Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO FOI DIFICIL DAR O CUZINHO

Click to Download this video!

Sempre tive vontade de dar a bunda, me masturbava enfiando objetos e rebolando bem gostoso imaginando que estava com uma rola no rabo, mas quando estava trepando e tentavam colocar na minha bunda eu disfarçava, segurava a rola e colocava de novo na buceta.

Tinha medo de sentir dor, devido a algumas historias que tinha ouvido, mas não conseguia parar de me masturbar imaginando uma rola atolada na bunda.

Um dia, para ser mais exata, num domingo, eu e meu marido (na época éramos namorados) estávamos na casa dele e deitamos no sofá, na posição de conchinha, bem juntinhos, para assistir televisão. Sentia seu corpo bem colado ao meu, sua respiração no meu pescoço e suas mãos acariciavam meus seios.Então comecei a sentir sua rola bem quente crescendo e roçando em minha bunda.

Naquele momento nem me lembrei da possível dor, queria apenas sentir aquela rola em minha bunda, estava completamente tomada pelo tesão,sentia minha buceta pegando fogo e completamente molhada.Não falava nada, gemia baixinho e me esfregava cada vez mais naquela rola quente e tesuda. Nunca tínhamos tentado nem conversado sobre sexo anal e eu mal podia acreditar que finalmente iria sentir uma rola de verdade em minha bunda.

Ele puxou a minha calcinha para o lado e começou a forçar sua rola de encontro a minha bunda bem sutilmente. Ele também não falava nada, apenas me acariciava, gemia baixinho, se esfregava em mim, que completamente tomado pelo tesão me empinava cada vez mais, forçando a minha bunda contra a sua rola. Já podia sentir a cabeça da rola entrando no meu cú, quando começaram a chamar por ele no portão. Paramos na hora, porque como não estávamos sozinhos na casa, sabíamos que não teria como fingir que não tinha ninguém.

De noite quando ele foi me levar embora, ficou um clima de frustração, mas não tocamos no assunto.

Nos dias seguintes não podia acreditar que aquilo tinha acontecido, minha vontade de dar a bunda sá aumentava e eu queria encontrá-lo novamente para terminar o que tínhamos começado.

Por compromissos de trabalho sá pudemos nos encontrar na sexta –feira. Primeiro fomos a um barzinho onde estavam vários amigos dele. Não tínhamos combinado nada para mais tarde, mas tamanho era o nosso tesão fomos de lá direto para um motel.

Nos beijamos, acariciamos, esfregamos feito dois animais, sem tocar no assunto tão desejado- a minha bunda.Tínhamos bebido e eu estava completamente molhada, quente.Ele tinha a respiração bem ofegante a rola dura e percorria meu corpo com a as mãos, até que me deitou de bruços e começou a fuder minha buceta, que como disse estava encharcada . Trepamos de um jeito que nunca tínhamos trepado, gemíamos, suávamos eu rebolava, quando ele sutilmente tirou sua rola da minha buceta e começou a esfregar no meu cúzinho.Eu empinei a bunda forçando cada vez mais o meu cuzinho contra rola dele, até que finalmente senti que começava a entrar.Sentia meu cúzinho se abrindo e uma rola grossa e quente entrando, não sentia dor apenas prazer, queria mais e mais.Ele colocava bem devagar, mas não parava ia forçando me fazendo delirar de tanto tesão,e colocou tudo bem gostoso.Eu estava com uma rola atolada na bunda e rebolava para sentir ela dentro do meu cuzinho, se esfregando na beirada do cú e ao mesmo tempo esfregando meu grelinho contra o lençol.Ele gemia e forçava seu corpo contra o meu.Pude sentir gotas de suor que caíram de seu rosto nas minha costas de tanto tesão que ele também sentia.Eu alternava entre reboladas e empinadas e pude sentir um calor que subia pelo meu corpo, fazendo- me tremer e explodir num gozo que aconteceu junto com o dele fazendo-me molhar o lençol e ficar com o cúzinho cheio de porra.

Trepamos a noite toda, dei a bunda para ele mais 2 vezes naquela mesma noite ficando com o cuzinho doendo de tanto dar.

Então descobri que amooooooooo dar a bunda sim e gozo muito com isso...

Rebeca.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de enteadasestuprada e gostou contoslevei minha prima pra um hotel eu tirei a virgindade da buceta dela conto eróticocontos eroticos ladrao mete tudo aititio caralhudo noivo corninho safado noiva putinha contos eroticoscontos eróticos verídico com mulheres na punheta no maridoporno coroa pauzeraContos não sabia que era traveco e regasou meu cuconto erotico cobrador casada lesbicocontos eróticos meu marido e um policialconto erotico colegial virgem sentindo desejoQuero um homem que chupe minhas tetas quando chega do trabalho e pra dormipeluda coroa estuprada p gangsfudendo discretamente de ladinho na Praia cheiacontos eroticos currada caronaContos sempre fui viadinho dos homens da familiacontoseroticosdeincesto/irmaoeirmaUni batendo p****** os malhadãoconto comi tia do meu amigoencostei o braco na buceta da cunhada contoscasetes longo machuca a xoxota da mulher pornocontos eróticos seduziram a minha mulher na boatecontos de menina nova perdendo o cabacocontoseroticos irmoes e irmã no assaltorelato da tia grávida transando com sobrinhohistória verdadeira de sexo entre homens bi sexual no banheiro metrô trem ônibuswww.contospornodoidoconto adoro um cu de gordatocu de proposito pornodoudoconto erotico gay colo tiominha mãe adora bater punheta para o meu irmãoconto erotico de garoto pelados com prinonovinhos fodeno apremira veizsimpatia comer cunhadafui cutuca a buceta da minha irma ela quis mi dacunhado crente casado,contos eróticoadorava chupar quando menina contos eroticosContos eroticos carro quebrado cornoConto erotico gey adolecenteContos eroticos: desde novinho era afeminado louco pra da o cutava um tedio danado,resolvi dar a buceta pra ele,incesto contosconto de dei meu cu e não aguentei a pica grande delefilha medico podolatria contos eroticosconto erotico neide safadinhafiquei d calcinha e logo me comerao contos eroticoscontos eroticos estuprada no matagau traisaoA casada chupou meu pau no churasco contosMeu marido sabe que dou o cu a um amigo de infanciatitia perguntou se ja tinha comido um cuzinho contosvideos mulheres negras coroas de absorvente internosafada pediu pro tio pauzudo gosa dentroConto erótico crente emafloditafui toma uma no bar da coroa safadinha e acabei comendo seu rabinhodei leitinho na boca de uma novinha de contagem contos eroticoscontos eroticos de meninas que sua prima ensinou a ser putinha ainda bbcontos erotico dona de casa meretriscontos eroticos batendo punheta olhando pro cuzinho do nemino contos como que eu descobri q meu marido queria ser cornoeu confesso era um veículo eu confesso transei com meu padrastocontos eroticos dona marcia coroa rabudachupei dei comi na saunacontos erotico de puta dando a bundo pro velho taradoprofessor cacetudo comendo o cuzinho do menino afeminado no banheiroContos de primas novinhas com desejo e muito tesão.conto eerotico prque minha irma resolveu me darcomi ela na pia da cozinha/contoContos de mulheres casadas traindocontos eu durmo de saia sem calcinhaminha tia greluda de biquínicontos de sogra gravida transandocontos eroticos adoro usar calcinhagay seduz senta no peniz amigo hetero carente videos porno conto erotico casada instrutor de motoconto erotico surpresa na siricacontos eroticos comendo a a amiga da irmavideosIncestochupandoRejane gosando na siriricafiz troca troca com meu amigo : contos eróticoscontos eróticos meninas de 25 anos transando com a calcinha preta com lacinho vermelhocontos xupo pau desde novinhocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconvidando o amigo hetero para assistir um filme porno e ele me comeu conto gaycontos-teu pau entrando com força no meu cuzinhoentiada mimada pau na conaconto erotico perdi calcinhachantageada e humilhada pela empregada negra