Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PASSOU O RODO NA RODOVIÁRIA

Click to Download this video!

Naquela sexta – feira, apás sair da faculdade com meu amigo, Leo (aquele que fez eu gemer gostoso com aquele pau enorme enterrado em mim no banheiro da faculdade) fomos para o terminal rodoviário, já cheguei lá excitado, no metro fui roçando meu pau em um cara que estava na minha frente, e chengado lá apás comprar minha passagem para o ultimo horário decidi fazer companhia ao Leo, pois o ônibus dele era as 23:48h, e derrepente chegou um viadinho sem escrúpulos, em primeiro momento eu e Leo rimos dele, mas percebi que ele havia comprado passagem para Paraty, o mesmo destino que eu, e por estarmos olhado e rindo na sala de espera não deu outra, ele sentou ao meu lado, deu o horário do Leo e ele passou a ser meu companheiro de papo, pois nosso ônibus sá ia sair as 0:13h, falamos sobre varias coisas, origami, matemática, e historia.

Chegando o horário da partida me dirigi para o embarque e entrei no ônibus, pra minha surpresa a poltrona dele era ao lado da minha, e ambas lá atrás, no final do veiculo.

Peguei no sono assim que saímos do terminal, e foi ai que começou tudo começou, acordei logo depois com aquele viadinho já com a calça aberta no meio das coxas oferecendo aquele rabo para mim, vendo a cena coloquei minha rola pra fora e mandei ele mamar, e foi o que aquele viadinho fez, começou a me mamar como se fosse a primeira vez na vida dele, ficou de 4 na poltrona me mamando e enquanto isso comecei a enfiar meu dedo naquele cuzinho quente e macio, sedento por minha rola, sentindo meu dedo ele começou a rebolar e o boquete ficava melhor ainda, a cada pressão que eu colocava no dedo ele engolia melhor meu pauzão, a cada mamada ele implorava mais e mais por minha rola latejando dentro daquele cuzinho, mas não, eu naquele primeiro momento queria mesmo é ser mamado, e quanto mais ele pedia e implorava por rola, por meu caralho cabeçudo e babão eu colocava mais o dedo, até que coloquei os 5 dedos e delatei aquele rabão, quando senti ele bem largão resolvi cair de boca naquele cuzinho arrombado e quente, nessa hora ele sentou com o rabão na minha cara, e enquanto isso ele continuava a mamar minha pica, já quase explodindo de tanto leite, aos poucos ele foi tirando o cuzinho do meu rosto e descendo quando vi já tinha engolido todo o meu pau, nossa... que prazer inarrável aquele cuzinho quente aos poucos voltando a ser apertado agasalhando meu pau e eu socando gostoso, sá minhas bolas estavam de fora, no balanço do onibus minha rola enterrava ainda mais, soquei muito naquele cúzão, minha rola latejou demais e ele adorava sentir ela latejndo, pedia mais e mais e foi o que fiz, para “incrementar” mais ainda aquela foda deliciosa, pedi que ele ficasse de 4 na beira da poltrona e eu em pé no corredor coloquei meu dedo novamente, mas dessa vez minha rola que é grossona e cabeçuda já estava lá dentro, eu e o viadinho foi ao delírio e eu quase gozando tirei a pica de dentro daquele cuzinho inesquecível, mandei que ele ficasse deitado na poltrona e voltei ao começo, ele com aquela cara sedenta por foda me mamando e dexei todo o meu leite quente e espesso naquela boquinha gulosa e sedenta por minha porra, eu gozando e ele mamando, foi átimo, me mamou até engolir a ultima gota do meu leite, já chegado ao nosso destino e felizmente gozei maravilhosamente bem, foi uma foda inesquecível como falei, limpei meu pau e mão no casado dele e sai com o saco vazio daquele ônibus e ele com o cuzão arrombado depois de ser fistado e levar uma rola tão generosa como a minha.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eu e mais dois metemos na sogra eróticos ah ah aaaah chupa a minha bucetinha vai ah deliciaconto tia pelada em casaso contos de gay sendo aronbado por varios homens um apos o outro aronbando o cúcontos eroticos dono de mercearia comendo a casadacontos eroticos duas novinhas na prasa de shortinhocontos eroticos comi o cuzinho da minha colega de trabalho no estoque realcontos eróticos gay meu meio irmãocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosporno grades com minha prima de ragerichupando coroa empinadinha boa de f***Finquei o pau no cu da manacontos de cú de madrinhaeu professora conto lesbicase bater uma punheta em cima de uma bucetinha pode emcravidaengravidei minha vizinha casada se chama marcha nos contos eróticoscontos porno sou puta dos meus cachorrosconto erotico iatecontos eroticos com roberta putinhaconto erotico chupando pau desde cedocontos eroticos gay vestido rosacontos dei para meu cunhadinho novinhoconto erotico chantageada pelo deficientecontoseroticos homemque gosta de cuspe,sebo de pau e mijoconto erotico comi a professora do meu filhoconto minha esposa com seu primomulher passa muita margarina no proprio cubosque conto heterogarotinhos bem noviinhos cone!ando a bater punhetacontos eróticos os amigos do meu namorado queriam me comercontos de coroa com novinhomulherdechortinhocurto[email protected]contos menage inesperadofilha medico podolatria contos eroticoscontos eroticos escravizada e usada por um tarado IVconto eróticos do sobrinho do meu maridocontos eroticos minha mae me seduziu com sua bundonaconto erótico comendo a minha melhor amiga bêbadacontos enrabado na saunainiciacao putaria bi conto eroticocontos eróticos passeando com a cunhadaconto gay mamando pastor roludocontos coroa tetuda baixinha na feiraSou gay e tranzei com um travest contos eroticominha irmam vendo meu penis enduresendo pornocontos eróticos gay eu e mais um amigo brincamos com novinhocontos eroticos eu minha esposa rabuda e meu tio na praia de nudismocoroa de vestidinho sem calcinha abrindo as pernas para enteado podercomeu uma gordinha no onibus em viagem contos eroticoscontos eróticos de pai e filhagritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabacoContos eróticos chupei muito e fiquei louco pela bucetinha da sobrinha novinha novinha da minha esposacontoeroticos namorada doidaContos cm o vizinhoconto comeram minha mulher bebadaContos eróticos Gay, Dei o cu pro vizinho no terreno baldioCanto erotico do travesti com menino10contos eroticos a namorada arrependidacontos eróticos de mulheres novas casadas e p****conto porno descrobri q minha mulher tinha.umcontos eróticospagando minha primeira dívidao ocu e bucetacontos vi minha mulher me ligou me chamando de cornocontos eroticos mae filho filhacontos eroticos comendoa crente no trabalhoconto de casada com preso que fazer por uma pirocachortinho q deixa as magrasgostosasPirocada sexo gay velhos tara contos veridicoscontos eroticos com coroa mulher d meu amigocontos eroticos no colo do titioesposinha submissa apanhando na bundaRespira fundo e relaxa que vai entrar no seu cuconto gay sexo levando tapa do machovideos para deixar o namoradoexitadoconto erotico filha mamae me ensinou a ser putinha parte 2Conto eroticos zoofilia gays meu cao me traçou no meu quintaComi cu clara