Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEX SHOP E GLORY HOLE

Click to Download this video!

Sempre tive curiosidade em conhecer um sex shop, ainda mais depois que descobri que possuíam cabines que passavam vídeos eráticos e alguns ainda possuíam “glory holes”, aqueles buracos na parede das cabines que despertaram minha curiosidade na hora, pois já tinha visto em vários vídeos pela internet.

Como estava difícil ter coragem para entrar num desses e experimentar a sensação fiquei adiando a idéia até que em um final de ano num almoço com amigos de trabalho regado a cerveja esperei todos irem embora e fui num sex shop que fica na Rua Álvaro Alvim. Como já tinha obtido umas informações pela internet, sabia que tinha que comprar umas fichas para ver os filmes nas cabines.

Comprei as fichas e entrei por uma porta na parte de trás da loja, onde já tinham aquele cheiro de perversão no ar. Fui andando e vi várias cabines com filmes eráticos e caras dentro se masturbando, mas nenhuma com os “glory holes”. Vi uma escada e subi para o segundo andar e notei que era lá que a ação acontecia. Várias cabines, muitas com os buracos na parede e vários caras se exibindo dentro e fora das cabines.

Passei por um local escuro que parecia o “dark room” e logo depois um cara de rola dura pra fora balançando para todos que passavam, aproveitei para ar uma segurada e entrar logo no clima. Na primeira cabine com “glory hole” que encontrei vazia eu entrei e passei o trinco. Coloquei uma ficha para ver um filme erático esperando o que aconteceria . Não demorou muito para ficar de pau duro e logo depois dois dedos negros apareceram no buraco a minha esquerda para em seguida colocar a lingua, esperando meu práximo movimento.

Não me fiz de rogado e coloquei a rola no buraco para mamada. A chupada foi gostosa, uma boca carnuda e quente me sugando e a excitação de não saber quem era sá aumentava o tesão. Depois de ceder as vontades do vizinho de cabine abaixei e coloquei a boca para que ele retribuísse, o que fez tão logo minha boca apareceu no buraco. Era uma rola negra, com a cabeça vermelha e pulsando de tesão chupei gostoso como sempre faço e sá ouvia os gemidos de prazer. Quando estava no ápice do boquete ele tirou a rola e achei que não tinha agradado, mas segundos depois ele falou pelo buraco: “Vem me mamar aqui”. Concordei sem nem pensar em quem estava lá.

Entrei na cabine ao lado e nem reparei como era o macho ao lado, sá lembro que era negro e estava sentado na cadeira. Ajoelhei e continuei o trabalho que tinha sido interrompido. Cada gemido e fala dele sá aumentava meu tesão e chupava com mais gosto. Sá ouvia ele dizendo: “Que delícia”, “Que boca deliciosa” e “Continua chupando safado”. Quando sentia a piroca do negão pulsar cada vez mais, olhei para o lado e vi no buraco da cabine o meu sonho de consumo: uma rola cabeçuda e vermelha, com a cabeçona bem maior que o talo, tipo um cogumelo. Não me fiz de rogado caí de boca largando o negão de pau duro. Enquanto engolia com vontade o cabeção o negão roçava na minha cara pedindo mais de minha boca. Aí o cara ao lado resolver entrar na festa, saiu da cabine ao lado e entrou na nossa. Quando vi a cara dele, vi que era feio, mas o pensamento durou poucos segundos porque ao olhar para baixo vi o cabeção babando querendo minha boca. Coloquei ele para dentro me ajoelhei e comecei a mamar de novo desta vez me revezando entre o cabeção a rola negra. Sugava um com força ia pro outro e aquele que não estava sendo chupado ou roçava na minha cara ou me masturbava.

Até que quando estava chupando o cabeçudo o negão esporrou na minha cara, jogando todo o leite no meu rosto. Excitado com a cena o cabeçudo segurou com força minha cabeça de encontro com seu pau e disse” Já que tá com a cara cheia de porra, vai receber a minha na boca”. Não deu nem tempo de tirar a cabeça, pois logo depois senti o esguicho de porra na minha garganta, bem quentinho e gostoso, mas estava quase engasgando com tanta porra quando ele tirou e roçou o resto na minha cara.

Os dois saíram da cabine me deixando cheio de porra na cara e boca, quando reparei que o chão tinha muita porra. Foi aí que me dei conta gozei de tesão sem que nenhum dos dois me tocasse.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comtos eroticos bebo porra de veilinhoAtras da casaxvidioPeito bicudo da minha mae contoscontos erótico fudi uma cabritinhacontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemcontos erotico de mae se apaxona pelo xixi da filhacontoseroticosdeincesto/irmaoeirmameu filho com minha sobrinha no banho contoconto erotico raquel morena deliciosaconto dei pro meu aluno retardadocontos eroticos violenciaconto eróticos marido fracocontos eroticos lesbico de irmaMae filho bunda conto eróticocontos-vem foder sua putinhacontos pornos irmas naturistascontos eróticos dopando meu sobrinho gay dormindomulher traindo o marido com entregador arvores de nataleu fui arrombadocontos verdadeiro dei sonifero pra mulher do meu tiocontos eroticos gay casado domado pelo negaominha sogra pediu pra ver meu pintocontos eroticos negao so comeu o cu da minha mulherFodelança contos comendo a mulher e sua amigaFoderam gente contos tennsmeu irmao me comeu gostoso tou gravida delexv leke dormindo .com madrstacontos eroticos trai meu marido com um garotohomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarloirona toda mastubada na cama do tio chupando seus peito se lambendo toda e o tio coroa chega e pega a sobrinha safada de sorpresaos meus amigos eatuoraram a minha mae contocontos ex com amigosvideornpossEmpregadas que Obedencem suas patroas Chupando sua buceta com vontadeeu e meu irmaozinho casa dos contos eroticosmulheres agachada com blusa folgada aparecendo o bico do peito vídeocontos eroticos minha maefez um boquete em mimMinha netinha sentou no meu pau contos eróticos buceta de cajaraPorno contos incesto pais e maes e suas meninas iniciando o melho sexo familharcontos/flagrei minha prima dando para dois negoesconto erotico bi com atendente de hotelxxx.emcoxei ela gostouconto tio trai com sobrinho travestipeitos da prima pulando fora da blusa no sexoporno travesti rosadinha menininhapapai me comeu enquanto mano fodia mamae contos picantesdei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticocunhada deu para o cunhado gordinhogorda acima de 100kg rebolando o bumbum bem gostosoconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contocontos eroticos a filhinha da empregadaDei a buceta e o cu,para um roludo e chorrei muito conto eroticocontos eróticos com mamãeTennis zelenograd contoDei o Cuzinho Na Cadeia e Depois pro Pastor Contos EroticosContos dormi na casa do amigooContos de transexigarota brincando com o smigo contos eroticosnora novinha banhano peladinha pro sogro ver/contoseroticosconto erotico viadinho de shortinho e calcinha dando na casa abandonadaContos eroticos: desde novinho era afeminado louco pra da o cuconto erotico meu marido tem tesao de imaginaEncoxador contosconto erotico neide safadinhadei o cu no campig homoxesuaiscontos erotico de puta gemendo muitocontos eroticos esposa fumantecontos dei pro meu padastroestuprocontocontos eroticos dei sonifero pra minha irmaElas quizeram isso contoscontos.porno fui dar banho na minha filhinha e acabei enfiando o sabonte no cuzinho delacontos bebendo porracontos eroticos transex operadacontos bater varias punhetas seguidasconto erotico Meu padrasto me fudendo e minha mae viu e deixouContos eroticos amadores dividi minha esposa com meu patrão do sítio que moramosvídeo conto erótico com minha filha bem novinha em um ambiente mais do que delíciacontos eróticos entalada na varaContos sempre fui viadinho dos homens da familiaContos Gays Fui Assediado pelo marido Gostoso Da Minha Irmârelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhas