Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A CASADA SAFADINHA

Olá, o conto que vou relatar aqui é totalmente verídico e aconteceu durante um período em que trabalhei numa cidade pequena do interior. Eu sou moreno claro, tenho 40 anos, corpo legal e um cacete de 20cm e sou separado. Bom, eu trabalhava numa empresa do ramo financeiro numa cidade considerada de médio tamanho no estado de Santa Catarina e fui convidado para gerenciar uma filial da empresa numa cidade pequena perto da qual eu morava, nesta filial trabalhavamos eu e mais 5 funcionários. Quando cheguei lá para meu primeiro dia de trabalho me deparei com uma mulher que era a sub gerente da filial, tinha 25 anos, casada, muito bonita e um corpinho de tirar o folego, seu nome era Erika (Ficticio). Portanto a Erika iria estar sempre ao meu lado nos trabalhos da filial porque eu seria o gerente da filial e ela seria a minha assessora. A Erika era uma pessoa muito simpática e sempre brincava com palavras que as vezes me deixava em dúvida se eu deveria me escalar para alguma tentativa com ela. O tempo foi correndo e nos tornamos grandes amigos. Depois de um tempo comecei a receber mensagens no celular com algumas indiretas e sabia que era ela que mandava. Num dia resolvemos marcar uma festinha para os funcionários da filial a noite num local fora da empresa, nesta festa ela foi sozinha e começamos a falar algumas besteiras e a nos olhar de modo diferente e foi aí que pensei, hoje ela não me escapa, quando a festa estava acabando eu me prontifiquei a leva-lá para casa, devido que ficava em meu trajeto, ela aceitou de imediato, quando saímos para irmos embora por volta das 23:00 e estavamos passando por um local bem calmo eu pensei, é agora, se eu não fizer algo agora nunca mais vou fazer, parei o carro no acostamento e disse para ela que se eu não fizesse isso agora não iria me conformar mais e lasquei um beijo em sua boca a qual fui bem correspondido, daí ela me disse que era um local perigoso e disse que precisava ir embora porque sua casa ficava bem perto de onde estavamos e seu marido a estava esperando, paramos por aí mesmo e fui embora feliz. Nos dias que se passaram sempre continuava as brincadeiras entre nás, na nossa filial os funcionários menos graduados iriam embora mais cedo, por volta das 16:00 e sempre ficavamos até as 18:00 eu e a Erika, num destes dias que ficamos sozinhos eu fui para a cozinha para tomar um café e logo em seguida ela veio também e começamosa conversar e a falar besteira, eu não me aguentei e fui pra cima dela dando um beijo em sua boca ela na hora retribuiu meu beijo e meu pau ficou durasso na hora, ela sentiu ele duro e começou a se esfregar nele, nossa, eu já estava doidinho pra comer ela, o clima começou a esquentar e eu comecei a tirar sua roupa e ela dizendo que não deveríamos fazer aquilo, mas ao mesmo tempo estava querendo muito, porque já estava gemendo, quando tirei seu sutian e vi aqueles seios lindos e com ums biquinhos duros e pontiagudos, cai de boca neles e ela gemendo todinha, comecei a abrir o ziper da sua calça e coloquei a mão por dentro de sua calcinha e senti a bocetinha toda meladinha, nisso ela já tinha aberto a minha calça e estava segurando o meu cacete duro e enorme e todo babado, quando deixei ela peladinha a vi aquela bocetinha raspadinha fiquei mais louco ainda, coloquei ela deitada em cima da mesa que havia na cozinha e comecei a chupar aquela bocetinha gostosa, ela gemia um monte de tesão, depois ela pediu para eu deitar em cima da mesa e ela ficou em pé ao lado dela e pegou no meu pau e enfiou ele todinho na boca, nossa, que boca deliciosa, quase gozei naquele momento, mas tive que me conter porque queria comer aquela bocetinha linda, depois sai de cima da mesa e virei ela contra a mesa em pé e de costas pra mim, e perguntei se era pau que ela queria mesmo e ela disse me come logo que to com muita tesão, fui colocando devagarzinho naquela boceta para sentir como ele entrava bem gostoso e ela pedindo para eu enficar tudo e eu sá colocando aos pouquinhos e tirando para sentir aquela sensação gostosa, depois enfiei com tudo e ela deu um gemido forte, nossa, era tanta tesão que não demorou muito e gozei naquela bocetinha gostosa. Depois daquela foda começamos a transar umas duas ou tres vezes por semana dentro da filial nos finais de tarde, comia ela em cima duma cadeira daquelas que rodam, nossa que delicia, comia ela em cima da mesa de trabalho, tentei comer o rabinho dela mas sá consegui um pouquinho porque ela dizia que doia muito, as vezes ela sá chupava meu pau até eu gozar, fomos algumas vezes em motal quando ela fugia da faculdade, depois de um tempo saí da empresa que trabalhava e os encontros foram ficando cada vez mais dificil, eu me apaixonei por ela e ela por mim, mas devido a ela ser casada e eu ter namorada o caso acabou, hoje sinto uma saudade enorme dela e sonho com ela sempre, imagino as loucuras que faziamos dentro do local de trabalho e me masturbo pensando nela.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erodico comi minha mulher dormindoConto de casada estupada e gostandopornogay gaúchos gozeidentro do cudo meuamigo bebadodei minha buceta no cinema .contos eroticosconto de escrava lesbContos minha irma e meu cunhado vieram passar uns dias conoscotirei o cabaco do garotinho mimado de onze anoscom doze aninhos estrei na vara contos eróticos gaycontos eróticos morando com meu amigo fizemos troca trocaMe comeram ao lado do meu namoradobucetinha lisinha e meladacontosSou casada fodida contocontos eróticos engatada e arrastada pelo cachorroconto erotico de menina virgem de sete anoscontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadoConto Erotico Sou Morena A Gostosona Da Favela E Dei Minha Xana Pra Um Branco Do Pau Grandenegao lingerie conto eroticocontos eroticos zt i: blackmailcontos trai meu marido com um cara do pau grandecontos de mulheres a levar com o punho na conaIniciando uma virgem contos eroticosContos esposacontos gay na saunaContos minha sogra fas eu ser puta do sogro e tiosele me comeu a xana sem medo contos eroticosComtos eroticos de mulheres q bateram punheta pra cachorrocontos eroticos fudendo a mae travestiSou casada mas bebi porro de outra cara contosnatasha gostosa contos eroticosxvidio minha mina sai para tranpa e eu como Minha sogra xvidioconto erotico mulher sendo ordenhadacontos comi o cu do meu marido com o desodoranteconto erotico como gravidez a minha tia seios gconto erotico as pregas da empregadameu vizinho da policia me fode sem meu corno saber contocontos aposta game tive chupardei mole contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casameu pai e meus irmaos me comeram contos eroticosesfregando na irma caçula contoscontos eroticos mae desnaturada 2vai me arrombarwww.contoencoxada/tiocontos de menino que vestiu fio dental para.dar o cuContos eroticos de fio dentalcontos eroticos vestido colado e curtorelatos eroticos menina novinha vendeu cabacinho na.hora.choroi muitocontos meu marido descobriu quando cheguei arrombadax vedio pai eintiadaconto erotico com foto minha esposa vadia me chifrou com caminhoneiroContis eroticos primeira vez de um heterotitiocolocadevagarminha esposa ela não gostava de depilar sua buceta cheia de pentelhos eu disse pra ela se você raspar sua buceta vai ficar linda eu não sabia que minha esposa que ela tinha raspado sua buceta a noite eu entrei no quarto minha esposa tava deitada na cama com o lenço em cima da suas pernas ela disse pra mim tirar o lençol de cima da suas pernas eu tirei o lençol sua buceta tava raspadinha ela me perguntou pra mim você gostou da minha buceta raspadinha eu disse pra ela sua buceta raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta ela gozo na minha boca ela chupou meu pau eu comecei a fuder sua buceta ela gozo ela ficou de quatro eu comecei a fuder seu cu conto eróticoconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeudetalhes como fui estupradocontos meu maridinho corno e viadao de negros pauzudos .contos eróticos de bebados e drogados gayscontos de sexo gay especial entre primoscontos eróticos esposa e um amigo gaycontos de iniciação no swingconto erotico.de.vdzinha reforma em casaconto erotico adoro dar meu cuConto comendo a cu dar empregada por chantage contos eroticos segundas intençoesconto erotico gay viado desobediente tem que ser castigadocontos eroticos com tias chamada saraesposa novinha gostosa dominada por velho roludo contos eroticoscontos eroticos de enteadasconto erotico velho tarado cachorrocontos eroticos virgem se masturbandoMeu patrao coroa ele me fudeu na sua lancha conto eroticocontos eroticos sobre voyeur de esposaconto erotico dei meu cu na garagemcontos sou baiana e adoro paus grandescontos dei um beijao na boca do meu tiomeu inimigo conto gayamigo pai velho gay contosPorno dentro do trem verídicocontos eroticos comi minha espetoracontos eróticos gay EMMO o maconheirocoroa c rabo deflorado contosconto gosto de usar roupas femininascontos de cú por medocontos eróticos comendo as Vizinhas ciarecemulher dando pra piazada contos erpticodContos de Capachos e submissos de garotasContos Eróticos um Negão me comeucontos eroticos incesto vovô e titio me fuderam