Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MASSAGIADA PELO CUNHADO!

Click to this video!

Bem, pra quem nao leu meu conto anterior: "Boquete no cunhado". Meu nome é Bárbara, tenho 25 anos, tenho 1,64 de altura e 52 KG, tenho pernas torneadas, o bumbum nao muito grande mas é empinadinho e seios fartos, sou loira e tenho olhos castanhos.

Essa historia é continuação do meu conto anterior, recebi muitos emails que com o tempo espero ir respondendo com muito carinho,e como vi que gostaram contarei o dia em que meu cunhado chupou minha bucetinha.

Depois do dia em que chupei o Fábio, ele voltou a minha casa no dia seguinte, mas nao falamos sobre isso, alias iamos ficar muito sem graça de comentar sobre o ocorrido, e ele so me falava mesmo da Thainá, o quanto ela estava distante com ele, e durante a semana dizia que ela estava fazendo sexo com ele, so por fazer.

Em um domingo, a minha mae tinha saido, ia passar esse dia na casa da minha avá e iria voltar tarde, depois das 23:00, minha tia ia leva-la em casa e ela sabia que o Fábio ia estar comigo e depois Thainá chegaria e nao corria o risco de ficar em casa sozinha.



Nesse dia estavamos no meu quarto, ele estava deitado na minha cama assistindo o jogo, enquanto eu estava mexendo no computador, e eu comecei a sentir dor nas costas mas nada comentei, apenas estiquei o corpo tentando estralar a coluna pois isso sempre resolvia, ele olhou pra mim e perguntou o que eu tinha, eu apenas disse que estava com um pouco de dor nas costas. Ele sorriu e perguntou se eu queria uma massagem, eu achei que nao tinha nada de mas em aceitar, afinal fazia tempos que nao recebia uma.

Ele então levantou da cama e pediu pra que eu deitasse na cama, eu o fiz, mas antes ele me pediu algo que nao esperava.



- Cu, tire a roupa

- Pra que?

- É melhor, como vou ter contato com a sua pele se você esta de vestido.

- Mas alguem pode chegar ai e..

- A Thaina so chega a noite, eu nao vou fazer nada..



Eu tirei o meu pequeno vestido e coloquei em cima da cama, ele nao ficou olhando, então pensei que nao tinha mesmo problema. Deitei, e senti ele abrindo o meu sutiã e levantei um pouco olhando pro seu rosto, porem, ele so disse que o fecho atrapalharia e que depois ele ia fechar de novo.

Eu coloquei a cabeça reencostada nos braços e fechei os olhos enquanto senti as maos do Fábio passar pela minhas costas e massageando com muito cuidado, enquanto ele o fazia, ele dava pequenas apertadas me deixando mais relaxada e fazendo com que minha dor passasse. Sá que comecei a me arrepiar, pois ele passava a ponta dos dedos em minha pele, e quando me dei conta a minha calcinha estava ficando molhada, e a peça era clara, se ele olhasse perceberia, mas achei que ele nao falaria nada,caso isso acontecesse.



As maos dele estavam passando um pouco acima da minha bunda, e eu estava realmente ficando excitada e dei um pequeno gemido, que eu so percebi depois e ele apertou minha pele mais forte, quando eu soltei um gemido mais alto e ele se alterou

- Cu, nao geme pelo amor de Deus

Eu sabia que ele estava excitado, sem uma boa foda ha muitas semanas, e ele estava com uma mulher semi nua a sua frente, a sua disposição e que ja tinha feito ele gozar.

Eu então comecei a gemer de forma sensual e comecei a esfregar minha bucetinha na cama, ele ficou olhando aquilo de olhos abertos, e nem piscava, sem acreditar no que estava acontecendo e começou a abaixar a minha calcinha enquanto passava a mao nela bem lentamente, a cada gemido mais alto e sensual ele apertava minha bundinha fortemente e me deixava louca, ele separou as minhas pernas e passou o dedo indicador na minha buceta ate chegar no meu cuzinho. A essa altura eu ja estava com a metade do corpo levantado, com os olhos fechados, e com a cabeça jogada pra tras, gemendo que nem uma putinha.



Eu deixei uma perna bem aberta enquanto a outra eu dobrei e deixei minha bucetinha bem exposto pra ele, senti aquela lingua quente passando por ela, e ele viu que eu estava excitada com aquela situação, ele riu e me deu um tapa na bunda, me fazendo gemer mais alto.

- voce gosta dessa situação nao é? Vadia

Fabio puxou as minhas pernas em direção ao seu rosto e começou a sugar minha bucetinha, enfiando a lingua bem no fundo e rodando ela la dentro, eu gemia tanto e pedia por mais, estava totalmente entregue a ele, eu ficava rebolando em cima da cama, me esfregando no rosto dele, e gritando quando ele dava chupadinhas no meu clitores, nem meu ex me chupava daquele jeito. O meu cunhado enfiava o dedo na entradinha da minha xana e ficava esfregando ali sem enfiar, e eu ficava louca querendo que ele empurasse mais

- nao me tortura cu

- Eu torturo porque eu quero te ver implorar pra eu tirar seu cabacinho, sua putinha



Aquilo era musica pros meus ouvidos, eu tava adorando ser chamado de puta e vadia, ate hoje eu imploro pra que me chamem assim e que bata na minha cara. Mas enfim, eu sentia a minha buceta cada vez mais molhada e o fabio sugando ela cada vez mais, eu tava esfregando a minha xana na cara dele, as vezes ele me dava uns tapas na bunda e eu gozei pela primeira vez na boca de alguem. Nossa que sensação maravilhosa que eu senti. Tivemos que nos ajeitar porque o carro da minha irmã ja estava na garagem, ele continuou deitado na cama com o travesseiro em cima do pau, enquanto eu continuei no pc.

Depois desse dia eu perdi minha virgindade com ele, mas essa é outra historia que eu conto na proxima vez.

Para quem quiser escrever a mim o emailé: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pediu pra ver a buçeta da aniginhacontos de putaria casal com garçom doutadonegao lingerie conto eroticoIncesto com meu irmao casado eu confessotrai meu marido e ele ainda me chupou contoconto banho com a namorada na academiaas novinha gostosinha dando a b******** sendo engravidado tomando vinhocontos eróticos de professoras gostosas transando muito gostosoele me seduzio e quebrou meu cabaço historeas reaisconto erotico arrombei o travesti do baile funkconto da sogra da buceta grande e putacontos mulher e marido duas vadias para um.machoencoxadas nos blocos do carnaval contoscontos eróticos de experiência bi de ninfetascontos eu marido na prai de nudismohistoria comendo eguacolo do velho. contocontos casada bunda com celulite fotos velhacontos de sexo de ladinho com com a irma dormindo ao ladomarido sortiado a esposa contos eroticosconto estuprando a exhomem colocou sua picA ENORME NA XOTA DA CABRITA ENFIO TUDOcontos de incestoMinha mãe e eu no carro 2contos eroticos gay o pastorbundinha cobiçado conto erótico gaycontos incestos dividindo o filhocontos transex fudendo com entregador de pizzanovinha.da.favela.com.amiga.olhando.homem.tocar.punhetahomens com pau instiganteconto seduzindo meucontos veridicos por garotas teenscontos de loiras c****** trepando com negão estrangeiroconto erotico perdi o cabaço estacionamentocontoesposanuacontos eroticos, venerava meus mamilosminha conhada mi bexandocontos comendo o cu da sogracontos eroticos dei pro meu inquilinomeu compadre tem fantasia herotica cm migo o q devo fazerconto de arrombando o cu do empregadoConfesso bato punheta pra velhoIncesto com meu irmao casado eu confessohistorias de afilhdas trepano com padrinhocontos eróticos passando o pau no cuzinhopoi ve a folha fundedo com o primo dentro de casaContos eróticos a baixinha gostosonafui comer acabei dandocontos eróticos a enfermeira velhacontos eroticos esposinha e o velhaocontos eroticosda secretaria viciou a dar o cu para o patraoconto erotico historia de mulheres casada em fretando pau gradegozando vendo a tia lavando roupacontos porno esposas estuprados submissoscontos eroticos adoro mijar na calcinhaconto putinha do amanteno acampamento enquanto eu dormia contos eróticosconto transando com mulher deficienteagora sou viado dominado pelo machocontos eroticos enfermeirasconto erotico ajudando minha tia no encanamentowww. indiando a rola na gostosa por baixo do vestidocontos eroticos incesto tomei porra do meu cunhadoConto eroticode incesto minha virou sogra da minha irma conto erotico chantageado namorada do meu amigoconto erotico de casada cim tesao em pau grandecontos de coroa com novinhomeu irmão me convenceu contoscontos recentes incestuosas encoxada segredos flagradoscontos eróticos meu padrasto lambia minha buceta como loucocontos eróticos mamãe deu o cu eu vivídeos pornô de avô sentando a netinha de sainha curtinha no colocontos eroticos chatagiada a beber espermasconto erotico de casal fazendo as pazescontos inserto fatos reais gay