Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIZINHO JIUJITEIRO DOMINADOR

Click to this video!

Tenho 28a, 1.89, 80kg, loiro, sarado, olhos verdes. Moro sozinho em um ap de Curitiba. Primeira vez que eu vi M. foi quando ele tava se mudando pra um ap aqui do sexto andar. Moro no quarto e naquele dia nos encontramos no portão quando um amigo dele o ajudava a descarregar uns moveis. Tempos depois nos encontramos pela primeira vez no elevador, nos cumprimentamos, apresentamos... aquelas coisas de vizinho novo.



Depois disso volta e meia nos encontrávamos na garagem ou no elevador e sempre o papo sem graça se repetia. Eu tava sempre voltando da academia no horário e ele chegando com uma mochila. Um dia ele perguntou onde eu treinava. Respondi e perguntei onde ele treinava e o que fazia. Ele disse que praticava jiu-jitsu. Pelo corpão, alto e sarado, dava pra desconfiar mesmo. Voltamos a falar da minha academia e ele perguntou se “tinha muita gatinha lá”. Respondi qualquer bobagem e fiquei frustrado que um macho daquele dificilmente iria me fuder.



Tempos depois eu tava caçando na internet. Queria um macho dotado, ativo, que me pegasse de jeito. Tava precisando de rola grande e grossa. Entrei no batepapo, coloquei o nome de um local aqui perto de casa e a idade. Um cara puxou papo comigo, disse que morava perto. Fomos pro msn. Lá continuamos a conversa. Por enquanto, sá fotos de corpo no display.



Ele disse que curtia dominar, tranformar um cara macho em putinha, dar uns tapas, esfolar um rabinho apertado e guloso, tudo no sigilo, porque curtia mulher e tinha até namorada. Disse que procurava um putinho pra triturar, fazer tudo que não podia fazer com a mina dele. Foi me deixando doido. Perguntou se eu tinha cam. Ele tb tinha, ai abrimos. Tinha um corpão gostoso, mas o que me enlouqueceu foi a rola, era enorme...



Teclamos mais um pouco, fui descobrindo que ele era realmente um sacana dominador que não teria muita pena de mim e do meu rabo. Mas era exatamente aquilo que me deixava com vontade. Entao começamos a agilizar nosso encontro. “Bora mostrar o rosto?”, ele perguntou. Concordei. Qdo subimos a camera, era meu vizinho do sexto andar...



Meu pau ficou durasso, embora estivesse com um pouco de vergonha. Ele tambem ficou um pouco constrangido, mas essa reação não durou muito. Continuamos o papo falando da coincidencia. Ate ele dizer que se soubesse que eu curtia tudo aquilo, teria me pego faz tempo. Eu disse o mesmo. Perguntou: “você sobe ou eu desço?”. Falei pra ele descer em 20 minutos, ia tomar um banho antes. Ele respondeu: “beleza. Toma um banho, destranca sua porta, apaga as luzes e fica de 4 na sua cama, peladinho. Eu já desço pra te currar.”.



Fiz o que ele mandou. Eu la, de 4, parece que o tempo não passava. Ate que ele mexeu na porta e entrou. Trancou e veio pro quarto. Não disse nada. De cara, levei uns 3 tapoes na bunda. Começou a dizer muita putaria... que eu era o vizinho viadinho que iria levar muita rola, que ia me rasgar, que eu ia desmaiar de tanta pica... eu, de rola durassa, sá gemia. Ate que ele me puxou pelo cabelo e socou a pica na minha boca. Ela foi crescendo, enorme, bem grossa... ia realmente me esfolar.



Depois de uns 19 minutos mamando e levando tapa na cara, ele me mandou ficar de 4 na beira da cama. “Chegou tua hora”, disse. Passou um pouco de gel na entrada do cuzinho, na rola... e socou de uma vez... abafei o grito. E ele sá falando putaria.



Tirava tudo, estocava de uma vez, batia muito na minha bunda que ficou vermelha e com as marcas da mãozona dele, me fazia rebolar. Foi quase uma hora de foda em todas as posições possiveis. Ate ele me mandar ajoelhar no chao, com as maos pra tras. Gozou muito na minha boca, mandou engolir cada gota, em meio a mais tapoes na cara e puxoes de cabelo.



Me mandou gozar na mao. Em segundos, minha mao tinha tanta porra que tava caindo. Me mandou beber a minha tb. Eu tava jogado no chao, exausto. Conversamos um pouco e logo ele queria mais. Me fudeu 4 vezes. Na ultima eu não aguentava mais, mas não tinha forças nem vontade de pedir pra parar. Gozou mais uma vez na minha boca comigo la, caido no chao. Deu um tapa na minha cara e avisou: “amanhã eu chego às 22h do jiu e vou parar no quarto andar, blz? Prepare-se.”



Meu rabo piscava, mesmo esfolado. Deu mais um tapinha no meu rosto e saiu. Depois eu conto como foi o dia seguinte.



Quem quiser escrever: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos irmazinha se oferecendocontos meu filho me pediu para engolir sua porahomens delirando de tesão com um pau enterrado no raboconto xota cu irmãzinhaconto porno a virgem babicontos de surubas inesperadas com esposa e travestisContos de incesto familiarcontos comi minhas gemias zinhascontos eróticos gays metrocomi o cu da minha sogra linda e da filha elas gritavaEu, minha sogra e meu marido-contos-incestocontos eroticos medicoerotico minha filha bota a mãocoroa gostosa se arrumando namorada em Pouso Alegrerelatos reais minha eaposa pediu pro amigo comer o cu virgem delaconto erotico mamãe sentando no meu colo no carro lotadoConto eu meu marido e nosso melhor amigoboquete mulher de 48 anos contoPornofamiliacontosContos eroticos eu paguei pra fuder a minha sobrinha casadaconto erotico homens velhosdp swing buracoContos eroticos gays. comendo o moleque na van escolarcontos eroticos negao so comeu o cu da minha mulherContos filho deixa mae so de calcinhacontos eroticos porno gay mijo amarelocontos gays chupei o vira lataContos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surrasconto submissa ao paus negros e grandecontos eróticos de novinhas dando para garanhõesconto erotico priminhacontos eróticos;abusaram dd mim na festa da faculdadecontos eróticos peguei ela se masturbandoConto so caminhoneiro dei carona uma freira loiraestava no banheiro minha tia entrou contos eroticosconto minha esposa com seu primocontos eróticos marido cornocontos eróticos minha sobrinha de babydollconto eróticos zoofilia estrupei cadelameu aluno bate punheta olhando minha bundacache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php Contos, casada mal comidamulhe vais boguete em bebudoai que lambida contoscontos ninha cachorra chupou minha bucetaconto eróticos com velhinhaconto porno peoes no ciocontos eróticos esposa com sonocontos eroticos amigo gay experimentou meu biquineConto troquei o oleo com meu patraojogo de carta em aposta conto incestocontos eroticos sou casada ,eu sobrinho pedrinho parte 4Fotos de gostosas de vestidinho colado dirigindo carrocontos eroticos com meninas novinhasconto erótico peguie minha mãe no flacra tocando siririca lésbicasfiz sexo pra passar de semestre contosxvidio mocinhacontos eroticos de mulher casada que gosta de trair o mardo com negoes e levar tapas na cara na frete do corninho"klaudia kolmogorov"contos comi a amante do meu paixoxo-tas carnudas pedindo pica no rabo gordoContos eróticos brincando de esconde esconde com o inocentecontos eroticos Supresan bate papodei a xana contos eroticostrai meu marido com um moto taxi contoContos eróticos mae medrosacontos gay meu primo pauzao vir iContos de sexo sogro acima de 70 anos e noranatalia do ceará chupando o paucontos eróticos do tio malvadocunhadinha danadinha contosmulher fazebdo conids dr shortinho e marido psu duro