Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O TIO DA NET E MINHA AMIGUINHA DA ESCOLA

Click to this video!

Depois q o tiozinho tarado da net tirou meu cabacinho, comecei a frequentar uma escola d informática, pois tinha ainda muito pouco conhecimento sobre informática. Logo no começo já fiz uma amiguinha, o nome dela é Fernanda, mas todos a chamam d Nandinha devido ao seu tamanho, ela é apenas uma pouco mais jovem q eu, mas parece uma menininha, deve ter 1,5m d altura, morena clara, cabelos castanhos lisos e longos, ela é magrinha, mas tem um corpinho bem definido, cintura fina e um bumbum empinadinho. Ela é bem atiradinha, diferente d mim, pois sou muito tímida. Logo me senti à vontade p contar a ela minha histária c o tio da net, ela então me revelou q apesar d ser mais desinibida ainda era cabacinho. Combinamos um dia d matar aula p ir ao centro, enquanto eu iria ver o tio da net, ela iria dar uns beijos num gatinho q ela tava ficando. Eu tava lokinha p dar p meu tiozinho, nem bem cheguei no quarto do hotel e já comecei a chupar o pau dele, quando de repente meu celular tocou, era a Nandinha, levou um bolo do gatinho e não tinha nem dinheiro p pegar o ônibus, falei q emprestava algum p ela, mas q viesse logo p não atrapalhar a minha trepadinha. Quando desliguei o celular, o tiozinho me falou:

-Convida ela p participar da nossa festinha.

-Fikou louco, ela ainda é cabacinho.

Ele não ensistiu, mas acho q isso deixou ele ainda mais excitado.

Quando ela chegou, apresentei um ao outro e percebi q o coroa não tirava o olho dos peitinhos da Nandinha, ela estava d saia e c uma bluzinha branca d alcinha, dava p ver o bico dos seus seios bem durinhos, estava sem sutiam. Ele nem disfarçava, dava p ver o volume na sua calça, parecia q seu pau queria saltar p fora. Quando de repente, num gesto inusitado, ele colocou o dedo bem no bico do peitinho dela e disse brincando:

-Nossa! Que durinho, nem parece d verdade.

Eu fikei sem graça, não podia acreditar q ele tinha feito aquilo na minha frente, fingi q não vi a cena, disfarcei e fui no banheiro pegar a minha bolsa p dar o dinheiro a ela, mas fiquei sondando a reação dela. Ela riu p ele e perguntou:

-O tio gosta?

-Gosto, mas ergue rapidinho a bluza p eu dar sá uma olhadinha.

Ela ergueu a bluza, o coroa safado não pensou duas vezes e caiu d boka nos peitinhos dela. Nossa, aquela cena me excitava. Quando voltei, eles nem fizeram questão d parar, o tio ainda disse:

-Olha q peitinhos durinhos tua amiguinha tem, experimenta.

Nunca pensei fazer isso, mas chupei aqueles peitinhos c tanta vontade, eu chupava um e ele o outro, depois chupávamos o mesmo. Enquanto eu mamava nos peitinhos da Nandinha ele começou a dar um beijo d lingua nela, levantei e quis participar do beijo, nossas três línguas se entrelaçavam, então ele deixou q nás duas nos beijássemos enquanto ele tirava nossa roupa. Enquanto enfiava minha lingua na sua boka, sentia nossos peitinhos se tocando e nossas bucetinhas se esfregando uma na outra. Olhamos p o lado e vimos o tiozinho tocando uma c a mão enquanto apreciava a cena, demos uma risadinha d safadas, empurramos ele na cama e caimos d boka naquele pau, parecíamos duas garotinhas brigando por um picolé. Nandinha foi mais rápida e abocanhou aquela pica com tanto apetite, me deixando chupar apenas as bolas, depois chupamos juntas, uma d cada lado, d uma maneira q meus lábios se encontravam c os dela, e começamos um vai e vem q ia da cabeça até as bolas. Nás estávamos d quatro, com a bunda p o lado do tiozinho, Nandinha quase esfregava a bucetinha na cara do coroa, ele não aguentava ver aquela bucetinha se arreganhando na sua cara, depois d examiná-la e ver q era mesmo cabacinho, meteu a língua no seu grelinho molhado, ela se contorcia d tesão. Os dois fizeram um 69 daqueles, ela ficava cada vz mais putinha, sugava aquela pica c tanta vontade e arreganhava cada vez mais aquela bucetinha, sempre rebolando e esfregando na cara do coroa. Depois colocamos a Nandinha deitada, era a minha vez d conferir seu cabacinho. Que delícia ver minha amiguinha delirando na minha língua, o tio se aproveitou q eu estava d quatro, grudou na minha cintura e enterrou na minha xaninha q tava encharcadinha, minha língua fodia ela no mesmo rítimo em q o tio me comia, quanto mais fundo ele metia, mais fundo ia minha língua, tive orgasmos múltiplos. Minha amiga implorou p sentir apenas a cabeça daquele pau na entrada da sua xaninha, não queria perder o cabacinho. Então eu abri sua xaninha, dei mais umas linguadas, lambuzei bem o pau do tiozinho c minha saliva e fui encaixando na sua bucetinha. Ela tava muito molhada. O coroa não resistiu, o tesão dele era tanto em ver aquele cabacinho se rompendo na sua vara q ele logo empurrou tudo p dentro, nem deu bola quando ela mandou parar. Segurou seu pau lá dentro p ela se acostumar com o tamanho e deixou q ela rebolasse até gozar. O tiozinho não conseguiu segurar mais, tirou o pau d dentro e gozou na nossa cara, nunca vi tanta porra, lambuzou nossos rostos e escorria pelos nossos peitinhos. Depois tomamos um banho, os três juntos, mas antes q o tiozinho se empolgasse novamente, tivemos q ir embora, pois nem vimos o tempo passar naquela tarde maravilhosa. Esse foi sá o começo d tudo o q nás ainda iríamos aprontar.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos gay game apostaconto comi tia do meu amigocontos etoticos gordas maduras baixinhas 1,50 mtcontos eroticos cu e bucetaContos eroticos te amo mana Sou casada e chupei dois caralhos ao mesmo tempoputa da ocu pra treis pau acha pouco emfia a maoquero ver um vídeo de graça de graça rouba pica bem grossa dentro da b***** entrando bem devagarzinho b************contos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoconto erotico estudandocontos eroticos vizinhas camaradasContos eróticos à força de negros brutospôrno pima maveliacontos eroticos meu enteado se vestiu de mulher pra mimgozandonocilindrome puxou pra sentar no colo dele - contos eroticosler contos eroticos incesto mae transa com filho e pai esta desconfiandorelatos eroticos romanticorelatos eróticos dei aos novecontos esposa olhos vendados fudendocontos eroticos deixei a sapatao chupa minha buceta e meu cuContos eroticos sobrinho da rola grande e grossa pegou a tia e fes ela desmaiarrelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantesmulheres violadas contos eroticosincesto tio ginecologista bolinando sobrinha de dez anosxvedeo porno cuadinha tava triste cuanhado animou fedendo elaporno babalu pede pra não gozar antes do tempogay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosoconto comeu meu cu gostosocontos esposa do clientecontos esposa bi sexual marido sortudocontos eróticos minha calcinha bi matoai que lambida contosContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelcontos eroticos gang bang com papai e amigosLingua na buceta contoscontos convenci ela a dar o cuzinhoConto erotico sobrinho fudeu gostoso com a tia coroaassaltantes me estupraram contos eroticosconto erotico historia de mulheres casada em fretando pau gradecontos porno gratis evangelicas submissas e chantageadasMinha mae me pediu foder eleComtos erotico meu entiadocontos eronticos sou crente mais minha buceta vivi picandocontos esposa e visinha dando o cu juntas pro cãocontos de flagra de punheya yahoozoofilia googleweblight.comcontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eroticos enrabada pelo professor de academiacontos eróticos de bebados e drogados gayshomem colocou sua picA ENORME NA XOTA DA CABRITA ENFIO TUDOcontos picantes de lambida na chanaconto de sexo com estrupo em família rasgei o cu de meu avô sem dosera q meu marido ja ficou com travesti peguei ele vendo videoPeguei minha tia veridicozoofili a nimada travesticontos de velhas dos seios bicudocontos eroticos fui putinhacontos ex com amigosmeu marido bebeu e meu cunhado me comeucontos mulher da na frente dos filhoscontos eroticos de urologista e pacientecontos de safadas que trabalham em frigorificocontos vendo a irma sendo fodida betinhaContos duas safadas com um machoContos Eróticos um Negão me comeuvídeo pornô mulher casada fica cheia de tesão com a venda em JarinuContos eroticos cegonovinho da pica gigante atolando no mulequeinhocontos eróticos transei com minha sogra com ela dormindocontos eroticos gozei no pau do meu irmaosogra metida a santa contos eróticoConto eurotico ccbvirgem tendo um orgasmo contos eroticosmulek gemendo no pau do outro mulrkContos duas safadas com um machoabaxar video porno de coroas de 20 anosdei para um negão desconhecidometerola com menor idadeconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arromboucontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoContos porno minha esposa realizou meu sonhocontos eroticos minha mulher gosta de apertar minhas bolascunhado pauzudo fudendo a sogra e a cunhada,contos e relatos eroticosconto erotico maes rabudas na praia c facontos eroticos cuidando da minhas sobrinhas e suas amiguinhascontos eroticos fui cuidado meu sogro e ele viu meus pritosminha mulher me comeucontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosConto erótico gay camisa social de sedaminha delicia de filha me provoca contosFui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contosBrincadeira na piscina com meu irmao poran vedeosrebentando o cu da irma pequena contos