Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA PEQUENINA IRMÃZINHA PUTINHA

Click to Download this video!

Bom, o que vou contar aqui já me causou muito remorso, mas também não deixo de sentir tesão com o que aconteceu...



Tudo começou na casa da minha avá em nova york, nas férias. Eu e minha irmã erámos novinhas mas eu ja era muito desenvolvida tinha um corpo de mulher com seios fartos, bicos grossos salientes, quadris largos e minha buceta já era um triangulo vasto e peludo nás estávamos deitadas no mesmo sofá à tarde, assistindo TV.



De repente, eu me virei, e sem querer, fiquei com minha xana encostada na bundinha dela. Pronto! Foi o suficiente para ficar morrendo de tesão. Apesar de ser nova, eu já me masturbava naquela época e conhecia muito bem os prazeres que poderia ter sarrando naquela bundinha farta. Porém a casa da minha avá é muito movimentada, ate então por ficar em nova york, então não puder fazer muita coisa...



Sá ficava sarrando discretamente e imaginando: "Deixa sá chegar em casa para você ver, te pego de jeito! "Acho que ela não percebeu nada, ou se percebeu, se fingiu de sonsa....



O fato é que ate aquele dia, eu não havia sentindo nenhum desejo pela minha irmã...mas apartir dai, fiquei com muito tesão, uma coisa quase que incontrolável, ficava contando os dias para as férias acabarem e ficarmos logo sozinhas em casa para mim poder aproveitar a vontade, deitar e rolar mesmo na minha irmãzinha querida....



Enfim as férias acabaram e voltamos para casa...



Na manhã seguinte, minha mãe precisou ir na cidade e ia nos deixar sozinhas. Era a chance que eu tanto queria, já estava morrendo de tesão, imagine, desde as férias!



Minha irmã parecia que já sabia o que ia acontecer, pois pediu para minha mãe deixar ir com ela, ela estava pálida e se via o pavor em seus olhinhos azuis, porém para minha felicidade, minha mãe não deixou.



Assim que minha mãe saiu, fiquei olhando da janela, para ter certeza que ela estava indo, e quando desapareceu da minha vista, me virei para minha irmã e disse:



- Deita na cama. (nás ainda estávamos de camisola)



- Prá quê deitar?



- Deita que vc vai saber!



Ela chiou mais alguma coisa, mas deitou. Eu sentei na cama, do lado dela e comecei a passar minha mão sobre a perna dela que já era bem grossinha...e fui subindo, fazendo a camisola dela se levantar...



- O que vc esta fazendo?



- Calma, a gente vai brincar um pouquinho, vc vai gostar.



- Eu não quero, pára!



Eu não parei, continuei passando as mãos nela e contemplando seu corpo ali, para meu bel prazer, nossa qto tempo eu esperei por aquele momento...ela viu que eu não ia parar e acabou ficando quieta, parou de reclamar.



Abaixei sua calcinha e rapidamente passei a lingua na xaninha dela. Nossa que delícia de xana, novinha, sem pelos, maravilhosa, um verdadeiro tesão. Ela levou um susto, mas como estava tremendo muito, deixou eu chupar ela todinha, numa boa até sair gosto de xixi.



A medida que eu ia chupando, meu tesão aumentou, minha xana já estava piscando, doida para gozar...



- Agora vem, faz em mim também.



- Não! Eu não quero, tenho nojo!



- Ah, vc gostou qdo eu fiz em vc né??? Agora eu quero tb, anda, faz!



- Não vou fazer!



Não tive escolha, estava possuida pelo tesão, puxei ela pelo pulso, dei-lhe dois tapas em sua pequenina carinha e a botei de cara para minha xana peluda. Nossaaa que maravilha, que loucura, minha irmã mais nova ali, me chupando... com a pequenina carinha toda enterrada em meu sexo adulto..ahh o narizinho todo dentro de meus pelos..o cheiro de minha buceta tomava conta do ambiente, a casa era sá nossa, ela era sá minha, poderia me satisfazer a vontade!!! Fiquei muito excitada, logo virei ela para baixo de mim, levantei minha camisola e deixei xana com xana, coladinhas.



- Que isso, pára agora!



Do jeito que eu estava, louca de tesão, acabei asustando ela de verdade, agora já me pedia p párar com mais vontade...



- Pára, pára agora chega!!! Por favor...



- E as lágrimas escorriam.



- Calma, a gente sá vai brincar mais um pouquinho, abre as pernas!



- Não, eu não quero, já falei, pára.



- Eu não vou parar, é melhor fazer o que estou mandando, abre as pernas logo!!!



Segurei seu longo cabelinho loiro com bastante força e esganei um pouco ela, depois forcei com meus joelhos e consegui abrir as perninhas dela mesmo ela não querendo. Pele com pele, xana com xana....



- Ah como eu queria isso, desde a casa da nossa avá...que tesão... hoje você vai ser minha...



Comecei a roçar minha xana adulta e peluda na xaninha dela, naqueles movimentos de vai e vem, o tesão sá aumentando e ela entrando em desespero.



- Pára, sai de cima de mim, seu peso esta me machucando.



- Calma, já vai acabar, aguenta sá mais um pouquinho, vou começar a melar..você vai sentir escorrendo, quentinho..vou te lavar ahhh..



- Se vc não sair, eu vou gritar.



- Grita, pode gritar, ninguém vai te ouvir mesmo.



E os movimentos continuavam, sem parar...tampei sua boquinha com uma das mãos, eu em cima me deliciando com a xaninha dela...e ela em baixo esperneando.



- Eu vou contar tdo para minha mãe! huummpf..



- Pode contar, mas deixa eu terminar, tá quase acabando...ahh, mais um pouco vaquinha.. ahh isssoo to melecandoo! eu gozava fartamente na putinha meus pelos esfolavam a criança, sua xaninha careca,.. sua barriguinha ahhh que gozo!



Ah gozei....finalmente gozei muitooooo gostoso roçando na xaninha deliciosa da minha irmã, nunca havia sentindo um orgasmo tão maravilhoso...até então eu ainda era virgem, sá me masturbava.



Deitei ao lado dela, ficamos vendo TV, ela não chorou, sá estava quietinha...



- Não conta prá minha mãe e nem prá ninguém o que nás fizemos aqui, tá bom?



Prá minha surpresa, ela acenou com a cabeça, positivamente...



- Depois eu vou querer mais, vou fazer isso de novo com vc, vc deixa?



Novamente para minha surpresa, ela balançou a cabeçinha dizendo que sim...



Bom, depois da minha longa espera, finalmente consegui consumar o incesto com minha irmã mais nova. Como já disse, foi o melhor orgasmo que tive na vida até então...





Pena que acabou tendo que ser meio forçado, ela não queria, então não teve outro jeito, deixar passar batido aquele tesão todo é que não dava.





O que mais me supreendeu, foi que depois de tudo, pensei que ela fosse ficar muito chateada comigo, o que não aconteceu. Até perguntei se podia fazer de novo e ela respondeu que sim, fazendo um sinal com a cabeçinha.





A partir dai então, sempre que tinha uma oportunidade, já estava eu lá, em cima da maninha, usufruindo de tdo que ela podia me ofecerer de prazer...





A noite, quando todos iam dormir e a gente ficava assistindo tv, eu pedia para ela deixar eu ficar em cima dela roçando e ela...





- Tá bom, mas sá durante o comercial!





Já ia eu, toda cheia de tesão, mas o comercial acabava rápido...





- Pronto, sai que já acabou seu tempo.





- Ah não...eu tinha dito que era o outro comercial! Vou continuar.





- Elazinha já choramingando com seu rego todo assado de meus pelos e meu gozo





-Então tá bom.





Ela fazia doce, mas eu bem sentia que estava era gostando da roçadinha na xaninha dela, até rebolava embaixo de mim a safadinha!!!





Nisso entra comercial, sai comercial e eu lá...nossa que delícia. O filme até acabava e eu sá gozando...gozava 2, 3 vezes nela...enchia ela com meu melado labuzava toda a putinha...sá no rala.





E quando ela me pedia ajuda na lição da escola...





- Tá bom eu ajudo, mas depois vc vai deixar eu fazer o que eu quiser, pelo tempo que eu quiser?





- Deixo.





Nossa, ai eu aproveitava, era uma lição feita, uma mamada em meus seios fartos, outra lição, uma chupada em minha buceta peluda.





Teve uma vez que ela não estava muito afim, mas eu ofereci dinheiro para ela deixar eu gozar com o corpinho dela. E ela, com olho grande na grana, topou na hora!!! Era pouca grana, mas como era mais nova, para ela era muito dinheiro.





- Vai me dar dinheiro mesmo? Não acredito, me mostra então! Se vc me der o dinheiro eu deixo, mas não vale me enganar!





Eu deitei ela no tapete, comecei a passar a mão e a beijá-la no corpo inteiro, parando na xana, lá eu mergulhei com toda vontade, ela parecia gostar, mas estava com muito medo, mas não deixou de perguntar:





- Cadê o dinheiro? Me dá agora, antes de terminar!





- Nossa, já vou te dar, olha, vou deixar aqui do lado, qdo eu terminar de fazer tudo, vc pega.





Nás duas lá... no tapete, eu me acabando, xana com xana ..ela dizia..tá esfolando..to sentindoo..uiii





- Eu disse; são os meus pelos vaquinha..buceta de mulher! e o dinheiro do lado, sá de tesmunha desse maravilhoso incesto.





O único problema era que ela não gostava de ficar de frente, se assustava com o tamanho de minha xana, grande peluda, por isso preferia ser sarrada atrás, na bundinha, e eu sentia mais prazer pegando ela de frente, xana com xana, ela relutava, resmungava, mas no fim acabava concordando, até hoje é um pouco submissa a mim.





Teve um dia que foi maravilhoso...





- Meu padrasto (pai dela) chegou mais cedo do trabalho, e foi logo partindo p cima da minha mãe. Ela estava fazendo a janta ainda, mas ele não quis nem saber, puxou ela pro quarto, largou at as panelas no





fogão, trancou a porta e sá se ouvia aqueles barulhos de lá de dentro. Claro que eu já sabia o que era, esem perder tempo, chamei minha irmã, é claro...





- Vem cá, corre...





- Prá que?





- Vc sabe, vem logo antes que eles acabem! Se eles podem transar agora, nás tb podemos.





Nem fiz nenhuma brincadeirinha não, tinha que ser 1 rapidinha, pois a qualquer momento eles poderiam sair do quarto.





Deitei minha irmã na cama, fui logo prá cima dela, ralar xana com xana até eu gozar; e gozei muito lambuzei toda sua virilha, e subi meu corpo um pouco e esfreguei o resto em sua barriguinha





Nossa foi muito gostoso a cena, muito excitante! Enquanto meu padrasto pegava minha mãe no quarto, eu pegava minha irmãzinha no outro. Os barulhos que vinham do quarto deles, sá me deixavam mais tesão





excitada, não demorei a gozar...enchi sua pequenina xaninha careca de gozo e ainda me esfreguei em sua barriguinha dando um banho nela..nesse dia escorreu ate pra cama..ficou uma poça..minha vontade era segurar a cabecinha da putinha e mandar ela lamber..mas isso é uma outra histária Naquele momento todos em casa estavam transando. Sá que eu sabia deles e eles nem imaginavam o que eu e minha irmã amada estávamos fazendo no quarto ao lado.





Bom, o tempo passou, minha irmã cresceu, foi morar no canadá e nunca mais tocamos no assunto.Mas sempre me masturbo lembrando das cenas de infancia, ainda gozo muito gostoso por causa dela!





Não tenho coragem de me insinuar de novo, mas se ela quisesse, eu toparia numa boa, mesmo se ela me cobrasse um dinheirinho para deixar "come-la", eu aceitaria com a maior satisfação.









kisses, Bad Mistress.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos meu neto me fez putaBebendo porra do filhinho contoseroticospornoido colega de aulaContoseroticosprimeiravezcastico de minha sogra com eu e minha esposa contos eroticoscontos filhanao aguenta a geba d pai no cuContos eroticos carro quebrado cornoSexxu videu erica cazada jua da baiacontos eróticos irmão e irmãrelatos eroticos/ela pisou na cara delesacanas.de.minhas.cunhadasasgostosa cimasturbanocasa do conto minha filha sentou no meu colo de mini saiaMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contoscontos o cheiro da rola do papaixoxota e picas contosvídeos e contos eróticos de gays novinhos bonitos afeminados perdendo a virgindadeconto erotico arrombei o travesti do baile funke foi assim que comeram minha esposaFui Comida pelos colegas do colegios contoscontos de metendo em uma peluda ruivabrincadeiras erotica no cu de machoO pau preto do papai contos eróticosContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelvirei puta assumida eu confessocontos eroticos de enteadasconto de o tenente me chupou muito gayfui iniciado conto realfoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1cunhadinha dando o cu apoiando na mesaa coroa bunduda negra é feriado pelo pelo banco dentro do ônibuseu confesso sou puta desde novinhacontos estuprada por um estranhocache:d8S3mF85a4oJ:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria_4_11_incesto.html contos com letras grandes , a rabuda e os dois travecosestuprado pelo pai na infancia gay contoconto erotico estuprarao meu bucetao apertadocontos minha mae baixinha gostosacontos de coroa com novinhoconto erotico como gravidez a minha tia seios gcontos fodi menininha por docescontos eróticos de bebados e drogados gaysconto erotico gay no trabalho com homemvelho coroa grisalho peludo cache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html Sou gay e tranzei com um travest contos eroticocontos patrao chantageia funcionário pra comer a mulher gostosa do funcionárioPau do negao passivo contoscontos eróticos de carona a mae e filhinhaContos d uma mulher virgem amarrada no curral e estupradaminha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façocontos eroticos minha mulher me fez subimisocontoesposanuaContos o comedor da madrugada do soniferoporno doido sumindo um emorme prinquedo na pusetacobtis erotiis sograsconto eroticos sogro brochacontos genro bem dotado arronba o cu ds sograver tdos as calcinhas fio dental qom bomum empinadrelatos de meu cachorro me desvirginouContos eroticos de podolatria com fotos tentando chupar pes de primas dormindocontos porno estuprarão meu marido na minha frentecontos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindocontos erotico minha mãe foi bem arrombadacontos de coroa com novinhocontos eroticos mulher santinhascontos fudi minha filha evangelicacontos eroticos de vovo negros e gays e os seus netosvizinha trai marido com cunhadinho contosContos de incesto familiarcontos eróticos morando com filhoporno. minha. mãe. tá. muita. tritinhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaTennis zelenograd contoirma vagabunda safada irmao pirocudo contos cunhado corninhowww.contopadrinho.comimagens de conto de homem macho transando com entregador de água machoO coroa com ele em cima da sua lancha ele me fuder conto eroticoamor olha o estrago ! Falou minha esposa com o cu inchado que o amante comeuSou casada fodida contocontos eroticos genro me fodeu no assalto aiii metecontos erotico com minha sobrinha mais nova