Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LOIRA CASADA + ROUPA SEXY = MARIDO CORNO

Click to Download this video!

(CONTO REAL)

Ela se chama Marcela Loira (29) e eu Julio (32)

Tudo se iniciou quando vimos em uma revista que o Swing esquentava os relacionamentos

ela ficou toda animada e eu n?posso negar que tambem fiquei, um belo dia ela chegou com uma roupinha apertada e sexy, uma sainha curta e justa e uma blusinha daquelas que modelam o corpo, ela me perguntou se eu deixaria ela ir a um clube de swing vestida daquela maneira, falei logico entrando na brincadeira, ela ent?falou que tal a gente ligar e ir em uma hoje a noite,



pensei pensei e falei que sim so para ver o que ela dizia e a safadinha j?inha ate o telefone, ent?liguei e perguntei como funcionava e o endere?e acabamos indo, ela me dizia que era so para olhar e nada mais, eu tambem achava isso.



chegando l?icamos em um canto bebendo uma cerveja e ela se abrindo toda, e me perguntando o que eu faria se um macho fosse para cima dela e tal,



ela fazia questao de mostrar a pontinha da calcinha tinha uns 4 caras olhando para ela como loucos, e falando bem a verdade aquilo foi me deixando maluco ate que uma hora ela me perguntou de novo se eu deixaria ela sair com outro eu falei que sim mas eu teria de ver tudo, ela ficou meio que achando que era piada mas eu falei pode ir mesmo,

elA sorriu e falou que iria dancar no meio da pista de danca eu falei que tudo bem mas nao era para sair da minha vista.



e n??ue a safadinha foi mesmo.



ficou dan?do dan?do n?deu um minuto tinham dois caras em cima dela conversando, eu lembro ate hoje, um era um neg?destes fortoes e o outro era um cara normal moreno mas fisico normal,



ela sorria sorria e so provocava ent?o cara menor foi no ouvido dela e falou algo, ela somente olhou para mim e fez uma carinha de duvida, eu fiz com a cabeca que sim e sorri e fiz com a m?VAI,



ela falou algo para o cara que ja pegou no bracinho dela e foi levando ela pelo meio do povo dancando e o fortao foi atras, cheguei a perder eles de vista. levantei e fui andando procurando ate que achei os 3 em um sofa no maior ama?a sainha ja estava quASE que na barriguinha, um beijava ela e o outro passava a m?pelo corpinho dela.



fiquei louco naquele momento sabia que seria corno em quest?de minutos.



sentei proximo e fiquei so olhando, n?deu muito tempo j?stavam cercados por curiosos.



ela estava pegando fogo um dos caras ja estava tirando o pau para fora como louco, ela ja foi pegando e masturbando ele, enquanto isso o outro levantava a blusinha e afastava o Sutien mostrando o belo seio rosadinho dela.



estava ficando doido so de ver tudo aquilo.



nisso o fort?tirou a calca e ficou ali todo armado para o ataque, falando para ela vir por cima, o cara era bem dotado n?posso negar, neste tempo ela so afastou a calcinha branca para o lado e ja foi esfregando a bucetinha no pau do cara que ficou doido com aquilo o outro ficou bolinando os peitos dela. ate que o cara colocou as duas m? na cintura dela e foi for?do ela para baixo, ela ate que tentou segurar mas foi tudo de uma vez s?trando e ela apenas deu um gemido alto que fez todo mundo olhar.



entrou tudo na bucetinha dela arrombando.



fiquei mais doido ainda, olhando tudo aquilo uns 4 caras em volta se masturbando vendo tudo aquilo ela ali sendo devorada por um e lambida por outro,

parecia ate um sonho louco. o cara forcava ela para cima e para baixo ela loira e branquinha fazia contraste na pele escura do cara, com o rabinho empinado, gemendo rebolando no pau do cara que dava palmadas na bundinha dela.



neste ponto o outro cara que ja estava pelado tambem, se levantou no sofa e colocou o pau dele esfregando no rosto dela que logo abriu e ja abocanhou tudo.

chupando como se uma bezerrinha faminta querendo leitinho, mas o cara nao queria gozar na boca dela. ele queria mesmo e diversao mais profundas.



o cara foi ate o ouvido dela e falou algo e deu um risada, nao entedi o que ele falou so vi que os dois se beijaram e ele saiu de cima do sofa, dai que vi que ele estava indo para tras dela e foi se esfregando no rabinho dela, nao podia ser, ela sempre falava que anal era algo ruim.

mas nem deu tempo de pensar o grandao abracou ela e ficou beijando enquanto o outro ia enfiando a cabecinha no cuzinho dela, ela gemia alto e rebolava lentamente, e foi entrando entrando, tudo ficou mais lento, o cara socou tudo no cuzinho dela, ela olhou para mim com uma cara misturada de choro e prazer, isso me deixou ainda mais louco com aquilo, entao eles foram se movendo lentamente e crescendo o ritmo conforme ela gemia e se torcia,

o cara que comia o cuzinho dela segurou ela pelo cabelo e socava forte o que estava na bucetinha se movia lentamente mas aproveitava o movimento do corpo dela para devorar ela.



ela ja devia ter gozado umas 3 vezes e os caras nao paravam de meter nela, nisso o cara que comia o cuzinho dela tirou o pau rapidamente e gozou nas costas dela lambuzando ela toda, nao deu um minuto o cara falou que ia gozar ela saiu de cima dele e ele ja colocou o pau para ela chupar, foram duas lambidas e o rostinho dela ficou cheio de porra. um bando de gente gritava todos excitados com aquilo, o negao tirou a calcinha branca de renda dela e falou que era o premio dele por ter devorado uma gostosa e saiu para o banheiro para se limpar. o outro cara ja estava longe, entao ela se levantou alguns caras foram passar a mao nela mas ela estava cansada e lambuzada e falou nao para eles, colocou a sainha agora sem calcinha no lugar arrumou o sutien e a blusinha. que estavam todos sujos de porra.



falou para eu esperar ela ir se limpar eu falei nada disso vai voltar para casa assim. nisso ja eram umas 2;30 da madrugada.

entramos no carro e fomos em direcao a casa mas queria provocar ela um pouco mais, paramos em um posto de gasolina e fiz questao dela ir buscar algo para a gente beber, 2 frentistas ficaram todos vermelhos mas nao falaram nada. ela voltou e fomos ela ficou toda exibida,



chegando em casa resolvemos criar este uSUario no Desiree, a foto que tem ela de calcinha e sutien branco sao os que ela estava usando no dia.



(O QUE E REAL)

os dois caras sao reais mas na versao verdadeira cabamos indo para um motel e eu participei da brincadeira tambem,

o cara realmente pegou a calcinha dela como premio, um Abraco para nossos amigos (Ricazeus) e (MarcosCop) que foram os que nos ajudaram a iniciar tudo isso.



O Rica sempre pega as calcinhas dela para lembrar os dias que ja saimos.



Se gostaram mandem Mensagens falando o que acharam.

se forem boas respostas iremos postar nossa aventura na praia.





Logo tem mais

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Casada viajando contoscontos eróticos de mulher encarando um pau gigante e não aguentabuceta esticada aberta gozandocontos de sexo fisting objetosPorno mobile boqueternowww.finhinhas.porneu subi no ônibus foi encoxada' no ônibusvideos e contos sexuais de casais esposas timidas primeira transa com estranhoscontos de casais e amigoconto fui encoxado pelo meu amigo gaypodolatria com a minha amiga contos eroticosconto de botei a minha irmã bem novinha pra chora com a pica grande no cu virgeTennis zelenogradconto erotico minha mulher no club com negrocontos eróticos fio dental debaixo do ternoNoiva dei meu cu ni churrasco da empresa meu marido tava la contosTudo q uma puta deve fazer na camaPuta burra contos eroticoscontos de menininhas sentando no colo de homensfala mulher pelada bonita gostosa peituda o capoeiristafui iniciado conto realconto érotico noiva chora pau genrocontos de incestos posando na sogracontos eroticos amigo do meu paiconto erotico meu marido bebeuleke comendo a casada contoconto erotico a patroa e fachineiroamanda meu marido.é corno mesmo contosContos eroticos fui comido na locadora d videos pela travesti pauzudahistorias olha bunda grande da titia coroa safada passa maoeu comi mimha empregada rru confessoconto erotico-engravidei do meu genrocontos de cú de madrinhaConto porno gay meu padrasto me ensinou a ser mulhercontos dormi de fio dental e me ferreiConto erotico viuva carenteconto tia velha safadacontos eroticos era enormeContos eroticos sou madura vadia e filhozoofili negao magro com umaacontos eróticos meu cunhado enterrou até os ovosSou casada mas bebi porro de outra cara contossogra humilha genro contos eroticoscontos eroticos fudendo a mae travestiCorno ama namorada use chortinho de lycra marcando buceta contosvesti as roupa feminina e dei meu rabinhover gostosona sexo entre parêntesescontos eroticos traindo marido na Sala ao ladoContos de zofilia cachorros e mulheres gozando gostoso conto erótico cachorro inundada mulher com porra ? Comi cu clarameu primeiro swingcontos fidi minha cunhadinha de onze anoscontos de cú de irmà da igrejaconto ajudou cornoconto erotico viadinho brincando vestiu calcinha e shortinhopelinhocontosmulher e homem dançando bem agarradinho e funk sensualhttp://googleweblight.com/i?u=http://tennis-zelenograd.ru/conto_27758_tudo-comecou-no-colo-pra-me-ter-no-colo-do-p....html&grqid=FXxSLOdv&s=1&hl=pt-BRcontos eroticos de menininhasconto erotico na orgia com sogrocomparando pinto amigo conto erótico gaycontos eroticos com menino bundudo e o negao do pau grossoFudeer minha avocontos eroticos meu filhinho ja e afeminado e bundudoPega minha xerequinha tio contos eroticosviagei com minha sogra pra praia ela me deu ate o rabo contosconto erotico trepei na minha tiaDeu o cu sem querer querendo contoconto erotico gay: meu amigo japa dotado rasgou meu cucontos eróticos falando de orgia em faculdade de juazeiro do Norte e safadinha é bonitinha ela chegava lá que é grau grau grauconto erotico iatecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos minha mae e meu irmao contos ela punhetava todosrelato erotico meu filho gosa nas calcinha minhascontos eróticos menininha