Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A CASADA RABUDA, NA BOATE DE STREAP

Click to Download this video!



Bom, em primeiro lugar, meu nome é RHIAN, sou moreno claro, 1, 75 de altura, tenho 30 anos, cabelos lisos e pretos, olhos pretos e corpo malhado, por ser praticante de musculaçao e jiu jitsu. Sou de Minas gerais, moro numa cidade proxima a Valadares, e foi exatamente em Governador Valadares, que aconteceu o que irei relatar agora.

Estava contratado para participar de uma apresentaçao, numa tal boate dsta cidade,, onde eu faria um estreap tease, apresentaçao esta, voltada para o publico feminimo. Finalmente chega a tal noite desta minha performance, na qual, estou no camarim da boate me produzindo para a grande apresentaçao, onde nao so eu estaria se apresentando, mas tambem, outros estreapers. Mas so quero falar do que aconteceu durante e depois da minha apresentaçao, e nao antes.

Entao, chegando a minha vez, ja entro com tudo, com uma coreografia escolhida por mim, dançando provocantemente, onde as gatas vao á loucura. Entao eu caio no chao e fazendo gestos, ccomo se eu tivesse transando com uma garota, e pra vc entender melhor, o que eu fazia, era parecido com as flexoes que fazemos na academia, como aquecimento antes de malhar o peitoral, seria mais ou menos transar com alguem invisivel. E foi aquele frisson, tanta mulher gritando, me chamando de gostoso, pedindo pra eu nao fazer aquilo com elas, e tinha ate algumas por incrivel que pareça se masturbando, uma vez que a boate estava ás escuras, para nao atrapalhar a iluminaçao do palco, onde eu stava fazendo a minha perfoirmance.

Em meio a varias mulheres que estavam presentes, varias me chamaram a atençao, e dentre estas, tinha uma que pelo seu comportamente, atraves do silencio que vi no seu lindo rosto, sem gritaria, sem pular e sem aquele desespero, que acho natural, por parte das mulheres, que sao a maioria em todos os shows e eventos. Entao, chega o momento de eu abrir o ziper da calça que eu usava para esta apresentaçao, e sem esquecer que eu estava com um uniforme de garçon, e tinha escolhido este modelito, pelo fato de saber que 98 % do publico presente seriam mulheres, e entao a ideia de me vestir de garçon, combina com " servir "na bandeja para elas, instigantemente. Sendo assim, comecei a abaixar o ziper da calça e simultaneamente dançando bem sensual e sexual, olhando nos olhos delas, mesmo que seria impossivel faze-lo, devido ao grande numero de mulheres presentes, e a cada grito, cada sussurro que eu ouvia, mostrava um pedaço da minha sunga, que na verdade era branca, e era uma loucura terrivel, até que num piscar de olhos, num toque de magica,eu arranquei a minha calça do corpo, ficando so de sunga. O que fez com que ficasse expostas, as minhas coxas grossas, peludas e por sinal, bem divididas.

Dando sequencia a este estreap, eu dançava cada vez mais e caía ao chao, descendo e subindo, como se eu tivesse metendo em alguma gata, e mais uma vez elas foram á loucura. E pra contribuir com toda aquela loucura, que era o combustivel para que eu continuasse me "movendo " daquela forma, eu tirei a gravata e a blusa de manga comprida,do modelito "garçon", exibindo um belo peitoral, todo definido, e com cada peito bem bicudo e por estar depilado, quer dizer, por fazer, com os pelos arrepiados, do tipo que vao furar os bicos dos seios da garota. . Entao foi a maior algazarra por parte das mulheres, aquele frisson, sá quem ja foi a uma boate de estreap tease feminino, para comprovar a minha veracidade. Eu fazendo que estava tirando minha sunga branca, e elas torciam, era esta a palavra, ganhei uma grande torcida, elas torciam para que eu tirasse verdadeiramente a sunga, mas como este comportamento nao faz parte do meu trabalho, entao a musica acaba, as luzes se apagam e em meio aos gritos e berros das mulheres, a minha apresentaçao se encerra. E em 5 minutos, eu volto ao palco, anunciando que seriam convidadas 4 garotas para me conhecer no camarim da boate, anuncio este, que foi recebido com toda alegria, onde elas se rasgavam entre si, e todas levataram as maos, se oferencendo a este convite.

Sendo asim, eu falei que se fosse possivel, eu escolheria todas, mas como era impossivel, entao somente 4 mulheres que representariam todas elas, muito porque, o tempo nao iria contribuir. E foram escolhidas as 4, e dentre estas 4, eu havia escolhido em primeirissimo lugar, aquela que mais me chamou atençao, aquela que me provocara sem dizer nada, somente atraves daquele olhar de fome, disfarçadamente. E Rumo ao camarim da boate todas as 4 foram, ansiosamente . e chegando la, dei 3 beijinhos em cada uma, e antes de começarmos a conversa, ja que aquela era talves a unica oportunidade delas me conhecerem, pois eu nao era daquela cidade. E entao o barulho la fora, tava tao grande, o que fez com que eu trancasse a porta do camarim, pois temia a reaçao das demais mulheres la fora. Vendo que eu trancara a porta, as convidadas ja estavam me agarrando, tentando me beijar na boca, onde eu tentava impedir, e outras pegavam na minha frente e ao mesmo tempo gemendo de tezao, cada uma mais louca do que a outra,e eu pedia calma, que nao seria assim, que eu era um profissional, e elas nao estavam nem ai. Foi entao que uma delas ja ajoelhada, abaixou de uma vez, o ziper da minha calça, arrancando com tanta rapidez, o meu caralhao, pois foi tao rapido, e ao mesmo tempo, achei que elas tinham combinado. Enquanto as outras 3 me agarravam.

Com o meu caralho ja na boca dela, eu nao aguentei, ja estava louco, e me entreguei aquelas gostosas, e a partir daquele momento, o meu papel, era servi-las na bandeja, ja que eu era o garçon, entao, eu permitir que elas tirassem minha blusa, enquanto, eu estava sendo mamado por aquela gostosa, e ao observar, vi que era uma baita loira, bem rabuda, e cada vez, eu mandava ela mamar, chamando a de gulosa e bota gulosa nisto. chegava fazer aquele barulho, e pra me deixar mais louco ainda, uma das 3 gatas que estavam me beijando, se abaixa dividindo assim o meu caralho com a outra, brigando entre si, ate que uma decidiu mamar os ovos, colocando-os denntro da boca e tentando engulir meu saco com ovos e tudo.

Nooooossa! aquilo me levara ao delirio, ao extase total, aquela visao de duas putas dividindo entre si o meu caralho e e chupando meus ovos e sacos, enquanto as outras duas chupavam, mordiam o meu peitoral, lambendo o suor impregnado, e beijando minha boca num louco frenesi. E eu me entreguei a todas elas.

Até, que a ficha cai, e noto que a loira que havia caído primeiro de boca no meu caralho, era aaquela gata aparentemente "comportada". O que me deixou ainda mais com muito tesao. Entao, eu começo a pirraça-la, dizendo que ela era gata demais para eu acreditar, que seria a mais gulosa, e que aparentemente, ela demosntrava que tinha ido na boate escondida de alguem, atraves daquele semblante medonho. E ela mais do que nunca, largou o meu caralho da boca, e me disse que era casada, e que o marido tava viajando, e que ela nao era de Valadares, e nao conhecia ninguem la, a nao ser a sua amiga, que ela tava pássando uns dias na casa desta amiga, e que era a propria amiga que teria a convidado para ir nesta boate, dizendo que as duas manteriam segredos, e que a mesma estaria a esperando la fora, em seu veículo. Nooooossa... aquilo me deixou doido, e a chamei de puta, que nao poderia ser verdade, que ela nao poderia ser casada, que ela era muito nova,o que depois ela me disse ter 23 anos . E mais do que nunca, vendo aquele rabao empinado, enquanto ela mamava meu pau com a outra, eu disse em voz alta que a minha intençao nao era transar com elas. Desde o inicio do meu tesao, so queria depois daqueles boquetes que elas me davam, era somente enche-las de porra, mas ja que me pirraçaram, entao a primeira que vai levar ferro, é vc gostosa de casada, o que as levaram a loucura. E ela gritou um aaaai delicia! e de prontidao, ficou com a budona arrebitada, pedindo vara.

Eu mais do que depressa, muito porque o tesao nao espera, e entao eu vou ate minha bolsa e pego uma camisinha, encapo meu caralho e deseesperadamente, volto ate ela, e ja de 4 me esperando, eu encaixo meu cacete na buceta dela por tras, ao que ela geme, me chamndo de delicioso, e pede para eu comer a casada safada, enquanto as outras devoram meu peitoral, chupam minha barriga e me beijam na boca, com lingua e tudo. E é aquela sensaçao de estar num paraíso, cada metida que eu dava na casada, as outras se masturbavam e algumas ja gozavam, nao aguentando ver aquele cacete enrabando aquela mulher bundunda, e a cada metida, eu dava palmadas na bunda dela, e a cada palmadas as outras gritavam, como se eu estivesse metendo nas nelas. Confesso que tava gostoso demais, comer aquela rabuda casada. Ela batia a bundona contra o meu caralho, e tomava bem forte como retribuiçao, indo ao delirio do extase, gozando muito, dizendo que aquilo era um sonho, e me pedindo para eu meter sem do, que nao era pra eu ter dá de uma puta casada nao, e qto mais ela pedia, mais eu metia e dava palmadas na bundona dela, dizendo que aquilo era pra ela aprender, e ela dizia que queria aprender. E ficando mais louco ainda, eu arranquei meu caralho da buceta dela e disse que ela iria aprender agora, e ja encaixando meu caralho no cu dela, o que ela ja disse, que ali nao, que o marido dela tentou varias vezes, mas como ele nao tinha paciencia, doía muito, por ele nao soube fazer, mas que algumas amigas dela diziam que era a coisa mais gostosa, que o prazer era multiplo, em se comparando com a bucetinha. E entao eu mandei ela calar a boca, dizendo que eu iria comer mesmo, e que era aí sim.

E ja empurrando do meu jeito meu caralho, como quem tinha pressa, e gradativamente aumentando as estocadas, onde ela gritava muito, dizendo que tava gostoso, que eu sabia meter, que aquilo era louco, e as outras putas berravam muito, se masturbando e ao mesmo tempo gozando, aquele camarim virou um "exame de abelhas", atraves dos urros, sussuros e gemidos delas. Eu comendo o cú da casada gostosa, ela me pedindo mais, ate que de tanto meter, seu caldo orgasmico ja pingava da buceta ao chao.

Confesso que aquela cena me deixo extasiado, ao mesmo tempo que ela gozava as outras gemendo e chupando os dedos. Comer aquela loira gostosa, era tudo que eu queria, desde o momento que a vi pela primeira vez, onde me chamara muito atençao, seu charme, simpatia, aquele sorriso safado diante do minha performance, e ela sabia do poder que tinha, da seduçao. Sabia que sendo diferente de todas, me conquistaria unica e exclusivamente, pois, ter o cú e a buceta preenchidos pelo meu caralho, seria o maior troféu naquela noite, que por sinal, foi uma das melhores da minha vida,onde ao terminar de meter muito nela, sabendo que nao teria mais tempo, gozei fartamente na boca das outras 3, prometendo a elas numa proxima oportunidade, uma boa metida. E ao mesmo tempo, pedindo que elas entendessem e me compreendessem, pois eu tinha que ir embora, alegando tambem, dos meus inumeros compromissos. E como promessa é divida, ao me despedir delas, eu dei o meu telefone para cada uma, e falei que se eu nao cumprisse, jamais eu me sentiria completo e feliz. E qdo saimos, para a alegia de todas, a boate continuava em ritmo de festa, tocando muita dance music e tambem tecno. Este conto foi real.

GATAS QUE QUEIRAM CORRESPONDER COMIGO, DEIXO MEU MSN Á DISPOSIÇAO DE TODAS, ONDE FAREMOS A MAIOR LOUCURA VIRTUAL, ATÉ QUE NOS CONHEÇAMOS, REALMENTE. GOSTARAM?? OU MELHOR, GOZARAM ?? ENTAO ME ADD !

MSN : [email protected]

BEIJOS !!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


www.contopadrinho.comcontos eroticos sasuke e sakura minha doce virgemdei massagem na sogra contoContos eroticos filha rabudaHistorias erosticas viadinho dano o rabinho para o policias e chora d dorcontos de incestos e orgias entre irmas nudistasConto eu meu marido e nosso melhor amigoContos de esposa gostosa acompanhado marido numa festapapai me ensinou chupar buceta conto eroticomeu sogro me escravizou contos erotiçoscontos eroticos gerro tomado umas cervejas com a sogra sozinhos e da em cima delapintinho na bunda contoscontos eróticos vc me acha bonitaAgostozas trazano contos eroticos o dia que o pasteleiro mim comeucontos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhocontos gay chorei no pau do coroacontos eroticos vestido coladocontos eroticos, casada nova surpreende marido em cine pornocomendo a irma dopada de remedio contosacademia eroticaCasada viajando contoscontos sou casada e comi um novinhoContos eroyicos fui castigada e mamae chupo minha bucetacontos eroticos - isto e real. parte 2traficante comendo a travesti conto eroticocontos eroticos,peguei minha filha e sua amiga transandocontos de putinhas casadaEu contei para o meu marido que dei o cuporno contos pai vendendo as menininhas a forçaMae do amigo no msn conto eroticocontos de cúquelegal vouponhacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html gruda nos pelinhos da bucetacontos estupradas por pivetescontos de cú de madrinhaContoseroticosgreludade santinha a putinha e um pulo contos eroticosminha mulher e travesti contos eroticosCasada viajando contoscontos de coroa com novinhocontos d zoof pegei minha sobrinha c um cachorrocontos incestosna infância Contos.eroticos traindo marido na.sala ao ladocontos eróticos deixei meu dog lamber meu pênisbucetadasaleteContos eroticos poraocontos eroticos chantagem de carnaval contos de coroa com novinhoconto gay mamando pastor roludocontos excitantesde sexoSou gay e tranzei com um travest contos eroticoConto de casada nao resistiu a pica do vizinhoContos eroticos gay olixeirocomendo a prima linda do cabelo super comprido e muito vadiawww.finhinhas.porncasadoscontosgayscontos tava de vestido i fui comidaPUTINHA DO TITIO E DO PRIMÃO 2minha conhada mi bexandomamae fudeu comigo contoum pivete me engravidou contospedreiro orrobando buceta da filha do patraoMeu primo que chupa no meu pauconto o cachorro que fudia a vizinhaver dvd porno homems chupa bucetas de baicho da mesa tira calcinha do ladovesti as roupas da minha mulher por curiosidade fui flagrado pelo vizinho e virei sua putinha gaycontos enrabado na saunaViadinho do vizinho tinha uma rocha com meu pai Contos eroticoscontos adoro um pau gostoso e tesudo de travestidog pegando vovo contosContos eroticos de safadas casadas q traicontos eroticos de feiadeu pro vizinho trans e ficou grávida contosa casa dos contos eróticos-prima Thayanecontons eriticos sobre estrupotirei o cabaco do garotinho mimado de onze anospego no fraga cherando a calcinha da casada contosx vídeo mulher da cu virgema outro antes de da marido conto eróticosContos: estou espirrando dentro da bucetinha da minha filhinha pequena