Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMEIRA VEZ EM SURUBA UNIVERSITÁRIA!

Click to this video!

Olá, leitores!



Meu nome é Fernanda, tenho 19 anos e muita “sem vergonhice”. Para quem não me conhece, tenho a pele bem branca e cabelos negros, lisos e longos que contornam perfeitamente meus seios size 46. Tenho a bunda arrebitada onde adoro levar uns tapinhas de vez em quando. Sou dona de mamilos e bucetinha rosados que enlouqueceram todos os homens com quem já saí.



Apresentação à parte, hoje vou relatar minha primeira experiência de orgia universitária que ocorreu em uma das repúblicas mais famosas da minha cidade e contou com a presença dos homens mais deliciosos da faculdade.

Fui convidada por um amigo, o Kadu, a participar da festa do fardinho, onde cada convidado deveria levar um fardo de cerveja como forma de ‘ingresso’.

Produzi-me toda! Vestidinho preto básico, lingerie preta cheia de rendinhas (adoro!), sandália, bolsa e maquiagem. Quando estava quase acabando, recebi uma mensagem do Kadu no celular dizendo que ia passar me pegar em meia hora.

No carro, senti um tesão muito grande por ele. Ele estava irresistivelmente perfumado e bem vestido. Comecei então a me insinuar, demonstrando que queria algo essa noite e ele entendeu meu recado, dando-me indiretas apimentadas.

Ao chegar à festa, conversa vai, conversa vem e o pessoal ficou descontraído por conta do álcool e da azaração. Fiz várias amizades naquela noite que me garantem prazer até hoje, mas isso faz parte de outras histárias.

Em um certo momento, o Kadu me convidou para irmos “conversar” práximos à piscina pois lá estava mais tranquilo. Disse-me em tom de sussurro no ouvido que eu estava gostosa e provocante com o vestido curto e que não estava mais aguentando ficar perto de mim sem poder fazer nada. Eu, que não sou boba, agarrei-o e beijei seus lábios com muita vontade e ousadia, enquanto deslizava minhas mãos por suas costas largas. Vi-me, em seguida, prensada na parede por seu corpo forte, e suas mãos deslizavam por minhas pernas e bunda. Beijou-me no pescoço e a ponta da orelha, arrancando gemidos da minha boca e respiração ofegante. Não resistindo à tentação, abri o zíper e o botão de sua calça e bati uma punheta para ele enquanto beijava seus lábios carnudos. Seu pau era grosso e grande e eu sá imaginava a maravilha que seria se eu pudesse dar umas cavalgadas em cima dele.

Sugeri então, quando ele abaixou minha calcinha e começou a me masturbar também, que fossemos até um quarto e terminássemos o serviço lá. Ele concordou, mas disse que antes queria gozar em mim ali, no quintal. Baixei-me e chupei sua pica com tesão, sentindo aquele gostinho delicioso em minha boca, fazendo-o delirar. Não demorou muito e ele gozou na minha boca, chamando-me de putinha safada. Eu estava toda melada de tesão também, e mal podia esperar para gozar com ele novamente.

Fomos, então, em direção do quarto de um dos amigos do Kadu e ao chegar lá, nos deparamos com três rapazes e duas garotas trepando loucamente. Um delas estava recebendo dupla penetração enquanto lambia a bucetinha da outra, que por sua vez estava fazendo um boquete para o rapaz loiro.

Não contive minha vontade e fiz o Kadu entrar ali comigo, sem nem trocar palavras com os safados até então.

Apressado, ele tirou meu vestido e abriu sua calça. Seu pau estava duro como uma pedra novamente. Fez me apoiar na escrivaninha e ficar de quatro para ele, como uma cadelinha sedenta por sexo e puxou minha calcinha fio dental de lado, metendo sem dá e proporcionando-me um tesão incontrolável, digno de gemidos altos e delirantes. Enquanto ele comia com força minha buceta depiladinha e rosada, puxava meus cabelos e dizia que eu era a vadia mais gostosa da faculdade.

Ao perceber que a coisa estava pegando fogo conosco, Caroline (uma loira baixinha maravilhosa, cujo corpo era de dar inveja) aproximou-se e perguntou-me se eu era bissexual. Respondi que sim e no mesmo instante recebi um beijo na boca. Aquilo excitou ainda mais o Kadu, fazendo-o gemer. Ele se afastou e então fomos até a cama. Mandei a Carol deitar com as pernas abertas, mostrando a mim sua bucetinha carnuda e greluda. Caí de boca, lambendo-a e mordiscando-a de leve. Um dos rapazes que estava fodendo a Luciana, a outra garota, aproveitou-se da minha posição e chupou a minha bucetinha, fazendo-me gozar logo em seguida. Minhas pernas bambeavam e eu gemia, dizendo que eu queria ser fodida por ele.

Kadu e outros rapazes revezaram a boca da Luciana, formando uma roda em volta da boqueteira.

Lambi os seios, beijei o pescoço e masturbei a Carol até que ela finalmente tivesse um orgasmo. Ela estava ofegando e dizia-me que eu era a melhor parte da suruba. Mal sabia ela que era minha primeira experiência em uma dessas orgias.

Como se já não bastasse todo esse cenário apelativo, Thiago, o garoto que me fez gozar, deitou na cama e me fez sentar e rebolar em seu pau que estava latejando. Ele é um mulato com corpo definido e piroca grande, como manda a tradição. Cavalguei lentamente enquanto ele apertava meus seios e bunda intensamente, demonstrando satisfação. Revesamos várias outras posições como papai e mamãe, frango assado, cadelinha de quatro. No ápice do prazer, ele tirou seu pinto grosso de dentro de mim e gozou em meu seio, enfiando a tora em minha boca logo em seguida.

Eu adoraria poder ter ficado mais, mas precisava ir embora. Minha bucetinha já estava toda inchada e latejando, como se fosse um sinal de aprovação à festa.

Vesti novamente meu vestido e meu calçado e saí do quarto, como se nada tivesse acontecido, como se aquela cara de ‘acabei de foder loucamenteÂ’ conseguisse se manter oculta.



Hoje em dia encontro os rapazes na faculdade e trocamos cumprimentos e risos maliciosos. E Kadu continua saindo comigo, daquele jeito..



Em breve postarei mais das minhas safadezas.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


cumendo a buceta cuinhadacontos eroticos minha cona e cu gosta de piça ggcontos filha pequenafoda selvagem com a insaciável - contoscontos eróticos, minha esposa putasou eteto mbte contosvideo sexi coiada esticada de manhã cedocontos eroticos de comedores gozando dentro da esposaMarilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalhaconto faco o que quiser corno perdoaContos eróticos gay homem enfiou cu pivetinhominha sogra deu o cu para o cachorro contocontos eeroticos peguei minha sogra no flagraContos eroticos encesto na adolescênciameu namorado pediu um tempo fiu pra balada e aprontei conto eróticoscontos eroticos minha mae imploro pra mim come o cuzinhodei o cu no campig homoxesuaispediu para o marido lamber porra contosfiquei com a buceta ardisa pela grossa rolacontos eroticos pagando divida do filhoTrepadas no caminhao cabineconto tia pelada em casaContos eróticos dotadospeito bicodu sexconto erotico japonesa da.do o cunovinha com peso na barriga usando churrasco de vídeo pornôcontoseroticosrolao homem abre a periquita da mulher e chupa e coloca um botijão dentro da vajinhacontos eroticos como aprendi a gostar de pau grandemulhe dane a buseta a primeira vezcontos comeu uma coroa baihanacontos eroticos pequena vizinhacontos abobrinha na bucetacontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primavídeo x infermerinha safada 4como me tornei viado parte 3 contpsconto erótico da b******** Doeu muitoConto erotico sou madura e lesbica com filhacontos eroticos levando dedada do vovomae pede pro filho ajudar escolher a lingerie incestosexe conto minha fia mideo o cu por 1.00 reauconto erotico rosadinho troca trocameu namorado masturbou me na descoteca contoscontos eroticos gays de todas as idadesme apaixonei pelo um bandido conto heroticohora e lugar errado/contos pkrnocontos eróticos traindo marido na cara dele ele nao viufui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticowww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliaxxvidio pai fudend afilh afrentassaltantes me estupraram contos eroticoscontos genro me comeuContos gay de professor de musculação dando o cu para dois alunos dotadosconto eróticos lábios românticosflagrei conto gayvideos de meninas fudedo co casoromulher faz strip antes de comecar zofiliavideo de porno com machos a força brutamenetecontos eróticos;abusaram dd mim na festa da faculdadecontos gay meu amigo me ensinou a darconto erotico peguei minha mulher fudendo com os amigos que vieram passar o carnaval em casaContos eroticos minha esposa do rabaocontos eroticos chantageada pelo meu patraoCasa dos contos eroticos gay amarrade e emrabado por quatro amigos taradoscontos erodicos no colo para me terPau gigante.arrombando o cu da inocência. Jdando.para irmaos contosContos eróticos gay Comido pelo Amigo do meu paicontos tio no carrovideo porno safada falando obsenidadescontos heroticos meu amigo hetero dormi e eu aproveito quando ele ver mim bate e depois mim comeuvideo porno comendo a amiga ia namorada no meio da piscta a forçagaviao do progama malucos molhado pelado de rola duracontos sexo minha mulher sua patroacontos casal nu praiacontos eróticos de peãocontos eroticos namorado da minha mearromba todo diaconto gay "nao puta"contos eroticos de vendedor velho gordo seduzindo a meninagostosa.acarisiado.a.buseta.deibacho.da.mesacomi o marido de minha prima ma cama delacontos perdendo a virgindade dormindowww.meti na minha filha a forçacontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdocontos meu marido descobriu quando cheguei arrombadaContos me exibindoEu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto eroticoconto entreguei os pés da minha mulher para um amigoamanda casamos grande cabeçudo contosmomento papo de mÃe pornoorgia sem pudor contosIncesto de contos eroticos sou agora mulher do meu ex primo viuvocontos de mulheres pegano carona indo no coloso conto erotico de mendigosse eu deixar no seu sobrinho como é lá dentro da piscina e gozar na sua caraConto ertico. Minha adrasta. Bebiaconto de desmaiei com a pica grande no cu