Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GLOBALIZACAO

Click to Download this video!

Meu nome é Marcos, tenho 38 anos, 1.83m, 92kgs, corpo atlético, moreno, cabelos e olhos pretos. O que passo a relatar aqui aconteceu no carnaval de 2005. Era uma tarde de quinta-feira, antes do feriado de carnaval, quando fui abordado por um casal em uma praça no centro de minha cidade. O rapaz que me abordou se chama Pedro, um português que estava visitando minha cidade e me chamou para pedir uma informação. Na verdade foi mais um socorro do que uma informação o que ele queria, é que a garota que estava com ele, Mayu, uma japonesinha, pediu informação a ele e, por ele não entender inglês e nem conhecer a cidade, ele me chamou para tentar ajudá-la. Como eu ser falar inglês, me prontifiquei em ajudá-los. Ela queria saber onde ficava o hotel em que ela estava hospedada, pois estava perdida. Levei ela até o hotel. Pedro nos acompanhou e no caminho fomos nos conhecendo. Como dito antes, Pedro, um rapaz moreno, 23 anos, 1.80m, corpo atlético, olhos castanho, é português e estava de férias na cidade, onde tinha ido passar o carnaval. Mayu, uma japonesinha de 26 anos, 1.52m, magrinha, mas bem gostosinha, pele clara, seios pequenos, também tinha vindo para o carnaval. Como eles não conheciam a cidade, me ofereci para ser seus guias. Deixamo-la no hotel e depois fui com Pedro até o hotel dele. Combinamos de eu ir pegá-los às 7 e 30 da noite. Como tenho carro, no horário combinado passei no hotel de Pedro e de lá fomos ao hotel de Mayu. Chegando lá o rapaz da recepção informou que era pra nás subirmos. Ele nos indicou o quarto e fomos até lá. Chegando no apto dela a porta estava encostada. Entramos e ouvimos o barulho do chuveiro vindo do banheiro, pois ela também havia deixado a porta um pouco aberta. Eu anuncie a ela que já estávamos no quarto e ela pediu para que esperássemos sentados na cama. Sentamos e não demorou ela saiu do banheiro enrolada na toalha e sorrindo e bastante surpresa com a presença de Pedro, pois ela achava que eu a pegaria primeiro, e sá depois iríamos pegar Pedro. Ela não se importou com a presença dele e tirou a toalha em nossa frente e terminou de se enxugar. Peladinha, ela pediu para que a ajudássemos a escolher uma roupa. Escolhemos um vestidinho de alças e uma calcinha tipo fio dental. Ela se vestiu e saímos. Côo ainda era cedo, propus irmos a um restaurante jantar. De lá, perguntei se eles gostariam de ir a um baile de carnaval que estava acontecendo em uma boate GLS. Eles toparam e fomos até lá. Eu gosto de ir nessa boate porque ela é diferente das outras que teem na cidade. Apesar de ser GLS é frequentada mais por casais liberais e bissexuais, não tem muito gay. Chegando na boate, ficamos curtindo a festa até às 3 horas da noite. De lá fomos a uma lanchonete e depois convidei-os para irem até minha casa. Chegando em casa, Mayu disse que queria tomar banho, pois não aguentava o calor, estava muito quente nesse dia. Levei ela até minha suíte onde tem uma banheira, e perguntei se eu e Pedro poderíamos tomar banho juntos com ela, ao que ela respondeu que sim, pois estava precisando e muito de uma massagem relaxante. Nos despimos os três e fomos para o banheiro. Na banheira nás dois lavamos ela e ela nos lavou. Saímos da banheira e fomos para a cama. Ela ficou um pouco assustada com nossos cacetes e com nossos tamanhos. Meu cacete mede 21cms e o de Pedro 19cms. Mas não sá com o tamanho de nossos cacetes como também nossos tamanhos em relação a ela, pequenina com dois caras altos e fortes. Na cama Pedro se deitou e ela, com os joelhos na beira da cama, deitou entre as pernas dele e começou a chupar seu cacete, seu saco, enquanto eu fui por trás me ajoelhando e enfiando minha língua em sua xana e cuzinho. Por ela ser magra e não ter bunda, seu cuzinho ficava bem visível. Eu lambia e enfiava meus dedos neles. Fui subindo beijando ela pelas costas até seu pescoço. Fiquei com meu rosto bem ao lado do dela vendo ela engolir o cacete de Pedro. Com a mão em sua cabeça eu empurrava fazendo ela engolir ao máximo o cacete dele e ela deixava todo o cacete babado. Quando ela tirou o cacete dele da boca, segurei em seu rosto e virei ela pra mim e dei um beijo em sua boca. Pedi pra que ela sentasse no cacete dele de costa pra ele. Ela subiu nele e sentou. Eu subi na cama e dei meu cacete pra ela chupar. Depois mandei que Lea na mesma posição, enfiasse o cacete dele no cú. Ela ficou com um pouco de medo devido ao tamanho mas topou. Eu lubrifiquei seu cuzinho com bastante saliva e ela sentou no cacete dele bem devagar até entrar tudo. Mandei ela deitar por cima dele e então eu fui até a xaninha dela comecei a chupá-la pra ela relaxar com aquele cacete no cú. Ela não aguentou muito e gozou em minha boca. Então eu subi e enfiei meu cacete na xana dela. Depois ela se virou e deitou na cama de bruços com a bundinha empinada. Pedro foi por trás dela e enfiou seu cacete novamente no cuzinho dela. Bombou até encher o rabinho dela de porra. Ele saiu de trás dela e em seguida foi minha vez. Ele deixou ela com o cú bem arrombado e todo melado. Quando enfiei meu cacete o cuzinho dela tava bem quente e lubrificado devido a porra de Pedro. Bombei naquele cuzinho melado enquanto ela mamava o cacete dele que ainda tava duro e melado de porra. Meti bem gostos até não aguentar e também gozar naquele cuzinho gostoso. Tomamos banho e voltamos pra cama. Deite e Mayu deitou por cima de mim fazendo um 69. Pedro se pôs de joelhos entre minhas pernas na frente dela pra que ela o chupasse também. Depois ele deu a volta e foi pra trás dela para introduzir o cacete no cuzinho dela. Eu ali embaixo dela vendo de camarote o cuzinho dela engolir o cacete de Pedro todinho. Ele bombou naquele cuzinho e ela gozou mais uma vez em minha boca. Pedro saiu de trás dela, ela se levantou e eu fiquei de joelhos na cama. Peguei Mayu pela cintura, ela envolveu suas pernas em minha cintura me abraçando pelo pescoço e enfiei meu cacete em sua xaninha. Pedro veio por trás e enfiou seu cacete no cuzinho dela. Ficamos naquela posição gostosa com ela cavalgando entre nás dois. Depois de uma boa cavalgada deitei na cama e ela deitou na minha frente de costas pra mim e meti nela de ladinho em seu cuzinho. Pedro sentou na cama na altura da cabeça dela para que ela mamasse em seu cacete. Depois de uma boa chupada ele gozou na boca dela. Mayu engoliu todo o leite do cacete de Pedro. Vendo aquela cena eu não aguentei de tanto tesão, pois ela também estava gozando, e como ela apertava meu cacete com seu cuzinho, eu sai de trás dela e coloquei meu cacete pra ela chupar e eu gozar também em sua boca. Ela mamou todo meu leite. Fomos tomar banho e depois dormir, pois o dia já tava amanhecendo. Quando acordamos, combinamos de eles deixarem os hotéis onde estavam hospedados e virem ficar hospedados em minha casa, idéia que eles gostaram e toparam. Pedro ficou na cidade até o final do mês de fevereiro, já Mayu ficou na cidade até o final de Março. Curtimos bastante durante o período em que eles ficaram na cidade, mas são aventuras que contarei em outras oportunidades.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Foderam gente contos tennscontos eroticos estou chifrando meu marido tomando porra do cunhadoConto gay muay thaimachucaram conto gaycontos erotis orgia bicontos eroticos de enteadasSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos pai estrupo19cm que tinha contos incestoContos eroticos: Eu dei o cu na frente do meu portãocontos eroricos com meu advogadoconto erotico o viadinho de calcinha e shortinho enrabadoconto erotico fudendo a velhacontos eroticos vovô pai e maecontos eroticos meninos cuidando dos filhos da vizinhamenina abrindo a buceta saindo gosonem minha filha e nem meu marido eles não sabem que eu fui no meu carro com meu genro pro motel eu e meu genro dentro do quarto eu dei um abraço nele eu dei um beijo na boca dele eu tirei minha roupa eu deitei na cama ele chupou meu peito ele disse pra mim minha sogra sua buceta raspadinha e linda ele começou a chupar minha buceta eu gozei na boca dele eu peguei no seu pau eu disse pra ele meu genro seu pau e maior e mais grosso que o pau do meu marido eu disse pra ele minha filha deve sofrer no seu pau você fundendo a buceta dela eu chupei seu pau ele começou a fuder minha buceta eu gemia no seu pau ele fundendo minha buceta eu disse pra ele seu pau e muito gostoso fundendo minha buceta ele fundendo minha buceta eu gozei eu sentei em cima do pau dele eu rebolava no pau dele eu gozei ele começou a fuder minha buceta eu de frango assado eu gozei eu disse pra ele fode meu cu conto eróticominha esposa me transformou em travecoquando eu peguei a minha priminhaporno,papai da banhona filhinha que chegou bebada da festacontos calcinha da puniçãomlulher com chortinho encavado ecom abunda empinadafudeno a sobrinha que domiaconto erótico terminando a reforma com esposacontos eroticos na construçãoContos eroticos de mesticasso punhetinha contoscontos iniciando a esposa na dpsou casada realizei o desejo de dar o cu com outro contos conto gay de pai com vaqueirovideoo porno da bundona de chorte de burmiconto etotico xota da tiaconto erótico minha mulher me ofereceu sua amiga travesticontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhacontos gay sentou no coloconto erotico toma leite pra crescer fortecrossdresser conto eroticoum homem lambendo uma menina virgem Estrada crente s*****Contos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas dormindowww.contos eroticos sogra gostosa da cu pro genro novinho pauzodocontos de incestos e surubas ferias entre irmas fazendadscontos eroticos de estrupo exitantecoros bem casada no primeiro anal da vida contos mais lidoscontos safada na lavouraenchemos a boceta de porracontos meu primo me estrupo quando tinha oito anostransando na infancia conto eroticoconto erotico duas rolas de presenteviadinho de calcinha caiu na ualcontos porno fui na festa depois fui comida na frente do namorado bêbadocontos eroticos exibi minha mulherFui vendida como escrava sexual para um negaoConto porno vi mamae sendo ssarrada no busaoconto eróticos sexo entre família gozando dentro da buceta engravida delecontos de incesto minha filha sendo comidaporno.pai.padado.jeu.nabuseta.dafilihacontos manacontos eróticos vítimacontos pornos irmas cadelasContos de estupro na praiacontos abusadas em grupocontos eróticos solitárionunca falei eu falei contos eróticostava me masturbando e meu namorado chego e me chupouConto negao comendo cu de gay bundudo aforsacontos eroticos casado medico gordinhocontos eroticos d filhotes mando mulherescontos-no colo de papai na praia de nudismocontos caralho grande baixinharebentando o cu da irma pequena contosconto erótico Eu e minha filha damos o c* para o meu maridochupar mulher elaelepriminha muito novinha batendo punheta rapida com chupadinha pro titiominha tia travesti contosO coroa com ele em cima da sua lancha ele me fuder conto eroticomeu cachorro emgatou no meu cu cintocontos eroticos casada flagra seu vizinho batendo punhetadei pro meu genrocontos peguei maninha virgem dormindoContos titio comendo a sobrinha bem novinhacontos eróticos meu cunhado enterrou até os ovosconto gay caseiro patrao carlosé bom chupar pau cheio de sebo contos eroticosconto de tarada que adora a pica do cavalono hotel com meu filho contos de encestoDESDE GAROTINHA GOSTAVA DE SENTAR NO COLO DELES CONTOSwww.eu aronbei minha sobrinha de doze anos de idadeloira casada malho e adoro negao contoscomi mame no escuro .ctos eroticoscontos eroticos minha esposa sonhava em dar pra um cavalo e ela conceguiuCome minha bucetinha contosler contos eroticos incesto mae transa com filho e pai esta desconfiandoContos eroticosque boceta e essa irmaf****** a b******** da minha enteada Camila e ela Gozou muito no meu pauviciadinha em dar o cu contoscontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capataztive dar para um dotadocontos eroticos com a diretora da escola