Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BASTIDORES DE UMA MULTINACIONAL

Click to this video!

Ola amigos. Me chamo Carol, sou casada e moro no sul do Brasil. Sou loira natural, 28 anos, 1,65m, corpo bem definido, seios medios pra grandes, pernas e bumbum de deixar qualquer homem excitado. O que passo a relatar nesse conto e em outros que virão depois são as festas que rolam nas casas de grandes empresarios de uma importante multinacional aqui da nossa região.

Como ja falei antes, sou casada ha 7 anos com Carlos. Ele e presidente da filial sul-americana da empresa e isso nos da certas regalias em termos financeiros. Temos uma casa de campo em uma chacara onde, seguidamente, realizamos algumas festas com os socios de Carlos, seus companheiros de empresa e as suas esposas.

A empresa tem um programa de intercambio e de oprotunidades a jovens carentes que oferece 4 vagas por ano. Em janeiro deste ano, foram escolhidos quatro jovens de um bairro pobre aqui da nossa cidade. Como de costume, foi feita uma recepcão na empresa na sexta feira a noite para integrar os rapazes. Apos a festa, convidamos os jovens para, no dia seguinte, irem ate nossa chacara para passar o final de semana conosco e com alguns casais da empresa.

Tudo estava acertado mas houve um pequeno imprevisto. Meu marido foi chamado de madrugada para resolver um problema na filial da Argentina e teve que pegar um voo logo cedo. Como não podiamos mais desmarcar o final de semana, no sabado, acordei bem cedo e fui preparar as coisas para a chegada de todos. Vesti um top branco e um shortinho branco bem soltinho e fui prepara o cafe. Por volta das 9 da manhã, o motorista da empresa chegou com os rapazes. Eles desceram do carro com suas mochilas e o motorista se despediu dizendo que voltaria para pega-los no domingo a noite.

Recebi os 4 de maneira muito simpatica e levei cada qual ao seu devido aposento na casa. Depois de todos instalados, fomos tomar cafe. Jorge, Caio, Roger e Renan eram quatro garotos negros na faixa de 25 anos, fortes e com corpos muito bonitos, o que pude perceber quando, apos o cafe, fomos todos para a beira da piscina. Ja mais entrosados, comecamos a conversar sobre varias coisas. Eram quase 19 da manhã quando o telefone tocou. Era Mara, uma das amigas que viriam para o final de semana. Ela falou que sua menina tinha sofrido um acidente e por isso não iria juntar-se a nos, bem como Lidia e o marido que estavam com um problema familiar. Resumindo, somente consegui confirmar a presenca de Renato e Laura que viriam somente para o jantar.

Apos todos os imprevistos, avisei aos rapazes que, pelo menos ate o final da tarde, seriamos so eu e eles ali. Para amenizar um pouco as coisas, disse a eles que fossem para a piscina, enquanto eu preparava algo para beber. Eles prontamente cairam na agua como se nunca haviam feito aquilo antes. Minutos depois, cheguei ate eles com algumas bebidas. Eles sentaram a beira da piscina e me convidaram para ficar ali com eles. Eu disse que precisava cuidar do almoco mas eles disseram que não havia pressa nenhuma. Querim curtir cada momento do final de semana.

Concordei com eles mas, antes, disse que iria colocar um bikini para cair na agua tambem, visto que estava fazendo um calor infernal. Subi ate meu quarto e escolhi o menor bikini que eu tinha. Era branco, a parte superior era do tipo cortininha, bem pequena que mal tapava os mamilos dos meus seios. A parte de baixo tapava apenas minha bucetinha, ja que atras era apenas um fiozinho. Peguei uma canga e desci. Ao chegar na piscina, senti os olhos dos 4 devorando cada centimetro do meu corpo. Quando tirei a canga, ouvi um deles falar baixinho... -Meu pai... Olha so o rabo dela... Pulei na agua e nadei para perto deles.

Comecei a perguntar como era a vida deles, se tinham namoradas e coisas do genero mas eles pareciam hipnotizados. Pedi para Jorge se eu estava deixando eles constrangidos por estar vestida daquela maneira e ele disse... -Dona Carol, a senhora me desculpe mas não podemos deixar de olhar para a senhora porque, com certeza, nunca vimos nada parecido com isso antes... Se o seu Carlos descobre que estamos falando isso pra senhora nossos empregos estão perdidos...

Tratei de acalmar os 4 dizendo que ninguem precisava saber o que estava acontecendo ali, visto que estavamos sozinhos e que era muito natural eles verem algumas mulheres da empresa seminuas em alguns finais de semana como aquele, pois a maioria fazia topless na piscina. Eles ficaram um tanto surpresos mas entenderam direitinho a indireta. Renan olhou para mim e disse... -Bom... Se a senhora diz que esta tudo bem, então pode ficar bem a vontade...

CONTINUA

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Iniciando uma virgem contos eroticosx coroa tranzando com entisdocontos incesto buceta rapadinha cheia de tezaocontos eroticos mae e filhocontos eroticos atração enteadocontos submissa para pagar dividascontos putaria de crentesporno quando o home empura o cacete no egua ela gozacontos eróticos comi minha filhaconto xota cu irmãzinhacontos eróticos gays cavalgando no padrinhocontos de crosdresseresContos eroticos pai q criou a filha sozinha trepando cm a filinha virgemcontos dando minha bucetinhatereza okinawa pornoconto de rasgei o cu de meu irmão fazendo ele choramamae levou meus amigos pra acampar contos eroticosrelatos de ninfetas q foram arrombadas no carnavalcontos eu minha esposa e um viadinhoacidentado comi minha sogra contosconto lesbico garota come cu da boasuda eteroBebada me bulinaram contos eroticosCornos by contoscontos eroticos gay o pastorhomem maduro contando porque deu o cuContos eroticos novinha desmaia de tanto gosacontos eróticos gay EMMO o maconheirocontos comendo o cuzinho da fazendeiraconto eu e minha babacondos erodicos conto erótico veridico de filho de patrao que comeu a empregada coroaminha cunhada gosta de piroca grossa,contos e relatos eroticoso p****** do metrô mulher relata conto eróticocomo perdi o meu analWww loira casada gosta de negro dotado na casa dos contoscontos sacsnagencasa dos contos de mae fudendo filho e filhame seguraram e um jegue me arregaçou contos eróticosrelatos coroas defloraçãoconto coroa n**** pediu gay namorofodas de esposas q gostam de ser curradasalgemou traindo contos eroticoscontos eróticos sou casada e trai o marido com negão africanocontos eroticos com acordei com meu cachorro me penetrandocontos eroticos jovem transando com a negra escrava parte 1imagens de rabo gostoso inclinado de calcinha transparenteContos eroticos curtos com detalhes por detalhes falas e falas eu era uma menina virge de 12aninhos e um tarado me comewww.conto fudeno mulher q fas cafezinhogozei nas coxas da filha contoscontos/ morena com rabo fogosoconto eu e meu sobrinho metendo vai fode o rabo da titiaminha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionouQuale melhor foda com a minha namorada?contos eroticos comendo o preciosoconto. a sugadora de. porracontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãocontos eroticos foi comer cu de esposa e viu que tava arrombadaPorno conto sala de bate papo minha sograMeu irmao toda hora so quer comer meu cuzinhocontos eróticos minha esposa trouxe sua sobrinha para morar com a genteContos eroticos minha mulher nao resistiu caiu de boca no pau de meu primossexo contos eroticos titio e aninhacontos erotico so de negrinhas dando o cusinho e a bucetinha pro cunhado e chupando muita rolaconto erotico gay sobrinhoContos eroticos de calcinha fio dental saia rodada no coletivocontos eroticos camisolaMinha namorada deu a bucetacomo fazer para sua vizinha casada gostosa safada seder o rabocontos eroticos arronbaro e enfiarao tres paus de uma so ves na minha esposa na minha frente e ela adorouCasa dos Contos Eróticos nora gostosa no banheiroviado dando o rabo desfasandoconto erotico com o velho do asilo porno conto meu primeiroamorvideo de cunhadoxcunhadasobre aquela transa com a sua tia Sôniamamando na vara feita bezerrinhavideo porno miss bubum da o cu e chora com o cuzinho doendoqueria saber mulher realista metendo muito morena peitudarelatos minha esposa dando a bundinha eu chupando a x******cunhadas esfomeadaso sobrinho do meu marido comeu meu.cuchupando pica abrancando o namorado pela cintura amadordeu o c* não aguentou o cilindrocontos eróticos de bebados e drogados gays