Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MOTOQUEIRA SELVAGEM DANDO NO COURO...

Click to this video!

Quem leu o conto NA GARUPA DA MOTOQUEIRA SELVAGEM... conhece o meu fascínio por motos e que também adoro a mescla: moto + sexo.

Sou casada, 29 anos, tenho 1,72 de altura, olhos castanhos, pele branca, cabelo ondulado loiro-acobreado que vai até a cintura, 57 quilos, 104 de quadril, 98 de busto, e sou LOUCA POR MOTOS. Embora eu seja feliz com meu marido, não consigo parar de ter as minhas “aventuras”, acho que sou uma espécie de “sexo maníaca”.

Vou relatar-lhes como tudo começou: eu tinha uns 22 anos, e tinha comprado a minha primeira moto, uma yamaha virago 535 vermelha. Eu a batizei de “maçã do amor”, e logo vocês saberão por quê. Sempre tive curiosidade de ir a um desses encontros de moto, mas meu marido nunca quis ir comigo, então, já que agora eu estava “montada” eu peguei a estrada, sozinha, pois o meu marido estava ocupado, como sempre, e nunca se importou que eu andasse sozinha.

Logo que eu cheguei ao tal evento, foi uma loucura, eram motos de todos os modelos, tamanhos e cores. Mal sabia para onde olhar. Porém, meus olhos encontraram “algo” para observar: um cara alto, moreno claro, olhos verdes que pareciam me despir automaticamente. Retribui o olhar de forma a convidá-lo a aproximar-se, e ele assim o fez, chegando bem perto do meu ouvido, com a desculpa de que o som estava muito alto, e me perguntou de onde eu vinha, pois ele não perde nenhum evento da região e ele sabia que nunca tinha me visto antes, pois eu (segundo ele) sou uma mulher difícil de não ser notada. Eu disse que esse era meu primeiro evento e também a minha primeira viagem, pois acabara de comprar minha primeira moto, foi quando ele pediu para que eu chegasse mais perto para poder ouvir o que eu estava dizendo, eu obedeci, e ele então me puxou pela cintura de forma que eu colei nele e pude sentir seu cacete duro dentro da sua calça de couro. Ele percebeu que eu notei e disse: “Notou como eu estou realmente feliz em te conhecer...” Eu então me afastei, pois TUDO era muito novo para mim, sai sem dizer nada e fui direto para o meu quarto no hotel, que ficava práximo ao evento. O clima estava meio frio, porém a minha roupa de couro nunca parecera ser tão quente que nem me dei conta de que eu estava sem a jaqueta. Tomei um banho para “acalmar-me”, mas foi tudo em vão, pois sá de lembrar daquele homem me pegando pela cintura, e sussurrando no meu ouvido me fez estremecer de tesão e deitar na cama envolta pela toalha e me masturbar e gozar feito louca. De repente, alguém bateu a minha porta e eu perguntei quem era e uma voz deliciosamente rouca identificou-se como “serviço de quarto”, eu disse que não queria nada, mas o cara insistiu que precisava fazer seu “trabalho”, eu então me enrolei na toalha e fui abrir a porta, e, para minha surpresa, lá estava o tal moreno de olhos verdes, que foi entrando, fechando a porta e me agarrando sem pudor algum, eu até tentei me desvencilhar de seus braços, mas foi em vão, não devido ao seu tamanho e força, mas devido ao meu grau elevadíssimo de tesão. Ele me livrou da toalha num piscar de olhos, e fez o mesmo com a roupa de couro que usava, enquanto me beijava como se fosse me engolir. Pude então ver que o tamanho do seu cacete justificava o que eu tinha sentido anteriormente. Ele então me pegou no colo, com certa facilidade, pois ele era o dobro de mim, e me colocou na cama, abrindo minhas pernas e “mergulhando” a cara na minha buceta, abrindo ela se deliciando, lambendo o meu grelo como quem saboreia uma torta de chocolate, gozei e gritei feito louca, pois o som certamente abafaria meus gritos, ele então me olhou nos olhos sorrindo, pois sabia que ele provocara meus gritos. Ele então enfiou um dedo na minha buceta e outro no meu cuzinho, ao mesmo tempo, e iniciou um “ritmo” que me fez subir pelas paredes literalmente, pois nunca antes havia experimentado tal prazer. Novamente gozei como nunca antes. Foi então que senti ele subir na cama e lamber cada centímetro do meu corpo subindo até que seu cacete alcançou a minha boca, então tomei aquela “tora” (imensa por sinal) e comecei a chupar, e a fazer algo que me intitulou garota “boa de bola”, nesse momento ele arregalou os olhos e gritou “isso, me chupa, sua motoqueira boa de bola”, e gozou enchendo a minha cara de muita porra. Ele se jogou na cama, extasiado, e eu tomei seu cacete e continuei a chupá-lo para que ele nem mesmo ficasse mole, o moreno me olhou assustado e disse: “que fome você tem”, e eu disse: “você não viu nada ainda”. Assim que seu cacete voltou “a ativa”, eu subi em cima dele e abri meu cuzinho sentando nele e “pilotei” feito louca ao som de “Born to be Wild” o fazendo encher meu cuzinho de muita porra e gozando junto. Tomamos um banho e fomos para o evento, mas não ficamos muito tempo lá, e logo encontramos um beco onde se passou outra experiência que contarei a vocês logo. Sá sei que o meu primeiro evento de moto foi realmente inesquecível.

Encontramos-nos outras vezes depois disso, e fomos a muitos outros eventos juntos, onde vivemos muitas outras aventuras que contarei a vocês depois.

Bjos... e Born to fuck...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Sexo anal "nunca mais fui a mesma"Entro na bucetinha da minha sobrinha pequena todas as noites e encho a bucetinha dela de porrapassinho de várias lésbicas se chupando uma volta sem pararElas quizeram isso contosvídeo pornô pica da cabeça enrolada redondadacontos gays mamando no mamilocontos eroticos gay inrustido com montacontos eroticos mamãe apanhandocontos eróticos em cima do carroconto erótico o capataz tarado pelo viadinho de calcinhastrip poker contosenti jatos de porra no fundo da/minha bucetao pai da minha amoginha me comeu contosafeminados de praia grande contatosconto erotico surpresa na siricacontos de estupro na praiavideo safaço roçando na bunda da gostosacontos eroticos festa a fantasiasoofilia.quando meu marido viagoucontos comi minhas filhasconto xupei o pau do meu amigo pq perdi apostacontos-contraindo o cuzinho no teu pauhttp://okinawa-ufa.ru/conto_7625_tirei-o-cabaco-da-prima-dentro-da-cana.htmlvideos para deixar o namoradoexitadome humilharam comendo minha namorada contocontos eróticos casadas safadasContos eróticos comendo uma lorinha dos seios grandes Luizacontos eroticos noite do pijamafazendo gozar mulher casada darlene contosminha esposa me contando os detalhesfestinha no.ap contos gayContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorprovocando meu tio com um short com as popa da bunda de foracontos minha cunhadinha da bucetinha bem pequenacomi minha filha no carro contocontoseroticos chupando meu tiofazenda fravia dan xeso anal lua demelcontos depois de velha fui arrombadacontos eroticos dei pa paga dividaconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de conto meu tio morre de ciumes e amor por mimOlá , meu nome é Tati sou morena , alta , magra , pois bem , vamos ao contocontos de casadas que se entregam a outro homemcasadas piranhudas e cornos submissosContos her¨¦ticos incesto comi minha m0Š0e Contos eróticos picantes pecados na igreja com padresler contos pornos eletrecista mi comeo no hotelrelatos coroas defloraçãocontos eróticos mulher gostosa fazendo um gangbang com molecadaeu quero vem pica de cinicomeEnsinando minha soblinha bunda grande a andar de carro contorelatos eroticos de traicao consentidafui ensinar a sobringa dirigir ea fudicontos eroticos adoro ver uma travesti jemendo na miha picaamarrada e amordaçada porno contos eroticosporno desmarcada do funkfiz sexo pra passar de semestre contoscontos casal com jamaicanomulher botando a x*** para o cachorro lambercontos eroticos meu sobrinhodei a bunda para o torcedor contosContos vovó no banhocontos eroticos de tia masturbacaocontos eroticos comi amiga da minha irmaZoolofia cominha cadela ler istoriacontos eroticos comi a bunda da minha tiaconto erotico fui no banheiro da estrada mijar e me assustei com o tamanho do pauzao do negaocontos erótico moleque safadowww.ver contos eroticos de professoras gostosas ruivas de 20 ate 30 anos tranzando com seu alunos de 16 a 19 anos de idademae e cunhada gravidas do filho contosminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contospor causa da zoofilia virei escrava 3 Casa dos Contos Eróticoswww.comxvidio.br movinha do recife chupa rola fato realcontos eroticos madrasta lesbica obrigo eu da u cuConto erótico gay camisa social de sedanetinha alizada pornodoidoContos eroticos cegofunkeira gemendo eqc ceu e minha sobrinha no cine pirno contomamando na velha contoscontos eroticos o amigo do meu marido me viu tomando banhocontos eu dancando funk para o titioconto sentei no colo do lekecaminhando e disfarçadamente batendo uma ounhetinha pro namoradovideo porno dano o cu ea buceta toda babentaScu do sobrinho menor contos eróticoscontos a crente que gosta de dar a bucetacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html porno puxo o cabelo dela de quatro e arregaço sem docontos eroticos incesto vovô e titio me fuderamcontos eroticos mamaram meus seios em quanto eu domiaMenina da pracinha, contoMeu doutor chupou meu grelinhoporno conto irma