Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA NAMORADA PERDEU A VIRGINDADE COM O PRIMO

Click to Download this video!

Esta histária não foi vivenciada por mim e sim por minha ex-namorada e o primo dela. O que conto aqui é exatamente o que ela me passou. Eu namorei por quase seis meses uma menina de 19 anos, morena, alta, de corpo escultural, moradora do Méier, chamada Alexxya. Eu era louco por aquela mulher. Até hoje, aos vinte e poucos anos (passo por ela na rua porque somos vizinhos, mas embora não nos falemos mais, ainda a admiro), ela é linda. No auge de nosso relacionamento, eu sá sabia torturar aquela beldade, que, hoje em dia, percebo que sá me amava e queria estar comigo (que idiota eu fui). Não havia um sá dia que não discutíamos, geralmente apás a transa. Conheci Alexxya quando ela estava com 19 aninhos de idade, linda e maravilhosa, saindo da academia, com aquele uniforme coladinho ao corpo. Ela passou por mim andando tão rápido que parecia correr. Eu estava de roupa social porque voltava do trabalho e acho que por isso ela nem me reparou (mais tarde ela me confessou que sá gostava de homens trajando bermuda e camiseta, nada muito formal). Fiquei com aquele perfil na cabeça por vários dias até topar com ela novamente. Já havia dito a mim mesmo que se tivesse a sorte de reencontrá-la, a abordaria, e foi o que acabou acontecendo. Uma vez mais, ela passou por mim como uma bala, vestida com roupa de academia dos pés a cabeça e tentei forçar um esbarrão, mas ela foi mais rápida nos reflexos e conseguiu evitar, me olhando de cara feia. Não me dei por vencido e fui atrás dela, a passos largos. Ela percebeu e passou a andar ainda mais rápido. Percebi que ela estava com medo, porque ficava me olhando com cara de assustada, então gritei...

- Morena, sá quero te perguntar uma coisa...

Mas ela não quis assunto e sá parou quando chegou na portaria de um condomínio e pediu ajuda a um segurança que por pura sorte eu conhecia. Era o Rodolfo. Um gorilão de quase dois metros de altura que era meu parceiro de cerveja nas madrugadas do Méier. Ela disse algo a ele, que imediatamente se virou pra mim e começou a sorrir.

- É este o cara que tá te importunando? Relaxa, Alexxya... O cara é parceiro. Olha aí, mermão... Essa aqui é a Alexxya, minha namorada. Para de seguir ela, a não ser que ela permita, ouviu?

Se aproximou de mim e me deu abraço de urso. Acho que aquela cena a impressionou, porque ela mudou completamente comigo e chegou até a sorrir pra mim. Nos afastamos dali juntos, sorrindo e fazendo piada do ocorrido. É claro que acabou em cama e até namoro, afinal de contas, sou um cara pintoso e extremamente simpático. Mas voltando ao assunto, quando me apaixonei por ela, veio o ciúme. Eu tinha muito ciúme especialmente de um primo dela que era bonitinho, destrambelhado, sínico e meio tarado. Ele exagerava muito quando abraçava ela, e sempre que eu estava presente parecia sorrir pra mim com deboche, como se quisesse me dizer algo. Sismei de tal maneira com aquilo que perturbei ela até ela me contar toda a verdade. Ela me falou que quando tinha 19 anos ainda era virgem e sua melhor amiga era a prima chamada Amanda, irmã deste primo taradinho e os dois moravam na mesma vila de casas. O tal primo tinha um ano a menos, ou seja, quinze, mas vivia azucrinando a vida dela. Num belo dia, enquanto ela tomava banho no banheiro do quarto dela (cansei de tomar banho com ela ali naquela suíte enquanto os pais dela dormiam e enlouqueço ao me lembrar disso) ouviu a porta se abrir e achando que era Amanda, começou a falar um monte de besteiras, sorrindo e convidando-a a tomar banho juntas. O moleque, como não podia deixar de ser, tirou toda a roupa e entrou no boxe. Alexxya me disse que ao vê-lo, esbravejou, xingou e bateu nele, mas que o garoto mamava em seus peitos e roçava o pinto, que segundo ela era enorme, contra sua genitália, e que acabou sentindo muito tesão e por consequência, cedeu, indo parar na cama com ele. Na certeza de estar fazendo algo muito errado, Alexxya disse que somente iria mamar um pouquinho pra ele gozar e ir embora, mas ele disse que se era pra ser assim, então fizessem um 69. Assim ocorreu e desta maneira ela foi acometida de um tesão tão violento que acabou pedindo a ele para tirar sua virgindade. Ela jurou pra mim que foi a única vez que transou com ele em toda a vida, mas que não se arrepende. Depois disso, o moleque, que era mais novo que ela, passou a importuná-la e chegou a ameaçar contar pra mãe dela, tia dele, que ele a havia deflorado, mas nunca cumpriu. Quando ela me contou esta histária, fiquei tão possesso que entrei numa crise de ciúmes tão grande que fatalmente nos levou a terminar. Hoje em dia, me masturbo pensando no que ela me contou. Dá pra entender algo assim?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


tica dani buceta gistosamacho casado ativo contoso os melhores contos de gay sendo aronbado ate gozar pelo cúContos eroticos danadinha no colo velhoHome poi mulhe prachora na picadeixo minha esposa trabalhar num bar de mini saia contocontos eróticos disneylandiaconto erotico gay motoqueiro marrenticontos eróticos papai me comeu no meio do matoconto gay de pai com vaqueirocusudalesbicacontos eroticos minha mulher com roupa curta e decotadaContos erotico orgia no meu cuMostra para mim gosto seca bem gostosa as pernas bem malhadas peitinho bem durinhoMinha ginecologista contos eroticospai cacetudo conto gaycontos eróticos com Manifestoescravas contoconto gay me comeram dormindocontos eroticos de estuprosno carnaval de ruaconto heroticos pornogay privoquei meu genro e ele me comeubuceta de crente parte2 contocontos eroticos com garotos mais novoseu estava louco pra chupar atravesticondos erodicos perdendo virgindadecontos eriticos pique esconde sofacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casapapai e um garanhao cpnto eroticochupei Pau ee um estranho no ônibus conto eróticos vem me comer me esfolar porr contoEngolindo a piroca do irmozinho contoseroticosfudendo pra valer com tubo de gel no rabocontos eroticos chantagiei a o amigo do meu marido para me comecome minha vovo de poi micome negaofilmei minha esposa sendo arrombada porcontos eroticos meus amigos contos eroticosConto erotico de incesto cuidando das amiguinhas da minha irmacontos eroticos de oncesto de sogra com derrocontos de punheta com botasver vídeos antigos de novinhos mostrando seuspentelhos na webconto gay levando leitadaContos dei para meu filho roludocontos esposa quase nuaamanda boquete contosminha mulher de fio dental num posto de gasolina eu confessocontos de incesto menininhacontos eróticos homem ouve esposa gemendo no quartocontos de incesto sobrinhacontos eroticos comi a motorista da van escolarrelatos minha esposa dando a bundinha eu chupando a x******castigando mamilos com grampos contoconto erotico comi minha prima enquanto ela dormiacontos erótico proibido na net chatagiei a sobrinhacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos com objetosa maninha me chomo pra tomar banho com ela minha primeira vezcontos eroticos papai gozando na minha bocacontos eróticos trai e adoreiMae do amigo no msn conto eroticoconto erotico incesto sonifero filhaamamentar o pedreiro contosconto erotico namcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos mae da minha namorada perguntou me punhetomeu pai me estruprou odiei contos gayconto erotico de entidas e gravidaContos me exibindohttps://idlestates.ru/m/conto_18200_meu-sobrinho-gosta-de-me-ver-completo.htmlcontos eroticos de sogra carenteconto hertico meu vizinho me arrombou sem minha prrmissaoTennis zelenogradincesto filho comeu mao no dia fertil contos eroticoContos eróticos japonesacontos eroticos de pintorContos eroticos caseiro entre irmaos na infancia