Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BASTIDORES DE UMA MULTINACIONAL

Click to this video!

Ola amigos. Me chamo Carol, sou casada e moro no sul do Brasil. Sou loira natural, 28 anos, 1,65m, corpo bem definido, seios medios pra grandes, pernas e bumbum de deixar qualquer homem excitado. O que passo a relatar nesse conto e em outros que virão depois são as festas que rolam nas casas de grandes empresarios de uma importante multinacional aqui da nossa região.

Como ja falei antes, sou casada ha 7 anos com Carlos. Ele e presidente da filial sul-americana da empresa e isso nos da certas regalias em termos financeiros. Temos uma casa de campo em uma chacara onde, seguidamente, realizamos algumas festas com os socios de Carlos, seus companheiros de empresa e as suas esposas.

A empresa tem um programa de intercambio e de oprotunidades a jovens carentes que oferece 4 vagas por ano. Em janeiro deste ano, foram escolhidos quatro jovens de um bairro pobre aqui da nossa cidade. Como de costume, foi feita uma recepcão na empresa na sexta feira a noite para integrar os rapazes. Apos a festa, convidamos os jovens para, no dia seguinte, irem ate nossa chacara para passar o final de semana conosco e com alguns casais da empresa.

Tudo estava acertado mas houve um pequeno imprevisto. Meu marido foi chamado de madrugada para resolver um problema na filial da Argentina e teve que pegar um voo logo cedo. Como não podiamos mais desmarcar o final de semana, no sabado, acordei bem cedo e fui preparar as coisas para a chegada de todos. Vesti um top branco e um shortinho branco bem soltinho e fui prepara o cafe. Por volta das 9 da manhã, o motorista da empresa chegou com os rapazes. Eles desceram do carro com suas mochilas e o motorista se despediu dizendo que voltaria para pega-los no domingo a noite.

Recebi os 4 de maneira muito simpatica e levei cada qual ao seu devido aposento na casa. Depois de todos instalados, fomos tomar cafe. Jorge, Caio, Roger e Renan eram quatro garotos negros na faixa de 25 anos, fortes e com corpos muito bonitos, o que pude perceber quando, apos o cafe, fomos todos para a beira da piscina. Ja mais entrosados, comecamos a conversar sobre varias coisas. Eram quase 19 da manhã quando o telefone tocou. Era Mara, uma das amigas que viriam para o final de semana. Ela falou que sua menina tinha sofrido um acidente e por isso não iria juntar-se a nos, bem como Lidia e o marido que estavam com um problema familiar. Resumindo, somente consegui confirmar a presenca de Renato e Laura que viriam somente para o jantar.

Apos todos os imprevistos, avisei aos rapazes que, pelo menos ate o final da tarde, seriamos so eu e eles ali. Para amenizar um pouco as coisas, disse a eles que fossem para a piscina, enquanto eu preparava algo para beber. Eles prontamente cairam na agua como se nunca haviam feito aquilo antes. Minutos depois, cheguei ate eles com algumas bebidas. Eles sentaram a beira da piscina e me convidaram para ficar ali com eles. Eu disse que precisava cuidar do almoco mas eles disseram que não havia pressa nenhuma. Querim curtir cada momento do final de semana.

Concordei com eles mas, antes, disse que iria colocar um bikini para cair na agua tambem, visto que estava fazendo um calor infernal. Subi ate meu quarto e escolhi o menor bikini que eu tinha. Era branco, a parte superior era do tipo cortininha, bem pequena que mal tapava os mamilos dos meus seios. A parte de baixo tapava apenas minha bucetinha, ja que atras era apenas um fiozinho. Peguei uma canga e desci. Ao chegar na piscina, senti os olhos dos 4 devorando cada centimetro do meu corpo. Quando tirei a canga, ouvi um deles falar baixinho... -Meu pai... Olha so o rabo dela... Pulei na agua e nadei para perto deles.

Comecei a perguntar como era a vida deles, se tinham namoradas e coisas do genero mas eles pareciam hipnotizados. Pedi para Jorge se eu estava deixando eles constrangidos por estar vestida daquela maneira e ele disse... -Dona Carol, a senhora me desculpe mas não podemos deixar de olhar para a senhora porque, com certeza, nunca vimos nada parecido com isso antes... Se o seu Carlos descobre que estamos falando isso pra senhora nossos empregos estão perdidos...

Tratei de acalmar os 4 dizendo que ninguem precisava saber o que estava acontecendo ali, visto que estavamos sozinhos e que era muito natural eles verem algumas mulheres da empresa seminuas em alguns finais de semana como aquele, pois a maioria fazia topless na piscina. Eles ficaram um tanto surpresos mas entenderam direitinho a indireta. Renan olhou para mim e disse... -Bom... Se a senhora diz que esta tudo bem, então pode ficar bem a vontade...

CONTINUA

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico emcochando um travesti e fudendo a força em onnibuscontosvoyeurcontos eroticos fui obrigada a chupar paucontos gay negrinhocontos eroticos swingcontis eroticos gay policial ChapadoConto dei o cu no cine repúblicanovinha que queira trocar msg e gozar muitoContos eroticos cu da negra madantaContos eroticos tristeza primeira vezcontos eroticos coroas velhas com novinhos tia neuzaUm bucetao iniciada por um negão roludo casadoscontoscontos eroticos gisacontos eroticos meninas filhinhas subrinhas priminhasfamilia naturista conto okinawan gélico pornôcontos eroticos inocenteMinha filha se ensinuava pra mim gostosaa pra mim comtoscontos eroticos com cunhadinhas de dez anoschupando a bunda da daniele enquanto ela dormia 2contos eróticos eu provocava meu primo novinhocontos eroticos comeram minha noiva e transformaram ela emmulher do irmão acaricia pica de outroconto esposa atendendo pedido sexual do maridoacampamento com aluninhas 2 contos eroticoscontos exitantes eroticos deixando os velhos me chuparconto erotici curioda de senrtir im vibradorcontos trepei vizinha velha e casada que da a bucetaprimeira vez com o primo gay contocontos gay luta livrevelho pirocudo comendo filha loira de uniformecontos eroticos comi minha prima no rodeiocontoseroticos viajando com priminho no acrropegou todas da familia atraves de chantagen conto erotico de insestocleide chupou ate gozarpadrinho cuida da afilhada contos eróticoscontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosminha tia batendo um punheta para sobrinho contoscontos de minha sogra cheirou minha cuecacontos eroticos marido come o cu da deficientemulher gozando a um metro de distansia e mijandoconto sozinho com minha sogragozando pelo cu contos eróticosConto porno dotado no vilarejocontos eróticosperdendo as pregas do cuzinhocontos eroticosda secretaria viciou a dar o cu para o patraopraia pousada a buceta e o cuzinho virgem da tia fofinha contosA melhor foda da minha vida, contoscontos dando de mamar para filhinha engulin porracontos gay na marracontos eroticos espiritoContos eroticos(colei velcro com a vizinha e gostei)contos eróticos de pequenininhos dando para grandõescontos eróticos comi a bundinha da mulher do meu amigo com ele dormindo realwww.loirinha inocente caindo nas maos do negao safado contosconto erotico a primeira vez com.pirocudo. gay.conto erotico com o velho padrinhoChupa meu cacete com barreiramais que irmaos contos eróticos virgenscasada que gosta de apanhar traindo porno contohttp://okinawa-ufa.ru/m/conto_16695_foi-pra-ser-chupado-e-o-negao-me-comeu.htmlcontos eroticos com menininhaconto esposa nua no sitiocontos de coroa com novinhocache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html conto de delegado que comeu cu de homem casadoconto enfermaria cheiro sexo intensocontos estrupei minha vizinhaele fodeu na minha frenteConto de putaria com todos os machos da favelaA chapeleta arronbou minha bucetinha contoscontos eroticos o escravo seduz a.minha patroaConto homosexuais de enteadosconto erotico arregaçadacontos eróticos de novinhas dando para garanhões