREDE SE EMPINOU TODA E PEDIU PRA ELE METER NELA, POIS ELA ESTAVA PRECISANDO MUITO, ELE CHORANDO, ME FALOU QUE NEM ELE, NEM EU E NEM NENHUM HOMEM DO MUNDO, IRIA RESISTIR AQUELE MOMENTO, POIS ELE ESTAVA CHEIO DE CERVEJA, H MAIS DE SETE MESES SEM FUDER UMA MULHER E DIANTE DE UMA MULHER GOSTOSA E NUA, QUE PEDIA PRA SER FUDIDA DE VERDADE COM FOR‡A, ELE CHORANDO ME PEDINDO PERDƒO, FALOU QUE NƒO AGUENTOU E METEU COMO ELA QUERIA, COM FOR‡A, QUE LHE AGARROU PELA CINTURA E METEU PELO MENOS CINCO MINUTOS DIRETO, COM MUITA FOR‡A NA BUCETINHA DA MINHA ESPOSA, ( PENSEI: FOI PORISSO QUE ELA ESTAVA TƒO VERMELHA NAQUELA NOITE) E QUE QUANTO MAIS ELE MEDIA ELA FALAVA _€‰ DISSO QUE EU ESTOU PRECISANDO, SER FODIDA DE VERDADE€, €œME FODE€, FOI QUANDO ELE FALOU QUE ELA DEPOIS DE CINCO MINUTOS, COME‡OU A SE TREMER TODA( SEMPRE QUE MINHA ESPOSA ESTA COM MUITA VONTADE DE TRANSAR, ELA S“ GOZA SE TREMENDO, PORISSO TIVE CERTEZA QUE ELE ESTAVA FALANDO A VERDADE), ELE DISSE QUE AO VER MINHA ESPOSA GOZANDO DAQUELE JEITO, NƒO CONSEGUIU SE CONTROLAR E TAMBEM GOZOU NA SUA BUCETA, E QUE TINHA SIDO MUITO GOSTOSO, DEPOIS ELES SE ARRUMARAM E NO CORREDOR ELA DISSE PRA ELE NƒO FICAR PREOCULPADO, POIS ELA S“ QUERIA SER FODIDA DE VERDADE COM FOR‡A.

MEU PRIMO CHORANDO MUITO ME ABRA‡OU, ME PEDIU PERDƒO E FALOU QUE O QUE MAIS ESTAVA CHATEANDO ELE ‰ QUE APESAR DE TER FEITO ISSO COM A MULHER DO SEU PRIMO, ‰ QUE NOS ULTIMOS ANOS FOI A FODA MAIS GOSTOSA QUE ELE HVIA DADO.

FALEI COM ELE PRA ESQUECER TUDO ISSO, POIS ALESSANDRA E ELE ESTAVAM BEBEDOS E O TESƒO FALOU MAIS ALTO, E NƒO QUERIA ACABAR COM NOSSA AMIZADE E NEM COM MEU CASAMENTO DEPOIS DE 25 ANOS.

DEPOIS DESSA HIST“RIA QUE ELE ME CONTOU, ELE FOI EMBORA, E EU SEMPRE ME LEMBRO DOS DETALHES DESSA FODA MALUCA QUE MINHA LINDA ESPOSA PROPORCIONOU AO MEU PRIMO.

AINDA NƒO CONTEI ISSO PRA MINHA ESPOSA QUE EST VIAJANDO, MAS QUANDO ELA VOLTAR VOU CONTAR COM DETALHES TUDO QUE ELA FEZ COM MEU PRIMO. E QUE DEVO ADMITIR, QUE TUDO ISSO, S“ ME DEIXOU COM MAIS TESƒO NA MINHA ESPOSA E COM VONTADE AINDA MAIOR DE VELA SENDO FODIDA DESSA FORMA, MAS MENOS COM MEU PRIMO.

















VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


o amigo do meu namorado me comeu na calada conto eroticoconto esposa exibicionista sensual pra molekcontos eroticos velhos e novinhas santinhascontos de marido bonzinhos Conto comi a mãe da minha namoradanao contive quando minha vizinha passou a bunda em mim contoscontos eróticos de bebados e drogados gayspornodoodo padrasto fobe enteada novinhaconto erótico menina zuando pau pequenoMeu irmao toda hora so quer comer meu cuzinhojogando nas duas pontas trailer porno travestisfrases minha amante usa fio dentalcontos eroticos de apostei com a minha irma e acabou em tranzaVer buceta mulhere mas buntuda do mundo conto erótico novinho escondidi escurogozoo na bucetakconto de mulher transando com meninos novinhosPorn contos eroticas. madura divorciadacontos corninho obrigado a usar calcinhacontos eroticos de negros na praia de nudismoporno doido sumindo um emorme prinquedo na pusetaconto fiz sexo oral em padrecontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bcontos eroticos dando pros 5 irmaosconto de escrava lesbconto erotico filha mamae me ensinou a ser putinha parte 2conto erotico maes rabudas na praia c facontos eroticos guei meu colega de quarto me fes sua femeacontos eroticos corninho limpamdo xoxota da esposa cheia de gozo do amantecontos eroticos de viadinhos de calsinhacontos eroticos medicoconto erotico samuelContos eróticos comendo uma travestir lindacontos eroticos de regata sem sutiacontos comiminha primaContos gays arrombado na borracharia por varios usando fio dentalcontos eróticos de lésbicas tirando a virgindade das outrasArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contoscontos eróticos da secretária cadela de coleira do patrãocontos de professor e alunamilhares de contos eroticos pai maeprofessora recatada pagando boquete pro colega de servico contosMinha namorada mim traiu na vaquejada contos conto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos fui comida no cinemaPeguei meu filho e mandei ele chupar minha bucetaSou casada e chupei dois caralhos ao mesmo temponamorado domado contos eróticoswww.mulatanua.comcontos eróticos vovócontos eróticos e de dia em q uma ninfeta que eu odiava dormiu na minha casacomo eu faço pra apreparar minha buceta pra primeira relaçao sexualvideo porno lanche na boca. deitada no colo do sogrocontos eroticos fudida por cobrador e motoristaConto eroticos no beco escuroFui penetrado com violênciacontos enrrabado na saunacontos incesto comendo minha mae no parquepegando a amiga camila com rabao empinadoContos afeminado c shortinho socadocontos de sexo a chupada da minha maeprofessor cacetudo comendo o cuzinho do menino afeminado no banheirocomo eu ia na fazenda novinhacomi o cuzinho do vizinho novinho contos heroicosContos e fotos de gozadas nas calcinhasprometeu dar o cuzinho virgem contos eroticosconto erotico menague com a noraSou casada fodida contoMeu tio chera minhas calcinhashomens velho gay contoscontos eroticos real engessadacontos quis dar pra um travestitia bate uma pro sobrinho contoscontos coroas primas do interiorconto erotico incesto sonifero filhaxcontos eroticos.com casada gostosona deficientecontos incestos eu e meu irmão fizemos uma s***** com minha sogra em minha casacoroa deito e pediu pa enfia devagarsinho nu.seu.cucontos eroticos tios gordinhos tirando o cabaço do cu do sobrinho novinho