Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODENDO AS MÁQUINAS

Click to this video!



Estava numa festa, com minha mulher, e tomamos o maior porre. Saímos, eu dirigindo e ela ao lado, com um vestidinho preto e curto. Isso foi por volta da três da manhã, e a cidade estava praticamente deserta.

Assim que saí, numa grande avenida, eu, tonto de tesão e de cachaça, meti a mão entre suas pernas, subi até a bucetinha quente, pus a calcinha de lado e comecei a boliná-la. Ela se contraiu para trás, soltou o cinto de segurança e meteu a mão esquerda sobre minha braguilha, sentindo meu pau, que já quase arrebentava das calças.

Ela se desmanchava ao toque de meus dedos e, enquanto delirava na masturbação, abriu desesperadamente minhas calças e caiu de boca no meu pau. Senti aquele morno quente, úmido, aquela boca que me sugava com uma volúpia tremenda.

Ao se abaixar, ela ficou de lado, e deixou a bundinha exposta, com uma calcinha fio-dental, que baixei, voltando a enfiar os dedos em sua buceta sedenta, molhada, doida por uma penetração. Cuspi num dedo e fui enfiando ele no cuzinho dela; ela rebolou, mordeu meu pau levemente, e pegou minha mão. Achei que fosse tirá-la de lá, mas ela a empurrou mais, para que o dedo entrasse por completo, enquanto ela enlouquecia e quase devorava meu cacete.

De repente ela se levantou, olhou para mim com uma baita cara de vadia e disse:

- Pára o carro; pára...

Entrei prum terreno baldio, escuro, um puta lugar perigoso, mas a bebida e o tesão já não deixavam mais a gente pensar.

Deixei carro ligado, com o condicionador de ar acionado, e afastei o banco. Ela arrancou a calcinha e sentou no meu pau, com as costas batendo no volante. Abri suas nádegas e voltei a enfiar o dedo no seu cuzinho. De repente suspendi mais o tronco, para chupar seus peitos, que saltavam, duros, para fora do vestido. Ela afastou as ancas para trás, e a marcha do carro vibrou em sua bundinha. Notei que ela estremeceu. Apertei a embreagem e puxei o câmbio mais para perto, encostado-o em seu cuzinho. Ela delirou, olhou para mim com uma cara de assustada. Acelerei o carro e a vibração aumentou. Sua expressão mudou, virou tesão, derretimento. Empurrei-a para trás, e notei que a ponta da marcha começava a forçar rua roelinha, fazendo-a dilatar. Ela começou a rebolar, a endoidar. Tirei-a um pouco, cuspi na mão e passei o cuspe na marcha, sentando-a novamente. Meu pau já estava fora de sua buceta, e eu me masturbava, assistindo ao espetáculo, me segurando para não gozar. De repente ela falou:

- Acelera; acelera...

Voltei ao ponto-morto, acelerei e pressionei seu corpo contra marcha; ela deu um gemido, a marcha entrou, ela enlouqueceu de tesão. Me afastei, levantei o quadril e meti o pau na boca dela. Ela se derretia a foder com a marcha, se masturbar e me chupar.

Agarrei seus ombros e comecei a empurrá-la para trás, enquanto ela fazia força para frente. No começo doeu, mas logo a marcha entrava e saída de seu cu esfolado, cada vez mais rápido, e de vez em quando ela tinha de parar de me chupar para gemer, de tanto tesão.

Gozamos deliciosamente. Enchi sua boca de porra, ela gritou feito maluca. Saiu da marcha, que estava úmida de saliva e dos líquidos de sua bucetinha que, de tanto tesão, molhou até o câmbio.

Depois disso, transar no carro tornou-se um fetiche para nás, que vivemos outras histárias delirantes dentro da máquina, mas isso fica pra depois.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu bebado quando eu tinha oito anoscontos eróticos bebadamachos arrombador de gay afeminadocontos minha e eu no analcontos eroticos sogracontos de incestos e orgias com minha esposa gravida minha irma nudistassexominhas tiasvendo a cunhada depilando a buceta contosminha bucetinha chego a sangra na rolona do velho contoszoofiliacoroas boascontos ninha cachorra chupou minha bucetacontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigoconto comi tia do meu amigoMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .conto erotico gay magrinho calcinha e coroaeu e a amiga da esposa contocommini vidio porno so rabudas epitudasvidos. anamara. cupanu. bucetacontos eroticos levando dedada do vovopor que quando eu falei pro o meu amigo que eu vou ibora comcamionero ele em cheu ohlo de aguafiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibuscontos me fuderam atraves de chantagenscaregando no colo pornodoidocomendo tieta contos eróticos contos eróticos com fotos de menininhas sentadas no colocontos eroticos gay o pastorpintinho na bunda contoscontos dexei minha mulhe tomando no cu na minha frenteas gostosas passando bronzeador no seu corpinho nadaporrno doido pirenha velha vizinhamamando no titio contos gay inocenteconto erotico paraliticopau duro na frente da tia contosalgemou traindo contos eroticosConto erotico meu tatuador me fudeuminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contospitbol caseiraconto gay meu melhor amigo de 37 anosContos eroticos de mamae qO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticocontos eroticos eu gravida com vontade.di fufercontos de flagra de punheya yahoocontos meu marido ajudou amigo dele me comer buceta de cajaratransei com meu sobrinhocontos 8 aninhoscomi a bocetinha da minha maninha e o conto de encoxei minha irma gostosinhacontos eróticos eu e minha amiga transamos na baladacontos xupo pau desde novinhocontos eroticos minha mulher me castiga apertando minhas bolascomendo e falando sacanageme gozando contosFomos a um churrasco bebemos muito e aí rolou contos eroticoscontos eroticos primeira vez siririca com 07 anos sozinhaa menina e o cachorro de rua contos de zoofiliaO dinha que comi o cu da minhA mae bebAda contos,contos eroticos comendo cu da prima e tia junto com o tiocontos forçada a ser a puta da empresaficar excitada.em onibus lotadocontos de sexo anal bissexual com mulheres gordas comendo marrelatos reais eróticos - saciada em casacontos de mulheres casadas que colocaram o dedinho no rabinho de seus maridos e eles adorarameu corno de putacontos de zoo trinamento de cao para casadascontos bdsm erposas escrava submissa martaporno agiota estouranda a buceta da mulher do devedocontos gay meu paiconto trocando as filhasMeus ex primo viuvo rico sou sua mulher conto eroticocomendo a cunhadinha lindinha contos eróticosSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininocontos minha tara no bundao da mamaeconto minha mulher e um cao d rua fodendoconfesso transando com trêsconto cachorro tirou minha virgindadecontos transei com minha mae gostosa peituda no banhoeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestodeixa eu botar meu pau na sua bandeirinha conto eróticocontos coroas primas do interiorContoseroticosnoivasconto erótico terminando a reforma com esposaConto erótico na casa do tio tarantovelho zinho tarado contosMeu meio irmão do pau de chocolate contoscontos erotico pirocaocontos eroticos dava balas e comia cu do pivetecontos eroticos - perdido na trilha com minha amigajoana meu sogro comeu cuconto erótico greludinha amiga chupa chupa flagratomando banho de rio com titio contos gaya posição cavalgada pode machucar o útero.?'conto erotico no beco escuroincesto furapornocontos sadomasoquista mais uma gorda dominada parte 2