Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NA RUA DE SAINHA, A PUTINHA DO NEGÃO

Click to this video!





Noite desejante. Os sonhos me buscavam e eu me encontrava louco-louca. Fogosa em minha minissaia rodada minúscula, tímida reveladora de um rabiho curioso. As cervejas fermentavam a vontade de ser menina nos braços de um macho qualquer. A blusinha rosa quasemulher.

Fui saindo do casulo... Quintal, calçada, rua...liberdade! A madrugada me presenteou com um olhar assustado-admirado-desejoso... Um negro jovem jovial se aproxima e eu, exibida, arrebito a bundinha, olho provocante. Safada sabe o que quer. Medinho. Entro no quintal e o observo parar, admirar um pouco mais e me chamar. Eu vou: "Oi gatinha"-diz ele. Me sinto o máximo:"Oi". Sua mão apalpa o volumoso do shorts. A noite quente: "Podemos conversar?". Um carro passa e me observa quase a parar. Me sinto uma cadelinha (adoro!) no cio: "Claro, entre"-respondo.

A garagem testemunha . Me ajoelho e ganho mamá. Mamadeira gigante, gemidos excitantes do meu negão. Cheiro de pau! Lambo as bolas bolete, a base, a haste, o beijo-boquete. Fogo! Minhas duas mãos não abarcam a superfície do tarugo imenso. Imensidão de delírios adiados. Acúmulo de putice na puta que agora estou. Camisinha, quase desnecessário lubrificar . Meu cuzinho chora, pidão. E ganha o garanhão. Rasgando, apagando o que resta do macho, manchando de rosa um destino que brilha feliz. Rebolando na pica picante, se acabando na rola gigante. Boladas em baixo. A púbis batendo, eu derretendo. Ele gemendo chamando:"Gostosa!". E eu, me achando:"Tesão!". A voz feminina- menininha meretriz, mereço. O que quer um cara que põe sainha e sai na noite? Adivinha? Tudo que eu quero e quiz ganhei. A primeira vez.

De frente sentei e beijei seus lábios. Ele apalpava, acariciava minhas costas com suas grandes mãos, pegava minha bundinha que subia e descia engolindo o mastro...Aiiii...Quase me esqueci do meu pintinho-o grelinho minúsculo de vadia. O gozo. A inédita tantas vezes repetida histária. Outro homem finalmente dentro de mim.

Nada mal. Nada mais. Sá o bem, o bom desejo nunca antinatural. A natureza me fez imaginosa e criativa. Os sonhos são reais. Em sonho sou menina e na real agora também, pois não podia ser diferente ali, ajoelhada, ganhando jatos de leite-moça na face-fácil. O rabinho arregaçado, quente ardente. Realizada.

Por fim beijo de tchau, o até mais no portão. Outras vezes, outras viagens. Eu - a namoradinha sapeca do negão.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos mamae me da o cu sem dodesvirginando sobrinhamulher pelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirocontos eroticos primeira vez siririca com 07 anos sozinhaMas que dor horrível conto pornovídeo de mulher conto dar o cu ele micha de dorurso velho peludo gay contoscontos eróticos de mãe e filho, mãe com shortinho atolado no seu bundaocavalogozou forte na boceta da safadaconto erotico incesto sonifero filhadirigindo sem calcinha contoscontos eróticos fudendo uma buceta gostosaComtos casadas fodidas pelo filho e o sobrinhohistorias de meninas q foram estupradas e gostaramcontos eróticos de velhas crentes donas de casaFui com um coroa pra sua lancha ele me fudeu conto eroticocontos erotico gay negro dando pra brancocontos sexo esposa e maeSobrinhas do prazer contoscontos eróticosprimosContos eróticos jogo de seduçãoputa entra em desepero ao gozar esegerada menteesposa raspada contosgay de rio preto de calcinhacontos eroticos perdendo avirgindade encesto compadremulher do gelou grande fudedosou casada e dei pro meu irmao contoContos punheta duplaConto gay sendo a femea do titiomolestando a amiguinha no meu colo pornochupei a bucetinha carnuda dela contoscontos eroticos comendo noraContos pornos-mamae deu um selinho no meu pauxvidio gay coroa 82contoseroticos homemque gosta de cuspe,sebo de pau e mijoconto erotico de sera que meu marido não desconfia que chego com a buceta cheia de porra e ele lambe?por causa da zoofilia virei escrava 3 Casa dos Contos Eróticoscontos eroticos de ninfetas amazonenseContos gays me fantasiei de mulher no cine pornoah e. mist traSado no chuveiroconto ela deu e se fudeupivetecontoscontos eróticos com idosas viuvascontos gay cuzinho frouxocontos eroticos negro e patricinhacasada chantageada e submetida aos limites contos eroticoscoroa cadela contosjanaina vem senta na picatirado a vigidade da novinhas no mato ela ..âl lcontos eróticos comendo abuceta da patroaChupei Contosdei o cu na fazenda contoscontos eroticos de gay grudados com cachorros gigantes e o que ekes passam no cu para ficarem grudadosxoxotao capusaoconto erotico ficando com um doente mentalgayzinho passou rebolando na minha frente contoaproveitaram meu cu comeram fuderamconto gayContos gravidas incesto biFetiche pelos pezinhos da minha amadaver contos de lesbicascomvidando e comendo amiga de sua mãecontos irmãzinhaeu corno de putaconto comi o cu da minhamaebudendo.cadela.no.ciu.vira.lataTennis zelenogradComo ter pernas grossas e quadril largo em 1 mêshetero goza dentro ainda da im tapa contos gay com homens grandes e peludos terminadasconto comi uma buceta muito apertada que doeu meu pauConto erotico cuidando de minha enteada1conto eroticoeu pai me estuprou gayconto erotico comviadinhocontos de corno esposa com dois e comendo cu do esposoconto sexo de madrasta fazendo fio terra no entiado