Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O ENCONTRO DE ESTUDANTES

Click to this video!

Interrompendo esta série de contos eráticos, vou contar uma coisa triste que me aconteceu. Meu marido, que sempre amei, teve um infarto fatal e eu o perdi. Era um átimo amante e como sempre tomei cuidado, jamais soube que o chifrava muito. Diga-se de passagem. Nos fins de semana sempre me dediquei a ele,fodendo com outros nos outros dias ou quando viajava e ele sempre me correspondeu. Repito: era um amante maravilhoso!

Durante um tempo fiquei meio arredia na putaria, mas depois superei e voltei às atividades de muher que gosta muito de homem.

Como professora de Histária sempre gozei da amizade de meus alunos, com quem tenho uma átima relação. Este o motivo porque me convidaram para seguir com eles a um encontro nacional estudantil. Disseram-me que a coisa era meio dura: a viagem seria de ônibus e ficava-se em alojamento coletivo, deitando-se em colchonete. Não sou fresca e perguntei apenas se não atrapalhava, sendo com mais idade que eles. Afirmaram-me que não...

Eu já estava de olho num bonitão de 29 anos e fiquei ouriçada com uma nova e diferente aventura.

Na viagem escolhi um banco penúltimo e chamei o Ademar para ser meu companheiro de viagem. Ficou meio surpreso, mas, com um risinho sacana, aceitou a sugestão.

Saímos cedo e, de dia, fui conversando e sempre puxando para assuntos picantes e escorrendo, propositalmente, a mão e esta rocando levemente seu pau.

A noite veio e notei que o casal no banco de trás já iniciara

uma pegação. Havia movimento e conversa mostrando que a coisa prometia. Não durou e a garota já batia uma punheta e o rapaz partira para uma siririca. E, como a juventude não perde tempo, a convite dele ela tirou a calcinha, trocou de lugar, ficando no assento do corredor e iniciaram aquela foda, co ela curvando-se e levando chibata na boceta por trás.

Eu pensei: não tenho disposição para contorcionismo, mas não vou ficar em branco. Comecei a alisar o pau do Ademar, falei-lhe ao ouvido umas putarias, dei-lhe um beijo de língua, abri o ziper e, quando saltou um belo cacete, pois, embora não o visse, senti o tamanho e a grossura, paguei-lhe aquele boquete. Depois prometi-lhe que daria ao chegar à cidade do encontro.

Chegando, fomos a uma das salas de aula da universidade local e eu e o Ademar nos acomodamos num canto perto da parede.

Foram muito instrutivas as reuniões e lá para as dez da noite todo mundo se recolheu. Foi sá apagar a luz e notei que a maioria partia para a fodeção, mas tudo discreto.

Eu e o Ademar também não bobeamos. Fizemos um 69 e depois ele passou a me comer com aquela classe, aliás correspondida com minha experiência.

Durante os 5 dias em que ficamos lá ele me fodeu todas as noites. Infelizmente, o local e a falta de lubrificante não deu condição para ele comer meu cu.

Ao regressar a São Paulo passamos a nos encontrar em minha casa ou em seu apartamento, onde estávamos mais à vontade, com fodas bem aproveitadas, eu levando na xota e também no rabo.

Tinha superado a perda do amado e voltei à minha vida de fodedeira.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos minha esposa mi deu de presente a sua sobrinhaconto erotico virgem motoristaContos erotico menininha de nove aninhos violentadacontoseroticosgordinhacontos eroticos casadinha exibicionistacontodeputaMe comeram ao lado do meu namoradocontos sou safada dei meu bundao pro meninocontos gay o menino que era um femea escondidover uma mulhervelha arreganhando a priquita com os dedosColocou dentro contos eroticosBuceta cabeluda em contosmasagista se marturbando no meio do espediente porcontos eróticos minha amifa na escolacu delicioaoconto gay negao casado deucontos eroticos filha patrao camisolamulheres religiosas corpo bonito seio grande quadril largo transandocontos de mulher que fez depilacao para surpreender o maridofiquei 2 semanas sem masturbação quando masturbei explodiu porra para todos os ladoscontos eroticos homem casado dando para o primoconto - ela pediu ajuda das amigas para perder o cabaçoconto erotico meu marido bebeumegane inesquecivel com duas gatas pornodoidovidio porno gey aronbei meu primo no quarto enquanto ele estudavameu sobrinho menor conto eróticoContos eroticos chantagiei minha enteadaEmpregadas emadrastas gostosas dando cucomi meu primo novinho contosnoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos eróticos coroas boqueteirascontos eroticos de homem chupando a buceta esperadaadoro andar sem calcinha contostraindo no hotel contosfuder com padrasto contoso cu mais largo do mundo contosvvidos de muler co casoro. fudemoconto erotico soniferoSou casada fodida contonetinha safada adora sentar no colo do vovô contos eroticosContos eróticos gay de calcinha brincando de esconde esconde no sítio do tiu e deucontos eróticos sonífero em famíliacontoscontos de homem que teve relacoes sexuais com a mae com buceta raspadaconto erotico de fui comida pelo amigo do meu esposo insperadamentejoice cavalo deu o cucache:NCvA3Q684K4J:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria-mais-lidos_4_10_incesto.htmlcontos er com negpai me comecontos fui ver o predio o porteiro me comeupornô o homem que nuca viu uma boceta quando viu endoidouComtos erotico chuponas.de.rola.contos de pirocudasconto erotico sou uma tiá safadaBoquetinho da cunhada recatada contoseroticoscontoseroticosdeincesto/irmaoeirmamenino gay inocência perdida pornomamae levou me para parque de campismo de nudistas conto eroticocontos eróticos tenho um caso com minha sograbuceta Detinhachantagiei minha filha casada conto eroticoirmã ver irmão peladinho com a picona com a glande cobertaMe comeram ao lado do meu namoradocontos de cú de primaPatroa puta conto eróticobrincando na portinhada bucetacontos entre mãe e filho picudo no banheirocontos eróticos genrohttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contosconto meu pai descabacou minha irma