Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MENINA MALUKINHA

Click to this video!



Dezembro dia 23, a tarde mais especial de toda a minha vida. Nunca serei capaz de esquecer. Eu, moreno claro, 42 anos, alto, meio magro, com uma pequena barriguinha. Ela, uma menina muito especial, a japinha mais linda que já vi. Morena de pele, cabelos longos, um sorriso maravilhoso e um olhar de deixar qualquer um louco. Seu corpo é maravilhoso, pernas durinhas, uma bundinha perfeita, seios empinadinhos que adoro beijar.

Naquela tarde fui ao paraíso, nunca tive tamanha sensação de êxtase, ela é perfeita. Eu tenho um problema, sou casado e ao tenho o direito de atrapalhá-la. Mas vamos àquela tarde. Havia alguns dias que não nos encontrávamos, eu não ma aguentava mais. De manhã, conversamos no MSN e como ela estava de férias combinamos de nos encontrar a tarde. Inventei uma desculpa no trabalho e tirei a tarde de folga, não sabia que aquela seria a melhor tarde de minha vida.

Ao encontrá-la no lugar que combinamos, tive vontade de beijá-la logo que entrou no carro, mas estava de dia e no centro da cidade. Rumamos direto para o Motel, seu desejo estava estampado em seu rosto lindo. Aquele dia tinha escolhido uma suíte com decoração oriental. Quando chegamos, logo a beijei, com toda a paixão e desejo acumulado a dias. Ela estava especial naquele dia, se arrepiou todinha no primeiro beijo. Nos deitamos e começamos a nos despir. Tirei toda a roupa dela, estava mais linda que nunca. Comecei a beijar seu pescoço, fui descendo até seus seios que ficaram durinhos na primeira lambida. Virei-a de bruços e comecei a massagear suas costas, primeiro com as mãos, depois com língua, até chegar no meio de sua bundinha. Ela se arrepiava cada vez mais. De leve, passei a língua em seu cuzinho e continuei descendo, beijando suas pernas até seus pezinhos. Ao retornar, sentia ela gemendo baixinho, como uma gatinha, ela empinou sua bundinha linda e comecei a beijar e lamber sua bucetinha e seu cuzinho, enfiando a língua, ora num, ora noutro, deixando-a louquinha e toda molhadinha. Ela se contorcia, parecia uma serpente naquela cama. Virou-se pra mim e atacou meu pau que já estava durinho, começando a chupá-lo de uma forma que nunca havia sentido. Pedi pra que ela virasse pra mim e ficamos um tempão num 69 maravilhoso. Eu ia chupando sua bucetinha e seu cuzinho, enfiando um dedo em cada um, ela gemia e enfiava meu pau até o fundo de sua garganta, eu quase não me aguentava, estava quase gozando, mas me segurei. Sai debaixo dela que continuava de joelhos na cama com a cabeça apoiada no travesseiro. Continuei chupando e lambendo seu cuzinho e comecei a lubrificá-lo com uma pomada especial. Ela adora quando como seu cuzinho mas sempre pede antes para usar essa pomadinha mágica. Ela diz que essa pomada não deixa ela sentir dor e sá sente o prazer. Quando ela já estava toda molinha, encostei a cabecinha na entrada de seu cuzinho e ela começou a empurrar sua bundinha linda pra trás, foi entrando tudo e ela gemia mais a cada momento. Quando vi, já estava todo dentro dela. Já tinha comido seu cuzinho outras vezes mas nesse dia estava diferente, ele piscava muito como se estivesse ordenhando meu pau. Comecei a entrar e sair. Primeiro num ritmo cadenciado, devagarinho, sentindo cada pedacinho daquele paraíso. Quando ela começou a gemer mais alto acelerei o ritmo das estocadas, entrando com força e ouvindo seus gemidos, batendo cada vez mais rápido minhas pernas em sua bundinha, eu estava ficando louco, comecei a gozar dentro de seu cuzinho, a sensação era maravilhosa, ela também gozava e sua bucetinha escorria de prazer. Ela soltou o corpo relaxado sobre o colchão e eu fiquei por alguns instantes por cima dela, sentindo seu cuzinho piscar apertando meu pau que ainda estava dentro dele. Saí de dentro dela e vi seu cuzinho começar a escorrer, ela tem o cuzinho perfeito, lindo, lindo, lindo.

Ficamos deitados, curtindo aquele momento. Esperamos um pouco e fomos pra banheira. Relaxamos um tempão. Conversamos, nos acariciamos e eu senti que estava começando a armar novamente. Ela sentou da borda da banheira e eu comecei a beijar sua bucetinha novamente, seu rostinho fica mais lindo ainda quando está sentindo prazer, ela começou a gemer cada vez mais alto. Voltamos para a cama e eu comecei a beijar seu corpo inteirinho. Quando parei em sua bucetinha, ela se contorcia e segurava minha cabeça forçando ao encontro de sua fonte de prazer. Não sei se ela gozou naquela ora mas sua bucetinha jorrava rios de prazer e eu bebia tudinho. Ela me empurrou na cama e começou a chupar meu pau novamente, parecia que queria engoli-lo todinho, ia até o fundo de sua boca e voltava apertando seus lábios em volta do meu pau me fazendo ver estrelas. Em seguida, ela veio por cima de mim, começando a cavalgar, meu pau foi entrando devagarinho em sua bucetinha e ela com a carinha de gozo mais linda do mundo. Ficou assim um bom tempo, quando a virei na cama e comecei a penetrá-la fundo. Naquele dia tinha algo especial, comi sua bucetinha por muito tempo, estava tendo uma sensação que nunca tinha sentido antes. Acho que ficamos quase meia hora esse jeito e ela gozava muito, sua bucetinha estava encharcada, seu gozo escorria por suas pernas molhando todo o lençol. Eu não queria parar mas não aguentava mais ficar apoiado nos braços, ela estava com um sorriso no rosto que eu nunca vi em mulher nenhuma. Cai ao seu lado e ficamos nos acariciando, curtindo aquele momento em os dois estavam exaustos de prazer. De repente, ela colocou meu pau na boca novamente e começou a chupá-lo com tanta vontade que parecia que queria engoli-lo inteiro, foi chupando cada vez mais forte, até que não aguentei mais e gozei em sua boca, ela engoliu tudinho, não deixando escapar nenhuma gotinha. Quando se levantou, estava com um sorriso lindo no rosto, parecia uma criança. Ficou me olhando e eu admirando sua beleza.

Depois disso, tomamos um banho, ela me deu um beijo e um novo sorriso que não esqueço até hoje.

Infelizmente nossa histária chegou ao fim. Sou casado e não consigo ficar longe de meus filhos. Não tenho direito de atrapalhar a vida dela. Vou ficar com saudades, mas nunca vou esquecer a menina mais linda que conheci. Ainda tenho contato com ela, já que a empresa em que ela trabalha é minha cliente,mas vou ter que me contentar com as lembranças e ficar torcendo para que ela seja feliz. Mas se algum dia ela sentir minha falta, sabe que é sá me ligar e eu estarei pronto para repetirmos nosso melhores. K.... em te adoro, arrisco até a dizer que Te A.., mas não posso te atrapalhar. Pra Sempre Teu Ca......s.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fingi dormi e ... me comeu contos eróticosConto amarrada abre mais vadiaContos eróticos cumendo minha mãeconto erotico infancia brincando sem calcinhacontos eroticos vi mamae fudernovinhos fodeno apremira veizcontos eroticos eu menina engole porra do meu tiogreludinha minha menina chupei ate virar um piruzinho contos de incestocontos eroticos minha prima esculturalMamando rola na escola contoseroticoscontos ela sentou no meu colo sem calcinhaconto minha esposa no canavialcontos dei a buceta para meu patrao na fasendacontos eróticos as amiguinhascontos horoticos verdadeiras pelotascontos eroticos "cadela" "fome"contos eroticos casada visitando a fazendacontos lesb xana no meu grelinhocontos eroticos gay sadade de meus dominadoresme larga lençou bom diacontos eroticos sodomizadocontos de incestos e orgias entre irmas nudistascontos eroticos trair meu marido no puteiroúltimo contos anal de sobrinhaRenato shortinho coladinho fazendo na rolaMulher negra fodendo com o sogro contoscontos de coroa com novinhocontos eróticos minha amiga jogadora dormiu na minha casaNovinha e chantageada.contoscontos eróticos namorada outravovozinhas esfreca buceta com buceta uma na outrasurprendida pela minha amiga lesbica contos eroticosjoice cavalo deu o cupadrinho cuida da afilhada contos eróticosconto ele me comeu pelo buraco da paredecasa dos contos eroticos/Três é demaiscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html depois de dar pro ricardao dei pro meu marido contocontos eróticos isto e realcontos comi a vendedora de da avoneu so uma muher casada eu dei minha calcinha pro meu cunhado bater uma pensando em mimconto engravideu minh sobrinhaMinha mae e minha irma se chuparam contosconto eróticos gozei na boca da bahianinhaContos eroticos encoxando homem casadonao vou aguentar tudoconto eroticocontos gays chupei o vira latacontos eróticos mancha branca no vestidocontos erotikos comendo o cu da minha madrinhaMeu primo que chupa no meu paucontos eroticos troquei minha mulher pela cunhadinha lindacalcinha pedreiros conto eróticosminha bunda grande contocontos eroticos fudi todas as minhas filhasconto meu chefe me chupoucontos xxx o marido da minha amiga me comeuContos eroticos a esposa do rabao do meu chefecontos eroticos .ulher do meu paiconto gay fodi o namorado da minha irmaconto erotico dominando mãe e filhaadoro menino sacudo contosxvidios cumhada cavalona motelcontos afastei a causinha da mamae enguanto ela dormiaContos porno a biscati da minha esposa tevi corajecontos gay comendo o muleke do orfanatocastigando a patroa na ruaaposta conto eroticocontos eroticos dormindoconto erotico perdi calcinhacomendo a empregada contocontos eroticos "recatada"comemdo a lorinha virgemContos esposahomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarcontos eroticos irmamulher transando com dog contosfingi que dormia e minha mulherco uma conto erotico contos dogra e cunhadasconto erotico sogro ahh uhh mete meteminha tia me conveceu a da minha buceta para meu tio contos eroticoscontos eroticos comendo a a amiga da irmacontos chupando varios caralhos negroscontos eroticps violada pelo papaicontos eróticos de professoras gostosas transando muito gostosocontos eróticos a freira coroa do conventocontos gay bdsm minha castracao realcontos eróticos adotiva novinhacontos eróticos soco saco