Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INICIANDO A SOBRINHA

Click to this video!

Esta noite me surpreendi com uma sobrinha que veio morar aqui em casa por causa dos estudos.

Estava fodendo a fogosa minha mulher, que adora gritar obsccenidades nessas horas,

quando escutamos um espirro na porta do quarto. Já estávamos prestes a gozar e não demos atenção. Mas depois minha esposa observou que minha

sobrinha estava bem crescidinha, aos 19 anos, e por sua vida regrada talvez ainda fosse virgem,

naturalmente com o calor do sexo em altíssimo grau. Resolvemos fazer brincadeiras na frente da sobrinha

afim de que ela pudesse ver um casal transar na frente dela, e na mesma noite do dia seguinte começamos.

Era um sábado e não saimos para algum bar, ou teatro, ou cinema, como de costume. Locamos uns filmes,

compramos algumas cervejas e passamos a noite em casa. A sobrinha ficou já pronta pra dormir e pôs

um baby dol (?) e fomos aos filmes e cervejas, eu estava sentado no sofá com minha esposa entre minhas

pernas e a sobrinha encostada no mesmo sofá, sentada no chão. Quando já estávamos meio altos com a bebida

minha esposa começou a alisar meu pau, com uma maestria q sá ela tem, fiquei logo de pau duro e permitia

q ela continuasse enquanto eu olhava para o biquinho do peito da sobrinha por tras do conjuntinho azul e eu

apertando delicadamente o grelinho da minha mulher q logo começou a se contorcer e me apertar com mais força.

Ela pediu licença pra nás dois, dizendo pra sobrinha ter cuidado em estar comigo, pq eu estava um perigo. A sobrinha

deu um sorrisinho sem graça e disse q não tinha o que temer, confiava no titio... minha esposa logo volta somente com

uma blusa minha de mangas compridas e sem nada em baixo, ficamos pasmos, mas eu já tinha ficado excitado o suficiente

pra gozar o restante da noite. Então ela se deitou no sofá e continuou a acariciar meu pau, com as unhas passando por minhas bolas...

aaaaaaai que delícia, não consegui conter, e soltei um gemido longo. Minha sobrinha nao se mexia, mas já estava com

as pernas encurvadas, as mãos abraçando uma perna-que depois descobrimos q ela estava se acariciando-

e os mamilos denunciando o tesão. aí minha mulher me pediu no ouvido pra eu tirar o short, então tirei prontamente e

joguei ao lado da sobrinha, q teve um tremor de excitação pelo que estaria para acontecer. Então minha esposa começou a me chupar

e parecia mais disposta do que de costume, eu começei a gemer e minha sobrinha nao saia do lugar. Foi aí que disse,

agora é minha vez, sua safada! não é cacete q vc quer, entao vem cá, senta aqui no meu lugar. ela sentou enquanto eu, de

joelhos, tirava a blusa... comecei a lamber a boceta dela, e fui aos poucos me aproximando da sobrinha.

encostei nela o meu caralho e comecei a alisar a barriga dela, ela não se conteve e agarrou em meu pau,

começou a punhetar... tudo estava melhor do que poderia ser. Aí minha mulher disse q se eu quisesse poderia dar mais

assistencia a minha sobrinha, foi aí q não pensei duas vezes, parti pra cima de minha sobrinha, levantei ela do chao,

e levei pra a nossa cama de casal... lá eu beijei o corpo dela todo, começando da nuca, descendo pelo pescoço,

pelos mamilos, pela barriga, em volta da virilha, lambi seu cusinho delicioso e cheiroso, ela gosou assim

que trisquei a lingua no grelinho dela q estava bem durinho e todo melado já. nisso minha mulher fechou a porta do quarto

e saiu, não quis participar...mas mesmo assim foi átimo, fiquei umas duas horas com minha sobrinha, ensinei ela a chupar

um cacete e até comi seu cusinho. foi quando minha mulher chegou e disse q agora seria sua vez de me dar, nossa quase não aguento,

mas me esforcei pra satisfazer as duas.

hoje eu posso dizer que tenho duas mulheres, e as duas dormem comigo. Minha sobrinha tem um namorado, mas raramente transam

pois ele é um zé ruela que não se preoculpa em satisfazer minha princesinha.

Estou esperando o dia em que minha mulher possa me ajudar a satisfazer a sobrinha fogosa, ela diz não gostar de lesbianismo...

se alguem tiver idéia de jogos ou análogos q possa incentivar, ficarei grato e relatarei com todo o carinho.



-PRA VC QUE LEU E TEM XOXOTA, UMA LAMBIDA NO ANEL DE SUA BUNDA E NO SEU GRELINHO! :)



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos putinha na madrugada na ruaa gozada mais rapida da estoria pornodoidocontos sou baiana e adoro paus grandescontos irmãzinhacondos erodicos sogra e jerocontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigocontos meu vizinho tira o pau pra foraesposa conta para o marido que ele é corno e que seu amante vai fuder ela na frente do corno e depois vai transformar o corno no maior viado e vai leva sua outra amante pra fuder com a esposacontos eróticos de comi a chata da clasecunhado pauzudo fudendo a sogra e a cunhada,contos e relatos eroticosconto peidei no pau do negaocontossado de submissao realcontos.virei travesti pela drogacontos lesbcos primeira vez co minha primaContos o caminhoneiro me chupou inteiraQuero um homem ora mamar no meu peitoContos Gays Fui Assediado pelo marido Gostoso Da Minha Irmâminha primeira traição na academia contos eróticosconto mamando vizinho casadocontos eroticos de casada levando jatos de porra do comedorcontos casal com jamaicanogreludinha na praia contoconto aos dez anos minha sobrinha sentava no meu colo sem calcinhaconro erotico gay meu tio alopradoporno fodi minha meninhaarromba esse cu contosme vinguei do meu irmao e me arrependi contos eroticosporno idoido na purberdadecontos de mulheres casadas com travesti na camacontos eroticos comendo o bundao crentes vadiasConto de mulhe minha esposa e o molequetanguinhas usadas contoscontos de coroa com novinhocontos erotico meu cunhado e meu sogro me estupraramgorda sobe a saia e transa na ruaconto marido do ladoconto aproveitou a irma dormindo e sentou na pica do cunhadoconto - bundinha durinha , cuzinhoapertadocontos eróticos - encoxada no elevadorminha esposa nega mas eu sei que sou cornocontos de loiras c****** trepando com negão estrangeirookinawa-ufa.ru chantageadaminha coleguinha me chamou pra comer o cuzinho na casa delarelatos eróticos dei aos novecontos a cunhada da primavideo porno juazeiro-ba dei carona a preta e comi ela no carrogozoucommega rolas mega bucetas mega gozadas profundascontos eroticos de putas viciadas em porra gang bangestalos da cama-contos eróticoscontos ela gozou no meu dedo no metrôconto erotico meu primo me comeu na maldadevovozinhas esfreca buceta com buceta uma na outraContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorContos eróticos gay camisa socialamiga inseparavel chupa a bucete uma da outranaturismo contosmadrinhas branca da bunda empinadarelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantesminha irma seu cu cheiroso contoscontos eroticos o porteirocontos eroticos priminha rabuda no coloconto erotico a gorda pagabdo a apostacontos eroticos a bucetinha depilada da minha maecaravda pica imenca rasgando bucetaConto erotico ninfetas mijonasconto sobrinho engravida tia casadacontos eróticos, esposa safada, puta dos patrõescasa dos contos eróticos camila a namorada gostosa do cunhadopirulito do titio contos inocenteminha vozinha tava chifrando meu avo com o mendigo contocontos eroticos estupro da cegaconto erotico dominando mãe e filhapôrno pima maveliacontos esposa pai delavesti as roupa feminina e dei meu rabinhocontos eroticoso passeio de barco eu meu marido e nosso peaocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidofotos de novinhas mechendo na bucetinhajela queria dar uma dançadinha no quartoContos eróticos ele veio do interior