Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

HUMILHADA PELA MINHA EMPREGADA NEGRA.

Click to Download this video!

Olá, meu nome é Amanda, e vou contar algo que me aconteceu e que continua até hoje e é meu desespero.

Tudo começou tem uns 6 meses e vivo esse drama na minha vida e não sei onde isso irá parar, nunca pensei que viveria coisa parecida eu que sempre fui certinha e sempre preservei minha imagem. Bom tenho 19 anos e não sou mais virgem mas também sá transei com meu ex namorado e nunca fui assim de sair com qualquer pessoa e como falei sempre me preservei.

Sou loira, cabelo liso natural pois sou neta de holandeses e tenho 1,69 com 54 kg seios tipo tacinha e olhos azuis, sei que chamo a atenção pelo meu tipo e sei que desperto olhares ainda mais que sou super clarinha.

Eu sou filha única e meus pais quase sempre viajam e fico em casa pois moramos em um belo condomínio em São Paulo, uma casa de dois andares super boa e temos até piscina onde uso pouco. Temos uma empregada negra e foi com ela que começou todos meus dramas até hoje que estou vivendo, pois estou na mão dela e ela passou a me dominar e chantagear.

Sei que cometi erros pois nunca tratei ela bem, não era mau educada mas era tipo bom dia e boa tarde e nada mais. Ela tem uns 33 anos e é magra tipo uma mulata de escola de samba, as vezes sinto ela abusada pois mesmo trabalhando aqui nessa época uns 3 meses sentia ela com o nariz empinado e ar de arrogante para uma empregada.

Eu fiz a grande besteira de não tratar ela bem e ser fria e acho que passar o ar de patricinha metida e nem desconfiava que ela odiava isso. Um dia onde tudo começou foi quando cheguei e fui para meu quarto onde entrei no banheiro que é suíte e fui tomar banho, eram 2 da tarde e a porta do quarto estava aberta, sá a do banheiro que n. tem chave pois é tipo uma porta do armário falso e eu estava lá em um gosto banho quando sem eu saber ela tinha entrado no meu quarto para levar umas roupas minhas que tinha acabado de passar.

Meu grande erro foi que deixei em cima da mesa do micro umas fotos minha que me culpo até hoje por ter deixado lá e ter tirado, eram fotos nua minha, tirei de brincadeira sozinha no meu quarto com uma câmera automática que tenho, programava e tirava tirou de brincadeira eu tinha imprimido elas e eram fotos do tamanho de uma folha, ou seja enormes mas foi sá de brincadeira e eu lá de 4 feito cadelinha onde aparecia minha bundinha toda e meu cuzinho que por sinal é minha maior vergonha imaginar exposta assim se outras pessoas olham aquilo que fiz, aparecia minha bucetinha loirinha natural e meus seios e principalmente meu rosto e meu quarto tudo que diria para quem olhasse....é a Amanda sim!....nas fotos estava eu assim de 4 exposta que estavam em cima da minha mesa do micro.

Ela ficou olhando essas fotos entre outras e eu lá tomando meu banho sem saber de nada quando mesmo dentro do Box escutei um barulho no meu quarto de riso e sem entender mas sabia que seria ela, desliguei o chuveiro rápida e sei lá me deu um certo gelo na espinha pois me toquei da burrada que tinha feito em deixar aquelas fotos assim em cima da mesa. Sai me enrolando na toalha e nem me enxuguei quando abro a porta do banheiro e vejo meu quarto e minha mesa gelo a espinha .....Cade as fotos?.....penso falando em voz alta, minhas pernas tremem e me vem um medo e vergonha e tudo na cabeça.



Fico parada em pé e tremendo não de frio mas de medo....sem saber o que fazer, desço de toalha mesmo até a sala e vou para a cozinha e escuto lá ela rindo, entro e falo toda nervosa de gaguejando.....- Dora, vo..você esteve no meu quarto?........- Sim querida, fui levar suas roupinhas que passei....e ela da um riso sínico.....- Mas, mas você pegou algo na na na mi minha mesa? ...eu falo que nem tonta segurando a toalha em volta do meu corpo e cabelo pingando ainda do banho.....ela me olhou com ar de riso e disse...- Hummm...as fotos onde parece que nem cadelinha?

Pronto, meu chão sumiu, pelo que ela falou cadelinha o que seria um absurdo pois era a dona da casa também e ela minha empregada e principalmente pelo que ela tinha nas mãos.

- Mas o que é isso?....você não tem o direito de pegar o que meu! ....tentei dar medo nela mas foi pior...ela me olhou e disse séria....- escuta aqui Amanda, ou devo chamar de cadelinha?....o que seus pais vão achar se verem que a filinha deles a loirinha metida e bem educada esta em fotos pelada que nem uma cadelinha ou putinha?...heim?..heim?

Tremi com cada palavra dela, nervosa minhas pernas balançavam......e eu muda e ela rindo e continuava, ....- Veja sá, peladinha mostrando toda abunda heim mocinha?...e deu uma gargalhada......me saiu na hora lagrimas e falei....- por favor Dora, cadê as fotos?.....ela ria e depois séria falou que eu era uma metida que tratava ela como criada e que nunca fui educada que nunca falava obrigado para ela e falava e eu muda em pé toda nervosa e morta de vergonha dela ter visto as fotos e pela chantagem. Ela falou que agora as coisas iriam muda e eu seria a empregadinha dela e ela me daria a educação que eu precisava.

- Mas, mas do que esta falando Dora........ela respondeu.....Dora não cadelinha, Sra. Dora a partir de agora escutou, veio perto de mim e me deu um tapa na cara.....eu gritei e chorei de vez ...aiii.....vo..você me bateu.......- Bati mesmo e baterei mais para te educar cadelinha.

Nisso as coisas que passavam na minha cabeça giravam e eu me sentia totalmente nas mãos dela e sem como lutar contra isso, ela falava muito o que minhas amigas e amigos achariam de me verem nessa fotos como cadelinha já muitas vezes eles iam em casa, minha casa era aberta e quase sempre chegava gente e era aquela festa com refrigerantes e tudo as vezes vinham umas amigas e ficava ponto de encontro lá em casa chegando mais gente e meus pais nunca se importaram com isso, eu comecei a ficar desesperada enquanto ela falava e não parava e ria demais da minha cara de medo.

Eu parada em pé e ela falando foi quando sem eu esperar ela falou que seria educada a partir daquele minuto e me puxou a toalha onde fiquei nuazinha pela primeira vez na frente dela sem antes ter dado um gritinho de susto...e me tapei com as mãos e ela ria demais e eu falei...Que isso?......me da a toalha!..... nossa que vergonha e humilhação e ela ria e me deu tapas na bundinha em pé mesma e eu sai correndo para meu quarto totalmente pelada e subi as escadas e me tranquei no quarto, cai na cama chorando sem saber o que fazer e minha bundinha branca ardia dos 4 ou 5 tapas de mão aberta que me deu.

Ela subiu também e bateu na porta....- É melhor abrir essa porta ou você quem sabe?

Levantei e coloquei um vestido qualquer levinho e abri com cara de choro e ela falou colocando o dedo na minha cara.....O que esta fazendo aqui?....vá lá em baixo limpar a cozinha putinha,.... ela me pegou pelo cabelo e me dando mais tapas na bundinha, eu andando cambaleando enquanto segurava meus cabelo e me dando mais tapas na bunda.



De volta a cozinha ela sentou e pegou um café rindo de mim enquanto eu obrigada a lavar toda a louça com lagrimas nos olhos, o que me dava mais medo era ela rindo e falando....Hummm...as amiguinhas frescas que você tem vendo aquelas fotos heim putinha?....imagina sua imagem?...e ria muito......eu lá lavando chocada, desesperada e sempre morta de vergonha por ter ficado nua na frente dela aquela hora e pelas fotos e o medo tudo na minha cabeça. Ela falava muitas coisas e eu estava com o vestidinho de ficar em casa levinho e sem nada por baixo.

- é você com esse vestidinho esta uma empregadinha Amandinha puta, eu vou te ensinar muitas coisas, até adestrar como cadelinha eu não sabia o que fazer e nervosa pelas fotos em poder dela e sem como pegar e sem a quem pedir ajuda pois meus 19 anos me deixavam insegura em tudo que vivia.

Foi assim que tudo começou.......(continua)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto picante e real o genocogista da minha mae gay passivovídeo pornô pica da cabeça enrolada redondadacomi o irmao da minha mulherContos eroticos gang bangcontos eroticos pratiquei zoofilia porke meu marido me deixo na vontadeconto erotico sou uma tiá safadacontos eroticos com meninas de menoras amiguinhas da minha filha pequena contos eroticosmulher chupando o pau do Felipe e as outras olhandoContos eróticos gays envolvendo negões super dotados e dominadoresconto.erotico.tia.sogra.cunhadacontos eroticos senzala escravacontos pai ea mamae chuparao minha xoxotacontos eroticos de meu chefe e minha filha gabiCasadoscontos-flagrei.chorei mas aguentei tudo contos eróticoscontos Praia de nudismo.videos de motoristasbatendo punhetastravesti Juliana de primo metendocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html fui transar com meu marido na construcao meu cunhado foi me espionarnoite com a cunhada casada contoscdzinha feminizadaconto gay comi o malhadinhoMe comeram ao lado do meu namoradoconto erotico vi meu tio velho coroa grisalho peladovideos de peladas e meladas de manteiga no cucontos eroticos vizinha novinha ecuriosacontosminha enteada gosta de dar a bundsconto erotico casado se apaixonou por um afeminadocontos eroticos gay menino de ruaconto erotico chatagiei minha irma e arrobei elamamae japonesa me bolinandoconto amigo taradosmeu namorado transamos devagarinho contoscontos virgindade com o padrinhoxvideo porno gay amigos bateno punheta na casa abondonadagay negro bebado sente pora escorrendo no cucontos eróticos com menina muito nova crentestransa shopping Interlagos contocontos gays inicio da puberdade.Contos eroticos engravideios bêbados mais lindas gostosas de todos os tempos pelados mostrando o pauconto erotico mulher do ciumento na escola aprendendo a dirigirNovinhas sendo arrombadas por patrão e peões na fazenda contos eroticosfoto da minha sobrinha pimentinha conto eroticoscontos eroticos fodendo minha cunhada novinhacontos eroticos violentadas ao extremocontos erotico os mininos comerao meu cu guando ajente brincavameu marido me flagrou com um pepino contos meninas deixando gozar nos seus chinelinhos havaianasesposa bebada e seria sendo chatageada no churrasco contopadrinho cuida da afilhada contos eróticoscontos de escravo do maridofilme pornô minha prima gravata preta para mimConto erotico namorada do amigo bebada no acampamentoso contos de gay sendo aronbado por varios dotados bem aronbadoPorno sauna com loira e a namorada ciumentaContos erotico uma cadela para toda matilhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhocontos eroticos chantagiei meu padrastoe menininhascontos eroticos dcontos eroticos encestocontos peguei a amiguinha da minha filhaContopropostaindecenteconto erotico viadinho de calcinha dormindo no sitiochupava o pau do meu tio desde novinha enquanto bricava de esconder com os priminhoscontoseroticos.vip/hetero/dei-pro-amigo-do-meu-irmao/contos eroticos minha sogra de calcinha rendaDei meu cu pro meu tio pra ele se alegrarConto erotico adoro chupar buceta azedinhaminha namoradinha me provocou pra fuder brasilfisioterapeuta fiquei com o penia duro contos eroticossento desde cedo gay contocontos trai com meu inquilinoConto erotico gay dando pro senhor geraldoconto erotico anal deiconto.eurotico.homem.ttazando.com.travetiscontos comi uma cabritinhaConto comendo a cu dar empregada por chantage