Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENRABADO PELAS TRAVESTIS DE FLORIANOPOLIS

Click to this video!

Moro no RJ e sempre viajo a trabalho. Vou contar o q aconteceu comigo em uma viagem para Florianápolis, onde conheci duas travestis maravilhosas.

Tenho tara por mulher, mas uma boneca me tira do sério. Sempre viajo a trabalho para varias cidades. Já fui pra SP, BH, Vitária, Recife, Campinas, Curitiba, P. Alegre e em todas elas dava um jeito e pegava uma boneca local. Iria para Floripa na primeira semana de outubro, mas como estava com uma grana extra resolvi viajar na sexta dia 02 para aproveitar melhor. Na sexta não fiz nada, no sábado de manhã já tinha um futebolzinho com o pessoal da empresa. Acordei e fui pro clube, cheguei, reencontrei o pessoal e começamos a jogar. Depois do jogo como de costume churrasco e cerveja. Bebemos até umas 19hs, estava bem alto e fui tomar um banho pra ver se melhorava, quando bebo fico com uma excitação a mais, no meio do banho comecei a passar sabão no cu e não demorou pra dois dedos entrarem. Me punhetava com uma mão e com a outra dedilhava o cú. Estava quase gozando quando alguém entrou no banheiro e tive que parar pois as laterais do box eram meio transparentes. Fiquei com um puta tesão mas tive q sair. Peguei uma carona e fui pro hotel como já tinha dado uma pesquisada na internet em sites de travestis, sabia onde elas ficavam. Umas 22:00hs sai e fui dar uma volta. Meu hotel não era muito longe e ficou fácil de encontrar. Cheguei na avenida e dei uma primeira volta a pé. Realmente eram muitas bonecas. Algumas passavam por mulher mole-mole. Parei em um barzinho pra apreciar com calma. Foi ai que começou minha aventura. Entrou uma boneca linda, corpo bem feito, cabelo loiro, estava vestida bem discreta. Foi ao banheiro, fiquei secando e ela percebeu. Me posicionei na porta pra tentar alguma coisa na saída. Quando ela saiu do bar fiquei acompanhando e ela deu uma olhada pra trás. Pensei é a senha, fui atrás e ela se virou novamente parando práximo a uma banca de jornal. Cheguei perto e nos apresentamos, seu nome era Joyce, perguntou de qual cidade eu era pois o sotaque não era dali. Disse que era do RJ e ela ficou empolgada, dizendo q os cariocas são bem safados. Rolou uma química legal e em pouco tempo já estávamos nos beijando, ela tinha uma boca doce e um hálito gostoso. Ela apertou meu pau por cima da calça e disse q queria senti-lo na boca. Fomos pra um hotelzinho práximo e no quarto a coisa esquentou de vez. Ela se ajoelhou na minha frente e começou um boquete molhado e quente. Enquanto me mamava ia tirando minha roupa até eu ficar totalmente pelado. Ela olhou pra mim e perguntou se eu conseguiria fazer o mesmo com ela. Sem pensar muito me ajoelhei na frente dela e fiz o mesmo ritual. Sua pica não era grande e nem muito grossa, mas era perfeita pra mamar, em pouco tempo ela já estava pelada e eu continuei mamando. Ela segurava minha cabeça e socava rola na minha boca. Ela me puxou pra cima da cama e ficou por cima de mim, como se fossemos namorados. Ela se virou e começamos um 69. Não aguentando mais pedi pra come-la. Botei a camisinha e soquei nela de 4. Foi rápido e em pouco tempo gozava. Ela disse que queria gozar, deu uma olhada no relágio e falou q poderíamos dar outra. Disse q estava um pouco cansado e que ficaria pra práxima. Ela começou a se punhetar, eu pra não deixá-la na mão, fui mamar seus peitos. Ela acelerou a punheta e gozou em cima da barriga, passei a mão na porra dela e espalhei pelo sua barriga e peitos. Fomos tomar um banho juntos e ela tentou enfiar o dedo no meu cu, mas disse q não daria, pois como tinha vindo direto de um churrasco, poderia acontecer alguma surpresa. Ela deu uma risada e fomos embora. Saímos juntos do hotel e fomos conversando banalidades. Paramos em uma carrocinha de cachorro quente e lanchamos. Falei que ficaria na cidade naquela semana. Ela gostou e disse que poderíamos nos ver outros dias, disse que alguns dias sim, mas todos não pois ia ficar muito caro. Naquele programa gastei 60,00 dela mais 30,00 do hotel. Se fosse sair com ela todo dia gastaria uns 600,00. Ela disse pra eu aparecer antes de ir embora pois tinha gostado muito da transa. Sabia que ela queria era dinheiro e tentaria me arrancar algum de qualquer jeito. Nos despedimos e fui pro hotel.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


louca por pica.contoscontos caipiras amadores bucetasfui errabada pelo meu avoContos e roticos com gemeos i denticosContos eroticos cadela da cachoradadei minha filha p meu amante pauzudo desvirginar contoscontos eróticos fragei meu tio comendo minha tiaContos erótico filhinha gosta de mamar picaMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontosconto xota cu irmãzinharealizando sobrinho sensualcontos Rabuda com cheiro de bundaChantageei minha tia escrava lesbica contoconto erotico tio juliocontos eróticos corno leva muhger BA mo suco grupalSou novinha e putinha boqueteirá do papai contoseroticosmulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormecontos eroticos casada virá puta do mendigocontos servente de pedreiro zoofilia com gozadas e enguatescontos vendo a irma sendo fodida betinhabotou tudo nela bebadacomo fazer pra minha namorada veste shortinho curtohistórias eróticas com tiaeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestomeu cachorro meu machopai cacetudo conto gaygorda gozando contosBucetaamostra no onibus contos eroticosContos eroticos novinha virgem sendo arrebentada pela mulecadascontos eroticos travesti me roubougreluda se masturbando com seu cão no quartoconto erotico fodendo a sobrinha de seis anosgostosa banco da bike shortinhoSodomizada no incesto contoschantageada e humilhada pela empregada negraPorno.veterinariha.taradaconto eroticos sem maldade senti que os dedos tocavam minha xoxoracontos eróticos de bebados e drogados gaysestuprada na frente do marido por 6 homes conto eroticoconto os peitos bicudos de maevideos porno ti estrubus ti meninas novinhasconto erotico paraliticocontos eroticos entre camioneiroscontos eroticos hospitalA chapeleta arronbou minha bucetinha contosContos eroticos seduzindo meu sobrinho com roupas provocantesContos de putas fogosas co.tados por mulheresminha filha fudendo com nosso impregados contosContos eroticoseus.filhosContos eroticos coroa tarada chama dois travesti pra tomar banho d piscina em casatirando virgindade de menina Londrina Paranáconto bricano com o primho de escondercontos de bucretao grandeconto marido corno vendo daniela fyder com negaocontos negras visinhas gostosasdepois do anus e da vagina tem outraentrada pro penis entrar?contos reais de mulher que deixou cachorro emgatar na bucetanegao deu o cu contos gayConto erotico meu pai me cobiçandocontos maravilhosos de encoxadasConto erotico gay rasgaran meu cuconro erotico gay meu tio alopradocontos eróticos de gay comi a bunda do amigo do meu irmãocontos erotico o assalto meu marido participoucontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoescontos gay chorei no pau do coroaContos primeira chupadacontos eroticos crente coroa peidando no pauraparam minha buceta a força contos.Conto de vadia explorada por muitos machoscontos eroticos meu avô me obrigou a chupar eleDeusa mulata levando pica branca na bucetacontos eroticos gay o pastorContos eróticos coroa casada na praiacontos eroticos gay casado domado pelo negaomeu primo rasgou meu cu gayconto erótico bucetas e cu a minha disposiçãominha novinha tarada contosexo com a irmãzinha contos eróticoscontos vizinha feiaeu chupo hetero sempreconto gay me comeram dormindo"muito aberto" gay contoconto sobrinho engravida tia casadacontos eroticos o traficante comedor de casadascache:ZlVInsUtxOIJ:https://idlestates.ru/conto_16496_o-flagra-de-papai.html www.contos de abusada desde pequena pelo tio no incestocontos de primeira vez com meu cunhadoprimeira vez com travesti contos eroticoseu moro no interior com a minha família depois que a esposa faleceu do meu primo eu me apaixonei pelo meu primo viuvo eu fui morar com ele como sua mulher ele fez três filhos em mim conto eróticoconto de sogra dando para genrocomtos erotico sou casada mas o marido ta preso to dan de mas