Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SONHOS DE AD REALIZADOS 1, 2 & 3

Click to this video!

o Sonho de AD - REALIZADOS I



Não sei como comecei a sentir tesão em ler contos eráticos. Percebi que ao ler contos de mulheres que traiam seus maridos não me deixavam mais tesão do que os relatos de maridos que davam suas mulheres para serem possuídas por outros homens em sua frente.



E foi nesse momento que comecei a fantasiar minha mulher tesudinha, trepando com ouro macho. O que vou relatar aqui é a mais pura verdade.



Desde o tempo de namoro ela sempre elogiava pessoas de cor morenos, mas até ai tudo bem, foi apartir daí que comecei a observar mais quando passava um moreno perto da gente na praia com umas coxas grossas e sarados ela disfarçava e olhava para o volume e se tinha um bom volume ela ficava a toda assanhada.



Bom o tempo passou até que um dia depois de ter lido alguns contos aqui, fui pra cama e comecei a bolinar minha mulher que vou chamá-la aqui de ad.



Ela aceitou a brincadeira, trepamos gostoso, num determinado momento comecei a falar no ouvido deles coisa do tipo:



- Amor eu queria tanto ver que outro homem metesse e bem gostoso em você.



Não sei onde encontrei forças pra falar aqui, mais fiquei esperando ela brigar comigo, me empurrar, algo assim, mas nada aconteceu.



Lancei outra frase:



- Sei que você tem tesão por morenos, eu fico te observando quando esta tc no msn com o tal do Maicon, você fica radiante, faz tudo que ele pede pensa que já não percebi que já transou comigo depois que vc vei do PC sua buceta já estav bem molhadinha, as vezes fico pensando que quando estamos trepando você fica imaginando ele estocando aquele pinto moreno na sua xaninha.



Ela deu uma suspirada, me olhou, e disse com uma voz bem meiga, cheia de tesão: você está louco? O que VC estar fazendo?



Percebi que ela começou a se contorcer mais, e me arranhar as costas e o calor do se corpo aumentava. Até ela anunciou seu gozo aos gemidos, gozamos juntos e permanecemos abraçadinhos.



Ela olhou depois de um tempo, ela me olhou e perguntou se o que eu havia falado era verdade, ou era sá pra dar mais clima em nossa trepada, respondi que era a mais pura da verdade. Cada vez eu me aprofundava no assunto mais meu coração palpitava, e a cada palavra um calafrio corria em todo meu corpo, minha cabeça estava a mil, até então eu sá tinha lido alguns contos aqui, e fica me perguntando se tudo que eu lia era verdade, ou meras fantasias.



Então ela olhou pra mim e perguntou com aquela voz doce que sá ad tem.



- ed você me ama? Seja sincero, estamos juntos há 25 anos, me responde do fundo do teu coração.



Olhei pra ela, e confesso que eu já nem sabia o que dizer, eu acabara de pedir pra minha mulher imaginar outro macho fodendo ela. Acho que foi isso que a levou fazer tal pergunta. - Claro que te amo sempre te amei, e sempre vou te amar



- E porque você me disse pra eu imaginar trempando com outro homem, e imaginar o Maicon me fodendo?



- É porque sempre que tc com ele no MSN vc vem toda cheia de tesão você trata ele emelhor que eu E quero confessar a uma coisa, eu me masturbo imaginando você trepando com ele. - Amor eu trato ele igual a todos os meu amigos da net



- Não ad, é diferente, eu sei que você tem tesão e ate um sentimento mais profundo por ele, sei que você trepa comigo pensando nele, imaginando aquele pau moreno invadindo a sua xaninha, fazendo você deliradr, e gozar muitas vezes.



Era tudo ou nada naquele momento, eu já me desconhecia, falando tudo aquilo, poderia por meu casamento de 25 anos por água abaixo, mais continuei arriscando.



Ela me deu um beijo gostoso e segurou meu pau apertando-o me deu boa noite disse que me amava e se virou pra dormir e eu perdi o sono, e fui pra sala assistir TV. Quase entrei em parafuso, fiquei a o tempo todo me fazendo mil e uma perguntas, de repente ad vem até a sala e pergunta se esta tudo bem, respondo que não sei se fiz a coisa certa, de ter falado tudo aqui pra ela, tava preocupado se nosso casamento mudaria por conta daquela atitude que tive. Ela me confortou me abraçando apertando minha cabeça contra aquele maravilhoso pra de seios. E então veio a respostas para todos os meus questionamentos.



- Amor posso confessar uma coisa? Realmente você tem razão, eu sinto tesão pelo Maicon, sá não fiz nada com ele por respeito a você muitas vezes eu toco uma siririca pensando nele, em quase todas nossas trepadas eu imagino sim ele metendo aquele pinto moreno e grosso dele dentro de mim, já vi muitos filmes pornô com negros e morenos todos eles tem um pauzão grande, sempre desejei ser penetrada por Maicon. Mais de onde você tirou a idéia de querer me dar para Maicon?



- ad é que por algum tempo eu estou lendo contos eráticos na net, e sempre que leio contos de maridos que dão suas esposas para outros homens, eu fico com muito tesão. E ao perceber que você tem tesão por Maicon eu me masturbo imaginando você dois trepando na minha frente.



Apartir desse dia começamos a maquinar um jeito de Maicon foder minha deliciosa ad



Realizando o sonho de AD (continuação II)



Olá, estou aqui para dar continuidade a esse relato verídico da minha realização pessoal e o presente que minha linda ad teve.



Depois daquela noite de revelações, eu confessando o grande desejo de ver AD ser possuída por Maicon e ela me reveladndo o desejo de fazer sexo com ele, passamos a trazer a imagem de Maicon em nossas transas, cada trepada era mais intensa que a outra.



Ela deu um jeito de nos econtramos com ele com fosse por acaso ela sabia os lugares que ele frequentava ela já tinha saído com ele algumas vezes, e ela nos apresentou e fizemos amizade da pra frente ela fazia questão de sempre estarmos nos encontrando



Ela fazía questão de convidar Maicon para vir a nossa casa, ver DVD, papear, tomar um vinho e converas sobre artes marciais eles praticavam a mesma modalidade juntos etc.



ad o tratava tão bem que ele até ficava meio constrangido e eu sempre fazendo de conta que aquilo tudo era normal.



Em uma de nossas transas ad me questiona se realmente eu queria fazer aquilo, eu fiz mesma pergunta a ela, ficamos pensativos e resolvemos por em pratica, afinal tanto ela quanto eu esperávamos aquele momento. Nossa maior preocupação seria com Maicon, questionávamos se ele aceitaria comer a minha mulher na minha frente.



Bom, chegou o final de ano seria a chance de dar o presente a minha linda esposa.



Na sexta à tarde ela liguei para Maicon e disse que precisava falar com ele urgente, que era muito serio e precisava da ajuda dele. Maicon fico preocupado, e perguntou a ela se estava tudo bem, ela disse que sim, mais precisava conversar com ele naquela noite mesmo, Maicon disse que sairia do trabalho l as 19:00 horas e passaria direto lá em nossa casa, ela falou que era pra ele vim da empresa mesmo.



Quando ela colocou o telefone no gancho, seu coração parecia que iria sair pela boca, ela estava tremendo e cheia de tesão ela mim chamou e pediu para eu colocar meu dedo dentro de sua buceta pra ver como estava molhada ai ela mim disse eu já dei o primeiro passo agora é com vc



Dava meia noite, mas não chegava as 19:00 horas.



Enfim ouço a buzina do carro de Maicon tocar, ela vai abrir a porta toda tremula mais decidida, afinal da maneira como havíamos planejado, não tinha como dar errado, Ad resolveu sair para a casa de uma vizinha para eu conversar com ele (ou seja colocar o plano dela em ação)



- Maicon, preciso da sua ajuda, a ad me fez um pedido e eu to sem chão, não sei o que vou fazer, acho que ela não me ama mais.



- O que ela te falou Edi? - Maicon que fique sá entre nás Sim claro pode confiar em mim.



- Ontem estavamos transando ela num determinado momento ela me falou que tem vontade de dar pra outro homem na minha frente. Cara desculpe, mas eu precisava falar com alguém O que faço agora, será que ela me ama?



Maicon fico calado e olhando pra mim, meio que tentando estar no meu lugar.



- Cara, o que vou te falar, eu sei lá, mais acho que era sá do momento, uma fantasia sá, ela viu em um filme, alguma amiga contou pra ela que teria transado com outro homem na frente do marido e ela resolveu fantasiar, mas acho que ela não faria isso. A resposta de Maicon me surpreendeu, achei que ele teria outra atitude



- É, deve ser mesmo, mais e se for verdade, se ela realmente quer trepar com outro homem na minha frente? Sabe por quê?



- Porque hoje pela manhã quando acordamos, ela me deu um beijo e falou pra eu pensar no pedido dela, que ela ficaria feliz se eu arrumasse outro macho pra ela meter com ela na minha frente, e que ela tava sonhando com isso a muito tempo e sá agora teve coragem pra me contar.



- Poxa Edi, e agora? Até eu to sem saber o que te falar. Neste dia nos despedimos e ele foi embora o plano tinha sido executado agora era espear a poeira baixa e ver com ele epnsava.



Até que eu e AD decidimos que o sábado seria o dia D.



Ela ligou prai Maicon e pediu para ele ir em nossa casa, assim que ela viu que estava perto dele chegar ela mim deu um beijo e disse faça a sua parte e deixe o resto comigo vou dar uma saída estratégica na vizinha e aproveite para conversar com Macion novamente sobre o assunto e disse que ela não parava de me cobrar, queria porque queria trepar com outro macho, ela mim disse vc se lembra que foi vc que coocou estas coisas em minha cabeça eu sá escolhe o homem que vai mim fuder na sua frente, o macho que vai se tornar meu amante viu meu corninho.



- Calma edi, sinceramente você deveria conversar mais com ela, fazer com que ela esqueça isso.



Nisso AD entra me beija na e da um beijo demorado no rosto bem perto da boca de Maicon, diz que vai tomar um banho e sai, mudamos de assunto tempo depois AD volta com um vestido um pouco acima de joelho tipo seda de alcinha e meio transparente e bem decotado indiana ela gosta deste tipo de tecido é bem leve e sem sutien, dava pra ver os biquinhos dos peitinhos deliciosos quase furando o vestido e uma calcinha toda emterrada na bundinha. Eu falei que também iria tomar um banho e sai. AD ficou fazendo companhia pra Maicon. Durante o banho me masturbei imaginando aquele moreno comendo minha adorada AD. Sai do banheiro e me vesti e fui pra sala ao chegar senti no ar algo diferente, Maicon não conseguia me olhar e AD deu um piscada pra mim, como sinal de que algo aconteceu ali. Maicon falou que irai embora que tava tarde. Como eu já sabia que ele estava de folga no outro dia, convidei-o para dormir em casa, pra vermos uns filmes que aluguei, ele disse que não e iria embora, AD sentou ao lado dele no sofá colocou mão na coxa dele e pediu pra ele ficar. Eu me portando normalmente como se nem tivesse sacado que algo tinha rolando durante meu banho. Até que Maicon aceitou ficar, falou que iria toma um banho prq ele tinha vindo do grabalho direto pra nossa casa.



Enquanto Maicon esta tomando o banho dele, AD me contou que não se conteve e beijou Maicon e pegou no pau dele. Ela tava feliz dava pra ver isso no rosto dela.



Realizando o sonho de AD (final)



Maicon volta do banho, ad e eu estávamos no maior amaço no sofá. ad fica me acariciando e olhando com uma carinha de safada para Maicon, percebi que ele ficou meio que sem jeito.



Reuni coragem, era tudo ou nada, então falei pra ad: Amor, eu contei pro Maicon da sua fantasia



ad se ajeitou no sofá. Aé amor?! Disse ela. – E ele o que acha? Ah! pergunta pra ele.



Então Maicon, oque você acha da minha fantasia? ad levantou-se e foi sentar-se ao lado de Maicon. Ele meio sem jeito, disse:



- Ah, eu sei lá, acho um pouco estranho, afinal vocês formam um casal legal. Sei lá.



Ela acariciava o rosto dele e ele não sabia o que fazer. Então eu disse



- Maicon, não sei o que você deve estar imaginando, mas é a mais pura verdade, ela é doida pra trepar com outro homem na minha frente e eu disse a ela que sá aceitaria se fosse você o outro homem. O que? Ele assustado. Puro fingimento ele á tinha trepado com ela



. Ad logo interveio na conversa e disse:



- Calma coração, nás escolhemos você porque eu confio e lhe conheço e vc é casado e eu sei que vc ama a sua esposa e não vai sair contando a ninguém eu vou confessar uma coisa, sempre tive tesão por você.



Ela já estava acariciando o pau de Maicon que há essas horas dava pra ver seu pau quase furando a bermuda, deu pra perceber que ele já estava se acalmando e entrando no clima. Maicon olhou pra mim e eu que estava acariciando minha pica, fiz com a cabeça um sinal de sim dando liberdade para ele usar e abusar da minha gatinha tesudinha. Maicon sem demorar muito colocou uma das mãos na nunca de AD, aproximou ela do rosto dele e então começou a beijá-la com força, como se estivesse faminto por uma mulher. Naquele momento foi um misto de tesão, ciúmes, não sei descrever ao certo o que eu sentia, ver tudo aquilo acontecendo diante dos meus olhos era novo pra mim.



O clima de tesão toma conta daquele momento. AD que já estava no colo de Maicon aos beijos, esfregalava em seu pau por cima da bermuda. De repente ele tira abaixou as alças do vestido que ela usava e começou a chupar os peitos deliciosos da minha amada que até aquele monto eram sá meus "eu acho".



AD tira a camiseta dele, desce beijando o peito, e começa a tirar a bermuda do mais novo integrante da nossa vida sexual.



Me pau esta tão duro que latejava, eu já sem roupas me masturbava vendo tudo aquilo na minha frente. Nessas alturas Maicon já me olhava com outros olhos, o olhar dele falava tudo que passava naquele mente, parecia que ele estava dizendo; 'então era isso que você queria, seu corninho, você pediu, então aguenta agora, vou encher a bucetinha da sua esposa de porra". eu me masturbava cada vez mais rapido, nesse momento AD se vira pra mim e diz:



- Olha amor, o tamanho desse pau, que delicia, era isso que eu sempre quis. Ela levantou veio em minha direção segurou meu pau me deu um beijo na boca, olhou nos meus olhos e disse: - Obrigado meu amor, eu te amo muito, e agora mais ainda.



Virou-se para Maicon, tirou o vestido, tirou a calcinha fio dental, e foi em direção a realização do seu sonho.



Ela se ajoelhou em frente à Maicon ainda sentado no sofá completamente nu e com aquela coisa colossal de uns 23 x 8 cm pra mais. Ela se deliciava num boquete maravilhoso.



Maicon se levantou e veio em minha direção e me disse:



- cara vou levar nossa mulher as nuvens, vocês não se arrependeram de me escolherem para realizar esse sonho de vocês, ta, meu socio corninho, deitou-se no chão, confesso que fiquei com medo dele arregaçar minha deliciosa AD que sá gemia.



O pau de Maicon esta esticado, parecia um mastro, AD vai em direção dele se posiciona e começa a sentar naquela pica enorme, ela desce bem de vagar sentindo milímetro por milímetro, a cara de satisfação dela me deixava feliz, com tesão, com ciúmes, com medo dele estourar minha xaninha, que já não era sá minha, ela começa a gemer cada vez mais;



- Ai, ai, ai que delicia edi, como esse pau é gostoso, hummhummm!



Maicon dava tapas na bundinha da nossa mulher, acariciava os peitinhos deliciosos dela, passava as mãos por todo o corpo de AD.



Nossa mulher já não estava aguentando mais e começa a cavalgar com gosto.



AD gritava:



- Aí, ai, ai, humhumhum que delicia que delicia Maicon meu morenão, tesudo, ai que gostoso, essa pica morena dentro de mim, ai, ai.



- Vai, tesuda, isso, isso, vou inundar você com minha porra quente, vai sua putinha deliciosa, agora eu sou seu macho, vou mostrar pra você como fazer uma mulher gozar gostoso.



Eles ficaram trepando, e eu já não tinha mais porra pra gozar de tanta punheta que eu já tinha tocado. ad troca de posição, fica de quatro e Maicon com todo o carinho começa e estocar por trás da nossa mulher, que cena maravilhosa, a urrava gritava, eu estava espantado com o prazer que ela estava tendo, eu nunca em 25 anos de casado tinha visto ela urrar e gritar daquele jeito, ouvir todas aquelas palavras que sai da boca dela, AD estava realmente se realizando.



Ela anuncia o gozo, aos gritos, Maicon também anuncia seu gozo. AD entre gemidos e urros pede pra eu deitar no chão, prontamente atendi ao pedido dela, Maicon goza e ad vem por cima de mim e começa as esfregar sua bucetinha cheia de porra daquele macho em meu peito e barriga.



- Sente a porra quente do meu novo macho, meu amor, sente que delicia.



Ela então começas a esfregar sua buceta na minha cara e gemer, meu pau fica duro novamente então ad começa um delicioso meia nove comigo, o tesão era tanto que nem me dei conta de que estava lambendo a porra de Maicon, continuei chupando aquela buceta que até aquele instante era sá minha, dava pra ver o regaço que estava. Gozei gostoso na boca de ad que já estava acostumada a engolir tudinho sem deixar nenhuma gota escapar, isso ela fazia com muito prazer, toda vez que ela chupava o pau de Maicon depois ela mim contou que já tinha trepado com ele varias vezes e ele ensinou a ela a chupar uma pica e engoli o gozo no inicio ela tinha nojo mas hoje ela gosta de tomar leitinho direto da fonte é uma delicia.



Nos recompomos, AD se deita no tapete abraçada com Maicon, eu fui até banheiro e na volta, AD sem perder tempo já estava mamando novamente aquela pica enorme, daí pra frente a noite foi uma verdadeira criança.



Apartir desse dia Maicon passou a fazer parte de nossa vida, agora não sá como amante virtual mais como o outro macho da minha linda e adorada esposinha, que pediu mais um macho, agora ela quer que façamos uma DP, mas essa é uma outra histária, QUEM GOSTOU ENTREM EM CONTATO QUE PODEMOS REALIZAR A FANTASIA DE VCS CEITAMOS PROPOSTA PARA MONAGE MASCULINO FEMININO E SWING

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eróticos sarrado minha tiacontos de mãe fudendo a filha ninfetaamei ser estupradao carteiro me pego com roupas femininas gay"que buracao" gay contodou meu cu para meu amigo colorido contos eróticoscontos eroticos de negros em hospitaiscontos esposa centou no pau do comedor 1 vezcontos eroticos pauzao do papaiContos erotico menina de nove anos no bosqueconto.erotico.chamando.mulher.crenti.pra.fuderContos eroticos flagrou namoradacontos eróticos ele colocou o vibrador na potência máxima na minha bucetaSiririca contoscontos erótico arrependimentos e chorandoIncesto com meu irmao casado eu confessoconto fui pego na punhetacontos erótico comi minha amiga qusndo fui estudarRelatos de gay quie derao ao pedreiro saradoprometeu dar o cuzinho virgem contos eroticoscontos meu filho dotado me acoxocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosa tão sonhada dupla penetração contoContos eroticos submisso amarrado engravideihttps://idlestates.ru/conto_3484_desvirginando-minha-querida-irmazinha.htmlmadame currada no mato contoContos eroticos eu meu tio e minha mulhercache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html conto escrito ese ano cavalono nuacontos eroticos tapou a bocaCom sunga sempre fico de barraca armadaContos minha sogra quis medir meu pautransei com amigo da minha filhacontos de incesto comendo a irma separadapeladas com cu e a bunda melada de manteigaloiras fudendoconto eróticog****** na xoxota da prima beijoscontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicocontos gays seu tiaoconto eróticos mana so de calcinhaeroticosgameComo ter pernas grossas e quadril largo em 1 mêsTrepadas no caminhao cabinecontos eróticos minha esposa recatada chorouminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticoscomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titiapremira vez da fenandinhaconto erotico madrinha pediuconvidando o amigo para arromba o cu da namoradacontos d zoof pegei minha sobrinha c um cachorrowww.contos eroticos com fotos de comendo a madrastaesposa safada de biquini na farravideos de mulheres mamandoleitee no peito da outrafudeno cu da manu e ela gritando de dorPorno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contosconto etotico antebraco na vaginaContos eróticos a baixinha gostosonaContos gay encontro com o estranho da rola grossasentei no colo do meu colega no onivus e ele ficou muito excitado contos de mulhervideo pono pequano aprima do midovideo de homens nu de pau grosso e barriguinha salientemulheres peitudas contos eroticoscontos eróticos na saída do paredão comendo c* virgemler contos eroticos incesto mae transa com filho e pai esta desconfiandoamiga da minha filha tezudinhaContos d uma mulher virgem amarrada no curral e estupradawild thermas conto eroticoconto ajudou cornoisso contos eróticoscontossexotravesticontos eroticos de homem chupando a buceta esperadamulher trai marido pela primeira vez e perdi o cabaço do cu com super dotados contos eróticosver homens bem-dotados sendo castradosconto eróticos sado a forçacontos eroticos casadas 50 anoscontos eroticos aposentadas cavalastia tranzando com sobrinho cabassaocontos de sexo gay especial entre primoscontos.veridicos erabando uma,.pretinha