Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANDO PRO NEGÃO DO POSTO

Click to Download this video!

Eu tinha 19 anos e estava no auge dos hormonios, adorava uma putaria e queria gozar toda hora. Curtia tudo que me dava prazer e desde que tinha dado o cu pela primeira vez tinha me viciado em massagem de pica na prástata. Adorava gozar depois de excitar minha prástata com um cacete por um bom tempo. E como gozava gostoso.



Estava na casa de um amigo. Geralmente passava as férias escolares com ele, chegando a dormir um mês inteiro em sua casa. É claro que sá esperavamos todo mundo dormir e começavamos a foder gostoso; punheta, sexo oral, sexo anal, 69 e tudo que desse vontade.



Na frente da casa tinha um posto de gasolina. Toda madrugada um negão tomava conta, havia pouco movimento ali de segunda a quinta, praticamente não passava ninguém na rua. Logo meu amigo me contou inumeras histárias de como o negão comia ele gostoso e claro, aquilo me excitava. Ele falava do pinto do negão e como ele arrombava gostoso o cu dele. Trepavamos os dois excitadíssimos imaginando o negão.



Durante a semana começamos a sentar na calçada e a secar o negão, ficavamos os dois de madrugada conversando até tarde na frente da casa. Não passava ninguém por ali, olhavamos pro negão e vez ou outro nos masturbavamos. Eu metia a mão dentro do shorts do meu amigo e ele no meu, punhetavamos enquanto o negão nos olhava.



Começamos a nos soltar mais e a tirar nossa pica pra fora, enquanto um punhetava o outro, eu inclusive cheguei a mamar a pica do meu amigo e o negão olhando de longe. Faziamos nosso showzinho particular toda madrugada pra ele e eu claro, doido pra dar pro negão.



Até que uma tarde meu amigo chegou dizendo que tinha acertado tudo, tinha falado com o negão do posto que essa madrugada ele iria me comer. Fiquei um pouco com vergonha, mas meu amigo me tranquilizou, dizendo que o negão comia direto ele e não tinha erro, eu ia adorar.



Então na madrugada ficamos os dois sentado na porta esperando o movimento da rua diminuir, eu excitadissimo e com um pouco de medo. Meu amigo ficava me provocando falando como a pica do negão era gostosa e como ele fodia bem.



Já não tinha movimento na rua e eu morrendo de vergonha do negão, meu amigo ficava me atiçando, lembro dele falar:

- você não queria tanto, agora vai lá, tá tudo acertado, ele tá te esperando.



Então eu fui. Atravessei a rua e fui com o negão. Cheguei com ele.



- Oi, onde a gente vai fuder?



Ele ficou parado por um bom tempo me olhando, olhou para meu amigo sentado na calçada que observava tudo. Olhou pros lados pra se certificar de que não vinha ninguém. Então ele se levantou e foi até a parte da oficina que estava tudo escura. Fui atrás, sentia meu coração batendo com força.



Ele se encostou na parede e tirou a pica pra fora. Não dava pra enxergar muito bem, eu peguei no pau dele enquanto meu olho se acostumava com a escuridão. Era uma pica muito grande, maior do que meu amigo tinha dito. Eu punhetava ele enquanto ele fazia força com as mãos na minha cabeça, me abaixando em direção ao seu pau.

Assim que o lugar ficou um pouco mais iluminado eu vi o vulto daquela picona, fiquei louco com aquela visão e me ajoelhei caindo de boca na rola do negão.

Mamava loucamente sem conseguir enfiar tudo na boca, chupando bastante a cabeça do pau, eu sugava aquilo com vontade. Eu mamava e punhetava aquela rola feito uma puta no cio e logo o negão começou a gemer.

Desci com a lingua pelo corpo do pau dele, percorrendo aquela rolona até as bolas, comecei a chupar o seu saco e depois desci mais com a lingua entre o cu dele e a pica. O negão enlouqueceu, me levantou com violencia, me encostou na parede e abaixou minhas calças. Ele pegou aquela picona e enfiou devagarinho no meu cu.



O pau dele entrou um pouco menos da metade e ele começou a me comer. Tentei me conter, mas não consegui. Aquela pica imensa estava rasgando todo o meu cu e logo comecei a gritar. Sentia a mistura de dor e de tesão e gritava feito louco enquanto o negão me comia. Ele metia sem dá e eu já não me importava se alguém fosse me ouvir e gritava loucamente. Ele me acompanhou gemendo a cada estocada que ele dava.



Ele me forçava contra a parede com o seu corpo que começava a suar, sua pica melada já tinha deixado o meu cu dormente, eu já quase não sentia mais nada, até que ele gozou com um grito feroz.

Ele vestiu as calças e disse pra eu esperar um pouco e depois ir embora. Fiquei sozinho na escuridão sentindo a porra do negão escorrendo do meu cu, bati uma punheta e gozei na parede. Atravessei a rua e voltei pro meu amigo.



Ele estava com uma cara meio chocada, dizendo que não acreditava naquilo. Eu perguntei porque, se ele mesmo tinha acertado tudo. Então ele me revelou que era mentira, que nunca tinha transado com o negão nem combinado nada, ele falou aquilo sá pra eu chegar com o negão e ele rir da minha cara, mas que nunca imaginava que o negão ia topar.



Entramos e o meu cu doia muito. Meu amigo tava doido pra foder, mas eu não conseguia. Depois de muito perturbar eu concordei em chupar a rola dele e ele gozou na minha boca. Fui dormir e no dia seguinte foi a vez do meu amigo atravessar pro posto de gasolina.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Sou casada mas bebi porro de outra cara contoscomendo minha irmazinhano escuro.com/videocontoseroticos.com/encoxei minha tia no trem lotadoVELHA CARENTE CONTOconto erótico da mulher q pedia pizzacontos eroticos mamae meu irmao eu e meu cabaçodiana sentindo pica pela primeira vezquadri.eroicos ai papycontos eróticos casal ônibusProvoquei meu tio foi dormir totalmente nua d pernas abertas na sua camacontos de incesto dez anoscontos de fodas minha amiga nerd feia pediu e eu tirei o cabaço delacom colega de trabalho contoscontos linguada homemconto erotico pm macho batalhão estocadascoitado do meu cu contosconto porno teen gay neguinhomeu corno .e seus anmigos comedores do meu cu .contos c/fotosComi um cu fedodo contospapa fode a filha com sai posta e mae nao ve porno.comafastou as carnes do cu piça perfurou minhas entranhas contosArrombaram minha mulhercontos eroticos vi minha esposa me traindorelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasTennis zelenograd contoconto erotico com meu sogro peladoaposentado grisalho peludo comendo cuzinhoContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas com salto dormindoCasada narra conto dando o cupôrno pima maveliavidios de zoofilias mostra homem acariciando uma jumenta com a mão na buceta delaorgia com velhas contos eróticoscontos mulher desmaia na pica de borracha da amigapiercing no mamilo da priminhagarotinhos bem noviinhos cone!ando a bater punhetaos terriveis amarrada no pornoconto erotico com mecanico velho coroa grisalhocontos eroticos parte dois da helena e o padrastoComprei um vibrador para minha esposacontos eroticos ladrao mete tudo aicontos eróticos cuzinho da mamãeconto erotico de estupro enquanto dormeConto erotico suruba loucacontoos de estupro no onibusConto gay com cantoquero história de homens vizinho um comendo o cu do outro pulando muro à noiteContos eroticos tarado por seioscontos picantes se masturbando com pepinocomi minha irma q nei peitos tem ainda contosdesejos de machos que adora safadeza com outros macho experiências vividascontos eroticosda secretaria viciou a dar o cu para o patraocontos eroticos minha sogra mamou no meu pau e depoi choroulcontos tia com fome de picacontos gays casado dando o cu ma lua de melcontos eroticos filha da minha namoradacoontos eroticosminha esposa fez eu comer sua amigaconto vendi arrebenta cu minha filhaconto erotico gay dei çra 3 machosconto de sexo um garoto ficava esperado uma coroa passa na rua eu fico de pica duraprimeira traição foi com meu cunhado contosconto ertico esibicionista biler contos eroticos transei com uma velhacontos gays minha mae me viu dando o cu e participoucobtis erotiis sograscontos de fodas minha amiga nerd feia pediu e eu tirei o cabaço delaconto erotico eu minha esposa e uma garota de programacontos eroticos a mulher do engenheiro e o servente virgemver gordinhas de ndegas fofinhasficou de short e foi chantageada contos eroticoporno zofilia peitinho inchado sozinhascontos eróticos insertos tiacontos eroticos de primeiro orgasmo com tiominha mae me lambeu conto erotico filhos gay moleque novinho trepando pela primeira vez cantando muitomeu amigo negao forçou e fudeu minha loira contosTennis zelenogradfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos lesb ralar a xanaContos eroticos chupando pezinho no escritorioContos erotiicos traindo mo resguardoConto erotico no sitio casa de dois comodoscontos de corno acampandoconto quente minha esposa deu para o mendigocontos sado marido violentosContos eróticos entre parentescontos não aguentei o pau do meu pai inteiro dentro de mimsendo a puta do primo gay contocontos eroticos comi amiga da minha irmacontos eróticos sexo na terceira idadeconto erotico gay coroa cavalao faz viadinho chorara medica que gostava de zoofilia_contosContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de gatinhas no trabalhona piscina com minha sogra contosgozei nas calcinhas da minha mae contoscontos eroticos mulher exibe garoto contos eritico acustumou da o cu com tudo mundo dormindoempregada fodida na marra.contos