Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESPOSA E O GARÇOM DO MOTEL

Click to Download this video!



Somos um casal com 50 anos ambos e 19 de casados. Sou branco 1,77m e ela morena clara 1,55m, coxuda e com um abunda deliciosa. As vendoras de roupas sempre elogiam o seu corpo e admiram pela idade. Suas roupas nunca precisam de ajustes. Ela adora esses momentos. Temos muito tesão um no outro e uma vida sexual bastante ativa. Há poucos anos começamos, por minha iniciativa, a apimentar nossa relação fantasiando outro homem junto a nás. A idéia de vê-la espetada ou mamando outra rola me enche de tesão. Fui conseguindo que ela me contasse, por exemplo, como havia perdido o cabacinho. Fui fazendo igual como ela descrevia e gozamos loucamente. Outra vez, contou-me como deu o cuzinho pela primeira. Estava de vestidinho no cinema, já tinho ido ao banheiro e tirado a calcinha e chupado muito o namorado durante o filme. Saíram do cinema e foram namorar num jardim, onde num banco, atrás de uma árvore, ela jogou o vestido sobre o colo dele e segurou a rola direcionando no cu até o talo.

Sempre compro ligerie pra ela, ou vestidinhos muitos curtos pra usar dentro de casa. Num dia quente e com muito tesão chamei-a pra irmos a um motel e que ela já saísse de casa com a microsaia. Mal cobria a testa da bucetinha numa calcinha branca bem enfiada nos lábios. Com vergonha, ela olhou se não passava ninguém na rua e correu pra garagem entrando no carro. No caminho fui alisando aquelas coxas e ela pegando no meu pau latejando. Rapidamente, entrei num posto de gasolina (não precisava) e ela assustou-se; - “Onde você vai?...

Parei junto a bomba, abri o vidro até embaixo, e sem botar a cabeça pra fora, pedi dez reais de gasolina. O frentista quase botou a cabeça dentro do carro pra pegar a chaves e a comeu com os olhos. Ela tentava tapar a xotinha com as mãos, mas eu pedi pra relaxar beijando deliciosamente. Falei que ia comprar balas e que ela pedisse a ele pra lavar o vidro e pagasse. Deixei a porta escancarada. De longe via ele lavando o vidro sem nenhuma pressa de olho dentro do carro. Quando passei por ele percebi que estava de pau duro no macacão. Dei-lhe um novo beijo puxando pra cima de mim o que deixou sua bunda toda exposta pra ele. No caminho ela comentou o tamanho e a dureza do cacete dele. Fui me mamando até p motel. Metemos e gozamos deliciosamente ainda na garagem.

Depois de uma boa ducha ela deitou-se na cama de lado. Aquela posição em que uma coxa fica sobre a outra, a debaixo esticada e a de cima levemente dobrada. A visão de suas coxas e sua bundinha era maravilhosa. Elogiei e ela falou: - Que nada! Estou ficando velha. Pra provocar eu sugeri: - Vou chamar o garçom pra opinar. Cobre o rosto com o travesseiro. Ela cobriu e duvidou que eu o fizesse. Pedi uma cerveja pelo telefone, peguei uma nota de vinte reias e prendi na toalha que me envolvia. A campanhia tocou e fui atender. O garçom era um moreno de mais ou menos uns 1,70m de altura, uns 30 anos, bem apresentado. Botou a cerveja sobre a mesinha e aí ataquei com o coração acelerado, pegando a nota de vinte e colocando n o seu bolso: - Amigo, ta afim de uma brincadeira sadia com a gente? Vivo dizendo pra esta mulher que ela é muito gostosa e ela acha que não. Me dê sua opinião (falei isso puxando-o pra dentro do quarto). Chegando junto a lateral da cama ele, meio que sem graça disse: - Muito boa ela, parece gostosa. Então eu falei: - Passa a mão e veja que pele sedosa. Ele não se fez de rogado e começou a alisa-la elogiando suas coxa, chamando de muito gostosa. Ele ria baixinho. O cara já estava com o pau duríssimo (e diga-se de passagem “que pau!!!) e o meu também. Fiz sinais e gestos labiais para que ele tirasse o pau pra fora e ele o fez soltando uma enorme pica, quase duas da minha.alisava as coxa e abunda, dedilha-se a xota já com um joelho na cama e batendo uma punheta.

Eu disse então que chegava e que minha esposa esticasse a mão pra se despedi do rapaz. Ela assim o fez quando eu peguei na pica dele e puxei de encontro à sua mão. Ela deu um gritinho safado dizendo: - Nãaooo!!!, rindo muito. Pegou de novo na pica dele e punhetou.

Pedi então a ele que retribuísse a ela e deitasse na cama de barriga pra cima e cobrisse o rosto com o lençol. Ele assim o fez ficando com aquela baita estaca apontando pro teto. Ela levantou-se meio assustada e rindo pra mim, ajoelhada na cama foi até práximo do garçom, olhava pra pica e olhava pra mim. Pegou no pau e começou a punhetar. Perguntei se estava gostando e ela respondeu: - Hum hum!!! É grandona, gostosa de pegar. Perguntei se queria chupar ela perguntou: - Pode? Consenti e sugeri que ela montasse nele num 69. Ela pulou em cima e caiu de boca no pinto do cara mamando gulosamente. Ela é craque nisso. O garçom descobriu o rosto e vendo aquela xoxota linda junto ao rosto meteu a língua. Ela gemeu gostoso e eu me punhetando. De repente ela deu um pulo, correu pro banheiro e disse: - Chega!!!!. Agradeci, puxei–o delicadamente pela rola até a ante-sala e pedi o telefone seu telefone pra uma práxima brincadeira. Na ante-sala dei uma mamada no pau dele (nunca tinha feito isso) e adorei.

Voltei pro quarto, beijei-a muito, ela dizendo que ainda estava com gosto da pica dele na boca e eu dizendo que tava delicioso. Coloquei-a de 4 na cama e comi seu cuzinho dizendo que da práxima vez ela ia ter de dar para ele. Ela disse que estava louca pra experimentar e gozamos alucinadamente.

Quando acontecer conto pra vcs como foi.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos joguinhos com mamae 6 conto gay sai da urgia acabadacavalogozou forte na boceta da safadaPiroca de 25cm - conto eroticoconto minha estagiáriacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos porno os amigos de papai fuderam mamaefreira sedutora conto eroticocontos eroticos era virgemcontos eróticos a força na frente do.meucontos eroticos- meu namorado tirou minha virgindade no meio do matoContos de pai me banha e enxuga a xoxotavesti as roupa feminina e dei meu rabinhoFoderam gente contos tennsPorno orgias lesbicas incestuosas iniciando as bem novinhas contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaAdoro usar shortinho feminino e calcinha fio dental afeminado contosconto erótico gay tio me estuprou contos erotico a 1 de una solterona com um menino de 15contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos gay cunhado dotado negro bebadocontos eroticos de enteadascontos eroticos de oncesto de sogra com derrocontos comendo a mae e a avóconto erotico.de novinha gosando com o paiIniciando uma virgem contos eroticoscontos eroticos primeira vez que dei o cucontos comi o cu do meu marido com o desodoranteContos de pai me banha e enxuga a xoxotacontos eroticos. gay. meu sobrinho pequeno xorou em meu pauzaoContos erotico amei a fantasia de meu marido mim fode com a pica dele e um penes de borachanoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos minha esposa me ligou pedindo roupa limpa porque a dela estava toda gozadaporn contos eroticos casada se prostituindo para ajudar em casaminha tiade fio dental exibidaainda novinha chutavam meus peitinhostracei a minha patroa coroaonto de encesto fui pega minha filinha no pre"cabelo na perereca"contos de coroa com novinhoconto erotico: meu desejoconto erótico: festa da mamÃeMeu namorado virou corno contos teenCasada viajando contostaboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contossubrinho ve tia fazendo sexo araz da portacontos fui tratada como puta e adoreiconto gay gozei na janelarasguei a bucetinha da minha filha de sete anoscontos euroticos todos dormindo eu me entreguei para o cunhadoMelhor amiga da minha mulher na minha rolapapai comeo meu cusinho virginconto erotico gay com pescdor velhoMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .Contos eróticos Dei para o meu tioconto erótico a namorado com mendigoConto erotico bigodeContos erotico menino novinho arrombado no circoWwwloira casada negro da borracharia na casa dos contosvideos de porno sogro cardando a morameu pai me deu CÃO pastor alemão de presente e....- contos de zoofiliacontos sexo fiquei com bucetA molhada com meu genro na prAiacontos eroticos pai filha e genroConto erotico comida por dois pirocudoconto erótico "comeu meu marido "noiva putinha noivo safado corninho titio caralhudo contospeguei a vizinha de surpresa de calcinha e sutiã contoscontos eroticos Roberta traindoconto erotico viadinho de calcinha dormindo no sitiohistorias eroticas comendo a irmãconto erotico dando desde novaconto érotico noiva chora pau genrocontos erótico minha irmãzinha caçula de shortinho no meu colo