Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TROCANDO O OLEO II

Click to this video!

Como descrevi no relato anterior, meu desafio profissional tornou-se uma experiência sexual marcante. As semanas apás a viagem de abertura da região (e de outras aberturas também) foram e muita excitação, pois lembrava muito do mecânico bem dotado que encontrei lá. Outra coisa que passava em minha cabeça era o fato de que inevitavelmente eu passaria na frente da mecânica todas as vezes que fosse para lá. Quando chegou o momento de viajar para lá novamente, preparei melhor o terreno. Comuniquei a minha empresa e ao meu noivo que precisaria pernoitar na região para fazer um melhor trabalho. Na manhã da viagem, minha excitação era grande. Vesti novamente uma saia e uma blusa de malha, parecidas com as que normalmente uso, mas o detalhe deixei para a calcinha e o sutiã. Fiz as minhas visitas normalmente durante o dia de forma que eu estivesse práximo a oficina no final de tarde. Quando eram 17:00h, respirei fundo e parei meu carro defronte a oficina. Entrei, estava com uma mistura de nervosismo e excitação. Para minha surpresa o mecânico não estava, mas somente seu ajudante, um negro da minha idade, um pouco barrigudo, que me informou que o chefe chegaria em instantes. Foi o que aconteceu uns dez minutos depois. Ele chegou junto com outro homem, e como tinha muita gente, pensei que não rolaria nada. Ele entrou pela oficina, me olhou nos olhos, sorriu e não disse nada. Com a mão espalmada, me indicou uma direção a seguir. Fui entrando na oficina e entramos em um quartinho pequeno onde ele tinha um escritário e uma cama de solteiro. Assim que eu entrei, ele me puxou pelo braço contra ele e me deu um beijo de língua que fizeram minhas pernas amolecerem. Ele então, tirou minha blusa e minha saia, me deixando somente de calcinha e sutiã. Me fez abaixar para chupar aquele caralho enorme. Mamei aquele pau com muito tesão por alguns minutos, quando ele então me levantou, me fez apoiar as mãos sobre a cama e ficar de bunda virada pra ele. Ele pegou em sua gaveta uma camisinha e colocou. Ele afastou minha calcinha e enfiou o caralho de uma sá vez já que minha buceta estava toda melada. Foi quando percebi que ele não havia fechado a porta do quartinho e o seu ajudante e o outro homem estavam na porta, com seus paus na mão a assistino nossa trepada. Ele disse para os dois que eu era muito fogosa e gostosa e que passou o mês lembrando da minha visita anterior. Os outros dois se aproximaram e começaram a passar as mãos em meu corpo. Percebi que a trepada seria grande naquele dia, peguei o caralho do ajudante na mão e o puxei até minha boca e o chupei. Era um caralho menor do que eu estava recebendo na buceta. O meu mecânico então, me virou contra ele, me segurou pelas ancas e me ergue do chão, para descer minha buceta em seu pau. Estava sendo fudida em pé, sendo erguida e descida para dentro daquele caralho enorme. O outro homem que tinha a mesma estatura do meu mecânico, se aproximou por trás de mim e começou a alisar minha bunda e meu cu. Foi quando percebi que receberia dois paus. Ele mirou seu pau no meu cuzinho esperou o movimento de descida para começar a enfiar. Ele foi forçando e a cada descida entrava um pouco mais. Comecei a urrar de dor e tesão. Fudemos assim por alguns minutos até ele gozar em meu cú. Quando então o ajudante dele, pegou um banquinho para compensar a diferença de estatura e também vei me fuder o cu. Entrou mais fácil pois eu estava toda arrombada. Logo em seguida ele também gozou. Eu também não aguentei mais e gozei, deixando todo o meu corpo cair nos braços do meu mecânico. Ele então me colocou de costas na cama, puxou minhas pernas para fora de forma que eu ficasse de quatro pra ele. Mirou no meu cu e me arrombou toda, que dei um grito. Logo em seguida ele gozou em mim. Ficamos até por volta das 23:00h, eu sendo trepada de todas as formas pelos três, quando então eles foram embora, mas eu passei a noite ali na oficina, pois não tinha forças para levantar, e minha buceta e meu cu estavas ardidos demais. Pela manhã, meu mecânico chegou e me encontrou ainda pelada sobre a a cama. Ele então aproveitou e me trepou mais um pouco. Por volta das 9:00h. me levantei e me arrumei para sair, foi quando ele pegou minha calcinha e guardou na gaveta com a outra que ele já tinha pego. Fui para um hotel, tomei banho e dormi o dia todo, para me restabelecer daquela trepada memorável, com três homems me fudendo tudo e de todas as maneiras.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos cantada na rua não resisti e traícontos eroticos mulhe conta.como deu a buceta eo cuo negão comeu o meu marido contos eróticoscontos eroticos com a tiacontos er gozando na boquinhacontos eróticos de professoras gostosas transando muito gostosotrai no cafe da manha contoconto fui ajudar a vizinha e ela me agradeceu com a bucetaContos eroticos humilhado seiosamigocontoseroticosporno nas baladas de contagem novinhasfui chupada igual uva contosassistir vídeo pornô travesti da rola Gabs cabeça de graçaContos eroticos seios machucadosconto erotico amigo babaca e cornocache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php Comi o cu da paulistinha contosmassagem incomparável faz cara senti tesão e gozaconto erótico sentada melou porn contos mãe traindo com um negrocontos coroa 58 anos pau grossoMimha mae me obrigava dar a peluda para o picudoconto fala todas solteiro cornoonto de encesto fui pega minha filinha no precontos eroticos primeira vez no cuzinho da esposaEu e mamãe fudendo com papai contoseroticosconto porno mulher putaConto esposa de tampa sexoconto erotico esposa hotelconto de encesto filho vetido de noivinhafiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibuscoroas enxutas se masturbando com tocas na cabeçacontos erotico fis boauetes nos amigs de meu marido e ele nem sabecontoscomi minha cunhadinha dormindocontos eróticos do tio malvadocontos eróticos minha esposa e os dois n***** africanosMarilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalhavideos de morenas q botou atanguinha de lado e deu o rabocontos eroticos porteiroela me contou que estava com a buceta toda assada de tanto fuder com elecontos coroa 58 anos pau grossocontos fui comer o cu da minha esposa dormindo tava alagadopenis torture alargando a uretraContos eróticos primeira vez colégioContos no clube todos mus meu pai e seus amigos me fodemcache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"fotos de adoráveis travestis pirocudas nuasquando era pequena mamava na pica do meu tiobrinquedos eróticos para estender o buraco do anusmassagem no jogador conto bissexuaiscontos de coroa com novinhocontos eróticos no cu com cachorroscontos erotico chantageada no metroconto eróticos mendigo batendo punheta na rua da minha casacontos padrasto e enteadacontos casada bunda com celulite fotos velhaconto erotico praia esposa garotosmulher de vertido con as pern.a reganhdaana roludo cenfo cu da coroacontos eroticos mendigo gays orgiaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos eroticos com mts mamadas nos peitos/sexo com o amigocontos eróticos insertos tiaEu já não era mas virgem quando meu pai me comeuConto incesto minha mae me ensinou a fudero travesti apertou os meus mamilos e me comeuSafadinho aaa uuucontos eroticos minha mulher me mandou pra farrameu tio velho ajudou eu e minha prima perder o cabaçoMelhores contos eroticos sobre bem.dotadoContos eróticos engravidei na primeira trepadaConto porno marido repartindo a mulher com cachorro de rua zooconto jovens de pau duro no calcao de futebol jogando video gamedoce nanda trepando e dando gostosinho contos eroticosContos erótico minha enteada meu colo .