Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU E MINHA PATROA 3 O FINAL

Click to this video!

EU E MINHA PATROA – 3 O FINAL



Como já havia escrito,no conto anterior comecei a ter relação sexuais quase que diariamente com a Carla minha adorada patroa e principalmente professora de como fazer uma mulher sentir prazer.

Com o decorrer do tempo por ser na época do fato ocorrido o inicio da minha juventude não me esquentava com nada,porque para mim era sá prazer em tudo,pois estava admirado com o fogo de Carla que não podia ter uma brecha que logo queria ter a minha pica em sua bela vagina e no seu cu,porem num belo dia estava eu me preparando para uma corrida de atletismo do colégio,guando para um carro do meu lado na estrada e em seu interior tinha uma mulher no volante e logo me chamou vendo que eu não tinha parado. Foi guando olhei para traz e vi a quela mulher do lado do carro me chamando,parei de correr e voltei ao seu encontro,para ver oque estava acontecendo,foi guando ela me pediu para trocar o pneu que estava furado,até ai tudo bem não tinha nada de mais,sá que guando estava fazendo a substituição do pneu ela começou a me interrogar. Você não trabalha na lanchonete com a Carla? E falou que era muito amiga dela e que sabia das minhas relações com a mesma e que gostaria de experimentar também o meu pau,com essas palavras não sabia a onde colocar mais a minha cara pois senti que meu rosto pegou fogo na hora com que aquela lida mulher havia acabado de falar,foi guando me pediu para eu a esperar num local logo depois do sitio do marido dela que ficava perto de onde morava. Guando chequei no local determinado já se encontrava toda despida e se acariciando,que mulher gostosa se foce irmãs não parecia tanto em corpo e fogo,logo abaixou o meu calção e foi pegando o meu pau e metendo a boca me lambendo todo e eu todo abobado e com medo de alguem nos ver porque está vamos na beira da estrada e ela era casada,no entanto o prazer falou mais alto,comecei acariciando seus cabelos e seus pequenos peitos,de repente abre a perna e pega minha pica e em caminha para porta de entrada de sua vagina e logo goza,com o contato do meu pau com sua vagina que já se encontrava toda lubrificada devido seu primeiro gozo,meti todo meu pau de uma vez sá guando deu um berro de dor e me pediu para não parar que estava toda rasgada que porem queria sentir tudo dentro,cruzou as pernas ao meu redor me prendendo de encontro com seu corpo,enquanto eu socava a pica no vai e vem ela ia ditando a velocidade e os movimentos com seu corpo e sá gozava uma apás a outra,até que não aguentei me segurar mais e também gozei dentro de sua perereca.

Guando a noite chequei na lanchonete logo a Carla falou que queria conversar com migo,fomos para o tal quarto dos fundos e logo começamos a nos beijar e me falou da aventura que eu tive com sua amiga Mara e que queria mete já, abriu minha calça e logo retirou meu pau que tava turo que nem ferro,levantou a saia e pediu para mete logo tudo de uma vez sá porque não podia demorar para apagar o fogo que estava sentindo e que queria leite muito leite enchendo sua vagina para pagar o seu fogo. Aprendi muito com a patroa e sua amiga,até que no dia que eu estava comemorando os meus 19 anos,chega o marido de Carla com seus amigo e inclusive meu pai falando que tinha passado a lanchonete para um de seus amigo,foi a gota d´agua para mim perdi minha patroa e principalmente os momentos de sexos que sempre tivemos turante quase um ano.



OBS: Os fatos narrados foram todos verídicos tanto que ate hoje tenho uma pequena marca encima do olho esquerdo do arame que quase o perfurou ao fugir,mas isto é outra historia,esperam que tenham gostado e até breve.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


velhos acabam com as tetas da vadia de tanto mamar contosminhas duas prima foi dormi em casa cime fou a duaspadrinho comer afilhada cem pentelhoapalpadinha na bunda.contocontos de sexo de ladinho com com a irma dormindo ao ladoporno bundas muitissimo leve ou seja molesapata velha greluda e ninfetasequestrada e arrombada a força contocontos eróticos a primeira vez nem doeuContos eu d travesti meu fazia eu pagar suas dividasconto lesbico garota come cu da boasuda eterofiz a vadia sentir dor contos eroticoseu mae e filha contos de sexovoyeur de esposa conto eroticocontos sexo minha esposa amigacontos eroticos moleque e mulhercontos eróticos coroas boqueteirascontos eroticos a bunda do meu irmão caçula é uma tentaçãoTravessa gostosa lavando a b***** em casa com cama escondidaminha tia esfregou/a/bunda/dee/vestido/no.meu/pau.deixamos ela bebada e comemos gostosoBebendo porra do filhinho contoseroticosesfregando na mãe de shortinhocontos meus dois amantescomi minha cunhada adrianacontos eroticos travestis fudendo frentistas do posto de gasolina gaysmenininha e novinha sendo e******** contos eróticossendo possuida pelo servente do colegio parte 1!!!contos eroticosmuito tempo sem mamar no paucontos heroticos comendo a vendedora de trufascontos gay cuzinho frouxocontos eróticos fragei meu tio comendo minha tiacontos mulher x travesticonto erótico cabecinha do grelocontos eróticos um cavalocontos eroticos incesto pai encoxado filhas avo encoxado netashomem interra tudo na buceta inxada da sua cadelaContos eróticos gay meu amigo da bumda grande sempre deu o cuporno travesti rosadinha menininhaconto erotico emcochando um travesti e fudendo a força em onnibuslinha na Rachinha contos eróticosbundinha cobiçado conto erótico gayContos erotico amigas devendoContos titio comendo a sobrinha bem novinhacontos eroticos estupradacontos minha filha olhou em dandocontos eroticos mae e filhominha irma só de calcinhacontos picante eu dando o cu pro meu tio gaysContos eróticos à força de negros brutosqero tranzar com a minha enteada ela r muito timidagrelao 3cm comendo contosContos eróticos minha gata fode com todosconto porno a virgem babiwww.contos eroticos de tias soteironas com sobrinhos.comConto erotico o shorti.ho que meu marido comprouo meu padrasto me arrastou pro matagal contoscontos eróticos do amigo do meu pai me agarrou na cozinhacontos eroticos com sogro e sogracontos eróticos brincando de casinhacontos de rabos sendo dilaceradosContos eróticos gay camisa socialcontos apostando uma encoxadacontos eróticos casal Passei a noite no autorama no Ibirapueraconto erótico sentada melcumendo a prima vingwmmulher do meu amigo fudeno comigo na casa deleo ela me contou que estava com a buceta toda assada de tanto fuder com elerelatos eroticos romanticopura foi dar pra cavalo e acaba com a buceta estoradaconto gang bang com crenteNetinhas mamando pica contoseroticosconto estagiaria chefecontos cunhada crente