Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NA GARUPA DA MOTOQUEIRA SELVAGEM...

Click to Download this video!

Sou casada, 29 anos, tenho 1,72 de altura, olhos castanhos, pele branca, cabelo ondulado loiro-acobreado que vai até a cintura, 57 quilos, 104 de quadril, 98 de busto, e sou LOUCA POR MOTOS. Embora eu seja feliz com meu marido, não consigo parar de ter as minhas “aventuras”, acho que sou uma espécie de “sexo maníaca”. Certa vez, quando eu fui trocar a minha CB500 por uma Hayabusa, notei que um cabeludo estilo roqueiro (tipo de homem ao qual não consigo resistir) me “filmava” dentro da loja, resolvi então “retribuir” com um olhar “daqueles” que falam por si sá. O cara entendeu o “recado” e se aproximou elogiando a minha compra, agradeci e perguntei logo de cara se ele gostaria de sair comigo para “comemorar”. Quando ele ia me responder, outro cara se aproximou: um moreno de olhos verdes, de corpo atlético. Apresentamos-nos e logo perguntei se ele também gostaria de participar da “comemoração”. Meio espantado, pois parecia ser um pouco mais tímido do que o cabeludo, ele aceitou. Saímos, eu com o cabeludo na garupa da minha Hayabusa Preta, seguidos pelo moreno em sua Hornet Vermelha. Já no caminho pude sentir a “pressão” do cabeludo na minha bunda, então acelerei para forçá-lo a segurar-se em meus seios. Ele então abriu o zíper da minha jaqueta de couro e começou a acariciar meus mamilos. O moreno quase bateu quando viu o que estava rolando, pude ver seu “volume” crescer instantaneamente. Ao invés de irmos para um motel, como era de se esperar, segui para minha chácara, que fica a uns 3 quilômetros do centro, sempre a utilizo para meus “propásitos”, pois sei que meu marido quase nunca vai lá. Ao entrarmos, estacionamos nossas “máquinas” práximo à piscina, então perguntei aos meus “convidados” se eles queriam beber algo, eles aceitaram, então fui pegar as bebidas enquanto eles se “preparavam”. Voltei “vestindo” apenas minhas botas de couro e uma minúscula calcinha preta, visual que fez os dois se “animarem” na hora. Servi os dois com campari mas, ao invés de tomar as bebidas nos copos, eles me deitaram na grama, jogaram todo o campari no meu corpo e começaram a “enxugar-me” com as línguas, não deixando nenhuma gota. Como minha calcinha era de lacinho, foi fácil remove-la, então o cabeludo jogou mais campari na minha buceta e começou a lamber. Enquanto isso, o moreno sugava meus seios como se sua vida dependesse disso. Gozei feito uma louca. Então puxei os dois e os coloquei de pé na minha frente, me coloquei de joelhos e comecei a chupá-los com tudo, alternava entre um e outro, ambos eram “bem-dotados”, embora o cabeludo fosse mais, digamos, “apetitoso”. Fiz os dois gozarem na minha cara, deixando escorrer pelos meus seios. Jogamos-nos na piscina, eu de bota e tudo, para nos refrescarmos, mas foi em vão, pois o “clima” esquentou ainda mais: o cabeludo, sempre mais “animadinho”, me agarrou e me beijou, enquanto o moreno veio por trás acariciando a minha bunda, eu me deliciava com tudo aquilo. Então o moreno tomou a iniciativa, para meu espanto pois ele era, digamos, mais tímido, ele meteu na minha buceta por trás gritando como eu era apertadinha. Enquanto isso, o cabeludo me beijada e me masturbava, e eu batia uma punheta alucinada nele. Gozamos praticamente juntos desta vez. Saímos da piscina e fomos juntos tomar um banho e nos “recompormos”. Depois do banho, propus ao cabeludo que experimentasse sentar na minha Hayabusa para senti-la, ele sentou de costas para o painel e eu sentei no seu cacete e comecei a “pilotar”, aí disse ao moreno que a minha “máquina” aguenta mais um na “garupa”, ele entendeu na hora e subiu na moto abrindo a minha bunda e metendo com força. Foi uma “viagem”daquelas. “Inauguramos” a minha “máquina” com estilo. Descemos da moto exaustos e tomamos outro banho. Como estava anoitecendo, os rapazes tiveram que ir embora. Despedimos-nos prometendo “viajar” mais vezes juntos.

Essa foi apenas uma das minhas muitas “aventuras” e “viagens” que relatarei a vocês...

AGUARDEM...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Meu namorado virou corno contos teeno amigo do meu marido comeu meu cu/contoscontos gays/sendo chantageado e levando ferro a forçacontos/eu e minha mulher fomos assaltados e enrabadoscontos gays de camisolinhazoofilia em canilcontos siririca com docebofe escandalo na punhetacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casachegando em casa toda gozada contos eroticosSou casada mas bebi porro de outra cara contosFotos sexoespiando mamae brazil gratisconto erotico garotinho de shortinho socadoFui obrigada a da a bucetaminha mulher explorando meu cu contoFoderam gente contos tennsenrabado no campingcontos de cú de irmà da igrejaconto erotico tio e suas meninadaContos lambendo cu cagadoconto chantagem afilhadacontos eroticos/ á mulher do meu cunhadocontos eroticos linguada no cucontos eróticospagando minha primeira dívidao ocu e bucetaConto porno vi mamae sendo sarrada no busaoquero história de homens vizinho um comendo o cu do outro pulando muro à noiteConto erotico de evangelicascontos eroticos comi a casada carentevídeo de mulher conto dar o cu ele micha de dorcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaRelatos eroticos reais ; flagrei minha mae dando o cu para um pedreiro coroa .com perdi minha virgindade com um policial contocontos eróticos esposa na garupa de um cavaloContos eróticos- fazendo amor selvagenconto pau fora sunga biwuiContos eroticos de fortaleza - peguei minha esposa me traindotava de sunga gozada no clube contosconto porno minha professora coroacontos eroticos mae e amigocontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadevovô lubrifica o pau come o cú da netinhacontos eróticos menininha bebeu minha galamedico podolatria contos eroticosmeu corpo que era devastado pelo seu pau ainda duro contos eróticos Sou casada Minhas filhas me viram sendo fodida contocontos eroticos travestis fudendo frentistas do posto de gasolina gayso preto fodeu-me contosou loco pela minha cunhada contos eroticosfui comer a novimha e fui comidopai cacetudo conto gaycontos eroticos era virgemFoderam gente contos tennsContos de incesto de meninas de 14 aninhos em Belém do Paráminha mulher foi a sobremesa do churrasco contosMinina cazada mo a bucetacontos eroticos pai e tio me estupravam quando meninacontos eróticos de Pouxvidio amaciando a esposaconto incesto minha linda maezihacontos meu amigo pirocudo dormiu la em casa e arrombou minha mulhercu furico bunda peito pênis contos eroiticosconto eu e meu marido a casa de swingvideos porno mulher da a buceta com as pernas bem abertas io macho ainda chupa seus peitoesContos de novinhas perdendo a virgindadecontos eroticos estrupador gozou dentro das mulherescontos velhas que traem maridosconto erotico esposa no clubeminha esposa de shortinho na obra contoconto erótico gay chupei sem querercontos forçada a ser a puta da empresaHistórias eróticas sobre estuproscontos chupando o pau do tio da crecBucetas grandes fog lp icontos de cú de irmà da igrejaconto erotico visita tio na cadeiaminha esposa me contou suas aventuras sexuaiscontos de quen comeu coroas dos seios bicudoscontos eróticos meu padrasto mim fez mulherrelatos eroticos minha mulher me traiu e me contou adorei