Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEQUENINA

Click to Download this video!











Pequenina









Ola, sou Vpakre, tenho 29 anos, casado e amo minha mulher mas, de uns tempos para cá tenho passado dias maravilhosos por conta do meu novo trabalho que se situa em um prédio meio isolado e onde sá ficamos eu a minha querida funcionaria Lil Luv. Ela é uma mulher pequenina de 24 aninhos, peitinhos pequenos e boca carnuda. Tem uma bundinha simplesmente linda e adora destaca-la usando calças apertadas e salto alto para ficar ainda mais empinadinha. Ela tem namorado mas como ficamos muito tempo juntos um dia tinha que rolar, e foi na semana passada quando ele passou no trabalho e disse que a noite iria participar de uma partida de futebol e, feliz coincidência teríamos que ficar até mais tarde para finalizar um trabalho pendente. Lá pelas cinco da tarde ela foi para sua casa para tomar um banho e comer algo. Também fui pra casa e avisei minha recatada mulherzinha que ficaria até mais tarde no trabalho. Voltei e logo depois e Lil Luv chegou com um com um vestidinho desse bem molinhos que delineam o corpo das gatas. Eu fiquei parado naquele corpinho delicioso e ela percebeu que eu curtia aquela silhueta deslumbrante. Como chovia bastante ficamos quase que com o prédio todo fechado e fomo trabalhar. Estávamos quase finalizando o trabalho mas eu não parava de secar aquela bundinha maravilhosa. Em dado momento ela pediu ajuda com a impressora e quando fui para perto da impressora ela se mexeu e sem quere EU ACHO encostou aquela montanha carnuda no meu pau que já estava meio alerta. Pediu desculpas e eu disse: - Pelo que? Por me colocar nessa situação(mostrando o volume na minha calça). Ela toda boazinha me disse: - Desculpe mas não foi por querer, sei que você me come com os olhos mas, eu tenho namorado e voce é casado. Não aguentei e coloquei minha mão em sua cinturinha e pedi: Então me deixa apenas sentir seu cheiro de flor? Assim todo romântico ela não conseguiu se conter e perguntou: Como assim?

Nessa hora encostei perto do seu pescoço e sussurrei em seu ouvido: - Senta nessa cadeira que eu vou te mostrar. Ela foi se sentando devagarzinho e eu encostei meu pau ainda dentro da calça pertinho do seu rosto, ela baixou a cabeça meio que se desvencilhando de mim então, fui me abaixando e mordi de leve seu pescoço ouvindo um leve gemido de quem aprovava a atitude. Não me contive mais beijei-a loucamente e começamos um amasso louco por conta da situação de perigo e traição. Me agachei em sua frente e levantei seu vestido para me deparar com uma calçinha comportada, branquinha e com laçinho na frente. Levantei suas pernas em meus ombros e comecei a dar mordidinhas em sua bucetinha quente e cheirosa. Puxei de lado aquele pequeno pedaço de tecido, encostei bem pertinho daquela carne rosada e olhei para e disse: Viu, eu tinha certeza que seria como cheiro de uma flor. Nesse momento ela não aguentou mais e começou a me pedir para continuar tratando-a com ternura pois seu namorado era um estúpido que não sabia tratar as mulheres, que ela não era uma vadia mas ele merecia ser corno mesmo. Eu sá obedeci e entre umas e outras doces palavras ia chupando aquela bucetinha linda. Coloquei dois dedos na sua buceta e por baixo comecei a meter a língua em seu cuzinho, o que a levou a um gozo longo. Levantei-me e como ainda estava com o pau dentro da calça tratei de tirar e encosta-lo em seu rostinho. Ela passou a língua por baixo dele em toda a extensão, parou na cabeça que latejava, olhou para cima e falou: - Sabia que meu namorado nunca chupou meu cuzinho? Acho que ele tem nojo. Você me deu tanto prazer que vou tomar coragem e tentar te devolver esse prazer. Nesse momento passou a me chupar bem lentamente, saiu da cadeira e foi se enfiando por debaixo de mim, chupando meu saco e punhetando sá a cabeça do pau me dando a sensação que estava dando choque na glande de tanto tesão que sentia, então ela começou a chupar meu cu e imediatamente entendi o que ela quis dizer com tentar devolver o prazer. Quase gozei com aquela experiência mas, me afastei dela, puxei-a pelas mãos e a deitei na mesa de trabalho abri suas pernas e passei a pincelar a cabeçado meu pau naquela bucetinha de pelos ralos. Quando comecei a meter ela suspirou e gozou novamente. Não parei, meti gostoso naquela buceta que agora recebia um sácio. Quando ia gozar tirei e gozei nas suas coxas e bunda, nos limpamos como deu com papel higiênico. Enquanto trabalhávamos esperando a chegada do meu sácio de buceta ela me disse que o pau dele era bem maior do que o meu mas pela sua maneira de trata-la era gostaria de ser minha amante. Logo ele chegou e a levou para casa com o cuzinho piscando de tesão pois, é claro prometi meter a língua naquele cuzinho novamente e ela disse que assim que estivesse prepara iria descabaçar o anelzinho com o meu pau. Isso já aconteceu mas, fica para o práximo conto.

Estou simplesmente vidrado na minha parceira de trabalho, mas continuo amando minha esposa e dando muito carinho e sexo em casa também.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


caminhando e disfarçadamente batendo uma ounhetinha pro namoradocontos eroticos de menininhasCasada voltou bebada e sem calcinha em casa contoscontos eroticos 5 aninhoscontos eróticos Levei minha esposaquero ver menininho dançando com shortinho dando molecontoerotico.com/estuprei a mamae e da titiacontos eróticos gay encarado na escolacontos de levei um amigo muito bemdotado pra come mia mulheconto erotico com xupa minha xota paiemprestei minha esposa putariarelato fuderao minha buceta quando dormiareal conto cunhadocontos eroticos com a velha vizinha cabeludacontos eroticor viadinho no cocheiracontos erótico putinha de zonaconto erotico funkeiro chupando novinha no funkContos eróticos! Pau gigante na lavoura me arrombouconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhasfrases minha amante usa fio dentalSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos minha tia cuidava de miCasada viajando contoscontos eroticos buceta arrombadacontos eroticos casadas canalhasContos eroticos danadinha colo do velhoContos erocticos dei comprimido ao velhoconto erotico incesto sonifero filhacontomeu pitbol mim rabouconto de esposa vendo seu marido na rola de outrocontos eroticos de regata sem sutiacontos de rasguei o cuzinho da minha avóCONTOS EROTICOS DE SENHORAS FUDENDO COM GAROTOScontos trai meu marido na viajemhetero chavecando o cunhado xvideeu vou te arregaçar inteira me perdoa amor, desculpacontos papai socou tudo no cu da filha ela se cagoucontos comedor de travestiseu e minha namorada senpre transamos logo que acordamos contos eróticoscontos eróticos eposa e amigomorena cor janbro deixan goza dentrohistoria eroticas vizinha casadaConto erotico eu e minha somos.puta do meu padrastoDei pro meu tio estou apaixomada em contoscontos eroticos mijando na calcinha maesexo meu irmao quer fazerquero assistir você para minha mulher rapadinha pau entrandofilha de diplomatas contominha sogra ensinou a dirigir contos etoticoscontos porno esposas estuprados submissoscontos eroticos a coroa submissacontos comendo a mae e a avóconto de sogra dando para genrotranse com meu pai no onibuscontos eroticos chantagei meu padrinhocontos eroticos de enteadascontos eroticos esposa com outroCasada narra conto dando o cuouvido no quarto a irmã transandoconto erótico de pai fazendo o filho gay patinhacontos tia marta rabao e margaidaconto erotico meu pai mim comeu enganadoconto tio trai com sobrinho travesticonto eroticos de religiosoContos eroticos com tapas na bunda e castigoscontos eróticos assaltantes me f****** na frente do meu filhovou contar como realizei minha voltade de trepar com dois e der duas rolas na bucetacontos eroticos droguei minha priminha ninfeta e comiComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paicontoseroticos.esposa abudada no onibuscontos filha foi pescar com pai e foi arrombada na barraca no escurocontos eroticos enfermeira saco peito grandede calcinha na frente do meu pai contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casano trem uma coroa ficou acareciando meu pau verídicocontos eroticos chantagem de carnaval