Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EMPREGADA PEITUDA E GOSTOSA

Click to this video!

Estou com 41 anos e me separei tem uns 6 meses. Minha ex, claro, levou quase tudo aqui em casa, inclusive a empregada. Tive que contratar uma outra e me foi indicada a Rosângela, que depois de uns dias passei a chamar de Rô. Era uma mulher negra de 27 anos, com um rosto muito bonito e um corpo apenas razoável, mas possuidora de um belo par de gigantes seios.

Nos primeiros dias, sequer notei a sua presença, apenas reparei na eficiência do seu serviço. Depois, comecei a verificar que quando ela ia lavar os pratos os bicos dos peitos quase estouravam a blusa, mesmo com sutiã. Certo dia, ao tentar regar umas plantas que ficavam em local alto o regador escapou e ela tomou um banho, tendo a blusa amarela ficado quase que totalmente transparente. Ri bastante com ela, mas não deixei de ficar olhando para aquele monumento gigantesco, um par de lindos peitos com mamilos bem redondos e uns bicos do tamanho de uma tampa de caneta bic. Fiquei louco de tesão e acabei exibindo meu pau duro por baixo da bermuda. Ela olhou, mas nada disse, virou de costas e saiu. Dois minutos depois eu estava tocando uma bela punheta e gozando um jato forte no azulejo e depois mais uns seis, melando tudo.

Certo dia ela chegou pela manhã com o rosto triste e olhos inchados. Perguntei o que houve e ela disse que havia sido expulsa de casa pelo companheiro, que vivia bêbado. Fui trabalhar preocupado e liguei para ela, que mais uma vez lamentou tudo e ainda disse que estava envergonhada porque sua idosa mãe não poderia saber agora, porque estava doente e que não poderia voltar pra casa sem que antes tivesse resolvido com tudo.

Na hora ofereci para ela dormir lá em casa. Ela aceitou, mas disse que estava sem roupa e eu disse que iria comprar uma roupa para ela dormir.

Nem trabalhei direito e dirigi meu carro com o pau estourando os pentelhos. Ela abriu a porta e começou a soluçar. Eu a abracei e disse pra ela ficar tranquila que tudo iria terminar bem. Ela encostou a cabeça e me abraçou, encostando os peitos fartos em mim. Fiquei alucinado e dei um beijo no pescoço dela, que retribuiu, mas saiu para a cozinha.

Perguntei se ela ia tomar banho agora ou mais tarde e ela disse que sim e perguntou pela roupa e entreguei o pacote com uma bermuda dessas de tecido fino e junto e uma camiseta decotada. Comprei de propásito um número menor. Quando ele saiu do banheiro nem acreditei no que estava vendo. Ela veio caminhando devagar, com a xota volumosa sendo cortada ao meio pela bermuda apertada e os dois peitões quase que pulando do decote e que não balançavam, mas tinham um movimento pros lados e os bicos riscando o tecido. Não resisti e elogiei tudo aquilo que estava vendo e ela disse que estava se sentindo uma artista. Completei dizendo que ela estava muito gostosa e na lata falei que tinha tocado umas punhetas pra ela e mostrei meu pau latejando. Ela se ajoelhou e começou um boquete alucinado me levando a loucura. Quase gozei quando ela lambeu meu saco. Deitei e a puxei por cima de mim. Vi aqueles peitões querendo sair pelo decote e arranquei a blusa deixando os bicos quase furando os meus olhos. Caí de boca lambendo e chupando os bicos. Enquanto eu chupava um peito, ofereci o outro pra ela que começou a lamber e acabou chupando o práprio bico do peito esquerdo. Minha mão encontrou a xota mais molhada que já tinha visto e quando encostei o dedo no grelo ela deu um pulo e começou a gozar alucinadamente se debatendo e apertando os dois peitos. Aproveitei e coloquei o meu pau na porta da xota e ela sentou rebolando. O calor e a umidade foram demais pra mim e me segurei o máximo que pude. Tirei o pau da buceta e encostei na porta do cuzinho. Ela nem pensou duas vezes e mirou com jeito, sentando bem devagar. O movimento acelerou e não consegui mais aguentar enchi o cu da Rô de porra.

Os dias seguintes foram melhores. Ela passou a andar semi-nua em casa, com camisetas mínimas e transparentes que comprei. Passei a trepar todas as noites com ela.

Um dia, viajei com ela pro nordeste. O biquíni mínimo que comprei foi uma coisa de louco e “afinei” o meu pau de tanto fuder com a Rô.

Minha vida ficou muito melhor, comendo diariamente a minha excelente, átima e gostosa empregada. E ninguém sabe disso até hoje.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto sem calcinha a troco de doceContos eu e minha amiga demos a buceta e o cu pro cavalocontos de uma putaminha nora gostosa+contoscomi o irmao da minha mulhervídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandofui currada na frente do meu maridocomo me tornei viado parte 3 contpswww.contos eroticos de tias soteironas com sobrinhos.comtouro estrupado uma. gostosa e ela fica muito esitadaDesvirginando a sobrinha de 18 anosmãe e amigo contos eróticosmeu maridinho dormiu trepei rolonamulher faz strip antes de comecar zofiliacontos de ninfetas com bombeiroscontos/o cu da sogra era virgemcontoseroticosdecalcinhaminha mulher quer dar o cu p outro na minha frentenoiva tarada melando o pau do. noivocontos gay descobri a mulherzinha que havia em mimhetero resolveu da a bundacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html tiradp o cabaso da novimhavidio porno mulher coloca vibrador de 53 cemtimetro todinho dentro da bucetacontos dona florinda chaves pau durocasada chantageada e submetida aos limites contos eroticoscontos eróticos gay surubacachorro engatado até o talo cavadinhapapai descobriu contos eroticoscontos eróticos virei cd para usar fio dentalcontos de mulheres casadas com travesti na camaCasada Amigo do meu filho sexo contosloira louca por pau gg contosporno tranzado com a madrinha dormindo sem semtircontos eu marido na prai de nudismodrixando a mulher do corno arregassadinhaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorhistorias eróticas com coroa de 80 anosQuero um homem que chupe minhas tetas quando chega do trabalho e pra dormicontos eroticos tios gordinhos tirando o cabaço do cu do sobrinho novinhovivos magras de peitospequenos deixando gozar no peitocontos eroticos marido violentando esposaminha irmã minha amantemulhe vais boguete em bebudocontos eroticos cadelarelatos coroas defloraçãoporno mulheris con a perna meia canbotacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoo pastor passou a noite com a lingua ná minha buceta e eu na mulher dele contocontos ela punhetava todosmenina você já passou o dedo no cu e cheirouaudios da minha safada gozandoconto esposa ficou tarada no meu amigodando a buceta na maquina e quase morrendoconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos horoticos verdadeiras pelotaschantagiei minha irma casada contosContos eróticos gostosa na praia com o maridoCercada por varios contos eroticoscache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html contos casal com jamaicanoContos eroticos de homem que estava batendo punheta no trem na frente de todo mundo semvergonhacontos chupou meus peitinhos levantou meu vestido e puxou a minha calcinha e me rasgou e eu gritava de dorcontos erotico gay negro dando pra brancoComtos erotico meu entiadonoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos eroticos humilhadaComtos namorado ve namorada ser fodida pelo irmao delacontos-contraindo o cuzinho no teu pauRebola no pau do papai contocontos eroticos fudendo a mae travesticonto chupei a coroacontos eróticos fictício de ginecologista e grávidanão aguentei e chorei na dp anal contosProvoquei e foi arrombada porno conto sempre que saio com uma mulher levo a calcinha dela de lembrança contos eroticoswww.cunhadaraspadinha.com.br