Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TROCANDO O OLEO II

Click to this video!

Como descrevi no relato anterior, meu desafio profissional tornou-se uma experiência sexual marcante. As semanas apás a viagem de abertura da região (e de outras aberturas também) foram e muita excitação, pois lembrava muito do mecânico bem dotado que encontrei lá. Outra coisa que passava em minha cabeça era o fato de que inevitavelmente eu passaria na frente da mecânica todas as vezes que fosse para lá. Quando chegou o momento de viajar para lá novamente, preparei melhor o terreno. Comuniquei a minha empresa e ao meu noivo que precisaria pernoitar na região para fazer um melhor trabalho. Na manhã da viagem, minha excitação era grande. Vesti novamente uma saia e uma blusa de malha, parecidas com as que normalmente uso, mas o detalhe deixei para a calcinha e o sutiã. Fiz as minhas visitas normalmente durante o dia de forma que eu estivesse práximo a oficina no final de tarde. Quando eram 17:00h, respirei fundo e parei meu carro defronte a oficina. Entrei, estava com uma mistura de nervosismo e excitação. Para minha surpresa o mecânico não estava, mas somente seu ajudante, um negro da minha idade, um pouco barrigudo, que me informou que o chefe chegaria em instantes. Foi o que aconteceu uns dez minutos depois. Ele chegou junto com outro homem, e como tinha muita gente, pensei que não rolaria nada. Ele entrou pela oficina, me olhou nos olhos, sorriu e não disse nada. Com a mão espalmada, me indicou uma direção a seguir. Fui entrando na oficina e entramos em um quartinho pequeno onde ele tinha um escritário e uma cama de solteiro. Assim que eu entrei, ele me puxou pelo braço contra ele e me deu um beijo de língua que fizeram minhas pernas amolecerem. Ele então, tirou minha blusa e minha saia, me deixando somente de calcinha e sutiã. Me fez abaixar para chupar aquele caralho enorme. Mamei aquele pau com muito tesão por alguns minutos, quando ele então me levantou, me fez apoiar as mãos sobre a cama e ficar de bunda virada pra ele. Ele pegou em sua gaveta uma camisinha e colocou. Ele afastou minha calcinha e enfiou o caralho de uma sá vez já que minha buceta estava toda melada. Foi quando percebi que ele não havia fechado a porta do quartinho e o seu ajudante e o outro homem estavam na porta, com seus paus na mão a assistino nossa trepada. Ele disse para os dois que eu era muito fogosa e gostosa e que passou o mês lembrando da minha visita anterior. Os outros dois se aproximaram e começaram a passar as mãos em meu corpo. Percebi que a trepada seria grande naquele dia, peguei o caralho do ajudante na mão e o puxei até minha boca e o chupei. Era um caralho menor do que eu estava recebendo na buceta. O meu mecânico então, me virou contra ele, me segurou pelas ancas e me ergue do chão, para descer minha buceta em seu pau. Estava sendo fudida em pé, sendo erguida e descida para dentro daquele caralho enorme. O outro homem que tinha a mesma estatura do meu mecânico, se aproximou por trás de mim e começou a alisar minha bunda e meu cu. Foi quando percebi que receberia dois paus. Ele mirou seu pau no meu cuzinho esperou o movimento de descida para começar a enfiar. Ele foi forçando e a cada descida entrava um pouco mais. Comecei a urrar de dor e tesão. Fudemos assim por alguns minutos até ele gozar em meu cú. Quando então o ajudante dele, pegou um banquinho para compensar a diferença de estatura e também vei me fuder o cu. Entrou mais fácil pois eu estava toda arrombada. Logo em seguida ele também gozou. Eu também não aguentei mais e gozei, deixando todo o meu corpo cair nos braços do meu mecânico. Ele então me colocou de costas na cama, puxou minhas pernas para fora de forma que eu ficasse de quatro pra ele. Mirou no meu cu e me arrombou toda, que dei um grito. Logo em seguida ele gozou em mim. Ficamos até por volta das 23:00h, eu sendo trepada de todas as formas pelos três, quando então eles foram embora, mas eu passei a noite ali na oficina, pois não tinha forças para levantar, e minha buceta e meu cu estavas ardidos demais. Pela manhã, meu mecânico chegou e me encontrou ainda pelada sobre a a cama. Ele então aproveitou e me trepou mais um pouco. Por volta das 9:00h. me levantei e me arrumei para sair, foi quando ele pegou minha calcinha e guardou na gaveta com a outra que ele já tinha pego. Fui para um hotel, tomei banho e dormi o dia todo, para me restabelecer daquela trepada memorável, com três homems me fudendo tudo e de todas as maneiras.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos cadela da cachoradacontos eroticos esposa exibicionista ficou curiosaporno conto erotico depois de malhar fui fodida na academiacontos eroticos papai 40 amigas i eu arrumahistórias de sexo o meu padrasto cominnha a mãe ea enteadaConto o zelador e meninocontos eroticos meu amigo veio fazer trabalho e acabo me comemdoDesvirginando a sobrinha de 18 anoswww.contos gays na bebedeira cerveja e xiximarido prende a nulher com algema e negro arromba sua xanaxvedeo porno cuadinha tava triste cuanhado animou fedendo elaana roludo cenfo cu da coroacontos eroticos priminha rabuda no colocontos-fiz amor com minha irmaminha iniciação gay contosComi o cu da paulistinha contoscontos eróticos medindo com meu gordinhoContos porno de irma que traem com grandeContos eróticos de lésbicas transando na casa da amiga de muitos anoscontos eróticos de irmã e irmão, irma com mega bundaoquando eu estava com o meu namorado e ele estava chupando o mwu peito ele me chamou de safada o que sera que ele quis dizer com issocontos eroticos comi o cuzinho da minha colega de trabalho no estoque realconto eróticos estupro no orfanatomeu cu aberto e ardido de picaconto gay metemos.o dia todoContos de incesto familiarcontos eroticos de padrinhos com afilhadas que engravidamdormino na mesma cama com duas irmas fudeno uma e a outra ficano com tesaoconto erotico nao resiste e peguei cunhadacontos erotico vestido tubinhoconto erotico funkeiro chupando novinha no funkrossou em mim contosIncesto com meu irmao casado eu confessocontos lesbcos primeira vez co minha primafui comida por meu marido e o massagista contocontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãoContos eroticos namoradasConto eu metendo na vagabunda da minha tia e na vadia da sua amigaRelatos de casada bunduda dando para os amigos do corno bebadoConto dei o cu no cine repúblicaconto menina safadinha anosquero tua jeba rasgando meu cucontos eróticos comendo a coroa caipiracomendo a mae e a tia na piscina contos eroticonoite maravilhosa com a cunhada casada contosflogdosexo.compauloelizabethconto no mato espiando a filha tomar banho no riuno cu nunca mais contoscontos erotico prima matutarapidinha calcinha pro lado conto eroticoencarei 30cm contosminha enteada gost contoscontos eroticos Gays De Dei Minha Bundinha Pro Irmão do meu Amigoconto erotico meu patrão i o gerente comeu minha esposapassivosrj sexocontos brincadeira de sabonete na piscinaContos erotico eu e minha tia no jogo da garrafaComtos casadas fodidas pelos empregados do maridoxvidei a novissa possuidacontos eroticos meninas filhinhas subrinhas priminhasaiaiai vou goza no kct do meu paialuna coroa contoContos eroticos de solteiras rabudaspeitinho solto embaixo da blusacontos meu cuzinho aberto escorrendo porraGay contos pastorwww.filha caçula da cu pro pai pauzudoCONTOSPORNO sapecacontos eroticos esposas no swingbem o qye vou contar pra voces e o seguinte sou casado e minha esposa e loiraa vovo gostosa conto eroticoincesto furapornocontos eroticos exitantes minha sogra safada gostosa Contos sempre fui viadinho dos homens da familiaConto eu e esposa banho amigo bebadoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos eróticos apostei minha mulher d perdicontos eroticos de sogra carentecontos airoticos gay desmaiando no pau do padrastoeu e minha sobrinha no cine pirno contovendi a buceta/contocontos esposa quase nuapai da minha amiguinha mostrou o pau