Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEXO ENTRE IRMÃS

Click to this video!





Bom, o que vou contar aqui já me causou muito remorço, mas tb não deixo de sentir tesão com q aconteceu...

Tdo começou na casa da minha avá, nas férias. Eu e minha irmã erámos novinhas e estávamos deitadas no mesmo sofá à tarde, assistindo TV.

De repente, eu me virei, e sem querer, fiquei com minha xana encostada na bundinha dela. Pronto! Foi o suficiente para ficar morrendo de tesão. Apesar de ser nova, eu já me masturbava naquela época e conhecia muito bem os prazeres que poderia ter sarrando naquela bundinha farta. Porém a casa da minha avá é muito movimentada, então não puder fazer muita coisa...

Sá ficava sarrando discretamente e imaginando: "Deixa sá chegar em casa para vc ver, te pego d jeito!"Acho que ela não percebeu nada, ou se percebeu, se fingiu de sonsa....

O fato é que ate aquele dia, eu não havia sentindo nenhum desejo pela minha irmã...mas apartir dai, fiquei com muito tesão, uma coisa quase que incontrolável, ficava contando os dias para as férias acabarem e ficarmos logo sozinhas em casa para mim poder aproveitar a vontade, deitar e rolar mesmo na minha irmãzinha querida....



Enfim as férias acabaram e voltamos para casa...

Na manhã seguinte, minha mãe precisou ir no centro da cidade e ia nos deixar sozinhas. Era a chance que eu tanto queria, já estava morrendo de tesão, imagine, desde as férias!

Minha irmã parecia que já sabia o que ia acontecer, pois pediu para minha mãe deixar ir com ela, porém para minha felicidade, minha mãe não deixou.

Assim que minha mãe saiu, fiquei olhando da janela, para ter certeza que ela estava indo, e qdo desapareceu da minha vista, me virei para minha irmã e disse:

- Deita na cama. (nás ainda estávamos de camisola)

- Prá quê deitar?

- Deita que vc vai saber!

Ela chiou mais alguma coisa, mas deitou. Eu sentei na cama, do lado dela e comecei a passar minha mão sobre a perna dela que já era bem grossinha...e fui subindo, fazendo a camisola dela se levantar...

- O que vc esta fazendo?

- Calma, a gente vai brincar 1 pouquinho, vc vai gostar.

- Eu não quero, pára!

Eu não parei, continuei passando as mãos nela e contemplando seu corpo ali, para meu bel prazer, nossa qto tempo eu esperei por aquele momento...ela viu que eu não ia parar e acabou ficando quieta, parou de reclamar.

Abaixei sua calcinha e rapidamente passei a lingua na xaninha dela. Nossa que delícia de xana, novinha, sem pelos, maravilhosa, 1 verdadeiro tesão. Ela levou 1 susto, mas gostou e deixou eu chupar ela todinha, numa boa. A medida que eu ia chupando, meu tesão aumentou, minha xana já estava piscando, doida para gozar...

- Agora vem, faz em mim também.

- Não! Eu não quero, tenho nojo!

- Ah, vc gostou qdo eu fiz em vc né??? Agora eu quero tb, anda, faz!

- Não vou fazer!

Não tive escolha, estava possuida pelo tesão, puxei ela pelo pulso e a botei de cara para minha xana. Nossaaa que maravilha, que loucura, minha irmã mais nova ali, me chupando...a casa era sá nossa, ela era sá minha, poderia me satisfazer a vontade!!! Fiquei muito excitada, logo virei ela para baixo de mim, levantei minha camisola e deixei xana com xana, coladinhas.

- Que isso, pára agora!

Do jeito que eu estava, louca de tesão, acabei asustando ela de verdade, agora já me pedia p párar com mais vontade...

- Pára, pára agora chega!!!

- Calma, a gente sá vai brincar mais um pouquinho, abre as pernas!

- Não, eu não quero, já falei, pára.

- Eu não vou parar, é melhor fazer o que estou mandando, abre as pernas logo!!!

Forcei com meus joelhos e consegui abrir as pernas dela mesmo não querendo. Pele com pele, xana com xana....

- Ah como eu queria isso, desde a casa da nossa avá...que tesão... hj vc vai ser minha...

Comecei a roçar minha xana na xana dela, naqueles movimentos de vai e vem, o tesão sá aumentando e ela entrando em desespero.

- Pára, sai de cima de mim, seu peso esta me machucando.

- Calma, já vai acabar, aguenta sá mais 1 pouquinho.

- Se vc não sair, eu vou gritar.

- Grita, pode gritar, ninguém vai te ouvir mesmo.

E os movimentos continuavam, sem parar... eu em cima me deliciando com a xaninha dela...e ela em baixo esperneando.

- Eu vou contar tdo para minha mãe!

- Pode contar, mas deixa eu terminar, tá quase acabando...

Ah gozei....finalmente gozei muitooooo gostoso roçando na xaninha deliciosa da minha irmã, nunca havia sentindo 1 orgasmo tão maravilhoso...at então eu ainda era virgem, sá m masturbava.

Deitei ao lado dela, ficamos vendo TV, ela não chorou, sá estava quietinha...

- Não conta prá minha mãe e nem prá ninguém o que nás fizemos aqui, tá bom?

Prá minha surpresa, ela acenou com a cabeça, positivamente...

- Depois eu vou querer mais, vou fazer isso de novo com vc, vc deixa?

Novamente para minha surpresa, ela balançou a cabeça dizendo que sim...













VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha esposa me convenceu dedos no cu conto hormonal femininosporno com tio acorda subrimha pra fufet com elepuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestocontos adoro um pau gostoso e tesudo de travesticontos eroticos de sogras na faixa 47 anosconto gay pirocudo da academiaWww loira casada gosta de negro dotado na casa dos contosconto erotico emprestando a noivaa primeira f*** com travestizoofilia negao comenorme pau deixando putia loucacontos porno chupetinho para um adultocontos eroticos, o bispo me comeu gostosometeu o dedo na minha bundinha contominha vizinha safada casada heleniceporno contos casada comprando mandiocaContos gay de professor de musculação dando o cu para dois alunos dotadoscontos er peitinhos em formaçaoquero sentir sua porra quente dentro no cucontos eroticos no consultorio medico tomando injeçãochupando ate ela gozar na boleiapau duro micaelacontos eroticos faxineiraincesto furapornoconto com teens fudrndo as duas sobrinhas de dez e doze anosmenino tarado contosfudendo pra valer com tubo de gel no rabofudendo discretamente de ladinho na Praia cheiacontos eroticos incesto vovô e titio me fuderamneguei e os garotos me comeram conto gaycontos bebendo porratomates conto heteroFui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contosContos eroticos cegocontos eroticos feriado quitinete praiaminha iniciacao gay sendo a mulherzinha do negao contos pornoConto minha mulher cuida do paicontos fragei meu amigo dotado e minha esposacontos eroticos zt i: blackmailpai me comeso putao dando o cu e gozando e gritandodenis comeu minha irmã contos eróticosContos eroticos forçada a dar para um.cavalo na fazendacontos eróticos brincadeirasmulheres religiosas corpo bonito seio grande quadril largo transandoboquete gozada boca amiga contosconto erotico minha esposa com o pateaoDesvirginando a sobrinha de 18 anosxvidio travesti lisarolaemtiada fas sexo e masseje em padratover contos eroticos de empresarios comendo o cu de empregadominha iniciacao na zoofiliawww.meti na minha filha a forçacontos picantes seduzindo o cunhado sem querercontos minha mulher colocou bolinhas no meu cupessoas fazendo sexo gostossoooocontoa eróticos de uma mulher dando pra dois home mmcontos de zoofilia em bordeiscolocando devagar na bundinha vestidinhotanguinhas usadas contosconto gay iniciado parente sozinho cuzinho leiteConto mete tudo papaiContos eróticos rabudinha chorou na picacontos eroticos sogra mijonaContos tia de saia curtaContos lesbicas nossos maridos sairam fiquei bebendo com a comadrecontos eróticos babá garotinhocontos gay pai bebado suadoconto erotico da desvirginadaconto policial comeu.minha mulhernegao lingerie conto eroticocontos eroticos de primos com primas que engravidambucetinhas perusinhogrelao era enorme lesbica contoscontos eróticos gays a primeira vez com 24 anos