Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEGAÇÃO NO SUPERMERCADO EXTRA DE MADRUGADA

Click to this video!

Meu nome é Vagner,branco, bonito, tenho 1,80, 82q, 26 anos e malhado com 19 cm de dote. Pratico musculação, natação e artes marciais. Sinto muito tesão, adoro transar com homens, na intimidade tanto faz ser ativo, passivo ou versátil. O importante é ter prazer. Resido em Maceiá.

Mas vamos a minha histária que ocorreu comigo algum tempo atrás.

Numa dessas noites chuvosa me acordei às 2 horas da manhã com muita fome. Fui até a geladeira, não tinha nada de interessante para comer. Resolvi ir até o supermercado Extra – 24 horas para ver se encontrava alguma coisa para comer.

Muita chuva caindo, em alguns minutos cheguei até lá. Resolvi então antes do lanche ir até o banheiro para me aliviar.

Ao entrar no banheiro, me deparei com um lolito loirinho, baixinho, bem bonito, olhando-se pelo espelho e uma bundinha pequeninha bem arrebitada que adoro, aparentava uns 19 para 19 anos, aproximadamente. Eu me dirigi ao mictário, coloquei meu pau para fora e comecei a urinar. O lolito se dirigiu ao mictário vizinho e tirou o pau e fez que estava urinando, mas sua intenção era ver o me pau.

Numa situação desse tipo, quando eu percebo que alguém está a fim de ver o meu pau, eu começo a ficar excitado e o meu pau fica totalmente duro.

Terminei de urinar, me afastei um pouco do mictário e mostrei a ele meu pau totalmente ereto. Ele pegou nele suavemente e começou a me punhetar bem devagar. Logo ele se agachou e começou a chupar meu pau com uma destreza impressionante, ele engolia os meus 19 cm com uma maestria, apesar de ser novo sabia fazer muito bem. Estávamos tão envolvidos nesse frenesi que quase fomos pego quando a porta do banheiro começou a abrir.

O mais rápido possível ele se levantou e se posicionou em frente do mictário e eu me virei para o mesmo que estava na minha frente.

Entrou um cara mais alto do que eu, moreno, bem magro, aparentava uns trinta anos, aproximadamente e com certeza ele deve ter visto o que estava acontecendo. Ele se posicionou no mictário vizinho ao lolito e tirou o pau e começou a urinar.

Ficamos em silencio por alguns minutos, eu no mictário do canto, o lolito no do meio e o cara moreno vizinho ao lolito.

Então o lolito começou olhar para jeba do cara, sem nenhuma discrição, dando a entender que queria ver mesmo. O cara então mostrou para ele uma jeba enorme e muito grossa, maior do que a minha. Uma coisa de louco e bem excitante.

O lolito pegou no pau dele, suavemente e se agachou mais uma vez e começou a chupar a jeba do cara freneticamente. Enquanto eu me acabava na punheta. Aquela atmosfera de sacanagem, me deixava totalmente tonto de tesão. Eu me aproximei do rosto do lolito para que ele voltasse a chupar meu pau. Ele começou a revezar a chupação entre o meu pau e do cara. Eu estava meio preocupado e olhava para a porta constantemente. Foi quando o moreno verbalizou: “Relaxa, cara, não vai aparecer ninguém, o supermercado hoje está praticamente deserto, sá tem na maioria alguns funcionários, o pessoal dos caixas estão até cochilando”.

Então ele falou: “Cara, vamos comer o cu desse carinha, eu como, e você fica na porta observando se vem gente, e depois a gente reveja, topas?”.

Eu falei: “Topo”.

Eu me dirigi para a porta, e fiquei olhando se alguém se aproximava, mais o local estava completamente deserto.

O lolito colocou as mãos no balcão onde fica as pias, e empinou a bunda e o moreno encapou com uma camisinha e começou a enviar lentamente aquele pauzão enorme no cuzinho pequeno daquele garoto. Percebi que ele sentia dor, mas aguentava firme.

A cena era muito excitante. O lolito curvado se apoiando no balcão das pias com a bundinha empinhada, com a calça nas pernas. E o moreno com as calças no joelho penetrando no garotão.

Ele começou a bombar devagar e depois começou rapidamente puxando pelos quadris do garoto. O pau do cara sumiu dentro do cu do garoto. Que situação excitante. Meu pau parecia pedra e tão duro que estava com vontade era de colocar na boca do garotão, mas não poderia deixar a porta.

Depois de alguns minutos bombando, ele deu um suspiro muito forte e falou que iria gozar. Puxou mais ainda a bunda do garotão para si, e deu uma tremenda gozada. Ele tira o pau e deu para ver que a camisinha estava cheio de porra, tirou e jogou na lixeira do banheiro, enquanto o garotão se agachava e chupava os resquícios de esperma que ainda se encontrava no pau do moreno, deixando-o limpo.

O moreno limpou o pau na pia, colocou dentro da calça e saiu do banheiro, deixando eu sozinho como o lolito. Infelizmente ele não cumpriu com a parte dele de ficar vigiando enquanto eu comeria o garoto.

O lolito pegou na minha mão, entrou num reservado, sentou-se no vaso sanitário e abriu o zíper da minha bermuda, botou o meu pau para fora e começou a chupar. Em alguns minutos meu pau estava completamente duro.

Tirou uma camisinha do bolso, colocou na boca e botou no meu pau. Virou-se para mim e arrebitou a bunda e falou: meta, com vontade, quero gozar com seu pau no meu cu. Aquilo soou como uma ordem para mim, meti com vontade no cu do garotão que já estava folgado do pau do moreno. Comecei a bombar, que cu delicioso, quentinho, gostoso e arrombado. Comecei a aumentar os movimentos até que não me contive e enchi a camisinha de porra, tirei joguei na lixeira e ele se agachou na minha frente e começou a chupar meu pau sugando os resquícios de esperma que se encontrava nele. Que baita prazer, não existe coisa melhor do que ser chupado depois de uma gozada com o pau sensível.

Nesse momento ouço a porta do banheiro se abrir, e alguns segundos depois alguém urinando. O garoto abre a porta devagar e sai, eu fico lá dentro para não dar bandeira.

Depois de me limpar, saio bem devagar do reservado, e me aproximo do local dos mictários e tenho uma surpresa.

Vejo um cara baixinho, gordo com o pau para fora, e o garotão agachado chupando loucamente o pau do cara. Poxa esse garoto é uma putinha mesmo, disse comigo.

Saio tranquilo e vejo o gordo tomar um tremendo susto, falo para ele que fique numa boa que eu estou apenas saindo. Sai do banheiro crente que o gordo vai comer o garoto. Fui ate a lanchonete do supermercado, fiz meu lanche e voltei satisfeito para casa.



E-

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos meu marido dxou o amigo dele me massagiardona florinda putaconto de transa com o amigo do meu paifrancisca coroa ruiva contos eroticosContos eróticos mãe com os negrões e papai vendoemplorando pra ganha leite eroticos contoseu quero ver anaconda chupando leite da mãeconto erótico com foto titio me rasgoumulek gemendo no pau do outro mulrkcontos aliviando as tetas de minha irmadividi minha mulher com outro comto eroticocontos meu filho dotado me acoxoSem a minha permissao contos eroticoscolocando a prizilha na bucetaTravesti surpresa contosmorena mais paquerada transandominha filha camila contos eroticosFalei pro meu amigo enrrabar minha esposa enquanto ela dormiaconto porno esposa na praia com amigacontos erótico estuprada pelo chefinhoadultas com seios e bundas fartas minha esposa e o porteirocontos eróticos de bebados e drogados gaysvídeo porno de menina goza no pau enomecontos intimo de uma enteadaContos eroticos o marido gostoso da primacontos eróticos incesto férias com mamãemeu cuzinho desvirginadoConto erotico entaloudando desde pequeno contos eroticos gayso que sua esposa achou do menage femininocontos meu vizinho taradocontos/ morena com rabo fogosoContos sogra medindo o tamanho do paucontos eroticos de mulheres que fuderao com negrosdei de perna abertazoofilia negao comenorme pau deixando putia loucaContos eróticos mae do meu amigopai que fica rosado.o pau na buseta da filha bebadaTo ferrada fiquei.arrombada contos eroticoscontos erotico gay dei pro amigo do meu pai e comi a cachora dele sorfilacastigo boquete contoshome pega amulher de com o melho amigo transano e fi loucoo cu da morena saio sague de tanto fura porno doidoconto cinema porno casalSafadinho aaa uuusexo com renata crentinhafotos de buceta sendo lambinda e gritandoconto erotico eu fui no ensaio da escola de samba e dei o cu laContos afeminado c shortinho socadocontos comendo a enfermeiracontos arrombando casadavirei puto do bar conto gaycontos gays teen dando o rabomulheres peitudas contos eroticosContos eroticos noviça virgemcontos gay o vizinho cadeirantedrixando a mulher do corno arregassadinhaComi um cu fedodo contosfui ensinar a sobringa dirigir ea fudiConto de cadelinha depósito de porra dos machos no barcontos/comi a mae e tirei o cabaco da filhaContos de sogras velhas crentes rabudas dando o cucontos eróticos de professoras gostosas transando muito gostosoconto flagrei minha irma dando e enrabeicasada que gosta de apanhar traindo porno contoamolecendo dentro da xanaprimeira mulher a fazer zoofilia.no cinemacontos eroticos, venerava meus mamilosconto flagrei minha irma dando e enrabeiconto com teens fudrndo as duas sobrinhas de dez e doze anos