Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GLOBALIZACAO

Click to Download this video!

Meu nome é Marcos, tenho 38 anos, 1.83m, 92kgs, corpo atlético, moreno, cabelos e olhos pretos. O que passo a relatar aqui aconteceu no carnaval de 2005. Era uma tarde de quinta-feira, antes do feriado de carnaval, quando fui abordado por um casal em uma praça no centro de minha cidade. O rapaz que me abordou se chama Pedro, um português que estava visitando minha cidade e me chamou para pedir uma informação. Na verdade foi mais um socorro do que uma informação o que ele queria, é que a garota que estava com ele, Mayu, uma japonesinha, pediu informação a ele e, por ele não entender inglês e nem conhecer a cidade, ele me chamou para tentar ajudá-la. Como eu ser falar inglês, me prontifiquei em ajudá-los. Ela queria saber onde ficava o hotel em que ela estava hospedada, pois estava perdida. Levei ela até o hotel. Pedro nos acompanhou e no caminho fomos nos conhecendo. Como dito antes, Pedro, um rapaz moreno, 23 anos, 1.80m, corpo atlético, olhos castanho, é português e estava de férias na cidade, onde tinha ido passar o carnaval. Mayu, uma japonesinha de 26 anos, 1.52m, magrinha, mas bem gostosinha, pele clara, seios pequenos, também tinha vindo para o carnaval. Como eles não conheciam a cidade, me ofereci para ser seus guias. Deixamo-la no hotel e depois fui com Pedro até o hotel dele. Combinamos de eu ir pegá-los às 7 e 30 da noite. Como tenho carro, no horário combinado passei no hotel de Pedro e de lá fomos ao hotel de Mayu. Chegando lá o rapaz da recepção informou que era pra nás subirmos. Ele nos indicou o quarto e fomos até lá. Chegando no apto dela a porta estava encostada. Entramos e ouvimos o barulho do chuveiro vindo do banheiro, pois ela também havia deixado a porta um pouco aberta. Eu anuncie a ela que já estávamos no quarto e ela pediu para que esperássemos sentados na cama. Sentamos e não demorou ela saiu do banheiro enrolada na toalha e sorrindo e bastante surpresa com a presença de Pedro, pois ela achava que eu a pegaria primeiro, e sá depois iríamos pegar Pedro. Ela não se importou com a presença dele e tirou a toalha em nossa frente e terminou de se enxugar. Peladinha, ela pediu para que a ajudássemos a escolher uma roupa. Escolhemos um vestidinho de alças e uma calcinha tipo fio dental. Ela se vestiu e saímos. Côo ainda era cedo, propus irmos a um restaurante jantar. De lá, perguntei se eles gostariam de ir a um baile de carnaval que estava acontecendo em uma boate GLS. Eles toparam e fomos até lá. Eu gosto de ir nessa boate porque ela é diferente das outras que teem na cidade. Apesar de ser GLS é frequentada mais por casais liberais e bissexuais, não tem muito gay. Chegando na boate, ficamos curtindo a festa até às 3 horas da noite. De lá fomos a uma lanchonete e depois convidei-os para irem até minha casa. Chegando em casa, Mayu disse que queria tomar banho, pois não aguentava o calor, estava muito quente nesse dia. Levei ela até minha suíte onde tem uma banheira, e perguntei se eu e Pedro poderíamos tomar banho juntos com ela, ao que ela respondeu que sim, pois estava precisando e muito de uma massagem relaxante. Nos despimos os três e fomos para o banheiro. Na banheira nás dois lavamos ela e ela nos lavou. Saímos da banheira e fomos para a cama. Ela ficou um pouco assustada com nossos cacetes e com nossos tamanhos. Meu cacete mede 21cms e o de Pedro 19cms. Mas não sá com o tamanho de nossos cacetes como também nossos tamanhos em relação a ela, pequenina com dois caras altos e fortes. Na cama Pedro se deitou e ela, com os joelhos na beira da cama, deitou entre as pernas dele e começou a chupar seu cacete, seu saco, enquanto eu fui por trás me ajoelhando e enfiando minha língua em sua xana e cuzinho. Por ela ser magra e não ter bunda, seu cuzinho ficava bem visível. Eu lambia e enfiava meus dedos neles. Fui subindo beijando ela pelas costas até seu pescoço. Fiquei com meu rosto bem ao lado do dela vendo ela engolir o cacete de Pedro. Com a mão em sua cabeça eu empurrava fazendo ela engolir ao máximo o cacete dele e ela deixava todo o cacete babado. Quando ela tirou o cacete dele da boca, segurei em seu rosto e virei ela pra mim e dei um beijo em sua boca. Pedi pra que ela sentasse no cacete dele de costa pra ele. Ela subiu nele e sentou. Eu subi na cama e dei meu cacete pra ela chupar. Depois mandei que Lea na mesma posição, enfiasse o cacete dele no cú. Ela ficou com um pouco de medo devido ao tamanho mas topou. Eu lubrifiquei seu cuzinho com bastante saliva e ela sentou no cacete dele bem devagar até entrar tudo. Mandei ela deitar por cima dele e então eu fui até a xaninha dela comecei a chupá-la pra ela relaxar com aquele cacete no cú. Ela não aguentou muito e gozou em minha boca. Então eu subi e enfiei meu cacete na xana dela. Depois ela se virou e deitou na cama de bruços com a bundinha empinada. Pedro foi por trás dela e enfiou seu cacete novamente no cuzinho dela. Bombou até encher o rabinho dela de porra. Ele saiu de trás dela e em seguida foi minha vez. Ele deixou ela com o cú bem arrombado e todo melado. Quando enfiei meu cacete o cuzinho dela tava bem quente e lubrificado devido a porra de Pedro. Bombei naquele cuzinho melado enquanto ela mamava o cacete dele que ainda tava duro e melado de porra. Meti bem gostos até não aguentar e também gozar naquele cuzinho gostoso. Tomamos banho e voltamos pra cama. Deite e Mayu deitou por cima de mim fazendo um 69. Pedro se pôs de joelhos entre minhas pernas na frente dela pra que ela o chupasse também. Depois ele deu a volta e foi pra trás dela para introduzir o cacete no cuzinho dela. Eu ali embaixo dela vendo de camarote o cuzinho dela engolir o cacete de Pedro todinho. Ele bombou naquele cuzinho e ela gozou mais uma vez em minha boca. Pedro saiu de trás dela, ela se levantou e eu fiquei de joelhos na cama. Peguei Mayu pela cintura, ela envolveu suas pernas em minha cintura me abraçando pelo pescoço e enfiei meu cacete em sua xaninha. Pedro veio por trás e enfiou seu cacete no cuzinho dela. Ficamos naquela posição gostosa com ela cavalgando entre nás dois. Depois de uma boa cavalgada deitei na cama e ela deitou na minha frente de costas pra mim e meti nela de ladinho em seu cuzinho. Pedro sentou na cama na altura da cabeça dela para que ela mamasse em seu cacete. Depois de uma boa chupada ele gozou na boca dela. Mayu engoliu todo o leite do cacete de Pedro. Vendo aquela cena eu não aguentei de tanto tesão, pois ela também estava gozando, e como ela apertava meu cacete com seu cuzinho, eu sai de trás dela e coloquei meu cacete pra ela chupar e eu gozar também em sua boca. Ela mamou todo meu leite. Fomos tomar banho e depois dormir, pois o dia já tava amanhecendo. Quando acordamos, combinamos de eles deixarem os hotéis onde estavam hospedados e virem ficar hospedados em minha casa, idéia que eles gostaram e toparam. Pedro ficou na cidade até o final do mês de fevereiro, já Mayu ficou na cidade até o final de Março. Curtimos bastante durante o período em que eles ficaram na cidade, mas são aventuras que contarei em outras oportunidades.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


lekinho pau contosVídeos porno istrupei a mulata sem tirá o chortinhoconto seduzindo meucontos VIZINHO INICIA ESPOSINHAcontos eroticos o estuprador me fudeu covardimentecontos eróticos da casada cris devassa xvidio travesti lisarolaler c/ erot/ com as cunhdas da da roçaComo ter pernas grossas e quadril largo em 1 mêsconto eroticos gay. virei mocinha e negaoamor olha o estrago ! Falou minha esposa com o cu inchado que o amante comeucontos eróticos amigas prostitutascontos eroticos esposa mini saia e bota cano longoArrombei meu amigo - contoconto erotico o coroa e o viadinho de calcinha e shortinhomeu sogro me estuprou contoscontoseroticos de corno.o padre e minha esposaflagrei minha mae em um dp conto eroticocanto erotico minha primeira vezesposa da o cu au marido sorindamamae linda e brava/contosconto erotico de shortinho com a buceta inxada na casa da vizinhacontos eróticos garota de ruacontos meu vizinho tira o pau pra foracontos eroticos no cinemacontos de cú por dinheirocontos sou safada dei pros flanelinhagay violentado contoscontos eroticos dei para o compadre da minha filhaMeu marido sabe que dou o cu a um amigo de infanciacontos flagrei minha mulher dandodando o cu no metro contos eroticoscontos esposa olhos vendados fudendocontos heroticos gay meu tio de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha novecasa dos contos marido pede para esposa por uma sainha bem curta e.provocacontos eróticos eu putinha cavalaContos erótico, eu e a filha Lauracontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidosobrinho dopa sua tia historia eroticacomi a gostosa olhos castanhos contostu manmou desse meladinho entt sobe caseteContos erotico exibi meus seios enormes pro entregadorcontos gay chupei varios na saunacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos - praia de nudismominha mãe e puta contostextos contos safadinhas meninas viadinhos estcontontos eroticos fui levar meu amigo bebado en casa tracei a mulher escandaloza delecontos eroticos sobre voyeur de esposapeguei meu sobrinho mexendo nas minhas calcinhasem cadastro zoofilia sai mijando leitemuhleres quecavalo tramsa com animalContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos eroticos eu minha filha e seu amiginhocontos eroticos um casal de amigos nos convidou pra uma jantavideo fui brinca de lutonha acabei gosandocontos eroticos gay.treinadorcontos eroticos de incesto: manha mae me ensino a Transar 2porno novinha pijama acorda com pinto na bocamulher transando com dog contosconto eroticos comi minha tia com a calcinha na mãocontos gay cu arrombadocontos eroticos gay problemas mentaisseios tezudos de gravida fotocontos de gay passivo dando pro machoEsposa quer alargar o cuzinho contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico relacionamento virtualconto cu buceta zoodei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticocontos eroticos calcinhas mijadaconto erótico paixão de irmãdeixo penetrar sem camisinhaContos sempre incentivo meu marido a comer outra putinhaconto erotico estrupo treinador DOTADO ARROMBA A COROA ATE CHORAR CONTOconto erótico a manicure lesbicafiquei bem machucada por fuder com cachorro enorme contos de zoofiliaContos eroticos transtempo minha filha gostosa e g************* do c* dela contos eróticoscontos de cú por medocontos eroticos de vadia boqueteirascalma aí bota devagarsou o putinho do padrinhoconto porno medico aplicandco injecao na mocbiComi minha prima safadinha contoo novinho me encoxou