Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FUI CHANTAGEADO PELA NAMORADA DO MEU AMIGO

Click to this video!

Fui ao show de uma banda famosa, estava sozinho pois minha namorada Adriana estava estudando para um concurso publico e não pode ir. Chegando lá notei que o nª de mulheres era bem maior do que o de homens, ainda bem. Estava sentado em uma mesa num canto do galpão e de repente chegou um amigo meu com sua namorada, Cláudia, uma loira de 30 e poucos anos mas muito gostosa, com uma boca carnuda e uma bunda de parar o transito. Toda vez que nos encontramos ela ficava me olhando e jogando charme quando seu namorado não está por perto. Sabendo disto ela o pediu para ir comprar cerveja e foi logo me perguntando se estava gostando da festa. Falei que estava boa e que havia muita mulher sobrando sem acompanhante, ela me falou que as acompanhadas também. Achei estranho mas até que gostei da olhada que ela me deu. Fui ao banheiro e no meio do caminho encontrei Sonia uma colega que trabalha no mesmo prédio e ficamos conversando um pouco, como ela era uma gata não tive escolha e a levei para um canto e comecei a dar um amasso nela. Quando olhei para trás pude ver que a Cláudia que também tinha ido ao banheiro estava nos observando e voltou para a mesa. Me despedi de Sonia e voltei pra mesa, quando lá cheguei Cláudia veio logo me falando que eu era um galinha e que iria contar para minha namorada. Eu falei que se ela fizesse isto falaria para o meu amigo que ela estava me fitando a um bom tempo. Ela ficou um pouco calada e falou para irmos conversar atrás do palco. Achei estranho e chegando la ela me agarrou e veio falando que estava de olho em mim a um tempão. Eu a encostei na parede e falei pra ela que sacava ela me encarando e pensei ainda vou comer esta safada. Ela me falou que tava super excitada e que queria fuder bem gostoso comigo. Ela pediu ao namorado dela para levá-la embora pois estava passando mau e me falou que quando ele a deixasse em casa iria para meu apartamento.

Assim que meu amigo saiu dei uma desculpa para o resto da turma e fui para minha casa, estava eufárico e meu pau latejava sá de imaginar que finalmente ia trepar com aquela loira maravilhosa. Ela demorou e cheguei a pensar que não viria quando tirei a roupa para dormir e tocou meu interfone, atendi e o porteiro disse que Cláudia estava esperando e se podia subir.

Eu disse que sim, vesti o roupão e ela subiu tocou a campainha eu abri e ela veio logo me agarrando estava com um sobretudo, estranhei pois nem estava tão frio, mas quando abri vi que ela vestia apenas um conjunto com uma minúscula calcinha e uma cinta liga vermelha que criava um contraste maravilhosa com sua pele branquinha.

Ela disse que havia ficado louca ao me ver sarrando com a moça no show e que queria que eu fizesse o mesmo com ela.

Então tirei o sobretudo e nos agarramos ali mesmo em pé eu a virei de costas e comecei a morder sua nuca segurando seus peitos e apertando os bicos que já estavam durinhos de excitação, fui passando meu pau que já estva duro em sua bunda, ela ficava empurrando o corpo para trás para sentir o volume, fui abaixando e mordendo as costas dela, entao ela se debruçou sobre a mesa olhou para trás e me falou que estava doida para ser chupada que o namorado dela não gostava muito. Então comecei a morder a bunda dela e tirei sua calcinha com os dentes, ela soltava suspiros de tesão e arrebitou a bunda e deitou sobre a mesa, eu abri aquela bunda maravilhosa e comecei a passar a ponta da língua no cuzinho dela e a cada estocada ela arrebitava mais a bunda olhava para mim e falava que era uma puta safada e estava precisando muito de tomar uma linguada no cu, fiquei ali chupando aquele cuzinho por uma tempo entao a peguei no colo e levei para o quarto e a joguei na cama, ela já caiu com as pernas abertas e fez sinal para eu chupar sua buceta que a esta hora já estava toda ensopada. Quando estava metendo a lingua nela sem dá o interfone tocou pedi para ela ficar bem deitadinha onde estava e fui atender o interfone que ficava na cozinha ai o porteiro me falou que minha namorada estava subindo, fiquei louco pois como ela tinha a chave poderia ir entrando e foi o que aconteceu, quando cheguei na sala Andréia passou rápido para o quarto me perguntado que voz de mulher era aquela. Quando cheguei lá Cláudia estava deitada de barriga para baixo com aquela bundona maravilhosa para cima, minha namorada foi logo gritando o que aquela piranha estava fazendo na minha cama, Cláudia levou um susto, falei para Andréia ficar calma e notei que ela não tirava o olhos da bunda da Cláudia. Então Cláudia percebendo isto se levantou e abraçou minha namorada por trás e começou a massagear a buceta dela por cima da saia, minha namorada estranhamente fechou os olhos e ficou curtindo o momento e parecia estar adorando. Nisto Cláudia a pegou e a jogou na cama e me falou que iria dar um trato em minha namorada depois ela veria quem era a piranha na historia. Primeiro pegou ela pelo cabelo e sapecou um beijo na boca dela depois a empurrou e tirou toda a sua roupa e abriu as pernas dela e começou a chupar ela de uma maneira muito gostosa. Minha namorada revirava os olhos e de repente Cláudia parou de chupar e falou para ela implorar senão não continuaria, então Andréia implorou ela para ser chupada que estava doida para ter uma experiência destas e arreganhou bem as pernas e ficou na posição de frango assado, nisto Cláudia passou a chupar a buceta e o cu de Andréia que chorava de tanto tesão. Nisto Andréia olhou para traz e me perguntou se ficaria so olhando, então como Cláudia estava de quatro meti a língua no cuzinho dela e foi uma gemeção geral. Cláudia pediu para Andréia ficar de quatro e pegou um pênis duplo em sua bolsa e falou pra mim que iria comer o cu e a buceta da minha namorada comigo vendo então pegou o KyGel e lambuzou dois dedos e começou a enfiar no cu e na buceta de Andréia. Eu via aquilo e estava ficando doido. Andrei gritava palavrões e pediu Cláudia para enfiar bem gostoso no rabo dela então Cláudia começou enfiando os dois paus na buceta e no cu de Andréia que estava ate pingando de tanto gozar. Cláudia se virou para mim e pediu para eu comer o cu dela com minha namorada olhando que isto dava um tesão do caralho. Lambuzei o Kygel no meu pau e um pouco no cu dela e comecei a meter gostoso naquele rabo safado. Cláudia começou a gemer alto e quanto mais gemia mais enfiava em Andréia que a esta hora estava quase desmaiando. Eu comecei a dar estocadas fortes em Cláudia e a visão dela metendo gostoso em Andréia fazia meu pau ficar mais duro ainda. Ela se mexia e contorcia dando pinta que estava adorando então me falou para gozar gostoso na boca da minha namorada enquanto tomava no cu e na buceta. Tirei o pau do rabo da Cláudia e pus ele para Andréia chupar, ela o abocanhou e mamou gostoso e me fez jorrar uma porra quente e ela bebeu tudinho. Nisto ela pediu Cláudia para tirar os pênis de silicone que queria enfiar nela também então Cláudia tirou e se deitou em posição de frango assado e Andréia começou a enfiar o cacete nela ai ela falou para Andréia pegar um pênis maior em sua bolsa pois ela tava com um tesão violento em dar o cu e aquele pau estava pequeno e fino. Quando vi o tamanho do cacete não acreditei que ela iria aguentar. Então ela ficou de quatro e Andréia começou a socar gostoso naquele rabo de puta, quando a cabeçona passou Cláudia soltou um gemido de dor e empurrou o corpo para trás ai o pau entrou ate a metade e ela deixou o corpo cair sobre a cama ai eu falei para Andréia acabar de enfiar para aquela piranha ver o que era bom, então Andréia continuou enfiando até o talo naquela rabo gostoso. Mas para meu engano Cláudia começou ate a rebolar com o cacete todo atolado em sua bunda. Cláudia pediu para chupar meu pau que a esta altura já estava duro de novo. Ela chupou gostoso e de vez em quando eu dava uns tapas na cara dela para mostrar a ela quem mandava naquele terreno e ela adorava e chupava meu pau cada vez mais como uma bezerra faminta. Ai não aguentei e enchi a boquinha dela de porra. Depois disto descansamos um pouco e fomos tomar banho os três para ver o que faríamos dali para frente....

Continua...

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ler relato de suruba na casa da comadrimarido tarado conto eroticocontos eroticos com objetoswww.porno chupado os peito ate fica roxo.comFui corno e gostei muitometeno grandes obigetos redondo na buçetacontos er deixa que levoMARIDO PÉ DE MESA CONTOS EROTICOS VERDADEgaviao do progama malucos molhado pelado de rola duracontos dei um beijao na boca do meu tioconto erotico namcoroa gorda velha umiha o marido fodendo com outroamanda casamos grande cabeçudo contoscontos picantes se masturbando com pepinotirando a calcinha no banheiro toda meladinha visgandocontos de incesto arrombaram meu cu com forçacontos pornos comi sogra mamae tia irma onibus lotadoconto erótico fui chantageada pelo meu primo Fernando que comeu a minha mulhervoyeur de esposa conto eroticowww.goroa nis Sogra fudendomeu pai adora ser puta na camaconto eroticosegurando o pingelo delavideos fotos d sexo loirinha dormindo de calcinha fio dental sendo encostadConto de putaria com todos os machos da favelacasa dos contos eroticos com piscineiro taradocontos eroticos comadre angela trepando com doiscontos de incestos mae puta e filho espertocumil minha vizinha gostoza fimepornocontos camioneiro pau muito grossocontos eróticos esposa disfarçadoincesto filho comeu mao no dia fertil contos eroticoConto so caminhoneiro dei carona uma freira loiracontos agora ela so quer se for com duas picaschupando buceta com gosto como se beijase uma bocaconto erotico o pedreiroassustei com apica do meu melhor amigo contosGabi comendo a égua no cioconto esposa viu amigo nuQuando+eu+tinha+doze+ano+fui+posar+na+casa+da+mia+amiga+e+o+pai+dela+me+arrombo+conto+eroticocontos a pequena taradinhaxvidio louco desejo vizinha mulata sainha mostrandoPorno contos avo's maes lesbicas iniciando suas novinhas em orgiascontos eróticos com menina muito nova crentesContos eroticos estorial, enfie o meu pau na buceta da minha irma ela dormindo e disperto eu dentrohistórias de sexo o meu padrasto cominnha a mãe ea enteadacontos que gozada ela deuconto fui pego na punhetarelatos eroticos chantageada pelo amigo do maridoContos o comedor da madrugada do soniferoContos irma mais velhaContos meu sogro arrombou minha bundacontos safados mae casada filhas traem com homens dotados juntas noras e sogro estorias de sexo riais.minha mulher para transar logo Ricardo que eu quero vermamilo gigante vazando contopeguei minha sobrinha do interior matutinhacontos eróticos levando na piscinaSou magrinha e gosto de rolas enormes contos eróticosconto erótico casada arrependida na noite de carnavalkung puta bebada da minha cunhadacontos eroticos gerro tomado umas cervejas com a sogra sozinhos e da em cima delamosto a calsinha pro amigoe. deu pra elepaguei boquete na infancia contosbucetao arombada de adivogada conto eroticocontos eroiticos de gente que participou do d4swingsou puta do meu cachorrocontos eróticos mulheres da b***** grandecontos sexo meu filho meu homem contos eroticos incesto pai encoxado filhas avo encoxado netascontos erotico de travesti no bairro campo limpogorda sobe a saia e transa na ruaenteada nua contoscontoseróticos metendo com o bebê no coloeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestoboqueteira gaucha contoContos eroticos fudendo a passageira