Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

JOGO DE SEDUÇÃO COM MAMÃE - PARTE 3

Click to this video!

Continuando, no dia seguinte na aula Thais veio conversar comigo. "Johann, sua mãe já havia feito topless antes na frente dos outros?". Respondi que não, ou "pelo menos não que eu saiba". E me disse: "Bom de qualquer forma sua mãe é realmente muito bonita e tem um corpão. Você deveria se orgulhar dela. Ainda mais com os seios que tem. Mas não pense que eu não percebi". "Percebeu o quê?" disse eu, não sabendo se ficava gelado ou mandava se foder tudo. "Você de pau duro. É ábvio que você olharia para os seios dela. Mas você ficou de pica bem dura dentra daquela piscina gelada. Quanto tesão, ou tensão, em!". "Pois é" disse e fomos pra aula.



Estava na hora de acabar com o jogo e vencer logo a batalha. Foda-se. Tinha que comer a minha mãe. E não iria demorar.



Sabia que minha mãe estava doida para ver o meu pau duro. Ela já havia percebido o volume, mas nunca o visto ao vivo. Então fui tomar banho e deixei a porta entrearberta, pois saberia que mamãe não iria perder a oportunidade de entrar no banheiro. E foi o que aconteceu.



Estava tomando banho e batendo uma punheta, quando a ouvi se aproximar. Na mesma hora cessei o ato masturbatário. Passei a passar muito shampoo no meu cabelo, de maneira a não ter como ficar de olhos abertos, dando a ela a oportunidade para checar o que quisesse sem ser importunada. E como mamãe se demorou, até mais que o esperado!



Quando terminei de enxaguar o cabelo, ela não havia ido embora como imaginei. Estava ali, ainda fitando minha pica dura, com a cabeçorra a mostra e as veias saltadas. E mamãe disse: "Filho, que pica gostosa! Meu deus!". Desliguei o chuveiro e pedi uma toalha, no que fui protamente atendido. Sequei-me se esconder minha ereção e fui para o meu quarto. Mamãe foi atrás.



Entrou no meu quarto e disse: "Filho, o seu pinto..." ela hesitou. "Que tem ele?" falei. "Vai ficar assim?" ela disse. "Assim como?" me fiz de desentendido. "A filho, assim grande, ereto, duro, apontadão pra cima, com as veias saltando e a cabeça aparecendo toda". "Por enquanto sim mãe, por que?".



Nessa hora vi que havia ganho a batalha. Mamãe disse: "Sabe filho, esse seu pau é muito lindo, é muito...". "Muito o quê, mãe?". "Posso pegar?" ela logo se atropelou a dizer. "Até pode, mas enquanto ficar com ela na mão tem que dizer o que ele é". "Ok, ok" e fechou uma mão no meu pau. Que sensação boa. Mil vezes melhor do que ouvi-la gemendo ou fazendo topless era ter sua mãe acariciando meu mastro.



Ela passou as duas mãos por ele e tecendo elogios: "Nossa filho, como ele é grande, que lindo que é, olha sá isso, essa cabeçona está bem vermelha e bem pra fora, apontando direto pra minha boca. Olha essas veias saltando filho, que coisa. E como é grosso, mal fecho minha mão nele. E grande então. Acho que não conseguiria engoli-lo direito". "Por quê não tenta?" desafiei. "Ok" ela disse.



E engoliu o meu pau. E começou a chupá-lo majestosamente. Fui ao delírio. Estávamos com muito tesão daquilo tudo. Pelo o que vi, realmente minha mãe não havia tido nenhum homem desde que se separou e chupou meu pau com muita, mas muita vontade. Ela o colocava por inteiro na boca, ia até a sua garganta. A sua saliva escorria pelos cantos de tanto que ela o melava e chupava. Lambeu toda a extensão do meu pau. Chupou as minhas bolas. "Que saco grandão filho. Nossa, você vai arrombar as meninas com um pau desses e deixá-las doidas por esse saco".



Eu não aguentei e deixei na cama. Mamãe veio atrás do meu pau como uma cadela. Sentou-se na cama e continuou a chupá-lo. Enfiei minha mão dentro de sua calcinha e senti o que já havia visto. Mamãe estava molhadíssima, não tive dificuldades para penetrá-la com um, dois, três (!) dedos.



Passados dez minutos, disse: "A mãe, não guento mais, eu vou gozar!". E ela: "Goza meu pau gostoso, goza tudinho na minha boca vai, quero beber todo o teu leitinho, lambuza minha boca toda vai". E gozei. Como gozei. Devo ter tido pelo menos uns 19 espamos, contra os habituais 5. Previra este dia e não me masturbava já há uma semana, guardando toda a minha porra para ela beber. Depois de gozar em toda a sua boca, ela não parou de chupar. Continuou, e vi porra escorrendo pelos lados. Finalmente ela tirou o pau da boca e engoliu meu gozo, mas logo voltou a chupar meu pau, que não havia abaixado.



Foram mais trinta minutos de intenso prazer. Tirei seu sutiã e passei a acariciar seus seios. Queria tirar sua calcinha, mas ela não deixou. Ameacei guardar minha pica para a Thais (!) e logo fui atendido. Ela retirou sua calcinha e virou sua boceta para a minha cara e fizemos um 69.



A buceta de mamãe não era uma qualquer. Era A Boceta! Linda, rosada, toda peladinha e apertadinha pelo desuso. Melei-me todo naquele néctar. Chupei todo o seu grelinho enquanto tinha a bela visão de sua boca engolindo meu pau e seus gemidos de prazer. Finalmente gozei pela segunda vez. E fomos dormir.



Este foi o relato de como foi nosso primeiro sexo oral. Mais está por vir.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travestiporno club contos eroticos de meninos gays fasendo troca troca na adolecencia contos de esposas putascontos eróticos de bebados e drogados gayscontos fui banha no rio e minha tia foi atrazeu sou de bauru sou casada e gosto de encoxadas nos onibus virei puto do bar conto gayembebedei minha mulher e consegui comer o c* delaconto eRotico os piralhoS m comeraoFui corno e gostei muitocontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissopau buceta dormia contosComi minha sobrinha contos eroticoscontos erotico o assalto meu marido participoucontos eroticos de quata feira de cinzaContos eroticos gays o consolo de borracha no cu do meu paicontos eróticos comendo as Vizinhas ciarecepai emfia pica filha morrocontos masturbcoroa gostosa se arrumando namorada em Pouso Alegrea minha mulher e o casetao cavalarcontos eroticos com cavalo zoofiliaContos erotico sofrimento de inocenteso tempo em que ele para e diz"essa buceta é minha"lua de mel da esposa do corno e o amante contoscontos eroticos trair meu marido no puteirocontos gay afeminadosContos eroticos te amo mana fui arrombado contos gayszoofilia tesouramulheres que estejam dispostas a fazer zoofilia que mora no Rio Grande do Sulafilhada chorando com a pica do padrinho no cu - contos eróticoscontos eroticos meu irmaozinnho me mostrou o seu pintinhocontos erotico vestido tubinhoirmatezudacontos eroticos de sogra carentesou branca e sempre quis da aum mulato mas sou casada contos Bucetaamostra no onibus contos eroticosconto erotico de velha gorda sem dentadurazoofilia umcacete enorme pra pequena putagay violentado contosConto sogra e nora esfregando a buceta na buceta da filhaRelatos de como tive minha primeira relaçao de sexo gay com uma cadela ainda virgem sexo zoofiliacontos eróticos fetiche padrescontos de menina nova perdendo o cabacoFui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contoscontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãocontos ninha cachorra chupou minha bucetaContoseroticosgreludaCaiu de boca na xana contotio gordo dormindo conto eróticominha mulher enrabada na boateconto de desmaiei com a pica grande no cucontos safadezas com a tia casada inrrustidatarado.tira.vigidadi.da.entidas.novinhas.come.o.cu.elas.gritarelato casada dandocu em fescontos/ morena com rabo fogosoconvidando o amigo para arromba o cu da namoradaAguentei a rola enorme do papai contos eróticostraficante comendo a travesti conto eroticoContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposacontos eroticos me exibi nua pra elapernas grossas dosexocoroa coxuda gozando contosconto erotico emcochando um travesti e fudendo a força em onnibusconto erotico homens velhoscontos incesto comendo minha mae no sitioContos filha fica de calcinha perto do paiContos eroticos c imagens meus dois chefes me comeram por dinheiroconto de não aguentei a pica grande no meu cuvai dar rolê tudo gordona aí tudo mulher gorda só de biquíni bem gordona da bundona bem gorda da bundonacontos eroticos syrubasconto erótico greludinha amiga chupa chupa flagracontos eróticos com vizinhacontos heroticos gay meu tio de dezoito me comeu dormindo quando eu tinha nove anos