Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA INICIAÇAO II

Click to this video!

Em meu ultimo relato, contei como foi minha iniciação no sexo.

Apesar de ter colocado meu endereço de e-mail errado (o correto é [email protected]), chegou alguns e-mail e um me interessou. É de uma mulher casada, que mora em uma cidade vizinha a Joinville, e que me disse que sempre teve essa fantasia de transar com outra mulher e ter o marido sá olhando. Troquei e-mail com ela e marcamos um encontro na cidade dela, para nos conhecer-mos pessoalmente.

Quando cheguei lá, era sábado pela manhã, nos encontramos em um shopping e nos apresentamos. A Maragarete e o Celso (nomes fictícios) eram casados havia 5 anos, ela, uma loira de 28 anos, cabelos longos, sorriso largo, olhos verdes, belos seios, coxas e bunda bem torneadas. Ele, um moreno claro, de 29 anos, corpo sarado, e também muito sorridente. Conversamos por uma hora aproximadamente e aproveitamos para almoçar ali no shopping mesmo. Apás o almoço, vi que haveria uma sessão de cinema as 14:00h e os convidei para assistir. Eles concordaram e entramos no cinema. Sentamos eu, a Margarete e o Celso. O filme começou e eu comecei a olhar para a Margarete, aquela pouca luz do cinema a deixou mais bonita ainda, ela então me olhou a sorriu, me dizendo que eu era muito bonita e atraente.Como estávamos sentados na última fileira, segurei o rosto dela e a beijei ali mesmo. Um beijo de língua muito gostoso e que foi correspondido por ela. Ela desceu sua mão até minhas pernas e subiu minha saia, chegando até minha calcinha. Ela então encheu sua mão com minha buceta, olhou nos meus olhos e me disse que hoje ela iria experimentar o sabor de uma buceta.

Ela então voltou-se para o marido e viu que ele estava com o pau pra fora, ela então segurou o pau dele e começou a punhetá-lo.Enquanto ela o punhetava, olhava para mim e dizia que era eu que ela queria. Eu a convidei então para irmos a um motel imediatamente, e ela aceitou. Saímos os três e fomos a um motel em uma outra cidade, pois eles preferiam manter a discrição pois são um casal muito conhecido em sua cidade. No caminho, O Celso foi dirigindo, e eu no banco de trás, apreveitei para ir bolinando os seios da Margarete que estava sentada no banco do carona. Chegando ao motel, a Margarete veio em minha direção, segurou meu rosto e me beijou novamente. Soltou as alças de minha blusa e expôs meus seios que estavam com o bicos duros de tesão. Ela então abocanhou meus seios e me fez sentir um arrepio, pois ela é um mais mulherão qua a Silvia. Em poucos instantes eu já estava sem roupa e com aquela loiraça me chupando a buceta que eu havia depilado na noite anterior. Ela enfiava sua língua e dizia que era muito saborosa, ela então enfiou dois dedos e começou a me bolinar até eu gozar. Enquanto eu me restabelecia, ela tirou toda a sua roupa, ficou de quatro e disse para o marido meter nela, pois sua buceta estava pulsando de tesão. O marido encaixou atrás dela e enfiou tudo. Ajoelhei-me ao lado dela, segurei os seus seios com uma das mãos e a outra fui passando em suas costas, indo até sua bunda que balaçava a cada estocada do Celso. Afastei um pouco as nádegas dela e expus aquele cuzinho que o marido disse que sá havia fudido uma vez. Lambuzei com saliva meu dedo então e comecei a enfiar no cuzinho dela. Ela no começo resistiu mas eu insisti e fui enfiando mais dedos. Ela então mandou o marido sair e me disse para chupa-la, o que o fiz. Ela deitada com as pernas pra cima, eu enfiada em sua buceta, e ela segurando minha cebaça entre suas pernas. Ela gozou aos gritos, dizendo que era a melhor foda que ela já havia tido. Quando ela se recobrou, ela levantou-se e pegou em sua bolsa, um consolo, daqueles que fica preso em uma calcinha, vestiu e disse que ia me comer mesmo, abriu minhas pernas e enfiou aquilo de uma sá vez, nem mesmo esperou meu tesão crescer novamente. Doeu ao ponto de eu chorar, mas era ela que mandava na transa. Ela começou a bombar em mim e meu tesão foi crescendo. Ela me dizia que se eu estava gostando, eu deveria trepar com homem também, foi quando eu olhei para o lado e vi que o Celso já estava nu e punhetando na minha cara. Peguei o pau dele e einfiei na boca. Era um pau grande e grosso. Ela então, saiu de mim e deitou-se na cama me dizendo para cavalga-la. Sentei em cima dela, peguei aquele consolo e mirei em minha buceta, e desci, engolindo todo aquele pau. Comecei a cavalgar ela enquanto ela me segurava pela cintura. Ela então me puxou para frente e me fez beija-la. Segurando meu corpo arqueado sobre ela, ela disse que eu iria experimentar uma DP (eu já havia experimentado com dois consolos), e fez sinal para o Celso me enrabar, ele se aproximou, cuspiu em meu cuzinho e enfiou um dedo. Ficou assim por uns instantes, depois se ajelhou sobre a cama e mirou aquele pau grosso em meu cuzinho. Na hora foi uma mistura de tesão e medo, pois o pau dele era muito grosso. Ele então enfiou a cabeça e parou, pois doeu e eu fiquei sem respiração. Quando me recobrei, olhei nos olhos dela e sorri, ela então disse para o Celso – Enfia tudo de uma vez – Ele o fez e eu mordi meus lábios para não gritar. Ela segurou meu rosto, olhou nos meus olhos e me beijou enquanto o Celso me fudia o cuzinho. Transamos até a noite, mas o Celso sá comeu meu cuzinho e minha boca, pois a buceta é sá para mulheres. Sá de lembrar deste momento com aquela loira maravilhosa, minha buceta encharca, e enquanto estou relatando isso, estou com o meu consolo enfiado na buceta para acalma-la.

Outras mulheres que se interessarem, me escrevam, mas lembre-se de me dizer o que fariam comigo, pois se eu me interessar também podemos marcar um encontro para nos conhecer-mos melhor e talvez até curtirmos uma boa transa (lembrando que homem não come minha buceta).

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


priminho tesudinhocurtos relatos eróticos de estupro forticontos reais eroticos na formatura casaissobrinhas novinhas e gostosinhas fudendo com tios big roludos contos eroticosa certinha e o zelador contocontos eroticos gay casado domado pelo negaopai do meu amiguinho, conto gaycontos erotico gay punheta no cuzinho do netinho pequenoapremira vez da fenandinhamulher batend sirica at espirarMulher se bastubou na frente do padastro e levou picaComtos eroticos com cumada novinhacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos- supositorio no cu da filhaPorno.veterinariha.taradapriminho tesudinhocontos erotico gay negro dando pra brancocontos eroticos o ventocontos eróticos traindo o rexcrossdresser conto eroticocontos erotico esposa iniciada no lesbocontos eroticos casada virá puta do mendigopelada e o cu melado de manteiga no corpo inteiroconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouMe Faz um Cafuné conto gayultimos contos eroticos dando o cu pela primeira vez gaysContos eroticos estrupei minha filha renata por ver filmes porno de pai e filha no meu computadorContos eroticos como chantagieiconto erótico somos meio nudistasmulheres secando bêbadas cheias de tesaosexo contos deposito de porraminha mulher me fez corno e viado ao mesmo tempo eu adoreiZoolofia cominha cadela ler istoriaCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA EScasa dos contos erotica me doparamos bêbados mais lindas gostosas de todos os tempos pelados mostrando o paucontos meu pai me fodecontos de coroa com novinhofilme com historia de erotico de tiozinho taradaomeu namo puchou meus cabelos e deu vários beijos em mim o que significa isso?contos eroticos enganada e oferecida pelo maridoContos podolatria empregadacontos de mulheres que tomaram ativador sexualcontos eroticos reais minha cunhada me seduziu e eu comideixa eu ver seu peitinho contoscontos eroticos caminhoneiro obriga meninacontos de coroa com novinhoconto minha mostroufui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticosconto gay titio gaycontos eroticos cornoscomi minha prima no esconde-escondeSou magrinha e gosto de rolas enormes contos eróticoscontos de coroa com novinhorelato do marido cornoputona da pro chefe marido nem desconfiacontos eroticos gay na boleia de caminhãocontos eróticos brincando de casinhameu grelo est louco de tesaocasada queria muito o pauzao do velho contoscontos eroticos do R.G.do SulFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carascontos eroticos enrabando o cliente bebadoEnfiando na bundinha ate eta sentirhttp://googleweblight.com/?lite_url=http://idlestates.ru/m/conto_27789_a-filha-do-pastor-trai-o-maridinho-com....html&ei=1oTtrbBr&lc=pt-BR&s=1&m=808&host=www.google.com.br&ts=1495076218&sig=AJsQQ1AbXAP1GMmL_jJ_BMz5hNlYHPUBFQcontos eroticos da evangelica escravatransei com minha tia nas dunas da praiaContos gay saindo de carro a noite vestido de mulhercontos eróticos pai e amigosmulheres secando bêbadas cheias de tesaocomo dopar uma mulher e fazer sexo contoquero ver travesti transando no abdômenconto erotico mulher fodendo escondido no pomarcasadasna zoofiiliacontos dormiu e tomou no cu fodidaContos.erotico.mae.filho.depois.do passeio.na.praia.contos eroticos a bunda gostosa da minha cunhadacontos safados purezaconto amante do manocontos erotico ele quis ser corno e eu providencieicontos eroticos filha da minha namoradacontos eroticos sou casada ,eu sobrinho pedrinho parte 4uma médica v**** chupando pinguelo da pacientecontos cu virgem secretaria casada contoscontos eróticos pastor compadre d*********** a virgemcontos encoxando mulher do amigoContos Meu pai dividiu minha buceta com seus amigosContos eróticos fedorentachupando a bunda da daniele enquanto ela dormia 2contos:meu pinto endureceu