Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MULHER DE BEBADO NÃO TEM DONO!

Click to Download this video!

Um dia bebi um pouco demais em um jantar e tive que ser levado para casa por um colega, o cidadão e a minha esposa me levaram para dentro de casa e me colocaram na cama, não demorou muito pra minha esposa começar a falar que ja estava cheia de todas as festas eu beber os dois sentaram-se e começaram a conversar do meu lado, fingi que estava dormindo pra ver oque dava, ela começou a chorar e ele lhe abraçou para conforta-lá, nisso ele sentiu os peitinhos dela e apertou mais ele perguntou se não tinha perigo de eu acordar, ela disse que não que quando eu dormia bebado sá acordava noutro dia. Ele começou a elogia-lá e beijou seu pescoço, ela arrepiou-se e olhou para mim pra ter certeza que eu estava mesmo dormindo então pegou a mão dele e colocou em seu peitinho ele sem cerimonia curvou-se e começou a chupá-lo, não demorou pra ele começar a tirar calça dela, ele falou no ouvido dela "vou encher essa bunda de tapa e essa xotinha de porra" eu sempre dava uns tapinhas nela, mas ela parecia não gostar, ela olhou para ele e disse me come na frente desse corno, ele baixou a calça e deixou amostra uma pica duns 20 cm e falou pra ela "abaixa e chupa sua puta" ela não gosta de chupar mas ele lhe deu um tapinha na cara e fez ela abaixar, ela começou meio receosa mas ele forçou sua boca então ela começou a sussurar e lamber o saco do colega, eu nessa altura já estava com o maior tesão e de pau duro, ele mandou ela passar a lingua na sua pica e depois me beijar ela obedeçeu e me beijou, nisso ele deu um tapa na bunda dela e ela disse pode bater seu filho da puta, ele deu outro tapa e começou a roçar a pica na bucetinha da minha esposa que nessa altura parecia uma cadela no cio, ela disse me come seu puto ele então socou a metade da rola na buceta dela que urrou feito louca, ele mandou ela virar de costa e ficar de quatro na cama ela obedeçeu e eu pudia sentir a respiração dela, ele pincelou novamente a pica na grutinha dela sá que dessa vez enfiou tudo o caralho nela, ela começou a gemer e rebolar e ele dando tapinha na bunda dela oque deixava ela mais louca ainda. Ele começou a tirar e colocar quando ela estava quase gozando ele lhe disse vc tem um cuzinho bem delicioso e hj ele vai ser meu, ela disse que não e ele falou que ela não se mandava, ele pegou um creme que estava em cima da pentiadeira e começou a lambusar a bunda dela e seu cuzinho isso sem tirar a rola da buceta dela, ela começou a gritar que ia gozar e nem tomou conhecimento de mim, nisso ele tirou o pau da buceta dela e começou a colocar no cuzinho dela ela começou a reclamar que estava doente e ele nem tomou conhecimento e disse que sá ia parar na hora que ele gozasse, de repente ela mandou ele enfiar tudo e ele obedeçeu, ela rebolava igual a uma puta e ele gozou umas duas vezes no rabinho dela, ela disse pra ele ir embora pois já estava de madruga, ele saiu e ela foi tomar banho e deitou-se ofegante! Bem de manhã acordei e vi aquela bundinha e me enxi de tesão e comecei a passar a mão ela fingiu que dormia e abriu as pernas, puxei a calcinha pro lado e passei o dedo em sua bucetinha que começou a verter o liquido precioso, enfiei um dedo e ela suspirou então pensei oque é um dedo pra quem tinha acabado de levar 20 cm no rabo, enfiei mais um dedo e ela abriu mais as pernas não guentei e falei agora vc vai ser minha putinha, ela não conseguiu disfarçar e disse haham, soquei tres dedos na buceta dela e comecei um vai e vem, senti que a cadela estava pronto pra gozar e tirei o pau pra fora e começei a tocar uma punheta bem perto da buceta dela, quando ia gozar encostei no cuzinho dela e enxi de porra aquele buraquinho que ainda apresenta vestigio de ter sido fudido, ela disse baixinho"vai meu macho me come", virei ela de costa e soquei no rabo dela de uma vez sá ela urrou pois minha rola tem apenas uns 19 cm más é grossa pra caralho, ela olhou pra tras e disse quero que vc goze mas desta vez na minha cara, atendi o pedido dela e quando ia gozar virei ela de frente e gozei na cara dela, ela se saiu como uma verdadeira puta e lambeu todo o meu pau, depois dormimos abraçados, ela pensa até hj que eu não vi ela sendo putinha de nosso colega, depois disso como ela de todos os jeitos e ela disse que não me troca por homem nem um, é sá eu não beber.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos cara comeu minha mulher devaga pra mim nao ver contosbaba com menino contos eroticosgaroto.burrinha.zoofilia.contocontos eroticos cheiro de calcinhacomo comecei a ser enrabada pelo meu cachorrocontosmimha filha ainda nem cesceu peito mas ja faz boquete contosconto erotico castigando o cuhttp://transei com o meu pastor gay contos eroticoscontos de lesbicas incestuisasconto guey jogador chupa adversário no vestiárioconto comeu meu cu gostosopadrasto autoritario contos esroticos porno llvizinho tezudocontos eróticos abusada virgemcontos eróticos mulher gostosa fazendo um gangbang com molecadacontos flagrei minha irmã e seu filhoreais conto de incesto mamae mi deu pro pai e irmao mi comercontos eróticos tio tarado me botou no colocontos eróticos me fode caralho vaiBuceta cabeluda em contosContos erotico marido bracinho corno de negaoconto erotico marido perdeuMinha esposa me fez uma surpresa contocontos eroticos meu enteado se vestiu de mulher pra mimtransando a sobrinha em pleno sono profundocontoseroticos cavermaver gostosona sexo entre parêntesesconto trepei filinha amiguinha 11aninhosconto erotico gay o marido da minha irmamenina santinha contocontos eróticos seduziram a minha mulher na boateo emprego q mudou minha vida casa dos contosgarota pauzeramamae me deu seu cuzinhocontos eroticos violadaminha filha pequena curiosa contos erotucosfoi da aboceta vije e a rombomeu vizinho da policia me fode sem meu corno saber contoEu contei para o meu marido que dei o cuinfancia contos de encestoamiga da buceta e bunda grandes contos eroticoscontos tava de vestido i fui comidaconto erotico me comeram sem piedadecontos eróticos gays metrocontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandohistorias eroticas com saúnas masculinasConto gostoso picante paicontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos meu filho e o pai na cama dupla penetracaocontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissocontos eroticos de vadiasmulher passa muita margarina no proprio cuContos lambendo cu cagadocontos casa de praia com dois garotoscontos eroticos cdzinha virei menina pra agradar meu donoconto comi minha madrinha madrinha idosaconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arromboucontos eroticos incesto a neném do papaicontos eroticos meu sobrinho vei morar e casa do interior pra fazer facudadeConto mete tudo papaiadolecente perdendo a virgindade em aposta conto erotico gaycomtoscasadas dotadao .comlésbicas castigando o rabo da parceriaconto erotico acampando com cunhada e tiaContos me bateu e comeu minhacontos eroticos ninfeta al climaxcontos de coroa com novinhocontos eroticos estuprada no matagau traisaoContos pornos-mamae deu um selinho no meu paucoloco sobrinha no colo contoIniciada pelo minha mae Conto eroticoconto gay fui feliz em salvadormulher rebolando de costa para o espelho de fio dentalcontos primeira vwr duplapenetraçãoContos cm o vizinholiga contos de loirinhahestoria erotica o grandi fatasia do meu marido e c cornocontos eroticos maes de amigosContos mim comendo no matoContos de casadas e lesbiscaspapai encheu minha boca de porra