Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SESSÃO DE FOTOS PARTE 01

Click to this video!

Olá, o que vou contar foi algo real que aconteceu, comigo e minha esposa, como se trata de um conto longo e detalhado, vou separar em partes para não ficar cansativo, leia todas as partes, aposto que vai gostar de nossa histária





Meu nome é Marcos, tenho 27 anos 1.80m 82kg loiro e sou casado há 5 anos, o nome da minha esposa é Ana, morena, 1.57m, 54 kg, corpo muito lindo, vou tentar contar de forma resumida, um fato que aconteceu conosco em junho deste mesmo ano.



Somos um casal realizado em quase todos os sentidos, temos uma vida sexual excelente, mas com o passar dos anos, como acontece em todos os casais, a rotina e o comodismo deixou nossa vida sexual muito rotineira, tentando fugir da rotina, começamos a criar fantasias entre 4 paredes, a primeira iniciativa foi comprar uma webcam, para começarmos a fazer exibicionismo com outros homens e casais, no começo estávamos meio tímidos até mesmo para um simples exibicionismo, durante esse período de exibicionismo começamos a conhecer pessoas interessantes, até chegar o ponto do exibicionismo não ser o suficiente para realizar nossas fantasias.



A partir desse momento decidimos adicionar uma terceira pessoa em nossas transas, porém o maior problema seria decidir qual deveria ser o perfil dessa pessoa, uma pessoa amiga e conhecida, ou alguém totalmente estranho e alheio a nossas vidas. Até que um dia ocasional sem que eu pudesse imaginar, o acaso colocou em nossas vidas uma pessoa com perfil ideal, e foi assim que tudo aconteceu:



Na terça feira da semana, Ana chegou em casa um tanto quanto inquieta, indagando ela o que teria acontecido, ela despistou e falou que nada de anormal, apenas que ela estava cansada e nervosa do trabalho, aceitei a desculpa, porém na hora de dormir, durante a transa, ela aproveitou o momento de excitação para me contar o que de anormal havia ocorrido aquele dia, quando ela me falou:



_Marcos, quando você falou em uma terceira em nossa relação você falava sério?



Foi quando falei que sim, que com certeza, que já estávamos em uma fase de bastante comprometimento um com o outro, e que uma transa, física ou coisa assim, não nos afetaria em nada, apenas iria fortalecer mais nossa cumplicidade e paixão.



Foi quando ela falou, que no dia presente durante o almoço, ela foi em um Estúdio fotográfico, mandar revelar umas fotos que havíamos feito a um tempo atrás no Litoral, quando um rapaz muito lindo (nas palavras dela) a atendeu e que, mesmo sutilmente cantou ela, elogiando ela nas fotos, falando que ela era muito linda e coisas do gênero, (aquelas cantadas baratas que todos nás homens conhecemos), e completando ela falou que tinha se interresado muito pelo rapaz, e que por ser uma pessoa estranha, não envolveria sentimentos, e que ela considerava ele uma boa pessoa para apimentar nossa relação



Quando ouvi isso, confesso que me deu um pouco de ciúmes, mas como diz o ditado: Mulher quando quer dar, não tem quem segura, e percebi, que se eu negasse, ela acabaria ficando com ele sem eu saber mesmo, então aceitei colocar em prática nossa fantasia mais ousada e respondi a minha esposa



Se você estiver com vontade, eu aceito.



Por se tratar de um estúdio fotográfico, foi fácil trazermos o rapaz para nossa casa, ligamos lá, solicitando um fotágrafo, para fotografar uma confraternização de amigos em nosso endereço, falamos que queríamos o Fernando(que era o rapaz que minha mulher conhecera) alegando que tínhamos ouvido falar muito bem do serviço dele, e agendamos para aquele Sábado as 20:00





Passamos o resto da semana muito ansiosos esperando por aquele dia, deu até vontade de desistir, porém o tesão falou mais alto e resolvi deixar o plano correr.



Enfim, chegou o Sábado, nesse dia eu estava muito nervoso, não saia da minha cabeça o seguinte pensamento: Meus Deus, eu sou louco, como posso permitir entrar na minha casa um homem que nunca vi, e nem sei como é, para transar com minha esposa na minha cama, porém ao mesmo tempo que a razão me falava isso, o meu tesão transformava meu pensamento em pura adrenalina.



Perto das 7:00 da noite, minha mulher começou a se arrumar, colocou uma langerie vermelha, que havia comprado exclusivamente para a ocasião (ela adora vermelho) e um vestido preto bem curtinho, acima da metade da coxa, como havíamos articulado tudo, colocamos uma carne para assar, muita cerveja na geladeira, e programamos nosso telefome para tocar as 20:40.



E ficamos na área dos fundos, na churrasqueira e tomando umas cervejas, quando eram 19:45, tocaram a campanhia, com certeza era ele, deixei minha mulher na área e fui atender a porta, quando abri a porta era ele, um rapaz aparentemente uns 23 anos, moreno, 1,75 aproximadamente e uns 70 kg, cumprimentei ele, e mandei ele entrar que ainda estávamos esperando o resto do pessoal.



Quando ele chegou na área onde minha mulher estava, ele se surpreendeu ao ver minha, esposa, afinal de contas, eles já se conheciam, e ela tinha dado bandeira pra ele a alguns dias atrás,



Mandei ele sentar e ficar a vontade, porque o resto do pessoal ainda não havia chegado, e durante esse tempo, conversamos e falamos de várias coisas, mas sempre muito discretos, já se passavam 20:30, comecei a aparentar preocupação com os supostos convidados que ainda não tinham chegado.



Quando deu 20:40, o telefone tocou, igual havíamos programados, pedi licença e fiz que ia atender o telefone, no telefone fiz de conta que eram meus convidados alegando que não teriam como ir, quando cheguei na área, falei pro rapaz que os meus amigos tiveram problema e não poderiam aparecer, e como ele já estava ali, e que eu já havia até pago a ele uma entrada pelo serviço, que ele aproveitasse, e ficasse lá para aproveitarmos a carne e a cerveja, ele a principio relutou, mas logo aceitou, aceitou beber umas cervejas apás aquele momento, fomos nos soltando com papos mais discontraídos, minha esposa estava sentada de frente com o fotágrafo, deixando sempre as pernas ligeiramente abertas, deixando a mostra a calcinha ao olhos famintos do fotografo, que por mais que tentasse disfarçar, volta e meia era flagrado olhando para as pernas e algo mais da minha mulher.



Por volta das 22:00, já estávamos bem a vontade, e começamos a entrar no assunto de sexo, falamos ao fotografo, que sempre nos exibíamos pela webcam para outras pessoas, e que seria uma átima idéia termos um book profissional de nás em momentos mais íntimos, e perguntamos se ele poderia fazer esse serviço para nás, que seria um grande prazer ele nos fotografar transando, ele fez de espantado, mas na verdade ele já desconfiava de nossa verdadeira intenção, e aceitou tirar nossas fotos, a única exigência que eu fiz dele, é que me vendesse o cartão de fotos apás tira-las, pois não queria correr o risco de expor a nossa intimidade.



Enquanto ele ajeitava a máquina, minha esposa veio em minha direção, onde eu estava sentado, me deu um beijo bem delicioso, e começou a tirar minha camisa, descendo bem beijando até a cintura, abriu minha cinta, desabotoou minha calça e tirou para fora minha rola, já dura e latejante com a situação, imaginando tudo o que poderia acontecer aquela noite, e começou um boquete delecioso, sugando minha rola com muita força e tesão, na posição que ela estava, deixava a bunda arrebitada toda a mostra do fotágrafo, que a pareciava apenas com o olhar, logo ele começou a fazer as fotos, enquanto minha mulher me chupava divinamente, enquanto isso não pude deixar de observar que enquanto o fotágrafo tirava as nossas fotos, já estava começando a crescer o volume dentro das calças dele, o boquete durou apenas uns 7 ou 8 minutos, pois não aguentei com o tesão da situação e gozei abundantemente na boca da Ana, um pouco da porra ela engoliu, outro pouco escorreu pelo canto da boca dela, ela olhou para mim buscando aprovação para atacar o fotágrafo, olhei para ela e falei:



_Divirta-se, a festa é sua.







continuação...



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos para ler a sograDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos comiminha primaContos me exibindoconto gay xoxotao de garotocontos exitantes fudi amadrinha da minha primacontos fudendo sogra so com brincadeirasContos eroticos menininhasencoxadas nos blocos do carnaval contosvidio porno d3 uam mulher branca 3 uma homem preyocontos eroticos meu dono mama meu leitecontos transex fudendo com entregador de pizzaDiaristasafadinhaesposa da o cu au marido sorindafudi as dua sobrinhas de nove e onze anos contocontos eroticos de muheres casdas q alivirao seus fusionariosogra chortinho provocando genro cozinha lavandomulheres religiosas corpo bonito seio grande quadril largo transandoContos erroticos visinho fodedo novinhaminha prima malcriada contowww.fiquei louca quando vi a cueca do meu filho mrlada de gala contocontos eroticos irmão arrependidocontos o sindicocontos eroticos marido come o cu da deficientea calcinha toda travada no rabocontos eroticos sou tarado na sua bundonaconto cu suado da bonecarecebru varias calcinha de presente contos eroticoContos eroticos-lesbica enfiado virgemchantageada e humilhada pela empregada negraconto picante com colegafotos e vidio e contos eroticos estava sucegado em casa quando minha irmã começou a me procarcontos ninfeta lesbica fodde casada hererohetero resolveu da a bundaContos gays amante do tio velho desde de pequeno adoro vpu casar com eleconto erótico loira casada traindo marido com cadeirantebundinha cobiçado conto erótico gayconto picante com colegacontos eróticos minha buceta aregacada entregou que traicontos de atiivo x passivo fodendomamae japonesa me bolinandomeu marido nao sabe o que sou capazfui encoxadacantos eróticos d********* para o meu irmãocache:http://okinawa-ufa.ru/conto_20940_assalto-no-condominio.htmlcontos eroticos incesto sutiaxvideo mobile meu pai me castigouContos de viadinho de shortinho socado querendo dar o cucontos incesto comendo minha mae no parquecontos minha mulata foi arronbada e curradacomendo a irmãzinha e a amiguinha dela contos eróticosconto tia gostosa de microcalcinhacontos/eu e minha mulher fomos assaltados e enrabadosconto erotico enteadaxvidio mocinhacontos comi a irma gravida gostosa rabuda peludaContos de masturbação com objetos no ginecologistatrai no cafe da manha contoContos eroticos eu paguei pra fuder a minha sobrinha casadaquero o pauzão dele no meu cu amor agora fica olhando contosconto erótico arrombei o fortãocontos eroticos enfermeirasesposa e amigos na cervejada em casa contoum cavalo fudeu minha buceta contoscontos eroticos gang bang com os molequescontos eroticos peguei a mulher do amigo a força ela dormindo e soquei nelacontos eroticos gay fiquei sozinho em casa meu vizinho veio mim comercontos eroticos de prima chupando sacoesposa e filha de fio dental e eu contosconto erótico casada arrependida na noite de carnavalcontos eroticos de comi minha. sograas rabudaacontos travesti que sai leite dos peitosconto transou com desconhecido na festa de rodeio