Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

HUMILHADA PELA MINHA EMPREGADA NEGRA.

Click to Download this video!

Olá, meu nome é Amanda, e vou contar algo que me aconteceu e que continua até hoje e é meu desespero.

Tudo começou tem uns 6 meses e vivo esse drama na minha vida e não sei onde isso irá parar, nunca pensei que viveria coisa parecida eu que sempre fui certinha e sempre preservei minha imagem. Bom tenho 19 anos e não sou mais virgem mas também sá transei com meu ex namorado e nunca fui assim de sair com qualquer pessoa e como falei sempre me preservei.

Sou loira, cabelo liso natural pois sou neta de holandeses e tenho 1,69 com 54 kg seios tipo tacinha e olhos azuis, sei que chamo a atenção pelo meu tipo e sei que desperto olhares ainda mais que sou super clarinha.

Eu sou filha única e meus pais quase sempre viajam e fico em casa pois moramos em um belo condomínio em São Paulo, uma casa de dois andares super boa e temos até piscina onde uso pouco. Temos uma empregada negra e foi com ela que começou todos meus dramas até hoje que estou vivendo, pois estou na mão dela e ela passou a me dominar e chantagear.

Sei que cometi erros pois nunca tratei ela bem, não era mau educada mas era tipo bom dia e boa tarde e nada mais. Ela tem uns 33 anos e é magra tipo uma mulata de escola de samba, as vezes sinto ela abusada pois mesmo trabalhando aqui nessa época uns 3 meses sentia ela com o nariz empinado e ar de arrogante para uma empregada.

Eu fiz a grande besteira de não tratar ela bem e ser fria e acho que passar o ar de patricinha metida e nem desconfiava que ela odiava isso. Um dia onde tudo começou foi quando cheguei e fui para meu quarto onde entrei no banheiro que é suíte e fui tomar banho, eram 2 da tarde e a porta do quarto estava aberta, sá a do banheiro que n. tem chave pois é tipo uma porta do armário falso e eu estava lá em um gosto banho quando sem eu saber ela tinha entrado no meu quarto para levar umas roupas minhas que tinha acabado de passar.

Meu grande erro foi que deixei em cima da mesa do micro umas fotos minha que me culpo até hoje por ter deixado lá e ter tirado, eram fotos nua minha, tirei de brincadeira sozinha no meu quarto com uma câmera automática que tenho, programava e tirava tirou de brincadeira eu tinha imprimido elas e eram fotos do tamanho de uma folha, ou seja enormes mas foi sá de brincadeira e eu lá de 4 feito cadelinha onde aparecia minha bundinha toda e meu cuzinho que por sinal é minha maior vergonha imaginar exposta assim se outras pessoas olham aquilo que fiz, aparecia minha bucetinha loirinha natural e meus seios e principalmente meu rosto e meu quarto tudo que diria para quem olhasse....é a Amanda sim!....nas fotos estava eu assim de 4 exposta que estavam em cima da minha mesa do micro.

Ela ficou olhando essas fotos entre outras e eu lá tomando meu banho sem saber de nada quando mesmo dentro do Box escutei um barulho no meu quarto de riso e sem entender mas sabia que seria ela, desliguei o chuveiro rápida e sei lá me deu um certo gelo na espinha pois me toquei da burrada que tinha feito em deixar aquelas fotos assim em cima da mesa. Sai me enrolando na toalha e nem me enxuguei quando abro a porta do banheiro e vejo meu quarto e minha mesa gelo a espinha .....Cade as fotos?.....penso falando em voz alta, minhas pernas tremem e me vem um medo e vergonha e tudo na cabeça.



Fico parada em pé e tremendo não de frio mas de medo....sem saber o que fazer, desço de toalha mesmo até a sala e vou para a cozinha e escuto lá ela rindo, entro e falo toda nervosa de gaguejando.....- Dora, vo..você esteve no meu quarto?........- Sim querida, fui levar suas roupinhas que passei....e ela da um riso sínico.....- Mas, mas você pegou algo na na na mi minha mesa? ...eu falo que nem tonta segurando a toalha em volta do meu corpo e cabelo pingando ainda do banho.....ela me olhou com ar de riso e disse...- Hummm...as fotos onde parece que nem cadelinha?

Pronto, meu chão sumiu, pelo que ela falou cadelinha o que seria um absurdo pois era a dona da casa também e ela minha empregada e principalmente pelo que ela tinha nas mãos.

- Mas o que é isso?....você não tem o direito de pegar o que meu! ....tentei dar medo nela mas foi pior...ela me olhou e disse séria....- escuta aqui Amanda, ou devo chamar de cadelinha?....o que seus pais vão achar se verem que a filinha deles a loirinha metida e bem educada esta em fotos pelada que nem uma cadelinha ou putinha?...heim?..heim?

Tremi com cada palavra dela, nervosa minhas pernas balançavam......e eu muda e ela rindo e continuava, ....- Veja sá, peladinha mostrando toda abunda heim mocinha?...e deu uma gargalhada......me saiu na hora lagrimas e falei....- por favor Dora, cadê as fotos?.....ela ria e depois séria falou que eu era uma metida que tratava ela como criada e que nunca fui educada que nunca falava obrigado para ela e falava e eu muda em pé toda nervosa e morta de vergonha dela ter visto as fotos e pela chantagem. Ela falou que agora as coisas iriam muda e eu seria a empregadinha dela e ela me daria a educação que eu precisava.

- Mas, mas do que esta falando Dora........ela respondeu.....Dora não cadelinha, Sra. Dora a partir de agora escutou, veio perto de mim e me deu um tapa na cara.....eu gritei e chorei de vez ...aiii.....vo..você me bateu.......- Bati mesmo e baterei mais para te educar cadelinha.

Nisso as coisas que passavam na minha cabeça giravam e eu me sentia totalmente nas mãos dela e sem como lutar contra isso, ela falava muito o que minhas amigas e amigos achariam de me verem nessa fotos como cadelinha já muitas vezes eles iam em casa, minha casa era aberta e quase sempre chegava gente e era aquela festa com refrigerantes e tudo as vezes vinham umas amigas e ficava ponto de encontro lá em casa chegando mais gente e meus pais nunca se importaram com isso, eu comecei a ficar desesperada enquanto ela falava e não parava e ria demais da minha cara de medo.

Eu parada em pé e ela falando foi quando sem eu esperar ela falou que seria educada a partir daquele minuto e me puxou a toalha onde fiquei nuazinha pela primeira vez na frente dela sem antes ter dado um gritinho de susto...e me tapei com as mãos e ela ria demais e eu falei...Que isso?......me da a toalha!..... nossa que vergonha e humilhação e ela ria e me deu tapas na bundinha em pé mesma e eu sai correndo para meu quarto totalmente pelada e subi as escadas e me tranquei no quarto, cai na cama chorando sem saber o que fazer e minha bundinha branca ardia dos 4 ou 5 tapas de mão aberta que me deu.

Ela subiu também e bateu na porta....- É melhor abrir essa porta ou você quem sabe?

Levantei e coloquei um vestido qualquer levinho e abri com cara de choro e ela falou colocando o dedo na minha cara.....O que esta fazendo aqui?....vá lá em baixo limpar a cozinha putinha,.... ela me pegou pelo cabelo e me dando mais tapas na bundinha, eu andando cambaleando enquanto segurava meus cabelo e me dando mais tapas na bunda.



De volta a cozinha ela sentou e pegou um café rindo de mim enquanto eu obrigada a lavar toda a louça com lagrimas nos olhos, o que me dava mais medo era ela rindo e falando....Hummm...as amiguinhas frescas que você tem vendo aquelas fotos heim putinha?....imagina sua imagem?...e ria muito......eu lá lavando chocada, desesperada e sempre morta de vergonha por ter ficado nua na frente dela aquela hora e pelas fotos e o medo tudo na minha cabeça. Ela falava muitas coisas e eu estava com o vestidinho de ficar em casa levinho e sem nada por baixo.

- é você com esse vestidinho esta uma empregadinha Amandinha puta, eu vou te ensinar muitas coisas, até adestrar como cadelinha eu não sabia o que fazer e nervosa pelas fotos em poder dela e sem como pegar e sem a quem pedir ajuda pois meus 19 anos me deixavam insegura em tudo que vivia.

Foi assim que tudo começou.......(continua)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico arregaçadafobtos trasado com as duastias gostoscontos eroticos bia e as amigastomates conto heterocontos sexo meu marido rebolou na pistolacontos eróticos meu padrasto me comeu na frente da minha mãecasada dando pra cinco contosvoyeur de esposa conto eroticoconto erotico viagemm com minha submissacontos eróticos dr meninacom homens e negros dotadosposso dilatar a porta do meu anus todo dia?conto erotico femino loira paty 2Tennis zelenograd contoMinha irma pos uma legue sem calsinha para mim ver contosminha mae bebendo porra contoconto de mulher que se masturbacontos eróticos contos eróticos meus tios me comiam meus tios me comiamconto zoofilia o pone me quando cai estrupouTrepadas no caminhao cabinecontos exoticos no.cinemacontos erotico com minha sobrinha mais novaconto de dei meu cu e não aguentei a pica grande delecontos eroticos me fizerao meninaSenhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezhttp://tennis-zelenograd.ru/conto_9686_resolvendo-um-teen.htmlcoloquei ela de bruços contos de travesticonto erotico de colega saradao do meu padrasto mim comeucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos peluda fedidaDormindo ao lado da cumhada x vconto comeu meu cu gostosocontos eroticos meu alunocontos porno esposas estuprados submissosconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contoconto cu suado da bonecachupei minha netinha contos eróticosContos eroticos orgia forçadamulher deficient sendo arronbada pelo negaofazendo gozar mulher casada darlene contoscontos feminino vacilei e me entregueicontos erotoco menininha na trilhapeguei meu pai comendo meu amigo conto eroticoContos eróticos: menininha da a buceta pro camioneiro bem dotadoO primo do meu marido é meu machoMEU ENTEADO ME FEZ CHORAR NA ROLA DELE CONTOcontos eróticos cunhadinhas safadas com fotostransparente e coladinha bucetinhaMeu padrastro negro fodeu minha cona. Conto erótico heterossexual.conto erotico gay meu dono convidou um negao pra me foderconto erotico com menina e cachorrocontos eroticos de incesto deixando a irma com ciumesConto erotico Zoofiliahttp://transei com motorista do onibos escolar gay contos eroticosFoderam gente contos tennscontos de sexo com gordacontos eroticos da evangelica escravaFazendo uma suruba coma sogra e o sogro contoscontofudi minha cunhadaconto chantageei minha irma evangelicacomigo vamo mulher do meu irmão meu irmão viu como um laser transar entre família comigo a mulher do irmãoesposa vagabunda contosconto erotico de manauscontos eroticos traindo marido na Sala ao ladocontos metendo idosa casada no porao da igrejacontos eroticos depessoas normais reaiscontos cunhadas gostosascontos eroticos colegioconto erotico real meu marido me liberou dar o meu rabominha mulher confia em mim eu filmei joguei na internetporno minha vizinha safada mim chama para segurar a escada para elacontos eroticos fui cuidado meu sogro e ele viu meus pritosmeu namorado rasgou minha bucetinha e eu tava mestruada, conto eróticoContos eróticos que rola grande no meu cu zinho apertadinhoo coroa rico que tirou a virgindade do meu cu no motel que ele fez eu vira seu gay ele adora fuder meu cu no motel ele me ligou pra eu ir com ele pro motel eu fui com ele no seu carro pro motel eu e ele dentro do quarto eu chupei seu pau ele começou a fuder meu cu ele disse pra mim eu não vou goza dentro do seu cu eu vou gozá dentro da sua boca pra você engolir minha porra ele tirou seu pau do meu cu ele disse pra eu chupar seu pau eu comecei a chupar seu pau ele gozo dentro da minha boca eu engolir sua porra conto eróticoconto erotico corno pinto pequeno castidadeCanto erotico do travesti com menino10porno doido mamadas terminando na bocsfamília naturista contoscontos eroticos incesto minha filha bebada sentada no meu colo de bikinipai me comecontos eróticos chuva molhadacontos verdadeiro irma envangelicaIrmã cuidando do irmão acidentado contos de incesto femininoconto erotico velha gorda desesperada por piroca