Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MÃE TREPOU NA MINHA FRENTE

Click to Download this video!

Meu nome é Fabricio. Tenho 19 anos.

O nome da minha mãe é Jussara (nomes verdadeiros). Ela é loira falsa, tem 55 anos, 58 quilos. Bunda e seios médios e meio caídos pela idade. Tem rosto bonito para a idade e uma boca deliciosa.

Um dia acabei voltando mais cedo da faculdade. Quando cheguei, minha mãe não queria me deixar entrar em casa. Isso já tinha acontecido antes. Eu tinha que dar uma volta e voltar depois. Mas desta vez fiquei esperando e comecei a gritar:

_MÃÃÃÃEEEE! ABREEE PRAAA MIIIM!!!! MÃÃÃÃÃEEEE! O QUE TU TÁ FAZENDOOOO AÍÍÍÍÍ?

Os vizinhos estavam ouvindo meus gritos. Isso mesmo que eu queria, pra ver se ela abria pra mim.

__MÃÃÃNHÊÊÊÊ!!!!!!! O QUE TU TÁ FAZEEENDOOO???

De repente ela abriu. Colocou a cara na porta e me disse:

__Fabricio, tu quer saber o que eu to fazendo, seu bosta? Tu quer ver, hein!

Nessa hora eu gelei. Será que eu ia ver o que não queria?

__Responde seu bosta!!!

_Eu sá quero entrar, mãe.

_ Então entra e não reclama!

Ela estava toda pelada e suada. A casa tava com um cheiro de sexo. Quando eu chego na sala havia um homem pelado de pau duro suado no sofá da sala. E que pau!

Era o Georges, chefe do meu pai. Um cara safado e metido a conquistador. Alto e forte.

_A gora tu vai ver e que eu tava fazendo, seu merda!

Quando o Georges me viu, o pau dele deu mais uma crescida! Ele me disse:

Oi Fabricio! Não é todo dia que se encontra o chefe do pai de pau duro dando um trato na mãe, né? Passei todo o serviço pro teu pai lá na firma hoje.

Ela pegou no pau do Georges, ficou de cácoras e começou a lamber e chupar aquela pica enorme e cabeçuda !

Fiquei paralisado vendo aquilo! Minha mãe mamando com gosto aquele pau monstruoso bem na minha frente! Ele gemia como um trator e dizia:

_Isso Jussara. Chupadeira. Puta safada!AAAAAA...AAAAAA!!!

_ Ela tirou o pau da boca e me olhou:

_Tá sabendo agora o que a mamãe tava fazendo? Tá vendo? O pau dele é 3 vezes maior que o do teu pai. E mil vezes mais gostoso.

Engoli em seco.

Minha mãe chupava bem gostoso o caralho imenso daquele canalha e tocava uma siririca. Chupava os ovos. Punhetava aquele mastro. E o safado segurava a cabeça dela até ela engasgar.

_Olha aqui filho da puta! Olha como a cadela gosta!

Filho da puuuuta! Tu é frouxo que nem teu pai!

Ela se levantou pra sentar com a buça no pau dele. Georjão sentou no sofá de pau em riste. Ela subiu com os pés no sofá, ficou de frente pra ele e foi se acocando no cacetão.

Fui engatinhado pela sala pra ver aquilo de pertinho.

Ela colocou as mãos nos ombros dele. Ele empurrava ela pra baixo pelas ancas. Minha mãe brincava com a cabeçorra do pau do chefe do meu pai com a buceta. Ele pegou a bunda dela com aquelas mãos grandes e começou a fazer ela subir e descer. Ela gemia e dava gritinhos de puta.

E eu ali, vendo aquele pau e a buceta carnuda da minha mãe cheios de gosma, com aquele cheiro de sexo exalando dos dois. Aquele sacão cheio de esperma balançando na minha frente.

A cada enfiada minha mãezinha descia mais! Até que descia e trancava batendo lá no útero dela. O canalha de Georges metia aquela pau enorrme e gostoso fundo e forte na buceta que eu nasci.

_Tá vendo filho da puta! O que eu eu faço com a mulher do teu pai! E vou fazer com a tua também quando tu tiver, seu viadinho!

Ele falava essa coisas agressivas e ela dava um grito. Ela adorava isso!

Eles foderam assim. Ele xingando a nossa família e ela dando aqueles gritinhos. às vezes a Jussara dizia coisas desconexas. “Ai, me rasga! Me rasga toda. Mete fundo em mim”.

Eu tava de pauzinho durinho com isso! Admirando aquele pau de verdade encher de prazer uma fêmea da minha família.

Ele virou ela de frente pra mim.

Quando ela me viu ali com a cara bem pertinho da buceta dela e da verga dele, ela deu um sorriso sádico e incontido de satisfação.

_Nunca pensou que a mamãe aguentava uma piça big que nem a do Georges, né?

Ela encosta a buceta na cabeça do pau dele, dobra os joelhos e fica na pontinha dos pés.

Jussara me olha com cara de má e se deixa cair com seu peso na pica avantajada, grossa e comprida do pilantra do Georges.

Ela revira os olhos e dá um berro cheio de tesão.

Então minha mãe começa a saltar, tirando totalmente os pés do chão e se deixando cair num ritmo frenético. O pau daquele homem sacana batia com força no útero que me abrigou.

Seus seios, sua barriguinha e seus músculos se balançavam e tremiam com o movimento e o tesão de possuir aquela pica excepicional dentro dela.

O comedor da minha mãe enfia o pau mexendo a cintura dele contra a bunda da velha gostosa com força, balançando aqueles ovos enormes.Pega com os dedos nos bicos dos seios que eu mamei e puxa. Acho que isso dá uma dorzinha nela, mas ela adora!

Ela começa a gozar como uma louca. Gritando e gemendo e se balançando inteira. Vejo a buceta dela “mastigar” a vigorosa piça daquele macho.

A cada botada entrava e saía um palmo de piça. Mas sobraça muita rola dentro daquela vaca.

Jussara gozava intensamente.

_Aaaiii, que trepada! Ai, que trepadaaaaaaaaaaaa!

Ai, meu deus! Amoooooo esse pau!

_Goza sua puta! Goza Jussara! Goza no meu pau na frente do viadinho do Fabricio!

_AAAAAAAAAAA...AAAAAAAAAAAA...AAAAAAAAAA!

Ela gozou assim por mais de 5 minutos. Agora era eu quem não queria que os vizinhos ouvissem.

Ela parou de gritar e ele começou com sua voz grossona a gritar:

Vou gozar puta! Vou esporrear na tua cara hoje!

Ela deu mais uma mascada de buceta no caralho dele.

Eu, com aquelas palavras, repeti o movimento de minha mãe com minha pelves.

Ele deu uns tapas na bunda pra ela desengatar do pau.

Ela saiu de cima da vara gostosa e se ajoelhou bem do meu lado e esperou de boca aberta.

_Goza aqui, Georjão! Mostra pro Fabricio como tua porra é gostosa! – dizia ela agarrada nas pernas musculosas dele.

Me enche de milhões e milhões de ti! -Ela disse com a voz meio rouca e embargada de tesão.

Sem querer abri a boca levemente como se fosse ela.

Nás dois a poucos centímetros da cabeça da pica daquele macho de verdade. E a ponto de gozar sua porra.

O primeiro jato acertou toda a carinhada minha mãe, do queixinho até a testa e o cabelo. O canalha esporreava sem parar. Encheu a cara e as rugas da minha mãezinha da sua porra espessa e grudenta. A coitadinha mal podia abrir os olhos. Escorria para dentro das orelharas e pingava nas tetas.

_UUUUUUUUU...UUUUU!

Ele urrava de satisfação.

_Tá olhando o que, viadinho?! Toma!

E mandou um jato de porra na minha cara também.

Aquilo me humilhou mais ainda.

Minha mãe espalhava a porra pelas tetas. Escorria porra da ponta do nariz dela.

Quando ela viu porra na minha cara soltou uma gargalhada. Me apontou com o dedo e disse:

_Viu sá, seu merda!? Ninguém mandou meter esse nariz onde não foi chamado!

_Filho da puta! Foi sá pra tu não reclamar pro corno do teu pai que não te dei mamá de porra também!

Passei a língua nos lábios e bebi a porra na frente dele.

Ele sentou no sofá e me mandou servir-lhe um uísque com gelo. Fui servi-lo e minha mãe sentou no chão toda lambuzada e ficou acariciando aquela enorme piça amolecida.

Nos práximos vou contar como vi o Georges e o outro chefe do meu pai meterem no cu da Jussara e como essa vaca gozou na vara dos caras que me surraram.

Meu MSN é [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de primeira vez gueys com vizinhoconto erótico de i****** em família devemos filhos da praiaconto de botei a minha irmã bem novinha pra chora com a pica grande no cu virgemorena cabelos pretos seios durunhos e aureulas escuras deliciaconto de mulher bebada na festaCasadoscontos-flagrei.conto gay "chupa teu macho"contos eroticos o pastorpadrinho comer afilhada cem pentelhosarrando na pica com short cavadoSequestrei e estrupei conto eroticoamiguinhocontoscontos er matagalcontos eróticos fetiche padrescasada tarada por caninopadrinho cuida da afilhada contos eróticosminha novinha tarada contoesposa raspada contoscaregando no colo pornodoidocontos cavalonas apaixonadassou empregada contos eróticosContos erotico marido bracinho corno de negaocontos eroticos a.xasada dot trabalhoconto. a sugadora de. porrameu marido comeuminhaprima contoseroticoscontos eroticos dei para o compadre da minha filhadando a esposa.para sr de idade conto eroticocontos eróticos mamãe mim deu de bandeija para seu namoradoSobrinha da calcinha cheirosa contoeroticoConto erotico minha esposa pagou pra ser fudidaContos eroticos-lesbica enfiado virgemesposa bebada se abrindo apos a farra no bar contocantoerotico cunhada gravida fode cunhadmeu irmao e meu dono bdsm contofisioterapeuta fiquei com o penia duro contos eroticosorgia com velhas contos eróticoscontos eroticos o filho do pastorcontos gozando pelo cuflagrei conto gayContos Bota no cu tioconto de o tenente me chupou muito gayirmão roludo cone urmã dormindoconto sou corno felizcontos eroticos de pau gigante arregassando bucetaContos eroticos danadinha rocacontos eroticos mae e filhocontos eroticos em familiacontos eróticos trai e adoreiPedi uma massagem contos eroticocontos meu marido nem percebeuconto erotico Meu amigo hetero deixou eu chupar o pai delecontoseroticos primos e a sua primacontoserotico loira fudendo com negaoConto primeira vez chuva dourada na esposasento desde cedo gay contotransa shopping Interlagos conto buceta de cajaracontos eroticos tia abusocontos comendo mulher na despedida de solteira no carnavalConto erotico Zoofiliaconto erotico com o velho do asilocontos eróticos sou hetero mas deufilho fudendo sua mãe na freeti de seu pailouco pelo bumbum da minha irma contos eroticosContos eroticos casada na excursãoTrair meu marido com um cachorro contoscontos eroticos de sogras na faixa 47 anosmeus patroas adoram chupar a minha bucetacontos de menina crentemeu professor come caralho a xana contos eroticosFoderam gente contos tennsContos comi a noiva do meu amigorevista em quadrinho de babas eroticasFui Comida pelos colegas do colegios contosg****** na xoxota da prima beijoscontos eróticos de rafaela dei minha Buceta pro meu irmãocontos meu primo me estrupo quando tinha oito anosminha noiva com porra dos macho pra mim contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos cuzinho pro vizihocontos eroticos gay o namorado da minha irmaMeu padrastro negro fodeu minha cona. Conto erótico heterossexual.Contos eroticos rocameu corno bebe porra de outro macho na minha buceta / contos eroticosCasadoscontos-flagrei.papai me fudeu gostoso e eu gozei no cacete delrelato erotico gozando nas calcinhas da minha irmã casadapadrasto autoritario contos esroticos porno llcontos erotico a mulher feia