Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A CADELA MASOQUISTA.

Click to Download this video!

Nancy tinha cometido uma falta grave durante a semana, duvidou do seu Dono dizendo:

Duvido que você me deixe imobilizada por horas.

Pois bem, seu Dono ligou hoje às 17:00 em sua casa e disse: Amanhã eu quero você aqui, descalça, com seu vestido preto, trazendo uma calcinha de reserva e um vestido vermelho de reserva às 20:00 na minha casa.

Nancy obedeceu, indo como seu Dono havia mandado e levando o que tinha que levar.

Chegou 5 minutos antes do combinado, apertou o interfone e Ele desbloqueou o portão.

Entrando na casa dele, o portão havia sido bloqueado, sem cerimônia, entrou e sentou na sala. Estava vendo algumas revistas, quando de - repente, havia sido vendada e amordaçada. Entrou em desespero e imediatamente fez menção em se levantar, mas Ele esperto, agiu rapidamente, deu uns bofetões nela e ela se aquietou.

Ela foi para o quarto totalmente imobilizada, nem se quer pôde andar direito. Ele a jogou na cama, as algemas a esperavam, tirou as cordas, a roupa e a algemou de bruço na cabeceira da cama. Os pés estavam totalmente imobilizados no pé da cama com uma corda.

Ela ficou na cama imobilizada por horas, até adormecer.

Horas depois, ela é acordada com um chicote de spanking estalando pelas suas nádegas.

Sem poder gritar por causa da mordaça, tentava se esquivar dos golpes em suas nádegas, mas nada adiantou.

Ele a puxa pelos cabelos e pergunta no ouvido dela: sabe o porquê está apanhando? Ele tira a mordaça e ela responde: por ter duvidado do Senhor.

Ela reconhece o seu erro e Ele a manda contar as chicotadas de 1 a 50.

Cada vez que era chicoteada, ela contava e agradecia. Suas nádegas estavam ardendo, então Ele parou com as chicotadas nas nádegas e começou a chicotear suas coxas.

Doía, mas ela contava e agradecia. Suas nádegas e coxas estavam vermelhas e ardendo, Ele não teve dá e nem piedade ao castigar sua cadela masoquista.

Ela pensou que o castigo tinha parado, mas não, estava sá começando.

Depois de 1 hora mais ou menos, Ele pinga cera de vela nas costas, nas nádegas e nas coxas... Ela fica cheia de cera de vela, mas isso não é nada... Agora é que pega fogo!

Ele tira a algema e a corda que imobilizam ela e a manda ficar de quatro. Ela obedece.

Ele aproveita da postura de sua cadela masoquista para desferir golpes de caning em suas nádegas, ela geme de dor e de prazer, quando ela começa a ficar no auge do orgasmo, ele guarda a vara de caning e começa a perguntar para ela na posição que ela está: por que você ousou em duvidar de mim? Ela responde: Porque não sabia que o Senhor pudesse me deixar imobilizada por horas. Ele desfere vários bofetões nela e diz:

Vou vendar e amordaçar você novamente, terá uma surpresa! Ele a amordaça e venda novamente.

Sabe qual é a surpresa? – Pergunta Ele.

Nancy: Não, Senhor.

Pois bem, vou pegar e não ouse tirar durante 1 semana, ok?

Nancy: Ok.

Ele pega a coleira e a coloca em seu pescoço, depois de colocar a coleira no seu pescoço, Ele diz: Vou te recompensar agora por ter sido uma boa cadela masoquista.

Ele a manda deitar na cama de bruço, ela deita. Ele passa um gel lubrificante em seu ânus e parte para a penetração. Ela geme de gozo e prazer, pois fazia horas que ela não atingia o topo do orgasmo.

Os dois foram para o banheiro tomar banho, tomaram banho juntos e depois de tomado banho juntos, Ele disse: vou deixar minha marca em suas nádegas para que não se esqueça que pertence a mim.

O chicote de spanking estala sobre suas nádegas, ela geme de dor e prazer, quando estava chegando na última, Ele diz: goza, minha cadela, goza!

Ela goza e na última chicotada de spanking, ela diz: obrigada Senhor!

Os dois vestem a roupa.

Ele curte aqueles lindos e limpos pezinhos, lambe, chupa e venera os pés de Nancy.

Depois da sessão de podolatria, os dois se despedem, mas com 3 bofetões em Nancy.

Quando Nancy chega em casa, o telefone toca... Ela atende e ao ouvir aquela voz masculina no telefone, ela diz: Obrigada, meu Senhor por me corrigir e me recompensar!

Ele diz: cada vez que você ver essas marcas, verá que você pertence a mim e desligou o telefone.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto erotico sou uma coroa vadia e meninoscontos esposa bunduda so traz problemasTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anossou casada quero homem pra micomeas pregas da tia foi pro saco contoscontos erótico de coroas casados trancando com novinho BA baladasNao aguéntei e meti o dedo no cu da minha irma no bisao contotio vaqueiro conto gayjumenta descendo o pau todinho no c* do gayContos eróticos: meu primeiro pau giganteso contos de gay fazendo as maiores loucuras aronbando o cu bem aronbadome estruparam e me obrigaram a dar para o caseiro do sitiocontos eróticos por engano eu enrabei a minha enteadaEnsinando minha soblinha bunda grande a andar de carro contoaec porno videos bhamelhor buseta de bashia do mundo gosanogruda nos pelinhos da bucetaContos examinaram minha xxoxtacontos eroticoa manteigaContos Eroticos de rabudas porno Angolanomarido de marleni vendo ela transarexcravo domestico casa dos contos gayconto erotico japonesa da.do o cucontos eroticos com vizinhas madurassContos casado com travesti mas ele fudia com todos d familiaMega gozada na boca contosContos eroticos mulher cuzeiraContos eróticos meu primo meu amor minha vida metedando/o cabaço pro titio conto exitantemeu pai fogoso contosogro pega jero efiliha trazado e come os dozcontos erotico gay quando mim focarao a bebe leite de varioscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos enrabeiContos lesbicos de irmas se depilandoeu minha irma e meu padrasto na camairmao com ciumes contos eroticosconto sou amante da sogra casada contos eroticos esposa exibidacontos eroticos micro bikini da esposa durante passeio de lancha com amigoscontos porno fui na festa depois fui comida na frente do namorado bêbadocontos casada cago no pau do negraocasada que gosta de apanhar traindo porno contocontos eroticos gays orgia piscinaenfiando a perna da capeira na bucetacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos porno bunduda sograContos eroticos de casadas safadas que traicontos eroticos vovô coloca mão na minha bucetinhaContos de esposa gostosa acompanhado marido numa festacontos dormi com minha irmãdei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticovideo porno mulher dando primeira vez na frente do marido casa de cuingue curitibacontos eróticos homens sendo amamentadoscontos do vaqueiro esposa evangelica traindo o maridocontos eróticos gay malucoconto meu marido rola pequenacontos curtas eróticos com tlipa penetraçãoDentista do pau gostoso contoeroticocontos de mulheres que gostam de mamar caralhos e lamber conascontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaminha primeira vez com vizinho gostoso-Contos eroticos gaycontos eróticos não sei que fizSou gay e tranzei com um travest contos eroticoliceidade porracontoseroticos/minha tia e seu shortinho socadosadomasoquismo relatos comidavivaconto porno descrobri q minha mulher tinha.umconto erotico dei meu cu em um.lugar inuzitadovelhotaradocontoscontos cornos fio tera pintinho viadocontos eroticos eu menina engole porra do meu tiohomem conto heterolevei muita rola na buceta no carnaval contocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoconto erotico enteada brincadocontos sobrinha veio cuidar da sograScu do sobrinho menor contos eróticoscontos casada vai a festa de faculdade e se da malquero ver menininho dançando com shortinho dando molemeu irmao tirou minha virgindadevalesca chupando e o namorado olhandochupando rola ate goza e dando a bucetacontos eroticosos nomes dos geladinho do ice lokocantos historias transei com minha sobrinha de 11aninhosConto erotico zoofilia fiz a ninfeta chupar meu pau junto com meu cachorrocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidomeu sogro me estuprou contossalto alto conto erotico