Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O PEDREIRO ME "PEGOU" DE SAINHA ( AO SOM DO FUNK )

Click to this video!

Sempre gostei de meninas e meninos, mas minha segunda opcão até hoje é um segredo pra quase todo mundo. Meu lado "putinha" sá aflora quando estou no meu quarto sozinho. Aí boto uma roupinha feminina e minha imaginação faz o resto... Ultimamente tenho colocado uma sainha branca rodada bem curtinha e uma blusinha e fico dançando aqueles funk's bem safados até ficar bem fogosa e sentar num pau de borracha que tenho, pensando em machos bem musculosos e pauzudos me fazendo de mulherzinha.

Dia desses meus pais sairam e eu não pensei duas vezes; tranquei as portas da casa, liguei o som, me transformei e começei a rebolar olhando pro espelho. O que eu não sabia é que eu não tava sozinha. Como parte da casa estava em reforma havia um pedreiro trabalhando em um dos cômodos. Quase morri de vergonha quando, depois de um tempo distraída, me virei e vi aquele homem me observando da porta do quarto. Fiquei muda e paralizada um tempo enquanto ele dizia bem disinibido que eu dançava muito bem e me pedia pra continuar que ele estava adorando me assistir. Claro que eu implorei pra ele não contar pra ninguém, muito menos para os meus pais, e ele então falou que não contaria desde que eu continuasse dançando enquanto ele se masturbava. Eu pensei um pouco e topei a brincadeira. Coloquei um funk que fica repetindo "vem no meu cuzinho..." e comecei a rebolar descendo e subindo de costas pro meu gato que arrancou o pauzão lindo e já duro pra fora e começou a se punhetar.

Quando a música acabou ele me puchou pra perto dele virando meu rosto e me dando um beijo na boca! Eu senti aquele corpo másculo e suado me agarrando com tesão e fiquei maluquinha. Me virei de frente e passei as mãos no seu peito definido e fui descendo até o seu brinquedão. Ele pediu sussurrando pra deixar ele gozar na minha boquinha. Rapidinho eu me ajoelhei e caí de boca no mastro. Não demorou pra ele encher minha boca com leitinho quente e eu engulir tudinho como uma boa menina.

Aí foi ele quem se ajoelhou e meteu a língua no meu rabinho que eu arrebitava - toda, toda. Em seguida ele foi pra minha cama e pediu pra eu sentar naquela picona. Eu coloquei uma camisinha nele e lubrifiquei um pouquinho mais com um condicionador pra cabelos. Fui me sentando devagar até sentir as bolas na minha bunda. Enguli tudinho com meu cu guloso! Então começei a rebolar no colo dele e gemer feito piranha no cio. Tudo isso ao som dos funks mais depravados que existem. Claro que a gente meteu nas mais variadas posições e ele encheu meu rabo e minha carinha de porra várias vezes naquela tarde. Quanta energia!

A obra demorou mais alguns dias e sempre que estávamos sozinhos eu trancava o portão, botava uma roupinha e ia "conversar" com meu pedreiro favorito, sempre sem camisa, suado e muito dedicado a reformar a casa e transformar o filho do patrão na putinha funkeira mais safada do mundo!



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos/minha filha esfolou meu paucu delicioaocontos comendo mae e filhaxvideo zoofilia muleke pintudo arregaca cadelinhahttp://transei com meu primo da roça gay contos eroticoscontos eroticos olhano meu marido jogando trucocontos gay infancia garoto menino. eroticomeu cuzinho ta sangrandocontos mulher que coloca silicone no seiocontos eróticos puta piranhacontos eroticos de cornos bravosMenina curiosa indo no circo pela primeira vez contos eroticosconto herotico sequestrada amartada e humilhada pela minha amigaviciada na pica do meu filhominhas tias chupavao meu penis de 10cmcontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosfamilia naturista contosContos Deize pega rolamulher poe seu cachorro dormir com ela e acaba deixando ele lember sua bucetaTennis zelenograd contoSexo no aterro do flamengoPedi que ela trouxesse amigas pois eu queria porra...Conto erotico sou madura e genroviuva ecitada ver filho tomando banho e da pra elecomtos dei.pro pastor alemaocontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingdoutoras bundudas sem calcinha de mini saia dando a xaninha no contos eroticos ejaculando na cara porno contos er¨®ticoscontos porno esposas estuprados submissoscontos erotico eu tava enloquecento meu filho e levei todos pra praiaContos eroticos: desde novinho era afeminado louco pra da o cuMinha irma e eu. Contos eroticos de incesto.http://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contosContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de professoras na escolacontos de massagens alucinantescontos eróticos brincando com os irmanzinhos na piscinaconto espiando transa do tiominhaesposaparaoutroconto erotico peguei meu irmao na minha maeContos eroticos meu comeu meu rabocontos cueca ensopadaMinha irma e eu. Contos eroticos de incesto.eu sentada na sofá sem calcinhas com pernas abertas pra o papa-contocomendo o cu da sogra contorelato erotico comendo casadaminha tia mim viu de pau duro e mim deu sua buseta gostosa e boacontos enrabei a velha da casa da frentecontos eroticos de enteadascontoesposanuatirei o cabaço deleContos sou alegria dos coroascontos eroticos com acordei com meu cachorro me penetrandomeu patrao velho e o descabacador contoDei meu cu gay pro seguraca do meu paificando com o hetero safadoconto gaycontos eroticos meninos de ruasPeguei meu entiado masturbando com minha calcinha.conto eroticoContos eróticos com meias sujascontos eroticos me comeram feito puta e chingada de vadia e cadelacontos eroticos garotao passando bozeador na minha esposacoroas safadas depilando as axilascontos de coroa com novinhovalesca chupando e o namorado olhandoDei a buceta por dinheiro meu marido nao sabeConto erotico comendo minha subrinha fabiane e fabiolacomi minha enteada fingindo que tava dormindo de pernas abertas contos 2018conto vagabundos arebentarao meu cucontos eróticos comendo as Vizinhas ciarececonto real casada gravida na surubacontos eroticos brincando escondido infanciarelatos nossa que cdzinhalindaconto erotico minha prina rafaelacontos com sobrinhaconto eróticos O EMPREGO QUE MUDOU MINHA VIDA parte 5contos eroticos sobre voyeur de esposacontos eróticos porno primeira vez com a namoradaGozei na mao da mamae contocontos eróticos comendo minha patroagorda sobe a saia e transa na ruacontobucetavirgemFotos de gostosas de vestidinho colado dirigindo carroconto erótico não resisti dei para meu primocontos eroticos comendo minha mae drogadameu chefe contos eróticocontos eróticos dona putonaEjaculei meu esperma dentro do utero da minha vizinha gostosa e a engravidei contos de sexocontos dando minha bucetinhaconto gay "chupa teu macho"contos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu bebado quando eu tinha oito anosTive q dar contos eroticosconto erotico flagrei minha mae dando pro meu irmaocontos eroticos comendo burra no sitioconto erotico dentista doutoura anabuceta virgem sendo chupada e descabaçada por coroas contos