Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

OH FAMILIA!

Click to this video!

Este conto é o primeiro de uma serie de eventos q aconteceram em minha vida, e pode parecer absurdo, mas são reais. Vou apresentar logo as pessoas envolvidas nesse conto, Eu, hoje com 26, mas na época com 19, caucasiano, 1, 87 de altura, corpo malhado, mas nada exagerado, e não sou lindo, mas sempre consegui chamar atenção, Minha esposa tem 25, q na época era minha namorada com 18, ruiva, 1,60 de altura, malhada, corpinho todo proporcional, e Minha mãe com 46, e na época com 39, ela se parece muito com a atriz pornô Tiffany Minx, ou seja, muito gostosa.

Tudo começou quando minha namorada veio passar o carnaval na minha casa, saiamos todos os dias e bebíamos bastante, quando voltávamos pra casa, sempre transávamos no meu quarto, 4 dias assim direto, e quando acordávamos mais sexo. Na noite da quarta de cinzas resolvemos ir à praia de manha, eu a Fernanda (minha namorada) e a minha mãe (Helen). Naquela manha, acordei com uma sensação estranha, abro os olhos e vejo a Fe chupando meu cacete, fico olhando pra ela e forçando mais a cabeça contra meu corpo, ela começou a rir e chupar cada vez com mais carinho, parecia q quanto mais eu forçava mais ela tentava ficar devagar, ficamos assim uns 5 minutos, até q resolvi retribuir, pedi para ela sentar na minha cara, a safada tinha se depilado, devia ser por causa da praia, mas ela sabe q eu adoro raspadinhas, ficamos naquele 69 uns, a língua dela ficava roçando na cabeça e me dando uma vontade de gozar, e eu estocava minha língua naquela xota raspada, 19 minutos nessa posição e anunciei q ia gozar, fiquei em pé e ela de 4 na cama chupando meu pau, ela nunca tinha engolido minha porra, mas parecia disposta, então gozei e ela chupando tudo, com voracidade, comecei a bater com o pau na cara dela, ele não amolecia de jeito nenhum, ainda mais com a Fe chupando as bolas. Ouço a porta abrindo e ouço “Bom dia, preparados para...”, minha mãe fica ali parada olhando minha namorada me chupando, ela sai sem dizer nada. Falei com a Fe pra pararmos e nos arrumarmos logo pra praia, e ainda com o pênis ereto, coloquei a sunga e fui falar com minha mãe, Chequei em seu quarto e vi a bolsa preparada para a praia, fui entrando mais quando olho no banheiro esta ela lá, com uma perna sobre o vazo, o biquíni de lado, e enterrando 2 dedos na xoxota, fiquei paralisado com aquilo, o meu cacete estava feito uma rocha, coloquei ele pra fora e comecei a me masturbar, ela ia aumentando a velocidade das dedadas e eu a minha punheta, quando ouço ela gemendo “Lu safado...”, não consegui segurar gozei na porta do banheiro dela todo, ela também tinha gozado lá dentro e estava se ajeitando, deixei a porta gozada e fui ver minha namorada. Passaram uns 20 minutos e ouço minha mãe, “Vem tomar café, pra gente poder ir logo”. Ficamos mais um 30 minutos em casa e fomos pra praia, no carro um silencio fatal, até q a Fe resolve falar “Helen vc já teve nossa idade, sabe q é dificil segurar os impulsos, então não temos q ficar constrangidos, sexo é natural”, minha mãe vermelha olha pra mim e diz, “Desculpa atrapalhar vcs, mas não esperava ver aquilo”, e a Fe sempre brincalhona fala Â“É Â“aquilo” cresceu muito dez de q a senhora parou de dar banho nele”, todos começaram a rir dentro do carro e amenizou aquele clima chato.

Na praia vi q minha mãe tinha coloca um biquíni verde, q nunca tinha visto a parte de cima era bem pequena, sá tapava os bicos mesmo, quando ela tirou a canga pude ver a parte de baixo, um fio dental q deixava aquele rabo delicioso todo a mostra, e a parte da frente era bem pequeno também, a lateral da xota ficava quase saindo, minha namorada me deu um tapa e disse no meu ouvido Â“É sua mãe, pare de olha desse jeito pra ela”, ai caiu minha fixa, ela era minha mãe desejar ela estava errado, mas ela também me desejava, fiquei muito confuso com isso, e fui logo pra água pra resfriar a cabeça, pensava em mil coisas.

Mas mesmo assim nos divertimos na praia, era aproximadamente 2 da tarde quando voltamos, minha namorada insistiu em tomar banho de piscina e minha mãe resolveu acompanhar, fui comprar umas cervejas, quando chego em casa estão as duas de bunda pra cima, uma visão maravilhosa, não consegui parar de olhar minha mãe, coloquei a cerveja no freezer e fui dar um mergulho na piscina. A Fe foi pegar um áleo nessa mesma hora, quando estou na água minha mãe me chama, vou ver o q é, e ela diz “Vc sujou a porta do meu banheiro toda, tenho uma proposta a te fazer, falo com vc depois do jantar”, não sabia o q fazer ela falou aqui comigo muito seria, o dia passou se arrastando e nos bebendo cerveja, até a hora do jantar, Depois do jantar minha mãe chamou a Fe para conversar, fiquei pensando q ia tomar um baita esporro e ainda perder a namorada.

Passaram 20 minutos e elas nada de sair do quarto, quando a minha mãe me chama, fui abalado, como um condenado a forca, cheguei na porta do quarto e vi a Fe seria, pensei é agora! Mas pra minha surpresa ouvi isso, “Fernanda, meu filho tem tesão por mim”, e a Fe “Prova então”, a minha mãe tirou a roupa ali na minha frente, em quanto minha namorada fechava a porta e eu sem entender direito, foi quando a Fe começou a me despir e disse “Se vc a deseja, vc vai ter q comer!” e vendo a mulher q me pos no mundo pelada na minha frente e a q eu amo do meu lado, sá consegui pensar em sexo, meu pênis estava feito uma pedra e logo minha mãe veio e se ajoelho na minha frente falando, “filinho isso é pra mim?” e beijou delicadamente a cabeça, e começou a lamber, foi lambendo até o saco, e voltou para a cabeça, onde engoliu a vara toda, “Vou te ajudar” disse a Fe, e começou a lamber o rosto da minha mãe, começaram a revezar no meu pau, sei q em dez minutos estava gozando na boca das duas, e elas se lambiam disputando pelo meu leite, a Fe se deitou na cama na posição de frango assado e minha mãe foi por cima dela, colocando buceta com buceta, e as duas sem pelos, coloquei minha cara ali e fui revezando, levantei e comecei a roçar o pênis entre os dois grelos, não demorou para minha mãe gozar, e gritou alto “não aguentava mais sá ouvir vcs foderem, tinha q ter essa piroca”, vi e ela estava se contorcendo por causa do orgasmo aproveitei pra encaminhar meu pau até aquele cu gostoso, fui colocando devagar, e ela pediu ainda gozando para parar, a vê enfiava os dedos na vagina dela, e eu apertava os peitos, parecíamos animais, enviei a rola até os ovos e deixe lá para ela se acostumar, e sentia os dedos da Fe, q estava se masturbando também, comecei a bombar e ela gemia muito, fiquei assim por algum tempo, e tirava e colocava o pau enquanto ouvia “me fode filinho”, comecei a sentir q ia gozar então parei de bombar e comecei a chupar aquela buceta, os dedos da Fernanda estavam todos melados, comecei a dedar o seu cu, enquanto chupava minha mãe, já recuperada comecei a meter novamente, e dessa vez estava mais selvagem, socava até as bolas e tirava, tudo com muita força, numa dessas tirei e coloquei em sua xota de uma vez, ela gemeu de prazer, ai fiquei revezando, até q anunciei o gozo, a Fe saiu de baixo, e minha mãe continuou na cama, eu meti no cu e gozei, e ela gozou amo mesmo tempo, começamos a urrar de prazer, eu estava cansado, mas continuamos a brincadeira a noite inteira. Na manha acordei achando q era um sonho, sá vi a Fernanda na cama, quando olho na porta a dona Helen totalmente nua me trazendo um copo de suco, me entregou o copo e disse “De agora em diante, nos poderemos transar?”, e minha resposta vem no práximo conto

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


chantagiei minha filha casada conto eroticocachorro engatado até o talo cavadinhapediu para o marido lamber porra contosDiaristasafadinhabem o qye vou contar pra voces e o seguinte sou casado e minha esposa e loiracontos eroticos aa aaa ai ai isso mete metecontos de maes flagando fihos punheteirosbolinei minha cunhada por baicho da mesa videomulher aguentamdo casete de cavalocontos sexo incesto amo meu filhominha filha chantagista contoscontos putinha do matagalconto erotico a primeira vez com.pirocudo. gay.papai - contos eroticosporno doido sumindo um emorme prinquedo na pusetacontos ex namoradavi meu padrasto pegando a minha mãe e eu gostei muito sou gayconto erótico gorda gótica contos de coroa com novinhoconto minha mulher gozou na picona de meu serventemeu cuzinho ta sangrandotirou as pregas dela contosconto erotico eu e minha sobrinha de menor no matinhocontos eroticos menino inocente é enganadoconto de comi o cu de um novinho que chorou com a pica no cucontos heroticos comi meu tio subindo na escada de saia para ajuda pintor pornoporno com a vizinhaxvcontos porno esposas estuprados submissosFodi a enteada a cunhada e sobrinha na praia de nudismo contoerooticocontos eroticos dei com meu namorado dormindo ao ladocontos eroticos esposa e primohomen dotado arronba cu rapaz de programaConto eu e meu marido bebemos muita porra fresquinhaContos eroticos seios devorados mordidosesposa bebada se abrindo apos a farra no bar contocontos eróticos,ai ai fode meteContos erticos trouserao meu marido bebado pra casaContos passeando de carro usando cinta liga e fio dentalo pai da minha namorada me comeu gay contossai a noite com minha esposa conhecemos u desconhecido que comeu minha mulherContos eroticos humilhadaum cavalo fudeu minha buceta contosera menina meu primo batia punheta pra mim olharcontos papai ajudou meu cavali mim fuder e gisar ba bucetacontos eróticos cheirando a bunda de mamãeo que sua esposa achou do menage femininoMãe ajuda tiho masturbarelatos de comadre dando a buceta pro compAdrecantos eroticos so casado mais o negao arrombou meu cuporno traicao roludo conto pornowww.porno cuahada virgem estupadacontos eroticos mulher santinhascontos minha filha e puta desde pequenamae desfilando de calcinha fio dentalpelado com uma travesti contos eróticostenho traços femininos cu conto eroticomulher batend sirica at espirarcontos eróticos leite incestogritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabacohttps://tennis-zelenograd.ru/mobile/conto_18110_comendo-a-sogra.htmlcontos eroticos real a primeira vez q gozeiChupa meu cacete com barreiraconto erotico marido bebado sogro fode noracontos gay com moto táxicontos eroticos gay problemas mentaiscontos eroticos comendo a helena empregadaContos ela deixou comer o cu delacontos eroticos traindo o marido com pivetesCheiro de rola de machos de academia suado contos gayscontos eroticos de cornos bravoscontos de incestos e orgias com minha cunhada gravida minha irma nudistashomens hetero bebado se engana e passa.a noite com travesti roludoconto negao cuidou do meninoContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposarasgando um cu virgem da freira- contosMaicon tá doida ela me pediu pra comer sua esposa na frente delecontos heroticos gay meu tio de dezoito me comeu dormindo quando eu tinha nove anosporn corno contos eroticos amarrada e usadacontos picante eu dando o cu pro meu tio gayscontos eróticos leite incestocontos eróticos com comadreincesto tio ginecologista bolinando sobrinha de dez anospprn contos eroticos casada se prostintuindocontos eroticos meu primo mauricinho