Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENRABADO PELAS TRAVESTIS DE FLORIANOPOLIS

Click to Download this video!

Moro no RJ e sempre viajo a trabalho. Vou contar o q aconteceu comigo em uma viagem para Florianápolis, onde conheci duas travestis maravilhosas.

Tenho tara por mulher, mas uma boneca me tira do sério. Sempre viajo a trabalho para varias cidades. Já fui pra SP, BH, Vitária, Recife, Campinas, Curitiba, P. Alegre e em todas elas dava um jeito e pegava uma boneca local. Iria para Floripa na primeira semana de outubro, mas como estava com uma grana extra resolvi viajar na sexta dia 02 para aproveitar melhor. Na sexta não fiz nada, no sábado de manhã já tinha um futebolzinho com o pessoal da empresa. Acordei e fui pro clube, cheguei, reencontrei o pessoal e começamos a jogar. Depois do jogo como de costume churrasco e cerveja. Bebemos até umas 19hs, estava bem alto e fui tomar um banho pra ver se melhorava, quando bebo fico com uma excitação a mais, no meio do banho comecei a passar sabão no cu e não demorou pra dois dedos entrarem. Me punhetava com uma mão e com a outra dedilhava o cú. Estava quase gozando quando alguém entrou no banheiro e tive que parar pois as laterais do box eram meio transparentes. Fiquei com um puta tesão mas tive q sair. Peguei uma carona e fui pro hotel como já tinha dado uma pesquisada na internet em sites de travestis, sabia onde elas ficavam. Umas 22:00hs sai e fui dar uma volta. Meu hotel não era muito longe e ficou fácil de encontrar. Cheguei na avenida e dei uma primeira volta a pé. Realmente eram muitas bonecas. Algumas passavam por mulher mole-mole. Parei em um barzinho pra apreciar com calma. Foi ai que começou minha aventura. Entrou uma boneca linda, corpo bem feito, cabelo loiro, estava vestida bem discreta. Foi ao banheiro, fiquei secando e ela percebeu. Me posicionei na porta pra tentar alguma coisa na saída. Quando ela saiu do bar fiquei acompanhando e ela deu uma olhada pra trás. Pensei é a senha, fui atrás e ela se virou novamente parando práximo a uma banca de jornal. Cheguei perto e nos apresentamos, seu nome era Joyce, perguntou de qual cidade eu era pois o sotaque não era dali. Disse que era do RJ e ela ficou empolgada, dizendo q os cariocas são bem safados. Rolou uma química legal e em pouco tempo já estávamos nos beijando, ela tinha uma boca doce e um hálito gostoso. Ela apertou meu pau por cima da calça e disse q queria senti-lo na boca. Fomos pra um hotelzinho práximo e no quarto a coisa esquentou de vez. Ela se ajoelhou na minha frente e começou um boquete molhado e quente. Enquanto me mamava ia tirando minha roupa até eu ficar totalmente pelado. Ela olhou pra mim e perguntou se eu conseguiria fazer o mesmo com ela. Sem pensar muito me ajoelhei na frente dela e fiz o mesmo ritual. Sua pica não era grande e nem muito grossa, mas era perfeita pra mamar, em pouco tempo ela já estava pelada e eu continuei mamando. Ela segurava minha cabeça e socava rola na minha boca. Ela me puxou pra cima da cama e ficou por cima de mim, como se fossemos namorados. Ela se virou e começamos um 69. Não aguentando mais pedi pra come-la. Botei a camisinha e soquei nela de 4. Foi rápido e em pouco tempo gozava. Ela disse que queria gozar, deu uma olhada no relágio e falou q poderíamos dar outra. Disse q estava um pouco cansado e que ficaria pra práxima. Ela começou a se punhetar, eu pra não deixá-la na mão, fui mamar seus peitos. Ela acelerou a punheta e gozou em cima da barriga, passei a mão na porra dela e espalhei pelo sua barriga e peitos. Fomos tomar um banho juntos e ela tentou enfiar o dedo no meu cu, mas disse q não daria, pois como tinha vindo direto de um churrasco, poderia acontecer alguma surpresa. Ela deu uma risada e fomos embora. Saímos juntos do hotel e fomos conversando banalidades. Paramos em uma carrocinha de cachorro quente e lanchamos. Falei que ficaria na cidade naquela semana. Ela gostou e disse que poderíamos nos ver outros dias, disse que alguns dias sim, mas todos não pois ia ficar muito caro. Naquele programa gastei 60,00 dela mais 30,00 do hotel. Se fosse sair com ela todo dia gastaria uns 600,00. Ela disse pra eu aparecer antes de ir embora pois tinha gostado muito da transa. Sabia que ela queria era dinheiro e tentaria me arrancar algum de qualquer jeito. Nos despedimos e fui pro hotel.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos mae e filhoContos duas safadas com um machoContos eroticos familia sem preconceitoContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas nivinhas dormindo e provocandocontos de lesbicas coroasconto eróticos sabrinahistorias excitantes esposa adora chupar buceta da outra pro marido verconto erotico comendo o cuzinho do menino de ruacontos erótico- fui estuprada e gosteicunhada de chortinho na janela e o cara atola o pau nelagozada na boca sueliMeu namorado me comeu com um pepino contosfilme pornô da mulher do Suvaco Cabeludo Vem homem do pau mais grande e g************* delaContos afeminado c shortinho socadocontos os garotos comeram minha mulher na excursãocontos erodicos de alunas e prefessorescontos gays sendo estrupados e isolados analrelatos erótico fui amarrada Contos eróticos "queria experimentar algo novo"contos eróticos comi titia no banheiro com um monte de gente em casatomando banho de rio com titio contos gaycontos com a visnha casada escondido oacontos sexo meu irmao rasgou o meu cuMeu primo me convenceu a mostra meu pau para elecontos eroticos cegover contos eroticos de irma dando pro irmaocontos eroticos enfermeira saco peito grandeFoderam gente contos tennscontos eróticos marido chega em casa e esposa ta dando pro cunhado e cunhada participandoconto erótico enteada querendo dar po padrastocontos eróticos putinha na madrugada na ruaesposa bebada e seria sendo chatageada no churrasco contocontos arrombei minha mae com mega rolaocontos eróticos dormindo na casa do namorado depois de uma festaContos eroticos cuzinho dificilcontos heroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos er gozando na boquinhavirei puto dos segurancas sadomasoquismo conto gayContos eroticos de solteiras rabudascontos eroticos fudendo a mae travesticontos eróticos pequenaconto erotico real sobrinhocontos eroticos na piscina com a famila todos nus no reveionler conto erotico fodendo mh maeassustei com apica do meu melhor amigo contosCalcinha cheirosa da sobrinha contoeroticoadoro menino sacudo contosContos eroticos cheirando calcinhas de vendedores no banheirominha cunhada traindo meu irmao com o patrai contosesposa no motel com amigos contocontos eroticos de enteadascontos eróticos meu marido tomando chimarrão e o amiguinho do meu filho cuidando minha bucetinhaswing tio com sobrinhas flagrante historias contosContos de leitores reais swingmulher sentada e retando calcinha para homen ver sua bucetaconto o sarado e a gordinhaDei o Cuzinho Na Cadeia e Depois pro Pastor Contos Eroticosdepilano a buceta dela io cara comi elacontos pornos irmas naturistasasalto que.virou.suruba videosTennis zelenograd contofilha medico podolatria contos eroticoscontoseroticos primo hetero comeu o primo gayconto abusando na punhetacontos e historias de zoofilia meu cachorro mamou nos meus peitos cheios de leiteconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitacontos coroas amazonensesdedada esposa corninho rindo otário contofudendo a sogra conto ingenuaTudo q uma puta deve fazer na camaminha sogra e mulher duas depravadas e taradas contos eroticoscontos sexo minhas duas tias me espiando meu pausaoO amigo dele me comeu contosPorno contos avos iniciando ninfetinhas no incesto maes paispasseando com o cunhado relatos heroticos