Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENRABADO PELAS TRAVESTIS DE FLORIANOPOLIS

Click to this video!

Moro no RJ e sempre viajo a trabalho. Vou contar o q aconteceu comigo em uma viagem para Florianápolis, onde conheci duas travestis maravilhosas.

Tenho tara por mulher, mas uma boneca me tira do sério. Sempre viajo a trabalho para varias cidades. Já fui pra SP, BH, Vitária, Recife, Campinas, Curitiba, P. Alegre e em todas elas dava um jeito e pegava uma boneca local. Iria para Floripa na primeira semana de outubro, mas como estava com uma grana extra resolvi viajar na sexta dia 02 para aproveitar melhor. Na sexta não fiz nada, no sábado de manhã já tinha um futebolzinho com o pessoal da empresa. Acordei e fui pro clube, cheguei, reencontrei o pessoal e começamos a jogar. Depois do jogo como de costume churrasco e cerveja. Bebemos até umas 19hs, estava bem alto e fui tomar um banho pra ver se melhorava, quando bebo fico com uma excitação a mais, no meio do banho comecei a passar sabão no cu e não demorou pra dois dedos entrarem. Me punhetava com uma mão e com a outra dedilhava o cú. Estava quase gozando quando alguém entrou no banheiro e tive que parar pois as laterais do box eram meio transparentes. Fiquei com um puta tesão mas tive q sair. Peguei uma carona e fui pro hotel como já tinha dado uma pesquisada na internet em sites de travestis, sabia onde elas ficavam. Umas 22:00hs sai e fui dar uma volta. Meu hotel não era muito longe e ficou fácil de encontrar. Cheguei na avenida e dei uma primeira volta a pé. Realmente eram muitas bonecas. Algumas passavam por mulher mole-mole. Parei em um barzinho pra apreciar com calma. Foi ai que começou minha aventura. Entrou uma boneca linda, corpo bem feito, cabelo loiro, estava vestida bem discreta. Foi ao banheiro, fiquei secando e ela percebeu. Me posicionei na porta pra tentar alguma coisa na saída. Quando ela saiu do bar fiquei acompanhando e ela deu uma olhada pra trás. Pensei é a senha, fui atrás e ela se virou novamente parando práximo a uma banca de jornal. Cheguei perto e nos apresentamos, seu nome era Joyce, perguntou de qual cidade eu era pois o sotaque não era dali. Disse que era do RJ e ela ficou empolgada, dizendo q os cariocas são bem safados. Rolou uma química legal e em pouco tempo já estávamos nos beijando, ela tinha uma boca doce e um hálito gostoso. Ela apertou meu pau por cima da calça e disse q queria senti-lo na boca. Fomos pra um hotelzinho práximo e no quarto a coisa esquentou de vez. Ela se ajoelhou na minha frente e começou um boquete molhado e quente. Enquanto me mamava ia tirando minha roupa até eu ficar totalmente pelado. Ela olhou pra mim e perguntou se eu conseguiria fazer o mesmo com ela. Sem pensar muito me ajoelhei na frente dela e fiz o mesmo ritual. Sua pica não era grande e nem muito grossa, mas era perfeita pra mamar, em pouco tempo ela já estava pelada e eu continuei mamando. Ela segurava minha cabeça e socava rola na minha boca. Ela me puxou pra cima da cama e ficou por cima de mim, como se fossemos namorados. Ela se virou e começamos um 69. Não aguentando mais pedi pra come-la. Botei a camisinha e soquei nela de 4. Foi rápido e em pouco tempo gozava. Ela disse que queria gozar, deu uma olhada no relágio e falou q poderíamos dar outra. Disse q estava um pouco cansado e que ficaria pra práxima. Ela começou a se punhetar, eu pra não deixá-la na mão, fui mamar seus peitos. Ela acelerou a punheta e gozou em cima da barriga, passei a mão na porra dela e espalhei pelo sua barriga e peitos. Fomos tomar um banho juntos e ela tentou enfiar o dedo no meu cu, mas disse q não daria, pois como tinha vindo direto de um churrasco, poderia acontecer alguma surpresa. Ela deu uma risada e fomos embora. Saímos juntos do hotel e fomos conversando banalidades. Paramos em uma carrocinha de cachorro quente e lanchamos. Falei que ficaria na cidade naquela semana. Ela gostou e disse que poderíamos nos ver outros dias, disse que alguns dias sim, mas todos não pois ia ficar muito caro. Naquele programa gastei 60,00 dela mais 30,00 do hotel. Se fosse sair com ela todo dia gastaria uns 600,00. Ela disse pra eu aparecer antes de ir embora pois tinha gostado muito da transa. Sabia que ela queria era dinheiro e tentaria me arrancar algum de qualquer jeito. Nos despedimos e fui pro hotel.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico familia praia nudismo sobrinha dormindo chãocontos eróticos sobre irmã bucetudaprofessor de natação metendo a vara na colegamulheres gemendo metendo em baixo do cobertorquantos ticos a mulher cosegue colocar no cucacetudo me enrabou contosconto sentei no pau do meu tio com dez anosno onibus de excursao sem calcinhaComtos eroticos com cumada novinhacontos eróticos gay comendo o cu do garoto oferecidoNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetaContos eróticos gay homem enfiou cu pivetinhoeuconfessomulher de meu irmaocontos eroticos mistrando a cidade e os moteis para o amigo de meu maridoTennis zelenogradtransando a sobrinha em pleno sono profundocontos de menininhas sentando no colo de homenscontos minha cunhada viu eu mijanovideornpossconto erotico imcesto gay sexo familia bicontos de cornosconto erotico gay colo tiocontos eroticos reais de mulheres casadas crente que ja enfio o pepino no.cufui brincar ns pracinha,e is,meninos mw comwram contoa eroticosminha chefe gosta de mim ~ contos eroticosmoleque no ônibus contos eróticos gayAdora mamadas contoseroticosconto erotico confessei para o meu maridotrai meu marido bebado com seu amigo bebado na sala contosconto porn insetuosovídeo pornô pica da cabeça enrolada redondadacontos de velhas gordas tomando gozada na caracontos eróticos crentexxvidio pai fudend afilh afrentcontos eróticos cu saindo pra foradepilano a buceta dela io cara comi elacontos eroticos cu e bucetaconto erotico A NINFETINHA AMIGA DA MINHA SOBRINHA 3bai jo meu primo e ele me comeufui dormir na casa do meu primo e ele acordou de pau durocontos eroticos tia feiacontos bi eu e meu primo e minha prima meu primo gozo no meu rabocontos eroticos trote da faculdade comi o cú da calouraquando ela percebe que eu quero dar o cu pra ela xxxcontos eróticos deixei meu dog lamber meu pêniscontos minha mae viu meu rolao no bamhocontos eroticos adoro ver ele dando leite pro meu negaocontos eróticos gay primeira vescontos de sexo conheci no.onibusContos erocticos aaaai papaiContos eroticos das periferiasContos casado chorando na rola do ricardaoconto erotico com pedreiro velho coroa grisalho peludoProfessora de shortinho partindo a bucetacontos eroticos de sobrinho roludowww.xvideovirei/putaminha mulher já deu pra todo mundo contoscontos eroticos meu amiguinho me encoxouele me encoxando e eu rebolandoconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhinha n******Vi minha namorada dando pra varios contos eroticosComtos casadas fodidas pelo filho e o sobrinhoGabriel de Jesus vídeo pornô de novinha virgemmuito tempo sem mamar no paufotus de zoofiliaultimos contos eroticos dando o cu pela primeira vez gaysCArnaval Antigo com muinto trAveco fazendo surubaminha mulher pediu pra fuder minha enteada contoscontos eroticos de lolitos com tios de amigoscontos eroticos um casal de amigos nos convidou pra uma jantabuceta filha da puta machucou meu pau au em fiar na sua buceta gostosacontos eroticos o faxineiro comeu minha mulher parte 2hestoria erotica o grandi fatasia do meu marido e c cornocontos gay luta livrecontos eroticos meninos cuidando dos filhos da vizinhanoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos erotico você agora é meu viadinhojanaina vem senta na pica