Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MASSAGEM DA IRMAZINHA DA EMPREGADA

Click to Download this video!

Tudo aconteceu quando eu morava em uma cidadezinha do interior de Sao Paulo. Moravamos eu, minha esposa e duas filhas, tinhamos uma empregada muito dedicada na qual tinha uma irmã muito gostosa mas que era muito jovem acho que tinha uns 19 anos, vou chamá-la de Nanda. Nossa empregada sempre trazia Nanda para ajuda-la, enquanto fazia os afazeres domesticos Nanda brincava com minhas filhas. Eu sempre a abservava pois tinha uns peitinhos e uma bundinha maravilhosa ainda em tranformação. Num sábado Nanda veio acompanhar sua irmã, mas minha esposa tinha ido viajar com as crianças, então ficou por ali ajudando sua irmã em algumas atividades e eu de olho naquela gostosura que meu cacete doia so de olhar. Nesse mesmo dia usava uma saia arredondada pelo joelho e uma blusa com a cava da manga bem maior que seu braço e quando ia fazer alguma atividade dava pra ver um pedaço daquele peitinho pontudo e eu inventava o que fazer so para passar e ficar observando aquela gostosura. Já não aguentava mais de tanto tesão e comecei a imaginar pretesto para aproximar de Nanda. Nisso nossa empregada foi para cozinha fazer almoço e pediu para Nanda limpar o banheiro do meu quarto. Nanda foi para o banheiro lavá-lo e eu entrei no quarto e de pretexto fui no banheiro pegar um fio dental quando entrei estava esfregando o box e para nao se molhar tinha erguido sua saia bem acima do joelho e enquanto abaixava dava pra ver um pedaço daquela bundinha redondinha, meu cacete ficou duro na hora e palpitava dentro da minha calça, quando entrei ela levantou assustada e perguntou se eu queria usar o banheiro e foi saindo, nisso esbarrou no meu membro endurecido, no qual tive vontade de agarrá-la mas contive pois sabia que sua irmã estava na cozinha. Sai dali ardendo e com o cacete em ponto de bala. Disse a ela que podia terminar que eu ia ver se o almoço estava pronto, mas na realidade fui ver se a empregada estava distraida para eu voltar e ficar vendo Nanda. cheguei na cozinha e a empregada reclamou que não tinha carne desconjelada, de imediato sujeri que fosse buscar carne fresca, dando o dinheiro para ela ir que inocentimente pediu para que eu avisasse Nanda que ela tinha saido. Esperei ela sair e fui no banheiro verificar aquela gostosura so de imaginar meu cacete ficou no ponto de novo. Cheguei na porta do banheiro e avisei Nanda como sua irma tinh pedido. Sai imaginando algo pra seduzir aquela menina moça, nao tive duvida o que eu queria era comer aquela gostosura. Coloquei meu cacete duro pra fora da calça e peguei um algodao com creme e cheguei no banheiro dizendo para Nanda que estava doendo porque tinha batido ele na mesa, ela ficou parada olhando quele cacete na sua frente, quando eu oferecia o algodão pedindo para ela passar. Nanda segurou o algodão e iniciou a massagem, ela sentou no vaso e ficou ali cuidando do meu cacete dizendo coitado onde o senhor machucou ele assim. coitadinho vou ajudar o senhor. e eu adorando quase nao aguentando de tanto tesão. Nanda cuidava com um carinho quando me olhou e disse que para batidas ela usava guspe e guspiu no meu cacete fazendo um vai e vem com a mão deixando o algodão de lado, quando abocanhou ele todinho e passava alingua como chupando sorvete e me perguntando se tava melhorando. e eu dizendo que ainda estava doendo muito e ela lambia, passava a mão e abocanhava ele todinho me levando ao delirio e gemidos quando ela levantou e segurou na pia e virou sua bundinha me dizendo que o melhor ainda seria seu melzinho, quando levantava a saia no qual constatei que não usava calcinhas de imediato meti minha rola naquela bundinha empinada rosando meu cacete naquele reguinho, quando Nanda me pediu coloca dentro, tudinho que ele melhora, coitadinho ta tao mal. precisa esfregar bastante pra sarar. A safada tinha entrado na onda do cacete dodoi e pelo visto ja tinha tido varias experiencias de enfermagem para cacete duro. Meti o cacete dentro daquela xoxota toda molhadinha e bombei com força e ela mexia aquela bundinha como na dança do créu. quando ela deu um gemido de prazer diazendo que seu melzinho curativo tinha saido tirei meu cacete de dentro e ela com as mãos massageou ate eu gozar. Então ela disse agora vai sarar mas se precisar estou aqui para cuidar dele tá. Sai dali todo satisfeito e fui me limpar em outro banheiro e dirigi na para cozinha para verificar se a empregada tinha chagado. Quando chegou comecei a questionar sobre a idade de Nanda no qual constatei que era bem mais velha do que parecia quase de maior. Fiquei feliz pois tinha certeza que haveria outras oportunidades para seduzir aquela menina moça.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico comi a professora do meu filhocontos o porteiro me comeufui confundida por garota no carnaval e acabei sendo enrabadominha mulher estava com a buceta toda aberta contoContos escrava sexual do patraocaravda pica imenca rasgando bucetaporno traicao roludo conto pornoburrinha zoofiliaporno doido mamadas terminando na bocsprimos e primas transando enquanto os pais saíram totalmente PelotasAs 3 porquinhas do vizinho Contos eróticosConto erotico meu cachorro taradoconto Negão comeu a mulher do cara para pagar a dívidacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaensinei o meu enteado a bater punheta : contos eróticosvidio porno u homen gozano na buseta po sema dacasinhaputinhas inocente contoscontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos de cú de coroa casadaconto erotico com meu sogro peladoContos eroticos... Toda gostosuraminina pela de mostrngo a busetacontos de chorei com a pica grande no meu cuzinho apertadoconto erotico fiquei com ciumes do meu domcontos eroticos mamae de top lesscontos eroticos cu e bucetafui chupada contosotitiu comendo a sobrinhacontos com sogra gostosabeixei meu sobrinho contosconto erótico meu dono colocou um alargador em.mimcontos eroticos gay o namorado da minha irmajumenta descendo o pau todinho no c* do gaybucrtinas novinhascontos eroticos casada no becoContos flagrada fudendo outrocontos eróticos eu batendo por baixo das cobertasContos de homens casados maduros,que gosta da sadadeza gaycontos eróticos menino pequeno dando ocupadoquando ela percebe que eu quero dar o cu pra ela xxxContos eroticos marido pede para esposa quero ser cornoconto eroticos dividindo amigo do meu maridofetiche pelo cu sujo da sograchantagem com casal. que pediu carona contos eroticochupou o pau no karatê ele gozar na cara delacontos eroticos novinha coroa ricookinawa-ufa.ru chantageadacontos eroticos meti a vara no meu cunhado e minha irmaporno com primas branca de olhos verdes de cabelos ruivos bunda redonda e peito pequeno redondinho / anal/Comi minha sobrinha contos eroticoscontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinhos vermelhoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos porno esposas estuprados submissosconto erótico olha quem cresceujaponesa foi rasgada por negão contos eróticosconto erotico tia de fio dentalContos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surrasseios da esposasaindo fora da blusa no sexoContos de mulher no pau do jumentocontos. senti o pau do meu pai na minha bundacontos fui comida na fasendacasado contos eróticosContos eroticos novinha desmaia de tanto gosapornoido colega de aulaconto gay. virei nocinha no carnavalTennis zelenograd contocontos incesto padrinhos carentesver conto erotico sob velhos etrupadorepai sempre brincava com seus filhos de tirar a toalha e sair corrwndo e um certo dia fez sexo com sua filha no banheiro contos eroticosas rola de pratigo na bucetaMinha netinha sentou no meu pau contos eróticosconto erostico meu namorado e o amigo me comeucontos eróticos mulher gostosa cuidando de menininhoscontos erotico com cavaloConto erotico viuva carentecontos eroticos viagra pra mãefoto da minha sobrinha pimentinha que veio passar o carnaval com o tiocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos emquadrinhos comi a minha irma casada esafada. com a sainha curtaNamorada puta conto eróticofeias contosevy kethyn istinto ativoconto de sexo virei femea do meu paicontos meu marido adora me ver sendo chupada por outra mulherconto erotico calcinha no varalcontos erótico so na bundinhaNovinha Bebi porra do meu amigo contocontos teen gay irmaocontos eroticos de senzalassequestradaxvidiocontos eróticos minha esposa ficou pelada na frente do sobrinhomamae e meu irmao contoshttp://quero conhecer adolecente peitinhos bem durinho e buceta Conto+vizinha crente doida para dar a bundameu genro me comeu contosvolume na calça encoxada